História Blood - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Top, UP10TION
Personagens Bit-to, Cap, Changjo, Chunji, Gyujin, Hwanhee, Jinhoo, Kogyeol, Kuhn, L.Joe, Niel, Ricky, Sunyoul, Wei, Wooshin, Xiao
Tags Drama, Hwanxiao, Khunyeol, Kpop, Revelaçoes, Romance, Up10tion, Vampiros, Weiyoul, Wooto
Exibições 75
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Atualizada novamente...

OBS: Está fic contém conteúdo Homossexual e cenas de sexo. Se não gosta ou é menor de 18 não leia. Gostaria de lembrar que está é uma fic Yaoi, mas isso não significa que os cantores da banda sejam Homossexuais, muito pelo contrario.

Capítulo 27 - Não tenha medo


Momentos na vida vêm e vão, mas lembranças sempre ficam guardadas em nossa mente e em nosso coração. Pode ser clichê ou até mesmo cafona, mas isso não muda a importância dos laços criados ou da chama que emana.

Vários corpos podem ser tocados, mas apenas duas almas estão conectadas. Medidas podem ser tomadas bem como decisões erradas. É necessário pensar antes de agir, mas em certas ocasiões apenas sendo imprudente você será feliz.

Aprenda com os erros, mas não tenha medo de errar. Quem não cai nunca aprende como se levantar e tentar evitar os tombos dos outros só fará que no futuro as quedas sejam mais graves.

---*Visão C.A.P*---

Quando ele me protegeu foi uma surpresa. Jamais imaginei que ele faria tal coisa. Precisando tirar ele dali eu me transformei e comecei a correr com ele dali. Ele em pouco tempo eu perdeu completamente a consciência e eu sem saber o que fazer eu consegui um esconderijo perto de um rio.

Eu não podia leva-lo até os demais, uma vez que se ainda estivermos sendo observados acabaremos colocando os demais em perigo. Eu o deitei no chão e uivei o mais alto que pude esperando que algum  dos betas escutasse e viesse ao nosso encontro.

Voltei a minha forma humana e com cuidado fiz pressão no ferimento do Youl esperando que assim ele perdesse menos sangue. Sua cura estava mais lenta do que o normal e ao notar a marca eu seu corpo eu entendi o por que. Apenas o sangue do seu parceiro no vinculo aceleraria sua cura.

Sem poder arrastar o parceiro do mesmo até aqui eu apenas peguei um veado que estava próximo e dei seu sangue ao mesmo ainda desacordado esperando que assim ele recuperasse a consciência.

---*Visão ChangJo*---

Nós estávamos tentando socorrer o Wei quando ouvimos o uivo do nosso líder. Eu olhei para os demais e falei:

-Ele precisa de nós.

-É melhor só você ir. Seja lá o que aconteceu muitos de nós vai chamar demais a atenção.

Falou niel  e eu ia concordar quando Wei fraco falou:

-Me leve com você.

-Você não está em condições de...

Eu ia rebater quando ele falou:

-O Youl precisa do meu sangue. Eu preciso ir.

Imaginando que teria algo haver com o vinculo concordei e juntos ambos saímos da caverna. Segui as instruções passadas pelo C.A.P da melhor forma esperando assim chegar logo ao nosso destino e torcendo para que o Youl aguentasse até a nossa chegada. Ver o desespero do vampiro, ou melhor do Wei ao meu lado.

---*Visão SunYoul*---

Acordei ao sentir o sangue percorrendo meu corpo. Abri os olhos lentamente e vi C.A.P colocando o sangue daquele animal recém abatido na minha boca. Ele se afastou ao notar que eu estava recuperando a consciência e eu falei:

-Obrigado.

-Idiota. Eu que devia te agradecer. Você se feriu para me proteger.

Ele deu um pequeno sorriso tentando esconder a dor e falou:

-Eu sou imortal. Você não. Era o único que eu podia fazer.

Ia rebatê-lo quando ouvi um uivo do meu beta que logo reconheci como sendo o ChangJo e me transformando o respondi indicando onde estávamos. Cinco minutos passaram quando os vi se aproximar. Achei estranho ele não ter vindo sozinha, mas logo entendi quando aquele vampiro que eu havia visto na caverna se aproximou do Youl e falou:

-Porque você é sempre imprudente?

-Porque é isso que você ama em mim. O fato de que eu protejo os outros e que sou capaz de tudo para que ninguém se machuque no meu lugar.

Falei mesmo muito ferido e Wei logo colocou seu pescoço na direção dos meus dentes falando:

-Beba. Isso vai te ajudar.

Eu os olhei inseguros e logo C.A.P falou:

-Vamos dar uma olhada nos arredores.

ChangJo rapidamente os seguiu e eu sem duvidar mais nem um minuto mordi o pescoço do Wei bebendo seu sangue que após o vínculo se converteu em meu melhor remédio.

---*Visão ChangJo*---

Eu não entendi bem o porquê do C.A.P querer dar uma volta naquele momento e ele percebendo meu momento de confusão falou:

-Beber o sangue um do outro é um momento intimo entre vampiros. A situação pode não estar ocorrendo por prazer, mas ambos ainda são um casal e ficar ali os observando não é o mais adequado.

Concordei entendendo finalmente a sua atitude e logo perguntei decidido a aproveitar o momento:

-Eu posso estar sendo inapropriado e inconveniente de perguntar uma coisa dessas, mas...

Ele me interrompeu e falou:

-Se você sabe que está sendo inapropriado e inconveniente porque ainda vai perguntar?

Concordei ignorando o líder e sabendo que poderia ser punido. Ele me olhou surpreso e eu falei:

-Você não sente minha falta? Falta dos nossos momentos juntos?

Achei que ele ia gritar comigo e me repreender, mas este falou:

-É claro que eu sinto, mas nós estamos no meio de uma guerra. Os nossos momentos a sós não podem ser prioridade ChangJo.

Fiquei com os sentimentos abalados após ouvir aquilo, mas determinado a aproveitar aquele primeiro momento a sós depois de tanto tempo eu me aproximei selando os nossos lábios de forma selvagem exatamente como o que somos.

 ---*Visão Wei*---

Ver o Youl ferido daquela forma não foi fácil, mas sentir que posso ajuda-lo e perceber o quanto ele sentiu minha falta me deixou feliz. Nada no mundo é melhor do que estar ao lado desse vampiro inconsequente que sempre pensas nos outros e nunca em si mesmo.

Ele bebeu uma grande quantidade do meu sangue e logo o seu nível de regeneração começou a ficar mais rápido. Quando ele finalmente liberou meu pescoço dos seus dentes eu falei:

-Logo você vai estar como novo.

-Obrigada por vir.

Ele respondeu e eu falei:

-Eu sempre vou ir até você. Somos um só Youl. Você sabe disso.

Ele concordou e eu falei:

-Eu sei.

Dei um selinho no mesmo e falei:

-Seja menos imprudente. Sentir você sofrendo e não poder fazer nada não é fácil.

-Desculpe.

Falou ele envergonhado eu o deitei em meu colo fazendo no mesmo um cafuné. Esquecendo por um minuto dos perigos e dessa guerra.


Notas Finais


Gostaram?

QUER PEDIR UMA FIC? SAIBA COMO AQUI! :D
https://socialspirit.com.br/perfil/vikapagliarin/jornal/solicite-sua-fic-4604918

Minhas amigas e leitoras criaram um fandom para mim kkk
Nesta página estou a postar as novidades sobre meus trabalhos então quem quiser me acompanhar de pertinho é só curtir lá a ok?

Link: https://www.facebook.com/pages/Pagliaretes-Fandom-da-Virginia/1465901393717917

Fiquem de olho no grupo do face para ficarem cientes do que vem por ai...

Beijos de morango, VirginiaOtaku


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...