História Blind - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias B1A4, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, G-Friend, Got7, Gugudan (GX9), K.A.R.D, MASC, Seventeen, VIXX
Personagens 26, Ace, B.M, Baekhyun, BamBam, Baro, Boo Seungkwan, Chanyeol, Chen, CNU, D.O, Eunha, Gongchan, Haebin, Hana, Hansol "Vernon" Chwe, Heejae, Hong Jisoo "Joshua", Hongbin, Hyeyeon, Hyuk, J.Seph, Jackson, Jang Doyoon, JB, Jennie, Jeon Wonwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jinyoung, Jisoo, Jiwoo, Junghan "Jeonghan", Jungkook, Kai, Ken, Kim Mingyu, Kris Wu, Lay, Lee Chan "Dino", Lee Jihun "Woozi", Lee Seokmin "DK", Leo, Lisa, Lu Han, Mark, Mimi, Mina, N, Nayoung, Personagens Originais, Rap Monster, Ravi, Rosé, Sally, Sandeul, Sehun, Sejeong, Seungcheol "S.Coups", Shin Dongjin, SinB, Somin, Soonyoung "Hoshi", Sowon, Soyee, Suga, Suho, Tao, Umji, V, Wen Junhui "JUN", Woosoo, Xiumin, Xu Ming Hao "THE8", Yao MingMing, Yerin, Youngjae, Yugyeom, Yuju
Tags Black Pink, Bts, Bullying, Comedia, Deficiência Visual, Drama, G-friend, Got7, Gugudan, Jikook, Markson, Masc, Namjin, Romance, Sumji, Superação, Universidade, Vhope, Vixx
Visualizações 40
Palavras 2.832
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Poesias, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oii Gente!!! E estamos de volta com mais um encontro do casal NamJin, cheio de fofura novamente rsrsrsr

Boa Leitura!!!

Capítulo 5 - Capítulo 05


Fanfic / Fanfiction Blind - Capítulo 5 - Capítulo 05


Capítulo 05 - Blind


Kim SeokJin°

Caminhei para o apartamento meio que deslumbrado, com um sorriso pateta aparecendo em meu rosto. Namjoon foi, para dizer no mínimo, surpreendente. Quando nos beijamos parecia que fogos de artifício estavam explodindo em algum lugar do meu corpo. Espero que ele tenha sentido a mesma coisa eu.

Taehyung literalmente me atacou quando abri a porta. Ele meio que me assustou já que estava perdido em devaneios. - Como foi!?

Fiquei muito acanhado de responder. Yoongi estava no sofá, rolando os olhos para o elétrico namorado. Ele mexeu os lábios me dizendo desculpa. Eu dei ombros, deixando Taehyung para trás.

- Foi ótimo.

- Você vai sair com ele outra vez? - Ele perguntou sorridente.

- Nós fizemos planos para amanhã à noite. - Sorri para mim mesmo. Eu o pegaria às cinco. Eu queria desesperadamente que essa hora chegasse o mais rápido possível.

- Então, me dê todos os detalhes! - Taehyung pulou para a cozinha, puxando uma Red Bull da geladeira. Ele abriu a lata e engoliu metade do conteúdo num só gole. Estou surpreso que ele ainda não tenha adquirido suas asas.

- Bem, nós fomos ao Ralph e Kacoo's. Eu comi peixe e ele caranguejo, e dividimos uma sobremesa. O garçom foi bonzinho... - Expliquei os pormenores do que aconteceu essa noite.

- Não é o que eu quero saber. - Taehyung rolou seus olhos.

- Muito bem crianças, até logo e divirtam-se conversando. Eu tenho que fazer alguns trabalhos pra facul... - Yoongi se despediu da sala. Eu quase implorei para que ele me levasse com ele.

- Ok, te amo, Yoongichi. - Taehyung mandou um beijo pra ele e depois voltou sua atenção pra mim. - Não deixe de saber o que ele achou de hoje e me conte tudo!

Juro que ouvi ele dizer menino louco, quando ele saiu pela porta. Eu abafei uma risada, sabia que ele o amava loucamente, mas ele era hiperativo demais. Logo que a porta fechou e Taehyung estava me puxando de volta para a sala.

- Então, ele te beijou?

Eu suspirei com a memória. - Sim. Ah, foi tão lindo. - Eu quase não acreditei que era eu mesmo que estava dizendo isso. Era tão meloso. Totalmente diferente de mim.

- Ah, só um beijinho ou um tipo... desentupidor de pia!? - O sorriso espalhado pelo seu rosto de leão.

- Meio termo eu acho. Foram alguns no carro, outro de despedida quando eu o levei até seu dormitório. - Corei, esfregando a parte de trás do meu pescoço.

- E foi bom?

Eu corei violentamente num tom carmim. Taehyung apenas riu e assentiu. - Eu vou entender isso como um belo de um sim.


Kim Namjoon°

Os nossos beijos foram espetaculares. A forma como seu corpo se pressionava contra o meu. O modo como sua boca era tão ansiosa quanto a minha. A forma como seus dedos se torciam no meu cabelo. Eu mal podia esperar para beijá-lo novamente.

Fiquei feliz por ter assumido a conta ontem à noite, foi quase como um pequeno sinal de minha independência. Mas hoje, tive uma forte sensação que não conseguiria argumentar ou usar qualquer truque com ele. Eu gostei de sua teimosia, só desejava que ele não fosse tão teimoso comigo. Queria ir a um lugar mais simples pra ele não gastar tanto. Pizza talvez. Ele ia falar, mas eu tenho certeza que essa disputa eu podia ganhar.

Yoongi apertou meu ombro, me fazendo pular. Eu estava tão imerso em meus pensamento que nem sequer ouvi quando ele acordou. - Bom dia!

- Ei, eu não queria te acordar, foi mal. - Eu sentei, puxando os fones do meu ouvido.

- Não, você não me acordou. Eu tinha que levantar cedo, preciso trabalhar em alguns projetos para sair com Taehyung esta noite. - Ele parecia cansado e grogue. Ter um namorado e ser monitor de faculdade devia ser um trabalho árduo.

- Posso te fazer uma pergunta?

- Claro, o que é? - Eu ouvi ele se mexendo em sua cama, as molas rangendo.

- Tem alguma pizzaria legal por aqui? - Eu não conhecia muitas coisas por aqui. E pizza era uma das minhas comidas preferidas. Hábito adquirido na adolescência.

- Ah! Essa é fácil. Existe um lugar aqui perto chamado Pie Works. Tem um monte de pizzas realmente boas. Muito original. Taehyung adora a Fetomato que leva queijo de cabra e tomates secos. Mas a minha favorita é a clássica com cogumelos. Vem com 3 tipos diferentes de queijo. Ah, e você também tem que experimentar as torradas! - Yoongi disse com entusiasmo. Nunca o vi tão empolgado, o lugar deveria ser realmente bom. Seria perfeito.

- Valeu! Era só isso que eu precisava saber. Jin quer me levar para jantar esta noite e não quero pegar nada muito caro. Lá deve ser perfeito.

- Ah, sim, eu posso te perguntar, como foi?

- Ele é incrível. - Disse sorrindo.

- Mas e aí? Vocês tão namorando? - Ele parecia levemente interessado, mas eu poderia acreditar que ele estava fazendo um relatório para contar pro namorado dele.

- Eu não sei. Acho que ainda não chegamos a esse ponto. Só espero que dê certo. - Eu disse a ele honestamente.

- Os olhos do Jin estavam brilhando ontem a noite. - Ele disse distraidamente.

- Huh?

- Ah, ele tinha um grande sorriso no rosto. Ele parecia estar em outra dimensão. Acho que ele ainda estava aproveitando o momento, mas, Taehyung o atacou. Coitado. Taehyung já tinha bebido 2 latas de Red Bull e estava pegando outra. Estou surpreso por ele não ter dado meia volta ou ter pulado pela janela.

Eu cortei ele. Sabia que era falta de educação, mas detalhes de Taehyung não me interessavam agora. - Ele estava sorrindo?

- Sim, você disse que vocês tiveram um ótimo encontro, não foi mesmo? - Ele parecia um pouco confuso com a minha pergunta.

- Bem, sim. Mas, eu não sei. Não importa. Acho que só queria saber o que ele tinha achado. - Dei ombros e me deitei de volta na cama.

- Boa sorte se você começar um namoro. Os namorados são loucos! - Disse ele com um pouco de riso.


Kim SeokJin°

Eu mal podia esperar até as cinco. Eu já estava pronto desde cedo, dessa vez eu mesmo me arrumei. Vesti uma blusa de moletom rosa simples e uma jeans preto. O clima ainda estava leve o bastante para me vestir assim.

Eu cuidadosamente baguncei meus cabelos e calcei um sapatênis confortável. Olhei-me no espelho, e gostei do que vi. Perguntei-me se Namjoon gostaria de me ver assim também.

A culpa se apoderou de mim com esse pensamento. Ele era perfeito da forma que ele era. Então, por que eu tentava melhorá-lo? Vi minha cara amarrada no reflexo.

Fiquei indignado comigo mesmo, emburrado no quarto durante uns três minutos. Mas, assim que ele abriu a porta, e o vi com um belo e lindo sorriso torto nos lábios perfeitos, todos os meus pensamentos sumiram. - Jin.

Não era uma pergunta, mas uma declaração. Ele veio até mim e embrulhou seus braços em volta da minha cintura. Meus braços foram automaticamente para o seu pescoço e os nossos lábios se tocaram ligeiramente. Ele suspirou, descansando sua testa na minha. - Você tem um gosto muito bom.

O calor subiu nas minhas bochechas e eu ri nervosamente. Dei um passo pra trás lentamente, mas tropeçei no meu chinelo e cai no chão num baque. - Ai ... - Murmurei.

- Você está bem? - Ele perguntou um tanto frenético.

- Sim, estou bem. Eu só cai. - Eu falei, me levantando.

- Tenha cuidado ou as pessoas vão achar que você é o cego. - Ele brincou. Eu sorri levemente para mim, mas não disse nada sobre o seu comentário.

- Você está bem? - Ele perguntou de novo, seus braços em torno da minha cintura novamente. - Talvez seja melhor você ficar somente em meus braços; parece que é o jeito mais seguro.

Eu ri e pressionei os meus lábios no seu nariz. - Vamos, eu estou com fome.

- Então, eu estava pensando. - Ele falou enquanto nós andávamos para o carro. - Já que ontem eu paguei e você escolheu, hoje nos poderíamos fazer o inverso. Eu escolho, você paga.

- Acho que é justo. - Eu respondi, abrindo a porta para ele.

- Você tem certeza? Será que eu não poderia pagar outra vez? - Ele perguntou fazendo um leve biquinho. Seus lábios estavam ligeiramente enrugados, brilhando sobre os últimos raios de sol do dia.

- Tenho absoluta certeza. - Eu disse firmemente. Ele murchou os ombros e depois suspirou.

- Ótimo. Então, o que acha de cogumelos?

- O que? - Eu ri ao entrar no carro.

- Bem, eu ouvi falar de um lugar no outro lado da rua que tem uma ótima pizza de cogumelos. Gostaria de experimentar? - Sua mão deslizou sobre o banco e encontrou a minha. Seus dedos agarraram os meus firmemente.

- Namjoon, nós podemos comer algo melhor que pizza. - Reclamei.

- Por favor? Eu adoro pizza e não como uma faz mais de um mês. Por favor, por favor? - Ele fez aquele maldito e lindo biquinho novamente, levando minha mão até seus lábios, beijando levemente o meu pulso. - Também tem torradas, se isso fizer você se sentir melhor.

- Ok, está bem. Que lugar é esse? - Eu suspirei pra minha fraqueza. Eu cedia muito fácil, mas eu tinha de admitir que tudo isso soava muito bem.

- Pie Works. - Namjoon sorriu para sua vitória e fiquei satisfeito por ele não poder ver meu rolar de olhos.

Eu estacionei bem próximo do local. Literalmente me levou meio minuto pra chegar à pizzaria. Quando ele disse do outro lado da rua, não estava brincando. Nós seguimos juntos, lado a lado. O lugar era pequeno com paredes pintadas em xadrez preto e branco.

Eu peguei o cardápio e comecei a ver as opções. Uma das primeiras coisas que eu percebi foi a pizza que Namjoon estava falando. Isso foi fácil. O garçom, que parecia ser um pré-adolescente veio até nossa mesa. Ele se virou pra Namjoon, e eu mais uma vez reprimi o desejo de resmungar.

- O que posso fazer por você? - Ele manteve os olhos em Namjoon. Eu limpei minha garganta, chamando sua atenção.

- Eu quero uma coca. E você, querido? - Eu sabia que isso era muito infantil, mas, eu puxei a mão dele. Ele sorriu um pouco, seus dedos entrelaçando os meus.

- Eu também. - Disse ele com o sorriso nos lábios. Era bom saber que o sorriso era para mim.

O garçom começou a ir embora, mas eu o chamei. - Nós gostaríamos continuar com o pedido, por favor. Pra começar, gostaríamos de umas torradas e depois uma pizza clássica de cogumelos grande. Obrigado.

Namjoon virou seu rosto para o lado, uma expressão curiosa em seu rosto. Parecia que ele estava tentando não rir.

O garçom olhou completamente entediado. - Qual o tipo de molho?

- Traga um pouquinho de cada, ok? - Namjoon disse-lhe suavemente. O menino assentiu e voltou para a cozinha. - Sério, o que foi tudo isso?

- Eu não tenho idéia do que você está falando. - Eu murmurei, colocando o meu queixo na palma da minha mão.

- Você não gostou do garçom, não é? - Suas sobrancelhas se levantaram acima da armação de seus óculos.

- Ele é ... não importa, isso é estúpido. - Suspirei, tentando puxar minha mão da dele. Entretanto ele não deixou que isso acontecesse.

- Diga-me o que você está pensando Jin. - Ele pediu suavemente. Seu polegar fazia círculos em minha mão, enviando arrepios pra minha coluna.

- Ele estava olhando para você e isso me deixou com ciúmes. - Eu quase sussurrei. Eu não sei por que eu disse isso a ele. Simplesmente saiu.

- Jin, você é o único garoto que eu quero ver. - Ele abaixou a cabeça quando disse a última palavra. Minha pele queimou quando percebi o que ele disse. Tinha tantos significados ocultos nisso. E adorei cada um deles.

O jantar foi divertido. A nossa conversa era leve. Tentei dar um pedaço de pão na boca dele, mas acabei sujando seu nariz. Ele ria aquele sorriso lindo que se espalhava pelo rosto.

Ele tentou argumentar comigo na hora de pagar novamente, mas eu simplesmente o ignorei, entregando 13508,00 won ao garçom e ficando em pé. - Você quer ir para minha casa? Tem biscoitos e sorvete.

- Perfeito! Qual é o homem consegue resistir a isso? - Ele brincou. Seu braço firmemente ao redor de minha cintura, puxando-me mais para perto. Era fácil e confortável. Eu queria ficar assim para... pra sempre.


Kim Namjoon°

Fiquei preocupado quando Jin não respondeu quando eu lhe disse que ele era o único quem eu queria ver. Mas, ele não pareceu desconfortável durante as nossas conversas, então deixei isso pra trás.

- Você quer ir para minha casa? Tem biscoitos e sorvete.

Eu não queria tanto uma sobremesa. Eu só não queria que este encontro acabasse agora. Ainda era muito cedo. - Perfeito! Qual é o homem consegue resistir a isso?

A viagem até a casa dele foi muito curta. Ele morava a pouca distância a pé da faculdade, e também da minha casa. Eu teria que aprender o caminho muito em breve.

Quando abrimos a porta eu ouvi o televisor ligado. Taehyung devia estar em casa, o que significa que provavelmente Yoongi estava aqui também.

- Oi pessoal. - Jin falou pra eles antes de virar a sua atenção de para mim. - Que tal alguns biscoitos?

- O que você quiser. - Eu disse simplesmente. Ele soltou minha mão pra pegar algo nos armários.

- Ei, Jin! Pode me trazer uma água? - Yoongi pediu há uns dez metros de distância. Ouvi o barulho da porta da geladeira. Jin me acariciou quando passou e seguiu na direção de Yoongi.

- Toma. - Disse ele em numa voz bastante animada. Ele parecia feliz e isso me deixou extasiado.

- Então, ouvi dizer que seu aniversário está chegando. - Yoongi disse mantendo a conversa. Jin gemeu em voz alta por algum motivo.

- Eu não quero nem pensar nisso.

- Eu pensei que vocês só se preocupavam com a idade, quando tivessem idade pra isso. - Yoongi murmurou e ouvi o som de um tapa. Logo após um som de um beijo. Tentei conter meu riso, mas fiz isso de um jeito ruim.

Jin agarrou a minha mão e me levou pra algum lugar. Eu não tinha passado por esse caminho antes. - Porque não vamos pro meu quarto pra ouvir música enquanto nós comemos nossos cookies?

Eu estaria mentindo se não dissesse que fiquei animado pra ir ao quarto dele. Ele me levou até sua cama, e quando o colchão bateu nas costas do meu joelho me sentei. Ele correu até algum lugar e ligou o som. Seus pés faziam pequenos ruídos contra o piso de madeira. Ele devia estar descalço.

Foo Fighters começou a tocar no ambiente. Jin e eu tínhamos gosto musical parecido, o que foi muito bom saber.

A cama se abaixou um pouco quando ela sentou. - Você sabe, eu não quero realmente comer biscoito... - Ele disse meio envergonhado. Ele suspirou ligeiramente, me deixando um tanto preocupado.

Fiquei mais perto dele, a minha mão procurando sua bochecha. Eu pressionei meus lábios aos dele. - Talvez queira isso?

- É. - Ele sussurrou antes de pegar meus lábios novamente. Suas mãos repousavam ao lado do meu pescoço.

Os nossos beijos tornaram-se mais e mais intensos e quando vi minha mão subia por seu pescoço. Eu puxei seus cabelos, mantendo-o junto a mim. Seus suaves gemidos e respiração pesada foram me encorajando.

Eu queria ouvir mais desse som tão sexy. Mas, me preocupei, ao pensar que eu pudesse estar agindo de maneira brusca ou dominadora. Ele acabou com todas as minhas preocupações, quando me empurrou fazendo com que eu deitasse na sua cama.

Ele ficou em cima de mim, seu peso agradável contra meu peito. Suas pernas se entrelaçaram com a minha própria. Seus cabelos fazendo cócegas nas minhas mãos, não estava ajudando muito. Mas mesmo assim, nossos beijos continuaram. Cada vez que nossos lábios se afastavam eu já não conseguia mais ficar longe de sua pele e começava a espalhar beijos na sua bochecha, queixo e pescoço.

- Isso é muito melhor do que cookies. - Eu murmurei. Ele riu e descansou sua cabeça no meu peito.

- Eu não poderia concordar mais com você.

- Namjoon! Estou voltando! Você quer que eu te dê uma carona? - Yoongi falou do lado de fora do quarto.

- Que horas são? - perguntei para Jin.

- Dez. - Ele respondeu suavemente. Eu suspirei. Estava ficando tarde e já que eu estava na casa dele eu não queria incomodá-lo mais pedindo que ele me levasse.

- Está bem... eu acho. - Disse a última parte mais para mim. Sentei lentamente, colocando Jin cuidadosamente na cama. Inclinei-me na direção dele, pressionando os meus lábios na sua testa. - Jin, me ligue amanhã, por favor?

- O que você quiser. - Ele repetiu minhas palavras. Eu sorri para o tom engraçado da sua voz.

Beijei uma ultima vez os seus lábios, deixando que eles demorassem um pouco lá. A vontade de mandar Yoongi ir embora era loucamente tentadora. Seus lábios eram tentadores. Tudo nele era tentador. Eu suspirei me afastando dele. - Durma bem.


Notas Finais


13508,00 equivalente a 20 dólares

E aí? Vocês já tem alguma previsão para o ativo e passivo da relação 😂😂😂

Até o próximo capítulo!!!!

Beijos da Mochi!!!! 💖💖😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...