História Blood - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Kai, Lay, Sehun
Tags Exo, Kai, Lay, Romance, Sehun, Vampiro
Visualizações 7
Palavras 1.379
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Os próximos capítulos serão o final da fanfic, eu não sei quantos capítulos eu ainda vou fazer, mas acho que até sábado que vem a fanfic estará finalizada. Se eu não tiver algum imprevisto ou um bloqueio criativo.

Capítulo 27 - Uma nova vida com o Clã EXO


Fanfic / Fanfiction Blood - Capítulo 27 - Uma nova vida com o Clã EXO


   (...) Se passam 1 dia.
     Gabrielle abria os olhos lentamente. Ela sentia que ela estava estranha, por alguma razão a luz do quarto não irritou seus olhos. Ela se sentia bem, se sentia mais forte do que nunca.
    Gabrielle olhou para o lado e viu Kai dormindo. Ela sorriu ao ver ele tão lindo e fofo dormindo esperando que ela acordasse. 
   Gabrielle estava procurando um espelho para poder ver se havia funcionado. Embora ela pudesse sentir que ela estava mudada fisicamente. 
   Gabrielle foi até um espelho que se encontrava perto da janela do quarto de Kai.  Ela se levantou cuidadosamente para não acordar Kai,ela foi até o espelho e se surpreendeu ao ver seus olhos que agora eram vermelhos. 
    Ela sorriu ao ver as veias em seu rosto e garras em suas mãos. De repente alguém apareceu no espelho atrás de Gabrielle, era Kai. Rapidamente os olhos vermelhos de Gabrielle,as veias em seus rosto e as garras de sua mão sumiriam. 
    Agora Gabrielle estava com sua aparência que ela já tinha quando era humana, pele clara e olhos escuros.
    —Você continua linda!—disse Kai acariciando o rosto de Gabrielle.—Eu te amo.
     As palavras de Kai fizeram o coração de Gabrielle acelerar e palpitar fortemente. Gabrielle selou os lábios de Kai em um beijo quente,cheio de desejos e sentimentos. 
     —Eu te amo.—sussurrou Gabrielle. 
     —Kai!Kai!Kai!—Sehun apareceu gritando no quarto.—Kai, você não vai acreditar. 
     —Que você me atrapalhou no momento em que eu iria tacar Gabrielle na cama e fazer algo que você não faz há muito tempo! Eu acredito!—disse Kai com ironia. 
      —Yá, isso não!—disse Sehun.—Kátia está lá embaixo! Ela quer falar com Gabrielle. 
       —Não! Não é seguro para ela, Gabrielle ainda nem caçou,nem bebeu sangue.—disse Kai. 
        —Eu quero falar com ela! Mas não quero machuca-lá!—disse Gabrielle com o semblante triste. 
        —Gabrielle venha, você não vai machuca-lá! Não tem como.—disse Sehun. 
    Kai e Gabrielle trocando um olhar preocuposo. Afinal como ela não poderia ser machucada? Aquilo não fazia sentindo mas Gabrielle e Kai resolveram ir até onde Kátia estava. 
   E apenas 2 segundos,Gabrielle,Kai e Sehun,estavam na sala onde se encontrava Kátia. 
   Ela estava sentada no sofá junto com Lay,enquanto ele acariciava os cabelos da menor. 
    —Kátia?!—disse Gabrielle ainda não conseguindo acreditar no que via.
      Kátia se levantou em uma velocidade inacreditável, ela foi até Gabrielle e a abraçou fortemente. 
     Gabrielle não sentia cheiro do sangue de Kátia. Era estranho, Kátia não exalava cheiro de sangue e estava tão forte como Gabrielle. 
      —Kátia....você se tranformou?—perguntou Gabrielle saindo do abraço de Kátia.—Você realmente se transformou?!
    —Sim!—Kátia respondeu.—Digamos que alguém me convenceu!
     —Esse alguém se chama Lay?—disse Gabrielle rindo.—Imagino como ele te convenceu safada!
    —Gabrielle.—disse Kátia ficando séria.—Me desculpe por tudo o que eu disse. Eu fui egoísta, eu...eu não queria ter que viver sem a única pessoa com quem eu me importo!
     —Está tudo bem! Eu também errei.—disse Gabrielle olhando no fundo dos olhos de Kátia.—Eu não devia ter tocado no assunto sobre seus pais, e nem falado aquilo. Me desculpe!
    Gabrielle e Kátia se abraçaram novamente. Elas estavam felizes por estarem juntas novamente, a amizade delas era algo maior do que tudo,era maior até do que o amor que elas sentiam por Lay e e Kai. 
    —Senhorita Kátia,que história é essa de que Gabrielle é única com quem você se importa?!—disse Lay indignado.—E eu como fico?
    —É Kátia, você não está namorando o Lay?—perguntou Sehun.
       —Não!—disse Kátia com sínceridade.—Não estamos!
     —Estamos sim!—protestou Lay.— Eu só...não pedi ainda.
       —Por isso!—disse Kai rindo. 
     De repente Gabrielle e Kátia colocaram suas mãos em suas gargantas,elas estavam com muita sede.
    —Elas tem que caçar!—disse Sehun.—Precisamos levá-las há algum lugar para que elas caçarem!
     —Mas ainda está de dia!—disse Kai.—É perigoso. 
     —Eu conheço um lugar onde podemos conseguir sangue!—disse Lay com um sorriso travesso.
   (...)
    Lay levou Gabrielle,Kátia,Kai e Sehun até o hospital onde as duas garotas ficaram quando uma estava doente e a outra estava ferida.
    —Lay, aqui é o hospital!—disse Sehun. 
    —Não Oh Sehun,aqui é a auto-escola!—disse Lay irônico.— Não vamos pegar sangue de quem está lá dentro e sim da ambulância que transporta sangue, para o hospital!
     —E onde está esse caminhão?—perguntou Kai.
      —Deixe que as novas vampiras nos levem até ele!—disse Lay. 
      Kátia e Gabrielle estava sentindo o cheiro de sangue. Ela começaram a andar disfarçadamente até o estacionamento de descarga das ambulâncias. 
       Kai,Lay e Sehun seguiram as duas. Quando finalmente chegaram na tal ambulância, ela estava vazia,não havia ninguém. Mas havia bolsas de sangue dentro da ambulância. 
     —Achamos!—disse Gabrielle.—Tem um cheiro delicioso!
      —Calma que vocês não podem beber o sangue aqui!—disse Kai.—Vamos pegar e voltar para casa. 
     —Kai use seu poder de teletransporte para voltarmos para casa!—disse Sehun, entrando dentro da ambulância pegando alguns pacotes de sangue. 
     —Eu te ajudo Sehun!—disse Lay entrando na ambulância. 
      —Como assim poder de teletransporte?—perguntou Kátia.—Você sabia disso Gabi?
     —Não, eu também não sabia!—disse Gabrielle desconfiada.—Kai, se explique!
     Kai olhou desesperado sem saber o que fazer, ele não havia dito para nenhum delas que o Clã EXO era vampiros especiais,que tinham poderes. 
     —É que...nós do Clã EXO somos, vampiros especiais. A gente tem poderes!—disse Kai devagar para não levar uma surra de Gabrielle.—Desculpe por não contar esse pequeno detalhe.
      —Pequeno detalhe?!—exclamou Gabrielle irritada.—Você vai se ver comigo mais tarde Kim Jongin.
       —Yá,Kátia aqui tem seu sangue!—disse Lay saindo juntamente com Sehun da ambulância. 
       —Acho que foi quando eu estava com pneumonia que tiraram meu sangue para exames.—disse Kátia sentindo o cheiro de seu próprio sangue.—Agora sei como você se sentia Lay! Meu sangue parece realmente delicioso. 
      —E o gosto é melhor ainda!—disse Lay se lembrando da noite que havia transformado Kátia. 
       —Ta agora podemos ir para casa! Temos sangue para o clã todo.—disse Sehun impaciente.
       —Então vamos!—disse Kai. 
     Kai se concentrou em todos que estavam com ele. Ele tinha que se concentrar para conseguir transportar todos de volta para casa.
      (...)
    Estavam todos em casa,incluindo o resto do Clã EXO. Estavam todos saciando sua sede, com o sangue que estava na ambulância do hospital. 
    Gabrielle foram conhecer os outros do Clã EXO, eles pareciam simpáticos e haviam gostado da idéia de ter mais duas novas integrantes do clã. 
    —Oi, eu sou Gabrielle!—disse Gabrielle sorrindo para todos. 
     —Eu sou Kátia!—disse Kátia um pouco tímida. 
     —Muito prazer, eu sou Chen!—disse Chen fazendo saudação para as duas. 
    —Meu nome é Xiumin.—disse Xiumin fazendo saudação para as duas e logo em seguida dando um sorriso muito fofo. 
     —Eu vocês podem chamar de Tao!—disse Tao dando uma piscadela para as duas. 
     —Podem me chamar de Kris!—disse Kris dando um sorriso muito intimidador. 
       —Muito prazer meninas eu sou Chanyeol!—disse Chanyeol, as duas garotas tiveram que erguer bem a cabeça para olhar nos olhos do garoto. 
      —Eu me chamo Baekhyun e sou o mais lindo!—disse Baekhyun convencido. 
     —Meu nome é Luhan, é um prazer conhecer vocês!—disse Luhan sorrindo como uma linda criança. 
    —Gabrille, Kátia, muito prazer. Podem me chamar de D.O!—disse D.O com um sorriso intimidador e ao mesmo tempo fofinho. 
      —E eu sou Suho!—disse Suho sorrindo feliz!—Vocês são lindas.
      As duas garotas coraram, elas não estavam acostumada com tanta atenção masculina. Mas quem não estava gostando nada disso era Kai e Lay,eles estavam com ciúmes de suas amadas.
      Mas seus irmãos sabiam que os dois gostavam muito delas e não iriam fazer nada mesmo contra elas. Eles apenas seriam amigos delas.
    Kai se aproximou de Gabrielle e disse em seu ouvido bem baixo para que ninguém escutasse.
    —Gabi que tal irmos para um lugar mais reservado,tipo meu quarto!—disse Kai malicioso. 
      —Eu estou de greve por você ter escondido algo de mim! Somos um casal, não podemos esconder segredos um do outro. —disse Gabrielle deixando Kai com desanimo. 
 
     Gabrielle e Kátia agora tinham uma nova vida,novos costumes e novos amigos. Mas o perigo estava se aproximando cada vez mais do Clã EXO, e as duas garotas não tinham conhecimento dos poderes que elas tinham. 
     
 


Notas Finais


Desculpem os erros e a falta de criatividade, espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...