História Blood in the dimensions - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anjos, Demonios, Dimensões, Lutas, Morte, Sangue, Segredos, Violencia
Exibições 8
Palavras 2.776
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom galera e isso aí tá mais um episódio, mas pra esse episódio não consegui pensar em uma música certa, essa aqq e bem legal e eu achei que combinei mas com o episódio: Our Last Nigth- Home
Obs: quebrando a 3 parede e quando o Peter interage com você.

Capítulo 4 - A parte humana fala mas alto.


No inferno

- Mestre quer que eu volte com mais demônios para matar Peter?

- Não alguém que esta lá em cima vai mata-lo ou você acha que ele e ameaça apenas para os demônios? Não, não mesmo.

Peter e John vão em direção ao acampamento carregando a mulher, cansados por causa da luta eles decidem parar faltando apenas alguns quilômetros do acampamento, para descansar um pouco, depois de um tempo a mulher acorda assustada, e pergunta:

- O que estou fazendo aqui e com você, seu monstro, você acha que eu não sei o que você e?

Peter se coloca na frente de John e fala tentando aclama-la:

- Moça ele tem poderes demoníacos mas salvou a sua vida, ele não vai machuca-la.

John vai e fala olhando com um olhar triste e cabisbaixo:

- Deixa Peter eu já estou acostumado com pessoas me tratando assim.

A mulher olha para John e ri falando:

- Você acha que eu estou falando de você demônio, não eu não estou falando de você, estou falando do monstro que está a sua frente esse que você chama de Peter, eu sou um anjo não teria medo de você por nada nesse mundo fui criado para destruir demônios e não os temer, minha missão e te matar PETER, nada vai me atrapalhar, ao contrário do demônio tenho como te matar.

Realmente anjos tem poderes acima de qualquer outro, um anjo bem treinado pode arrancar a alma de qualquer ser até mesmo de outro anjo.

- Irei te matar e não vou deixar um rastro da sua existência na merda do seu mundo, e vou voltar aos céus anunciando, matei o filho da luz com as trevas com sua cabeça em uma bandeja.

Peter assustado com tudo que está ouvindo grita:

- Do que você está falando, meu pai não era nem anjo nem demônio ele era um ótimo pai e minha mãe morreu quando nasci.

- Não te contaram não e mesmo, deixe-me te falar a verdadeira história, seu pai era um demônio e sua mãe um anjo, eles sempre trocavam de dimensão para se ver e se encontravam na terra pois ela e a única coisa que separa nossos mundos, mas sua mãe ficou gravida de você, e quem diria anjos criaturas puras e guerreiras, apaixonada por um demônio ser de destruição e morte, o pior de tudo e que o demônio também a amava, quando sua mãe engravidou ela conseguiu esconder até você nascer, porem você não poderia ficar no céu com ela e muito menos no inferno com seu pai, então o mandaram para terra sua mãe não podia ir para a terra por que os arcanjos há ameaçaram e disseram que se ela visse para terra todos seriam mortos, e seu pai abandonou o seu trono no inferno para cuidar de você, quando ele fez isso ele perdeu seus poderes de demônios, como todos desse mundo que perdeu seus poderes depois de uma traição no começo das eras, você não era uma ameaça para nós e nem para os demônios pois não tinha nenhum poder, até que alguém descobriu a fenda dimensional e fez teu pai ir até lá para tentar trazer sua mãe, se ele conseguisse traze-la e fechar a fenda dimensional não teria mas como nada passar, mas quem falou pra ele da fenda dimensional não queria que ela se fechasse queria ela aberta.

Peter com os olhos cheios de lagrimas grita:

- Por que vocês querem tanto me matar? Eu uso meus poderes para ajudar quem precisa.

A mulher olha para ele e diz:

- Alguém que tem poderes nos 3 mundos e uma ameaça para os 3, você tem sua parte anjo, sua parte demônio e a pior de todas, sua parte humana, anjos protegem e seguem ordens, demônios só querem destruição, mas humanos você nunca sabe o que vão fazer, eu já vi o que eles podem fazer sem poderes, eu não quero ver o que você pode fazer com os seus.

A mulher olha para o céu e diz:

- Não peço que me entenda, eu só sigo ordens, Armor Of The Archangels.

Quando ela termina de falar vem uma armadura do céu junto com uma espada que pegava fogo, a armadura e a espada eram de ouro com uma luz azul que reluzia seus detalhes, das costas da mulher saiu 4 asas duas maiores que ficavam na parte superior de suas costas e outras duas menores que ficavam logo abaixo, ela pega a espada e sobe aos céus voando, ela não sobe muito aponta a espada para Peter e fala:

- Divine Punishment.

Ao redor dela e na ponta de sua espada aparecem círculos dar cor amarelada e que giravam bem rápido, quando a velocidade dos círculos chegou ao ponto de não ver o que estava mais desenhado neles saiu um raio amarelo de cada um indo em direção ao Peter, Peter simplesmente aparece à frente da mulher olha para ele e diz:

- Não deixarei que me mate, o que eu tenho que fazer aqui não acabou.

Ele dá um mortal e força seu calcanhar contra o rosto da mulher, ela cai indo com a cabeça em direção ao chão, ela tenta abrir as asas mas havia algo segurando suas asas, quando olha para ver o que era viu John em sua forma de demônio segurando suas asas e com os pés no meio de suas costas, ele olha para ela e diz:

- Você acha que é a única que vai tão alto? Não você não e tão especial assim, mas te garanto vai ser a única que vai morrer nessa queda.

A mulher cai em alta velocidade, como uma estrela caindo, com o impacto da queda espalha-se poeira por toda parte, mas não demora muito para ouvir um barulho de asas batendo fazendo com que toda a poeira se dispersasse para longe, mesmo com as asas batendo, quando a poeira toda se foi dava para ver a mulher ajoelhada no chão e John caído atrás dela, a mulher em sua forma de anjo fala a Peter:

- Você pretende me matar assim? Vai ter que se esforça mais se realmente quiser ficar vivo.

Peter corre em direção a mulher com as mãos para trás como se tivesse segurando algo e diz:

- Sacred sword of lightning.

A espada aparece em suas mãos, quando ele chega bem perto dela aponta para ela e a tenta corta-la, mas a espada passa por ela como se ela não estivesse lá e então Peter fala:

- Ray Of The Skies.

E do céus desse um raio que vai direto a ponta de sua espada, fazendo com que sua espada fique totalmente energizada com o poder do raio ele arremessa ela na direção dela, ela simplesmente esquiva da espada, ela se vira com um velocidade incrível para Peter e pega em seu pescoço, mas antes da espada cair no chão John se levanta e a pega ele corre com a espada a velocidade de John causava destruição pela força que ele corria, era como ver um raio correndo, John levanta a espada para corta-la quando a espada chega um pouco acima da cabeça da mulher ela a segura com apenas 2 dedos, mas John logo solta a espada e dá um soco invertido no rosto dela a fazendo largar Peter e a espada, Peter cai no chão olha para o John e fala:

-Chama o Miguel e a Luna vamos precisar deles, vá até o acampamento e os chame só eles podem ajudar.

John corre com toda sua velocidade e deixa Peter para pedir ajuda de Miguel e Luna.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

QUEBRANDO A 3 PAREDE.

Vocês devem estar se perguntando quem são Miguel e Luna, bom vou dar um resumo, Miguel e um anjo, bom uma pessoa com poderes de anjo, e Luna uma pessoa com poderes de demônio, eles são um casal, eles são os mais fortes do meu grupo uma dupla inigualável, o poder dos dois e baseado nas suas emoções, e o que ele faz por ela cara.... E ela luta para o manter vivo como se ele fosse uma parte dela.

A mulher pega a espada dela e corre em direção a Peter, ele olha para o chão e corre em direção a espada dele, porem antes dele pegar ela a espada da mulher o perfura na barriga, ele mesmo com a espada entrando na sua barriga não deixa de correr para cima de sua espada, quando ele consegue pegar a espada ele dá um soco com a mão direta no rosto da mulher a fazendo se afastar deles e tirar a espada da barriga dele, ele roda fazendo com que a espada dele saia do chão e tenta acerta-la, porem ela coloca a espada e o braço para tentar proteger o rosto, mas a força do golpe foi tão grande que a espada partiu em pedaços e cortou uma parte da armadura, ela cai no chão e fala com uma voz, apavorada:

- Como? Como você fez isso? Você cortou ao meio uma espada de arcanjo e uma parte da minha armadura ao mesmo tempo, quão grande e teu poder?

Peter pega ela pelo pescoço e a espada na outra mão, e fala:

- Vamos acabar com isso de uma vez por todas.

A mulher levanta suas asas e começa a subir, tentando fazer com Peter a largasse, ela voa em direção a alguns prédios abandonados e os atravessa quebrando paredes, pilastras e batendo Peter em tudo que dava, ela passou por dentro de vários prédios, até que Peter ficou dentro de um, ela olha para trás e o vê se levantando do chão ela voa de volta na direção dele, só que ela passa por ele como se ele não estivesse lá então Peter diz:

- Você mexeu com a pessoa errada, Power Whips.

Ela lança seus chicotes de energia nos pés antes dela sair do prédio voando, ele corre quando ela passa pela janela do prédio pula em suas costas segurando os chicotes e dá um mortal puxando os chicotes jogando ela em direção a um prédio, ela cai e machuca uma de suas asas na queda, Peter chega bem perto dela e fala:

- Quero ver você escapar agora.

Ela se levanta rapidamente, e usa o ultimo impulso que suas asas machucadas podem dar, para pegar no rosto de Peter e fala:

- Soul Condemnation.

Quando ela termina de falar a alma de Peter começa a sair do corpo, sua pela começa a perder a cor seus cabelos ficam brancos e ele fica magro, quando Peter estava quase morto, aparece Miguel, amigo de Peter em sua forma de anjo, e dar um murro no rosto da mulher fazendo com que ela voasse por metros de distância, ela batia no chão como se estivesse capotando, antes que ela parasse de capotar no chão Luna corre e dá um chute em seu rosto, a parando e deixando a caída no chão e John fala:

- Guards os Hell.

A deixando presa por mãos do inferno e asas presas, Miguel pega Peter para ver se ele está vivo e vê que ele só estava um pouco tonto, a mulher olha pra Miguel e fala:

- Olha só quem está aqui, um traidor.

Todos olham para ele e perguntam:

- Do que ela está falando?

Ela nem espera ele falar e diz:

- Esse foi o primeiro arcanjo mandado para te matar, mas ele fracassou deixou o coração amolecer, preferiu os humanos do que os anjos, e então decidiu virar as costas para nós e abraçar vocês.

Ele olha para Peter e diz:

- Me desculpa Peter, eu sei que deveria ter falado antes, mas... ahh.

- Não se preocupe Miguel, não ligo para o que você tinha que fazer eu me importo com o que fez, você já me salvou dezenas de vezes, não vai ser por isso que nossa amizade vai acabar.

Deitada no chão ela abre suas asas e sai voando e pega a espada do Peter que estava ao seu lado, pega Miguel pelo pescoço e fala:

- Ele pode te perdoa, mas eu nunca vou perdoa sua traição, você decide ou você o mata ou você morre por ele, e então qual vai ser?

Ele olha para ela e diz eu acho que você e quem vai morrer, Peter aparece do lado deles com o que sobrou da espada dela e corta seus braços, Miguel voa para trás das asas dela e a pega pelas asas, a girando em direção ao chão, Luna vai andando devagar para perto dela e pisa no seu pescoço e diz:

- Você não sabe com você está mexendo, Chains Of Hell.

Correntes pegando fogo envolve a mulher, e ela começa a gritar de dor, seus braços nasceram de novo em questão de segundos e então Peter perguntou para Miguel:

- como se mata um anjo?

E Miguel respondeu:

- Temos que arrancar as suas asas, só assim conseguiremos matá-la.

Então Peter pegou seus chicotes colocou prendendo suas mãos seu pescoço, e amarrou ela para que ela não escapasse, mas quando as correntes do inferno foram tiradas, mesmo com os chicotes prendendo ela saiu voando e gritou:

- Essas armas fui eu quem criou você não deveria ser digno de usa-las, nem eu pude usa-los, mas claro eu fiz para que o efeito que tivessem nos demônios não teria em mim.

Ela voa em direção a Luna chega bem perto pegou na barrida da Luna e falou:

- Ele sabe que você espera um filho dele?

Luna aterrozida cai no chão ajoelhada, então ela invoca outra espada levanta e fala:

- Você irá morrer pelo que ele fez.

Quando ela vai enfiar a espada na Luna, Miguel chega empurra ela e a espada entra no meio de seu peito atravessando até o meio de suas asas, ele cai no chão olha para Luna e diz:

- Você lembra quando a gente se conheceu? Você prometeu que iria sobreviver aquele ferimento por mim, e você sobreviveu, você viveu todos esses anos por mim, e hoje eu morro por você.

Miguel cai com uma espada enfiada em seu peito, Luna caída no chão perde totalmente sua ação e começa a chorar, Peter viu seu amigo morrer, e perdeu o controle de tudo de seus poderes e seus sentimentos ele vai andando devagar até Miguel que esta caído no chão, ele olha no fundo dos olhos da mulher e diz:

- Você está morta, corre, corre.

Na mesma hora os olhos de Peter muda de cor um fica da cor branca e o outro da cor negra, crescem 4 asas negras enormes, duas espadas são invocadas por ele sem dizer uma palavra e então Peter aparece do lado dela e pega ela pelos cabelos envia uma espada de um lado e a outra do outro formando um x, ela começa a falar mas não consegue dizer nada porque começa a cuspir sangue, então Peter sai voando com ela e passa as costas dela no chão e vai arrastando, até que bate em um ferro que faz uma de suas asas ser arrancada ela e solta por ele e ela sai arrastando ele pousa na sua frente, ela com medo tenta fugir dele, mas ele vai andando em direção a ela e pega em uma de suas asas coloca um de seus pês nas costas dela e começa a puxar tentando arrancar a outra asa, a asa ia se separando das costas dela e parte de sua pele ia junto, ela gritava de dor pedindo piedade, mais ele apenas diz:

- Você não teve piedade, por que eu teria de você?

E arrancou a outra asa dela, fazendo com que os poderes dela fossem embora ela se tornou humana, ela tentou se arrastar de novo para longe dele, ele foi andando em direção a ela, porem quando pisou em uma poça de agua e viu seu reflexo viu nhoque tinha se transformado em alguma coisa entre anjo e demônio ele tinha se tornado o filho da luz com as trevas assim como a mulher havia falado, na mesma hora ele disse:

- Eu não sou assim, não vou matá-la, não somos assim, você não e mais um anjo, não oferece, mas risco para ninguém.

Peter simplesmente deu as costas para ela e foi até Miguel, que estava rodeado por Luna e John, a cabeça dele apoiada no colo de Luna e ela falando para ele:

- vamos ter um filho amor, pelo jeito dessa você escapou, eu mantive a minha promessa, mas você não.

Ela olha para ele e começa a chorar e o abraça, então John fala:

- Tira a espada do peito dele.

Luna tira a espada que o faz acordar desesperado, dizendo:

- Ela não arrancou minhas asas? Ne.

Então eles vão em direção ao acampamento, John muito machucado, Peter quase morto por ser a primeira vez que perde o controle do seu poder, e Miguel sendo arrastado por Luna, a mulher foge, mas não vai muito longe logo ela encontra um grupo de demônios e é arrastada para o inferno por eles.


Notas Finais


Então é isso me falem oque vocês acharam, pontos bons e ruins e noque posso melhorar, obrigado a todos que lêem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...