História Blood, Blood and Vampire - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bottom, Bts, Jikook, Lemon, Romance, Vampiro, Yaoi
Exibições 142
Palavras 1.212
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa tarde! Capítulo novo de BBandV.
Obrigado a todos por tudo! Espero que estejam gostando da fic. Bom, é isso, me desculpem qualquer coisa. Boa leitura!

Capítulo 16 - Sixteen: Confuso


Fanfic / Fanfiction Blood, Blood and Vampire - Capítulo 16 - Sixteen: Confuso

| POV JUNGKOOK |

Minha mão acertou o rosto dele com muita força, por um minuto, me assustei com toda força que eu tinha, não fazia idéia de que poderia ser tão forte. Estava prestes a dar mais um soco nele quando Jimin segurou minha mão.

- Jungkook. - disse ele com dificuldade. - Por favor, pare!

Muitas coisas passavam em minha mente. A vontade de destruir o Sehun era enorme, e até um pouco sem sentido. Senti meu corpo tombar para trás, como se toda a minha energia escapasse de minhas mãos. Jimin me segurou.

- Ainda bem que você ainda controla. - disse ele dando um sorriso aliviado. - Por um momento achei que perderia você.

- C-como assim? - perguntei confuso.

- Ué, você não sabe o quão diferente fica quando todo esse poder é liberado? - perguntou ele aparentemente surpreso.

- Eu não sei... - parecia que minha cabeça fosse explodir.

- Vou está destruído, vamos, vou te levar para minha casa. - disse Jimin, me ajudando a andar.

Acordei e fitei o teto sobre minha cabeça. Por um momento me senti perdido, mas logo reconheci o lugar. Era o quarto de Jimin.
Me virei na cama, segurando com força o lençol. Todo meu corpo estava dolorido. Procurei com os olhos pelo quarto, mas não vi nenhum sinal do Jimin.
Encontrei um bilhete no criado mudo, ao lado do retrato de sua mãe.

"Jungkook,
Tive que ir encontrar com meu pai, tentarei não demorar muito. Por favor não saia antes de eu ter chegado.
Amo você,
Jimin."

Segurei o bilhete contra o peito, e depois o coloquei novamente no criado.

- Vocês realmente se amam, não é? - disse a voz na porta. Me virei rapidamente para olhar.

Era o Jin. Senti meu coração bater acelerado.

- O que quer? - falei desviando o olhar dele e tentando controlar o medo.

- Nada. - disse ele dando um sorriso. - Só estou impressionado com seu desenvolvimento. Está acontecendo bem rápido.

- Você está me observando? - perguntei, me sentando na cama.

- Não só eu, Jungkook. - disse ele, olhando em direção a janela do quarto. - Tem muita gente te observando.

- Como assim? - perguntei.

- Ainda tem muita coisa que você não sabe Jungkook. - disse ele dando um sorriso sarcástico. - E deveria tomar muito cuidado em quem você escolhe confiar.

Ele se virou e saiu do quarto. A sensação era estranha, o que será que ele quis dizer? Jimin mentiria para mim? Se bem que no início ele mentiu...
Resolvi não pensar nisso, Jin não era alguém em quem poderia confiar. Se bem que .as últimas semanas não estou podendo confiar ninguém.
Jimin entrou no quarto, e deu um sorriso ao me ver.

- Já acordou! - disse ele se aproximando de mim.

- Você não estava mais machucado que eu? - perguntei franzindo o cenho.

- Estava um pouco. - disse ele sentando ao meu lado na cama - Mas meu pai me deu um de seus medicamentos de cura.

- Seu pai é um vampiro ou o que? - perguntei sem olhar para ele.

- Ah ele é diferente. - disse Jimin. - Devo te dizer que o seu "amiguinho" Sehun já foi embora. Ele havia se matriculado na escola, mas meu pai o expulsou.

- Ah sim. - falei fitando o chão - Obrigado.

- O que houve Jungkook? - perguntou Jimin colocando a mão sobre a minha.

- Não é nada, só estou um pouco cansado. - menti e me levantei - Acho melhor eu ir. Nos vemos amanhã.

- Espere, eu levo você. - disse Jimin se levantando ao meu lado.

- Não precisa. - falei um pouco alto demais.

- Tudo bem. - disse Jimin se afastando de mim. - Você está realmente estranho.

Saí do quarto o ignorando. Estava confuso, não deveria dar ouvidos a alguém como Jin, mas não consegui.
Jimin surgiu atrás de mim no corredor.
Segurou meu braço, minha mão próxima ao seu rosto.

- Diga, o que está acontecendo? - disse ele Incisivo.

- N-não é nada. - respondi, sabia que meu rosto estava corado.

- Você não sabe mentir. - falou ele me pressionando contra a parede. - Fale a verdade, por favor.

- O Jin... - falei desviando meu olhar do dele. - Ele apareceu. E disse algumas coisas.

- O que ele disse? - perguntou Jimin. Ele ainda segurava meu pulso. Seus lábios próximo dos meus, conseguia sentir seu hálito de menta.

- Ele falou que eu deveria tomar cuidado com as pessoas em que eu acredito. - falei olhando para os lábios dele. Senti meus olhos ficarem marejados.

- Você acha que não pode confiar em mim, Jungkook? - disse Jimin empurrando minha mão contra a parede. E pressionou o próprio corpo contra o meu.

- Você já mentiu para mim, Jimin! - falei, as lágrimas enchendo meus olhos.

- Sim... - disse Jimin, o corpo ainda muito próximo ao meu. - Mas não foi com má intenção, era preciso proteger você Jungkook.

- E como vou saber? - falei, as lágrimas começam a rolar. - Você pode ser mais um grande mentiroso querendo se aproveitar de mim, ou do que acham que eu sou.

- Jungkook, eu amo você - falou ele, levando os lábios ao meu pescoço - Você não percebe que se eu quisesse fazer algo com você, eu já teria feito?

Senti meu corpo estremecer. Jimin era tão intenso, o contado com ele me tirava o ar.

- Eu também te amo Jimin... - falei, seus lábios carnudos e gelados contra meu pescoço. - Mas tenho tanto medo. Já fui enganado demais.

- Jungkook. Eu jamais mentiria para você. - falou ele, aproximando o próprio corpo contra o meu. - Confie em mim.

- Jimin... - falei, as lágrimas molhando meu rosto. - Eu estou tentando.

- Eu nunca iria querer magoar você - disse Jimin voltando o rosto ao encontro do meu. Ele levou seus dedos ao encontro de meu rosto, secando minhas lágrimas.

- Eu estou confuso - falei respirando com certa dificuldade. - Mas vou tentar não pensar nessas coisas.

- Isso, por mim. - disse Jimin.

Jimin levou seus lábios ao encontro do meu. Minha mão ainda estava contra a parede, ele a segurava com força.
Nossos corpos estavam tão próximos que eu poderia sentir cada movimento dele. Jimin me beijava com desejo. Eu o quero mais que tudo. Preciso dele. Tenho que confiar nele.
Senti sua mão percorrer minha coxa com força, e puxar minha calça para baixo. Me deixando nu da cintura para baixo. Senti minha pulsação acelerar. Jimin me olhou, dando um sorriso de satisfação.
Logo ele abaixou a própria calça, ficando nu também. Seu membro já estava ereto. Senti meu rosto em chamas.
Ele segurou minhas coxas e me levantou, me deixando no ar, com as pernas cruzadas em sua cintura. Senti seu membro penetrar minha entrada com força. Segurei seu ombro com força, soltando um gemido. Jimin beijou meu pescoço, enquanto penetrava. A sensação de tê-lo em mim era mais prazerosa agora. Eu o queria, eu o desejava, eu o amava.

- Jungkook... - disse ele próximo de chegar ao êxtase.

- Jimin... - respondi.

Notas Finais


Comentem e favoritem!
Acham que devo continuar?

Obrigado por tudo, mesmo. Espero vocês no próximo capítulo! Bjs

Deem uma olhada nas minhas outras fics:
[Chasing Love] spiritfanfics.com/historia/chasing-love-jikook-6947676

[Dangerous Love] spiritfanfics.com/historia/dangerous-love-jikook-7178672


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...