História Bleach Sex Friend - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bleach
Personagens Ichigo Kurosaki, Orihime Inoue
Tags Bleach, Hentai, Ichihime, Romance
Exibições 173
Palavras 1.915
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Ecchi, Escolar, Hentai, Romance e Novela, Visual Novel
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yo Akihiro...

Como havia dito antes saíra capitulo novo todo domingo, a razão é, faço faculdade e já tenho uma fanfic sobre Bleach a qual posto todos os dias.
Essa fanfici Hentai é a mesma que a outra, a única diferença é que a outra não tem hentai, mas a história é basicamente a mesma.

Espero que gostem do Capitulo.

Capítulo 2 - Sentimentos Confusos


Fanfic / Fanfiction Bleach Sex Friend - Capítulo 2 - Sentimentos Confusos

Depois de derrotar o maior vilão da historia, minha vida finalmente voltou ao “normal”, embora eu ainda seja um Shinigami e ainda que Hollown apareça, não preciso me preocupar com isso... Não mais...

Entrei finalmente em uma Universidade e estou focando nos estudos finalmente com a paz que sempre quis...

Mas na verdade, Orihime e Eu temos um Pecado em comum um Pecado do qual nós não nos arrependemos... Um Vicio sem culpa!

Novamente Orihime trouxe pães pela manhã, mas dessa vez temos aula e minha família está toda reunida hoje...

Depois de comermos os pães, que dessa vez estavam bons, fomos embora para Faculdade...

- Desculpe por causar problemas Inoue, seu chefe não fica bravo pelos pães não?

- Não, é melhor doar do que joga-los fora, é o que ele diz...

Eu sabia eram as sobras!

- Mas mesmo assim, obrigado Inoue...

- Sua família é interessante, Karin e Yuzu estão sempre rindo quando estão perto de você, tenho certeza que seria assim com o meu irmão também.

Não começa Inoue, não gosto quando você me faz essa cara...

- Elas só estavam assim porque você estava lá Inoue, elas sempre ficam lá com o velho e é normal elas ficarem alegres quando você vai lá!

Ela olhou para mim e deu uma leve risada e logo zombou de minhas sobrancelhas.

- Huhuhu... Quando o Kurosaki-kun fica serio sua sobrancelha desce e você faz uma cara muito engraçada. Haha.

Diz Inoue colocando seu dedo indicador entre minhas sobrancelhas e deslizando-o levemente até a ponta do meu nariz, por um segundo ela passou a andar em minha frente e me olhou sorrindo.

- Vamos Kurosaki-kun!

Na sombra de arvores no caminho para universidade, olhos amigos observam Ichigo e Inoue.

- Keigo , você acha que eles estão namorando?

- O Ichigo com a Orihime, impossível, para de viajar Mizuiro.

Já na faculdade...

- IIIICHIGOOOOOO!

- Yo keigo!

Disse enquanto dava uma chave de braço no pescoço de Keigo.

 - Ichigo, continua bom como sempre, pode soltar agora... ei Ichigo.

- Keigo eu ainda não consigo acreditar que um idiota como você conseguiu entrar para a mesma universidade que eu, isso é inacreditável...

Falei após solta-lo.

- Idiota, você já viu a minha irmã quando fica nervosa? Ela praticamente me obrigou a entrar pra mesma universidade que você somente porque vai ter mais chance de reencontrar o Idiota do Ikaku, quando eu o ver novamente vou rachar aquela cabeça careca dele!

- Ele está atrás de você Keigo!

- Ei Maldito quem é Careca?

- Desculpe... Mizuiro seu cretino eu quase enfartei agora!

Disse Keigo vendo que era mentira, devo confessar ele é mesmo um idiota, embora esteja na mesma universidade que eu...

- Onde está o Ishida?

Perguntei já que ele ainda não tinha chegado.

- Ele deve está no terraço Kurosaki-kun!

Disse Inoue, eu inusitadamente não sei por que a perguntei como ela sabia.

- como sabe que ele está lá?

- Você não está muito bem hoje né, Kurosaki-kun...

- O que quer dizer, Inoue?

- Apareceu um Holown, não sentiu a Heatsu  dele não?

- Não, pra que lado?

- Por isso eu disse que o Ishida estava no terraço, a heatsu do holown desapareceu.

A Inoue tem razão, tem algo de errado comigo, essa sensação que eu vinha ignorando desde que voltamos do palácio do rei, será que não estou conseguindo controlar mais os meus poderes Shinigami?

- Quando a aula acabar irei até o Urahara.

- Kurosaki!

- Ishida?

- Controle a sua heiatsu seu idiota, ou os Holowns não vão parar.

- Mas Ishida-kun  tem um Shinigami encarregado dos Holowns não tem?

- Inoue-san, fica fora disso, aquele lá é um incompetente, e mais ainda está sendo o Kurosaki.

- Droga, o que está acontecendo!

Falei saindo correndo da universidade em direção ao Urahara.

- Kurosaki-kun espere!

- Inoue-san, deixe-o ir...

- Mas Ishida-kun o Kurosaki-kun está...

- “Estranho” não é mesmo?

- Você sabe o porquê, Ishida-kun?

- O Kurosaki não vai voltar para Universidade Hoje... Ele está começando a ficar confuso sobre como se sentir sobre a situação em que ele mesmo se colocou...

- O que você quer dizer Ishida-kun?

- Vá até o trabalho do Kurosaki, você vera com seus próprios olhos...

- Verei o que? Responda!

- Ele anda fazendo algo interessante por lá... Mas o seu comportamento não tem nada a ver com isso, ele apenas está confuso, está sofrendo um conflito amoroso... e a pessoa que deve estar causando esse conflito é você... Inoue Orihime-san!

- Impossível!

- Por isso eu estou dizendo, vá até o trabalho do Kurosaki, você verá algo interessante lá!

.

.

Droga, o que está acontecendo, enquanto eu ia até a loja do Urahara eu entrei no meu interior e vi o meu poder, ambos os Zangetsus estavam fundidos...

- Zangetsu o que há de errado com o meu poder?

- Ichigo, o mundo lá fora está em paz agora, e a água que cobria este mundo agora não existe mais, Ichigo a chuva que caia aqui não desce mais do céu.

- Yo Rei, como pode perceber estamos ambos juntos, estamos fundidos e como você mesmo desejou somos um só, e finalmente estamos em harmonia como um só ser, somos o cavalo e protegeremos o nosso Rei... Ichigo.

Droga, se não há nada de errado com o meu poder o que está acontecendo?

- Ei Urahara!

Gritei umas três vezes, mas não houve resposta, então decide ir embora já que o Zangetsu está normal... Mas no caminho encontrei com minha antiga chefe de trabalho.

- Ei Ichigo-chan!

- Você é...

- Ei isso é jeito de tratar sua linda chefe que cuida muito bem de você... E até te ensina coisinhas de adulto?

Disse Ikumi-san minha chefe me convidou (me obrigou) a ir a casa dela, seu filho Kauro Não estava em casa... Ela sempre disse que me considerava um irmão mais novo e que por isso se preocupa comigo, e por algum motivo eu meio que acredito nisso ainda hoje... Mas não posso continuar fazendo esse tipo de coisas com ela... É estranho agora que a Orihime também... Estou confuso, acho que não devo mais ter esse tipo de relação com ela...

- O que foi Ichigo-chan... Que cara é essa?

- Ikumi-san eu...

- Não se preocupe Ichigo-chan, irei cuidar bem de você afinal, eu te considero meu precioso irmãozinho...

Disse Ikumi-san ajoelhando a minha frente, ela lentamente abaixou o zíper da minha calça e a desabotoou, em seguida abaixou-a juntamente com minha cueca, e já não era surpresa nenhuma o meu membro estar ereto, afinal Ikumi-san sempre me “Aliviava”, no começo era estranho eu não acreditava, mas com o tempo foi se tornando tão bom que eu deixei pra lá e apenas continuei fazendo esse tipo de coisa.

Ikumi-san começa a lambê-lo desde as bolas até a ponta da cabeça e quando chega à ponta ela o engole e lentamente enrola sua língua molhada nele, ela por si só faz o movimento para frente e para trás ela manteve isso e dando leves passada de língua nele durante uns 3 ou 4 minutos e parou, ela mesmo arrancou suas roupas e as minhas, me empurrou para área onde serve como lavanderia e se apoiou encima da maquina de lavar, segurou os lábios de sua vagina abrindo-a e apenas com um olhar me convidou para penetra-la, eu dei 3 passos e segurei sua perna direita e a levantei e coloquei o meu membro na posição certa e em fim comecei com o movimento para frente e para trás, ela não era de gemer muito mas ver ela se contorcendo de prazer já era o suficiente, mas hoje, justo hoje eu não estou muito a vontade algo me incomoda, com e talvez por estar com raiva de não saber o que está causando este sentimento estranho em mim, eu comecei a fazer os movimentos com mais força e mais rápido, segurei sua outra perna e comecei a meter com mais força, eu estava cada vez mais bruto e por fim Gozei primeiro, ela não pode ter mais filho por isso não tem problema, então continuei a meter, pela primeira vez ouvi os gemidos de Ikumi-san, já estávamos fazendo a 30 minutos então eu sentei em uma cadeira de madeira e ela sentou em meu colo de costas para mim, e ficava subindo e descendo bem lentamente...

- Ichigo-chan... Está gostoso? Diga-me é gostoso fazer isso comigo não é? A resposta deve ser sim, não é mesmo!?

- Você é apenas a minha Chefe...

- Sim, tem razão... Escuta uma coisa... Sua chefe vai gozar!

- Ainda não... espere um pouco mais, Ikumi...san.

- Então diz... Diz pra mim que você estava louco para fazer isso comigo de novo... E que você quer Gozar dentro da minha buceta de novo...

 Não... Por mais que eu gostasse ainda tinha algo me incomodando, foi quando Ikumi-san virou o rosto e me beijou, foi a primeira vez que ela me beijou, mas não aprofundamos o beijo pois eu recusei, e com meu membro dentro dela e ela sobre o meu colo sessa o movimento e me pergunta novamente, após 50 minutos de sexo.

- Hoje você não está se concentrando, embora foi a melhor transa que tivemos, o que está acontecendo?

Eu já tinha falado para ela sobre meus poderes, isso a muito tempo, então ela sabe sobre muitas coisas, por isso me sinto seguro em falar para ela.

Quando ela me perguntou hoje eu contei, eu achei que iria me dar um concelho, uma solução assim como ele me disse para cursar medicina e assumir a clínica de meu pai, mas quando contei para ela...

Ela riu tão auto que eu me assustei, enquanto ainda ela gargalhava eu procurava entender o que foi que ela entendeu, procurava saber o que poderia ser engraçado, e olhando serio para mim, ela se levantou e me chamou pelo nome...

- Ichigo...

Ela começou a rir novamente e entre risos disse:

- Eu não acredito nisso, logo você Ichigo-chan!

E seguiu gargalhando, mas logo parou e dessa vez me encarando com olho no olho disse:

- Kurosaki Ichigo, você está apaixonado!

E dessa vez fui eu quem riu e gargalhou.

- É serio seu retardado!

Ela jogou minhas roupas na minha cara e mandou-me vesti-las, e também vestiu a dela, ela pegou o chá que tinha feito e não tomamos e me deu uma bronca.

- Não vamos mais tranzar novamente, você já esta bem treinado e finalmente se apaixonou de verdade, eu não quero ver meu irmão que tanto “cuidei” traindo uma mulher...

Ela me encarou seriamente e friamente continuou a dizer.

- O que você está sentindo, e a razão do seu poder estar se descontrolando, isso é puramente sentimentos confusos, o que eu quero dizer é...

Quando Ikumi-san disse:

- Você se apaixonou por alguma de suas amigas... Seu idiota.

Quando ela disse isso, por alguma razão lembrei-me da minha luta contra Ulquiorra e Grimmjow, e lembrei-me de alguém que gritava o meu nome, gritava sempre quando eu estava em perigo, sempre quando eu estava perdido na luta ela gritava o meu nome me acordando novamente, e essa voz, que sempre me gritava quando eu estava perdido na luta, essa voz me gritou novamente, quando a Ikumi-san me explicou, aquela voz me gritou do lado de fora da casa da Ikumi-san.

- KUROSAKI-KUN!!!

 

A voz da Salvação!

Continua...


Notas Finais


Sim vai ter capitulo que não terá cenas de sexo, mas vai ser poucos, o foco dessa história é justamente esse, Hentai.
Como já disse, se não quer ler hentai leia minha outra fanfic é mais leve e não tem hentai, embora a história seja a mesma, apenas fiz essa hentai pois quem está lendo a outra sem hentai pediu para colocar hentai.
Por tanto não tocarei mais nesse assunto.

Sempre posto todos os Domingos, mas pode sair antes do domingo, e quando isso acontecer sairá dois, Exemplo:
Siu um na quinta feira então terá outro no Domingo, mas o certo é ter todo domingo mesmo.

o que acharam? Ansiosos para o Proximo? Dependendo pode sair antes de Domingo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...