História Blood Moon With Akumas Yullen - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias D.Gray-man
Personagens Allen Walker, Bookman, Cross Marian, Froi Tiedoll, Howard Link, Komui Lee, Lavi, Lenalee Lee, Miranda Lotto, Nea Walker (14º), Road Kamelot, Tyki Mikk, Yu Kanda
Tags Allen Walker, Dgray-man, Lemon, Tyki Mikk, Yullen, Yuu Kanda
Exibições 38
Palavras 2.222
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem <3

Capítulo 3 - Noite 2 - Imperdoável


Fanfic / Fanfiction Blood Moon With Akumas Yullen - Capítulo 3 - Noite 2 - Imperdoável

Lavi estava de cabeça baixa, silencioso, as mechas avermelhadas caiam sob seus olhos esmeralda pela falta da faixa nos cabelos... Estava fazendo um curativo na perna esquerda de Lenalee, estava pálida e claramente nervosa, tremia um pouco e olhava para os cantos da sala a cada segundo.  Allen entrou seguido de um Kanda emburrado, óbvio, tinham interrompido sua noite com o albino após meses sem vê-lo.

-Lenalee? O que aconteceu?- O albino sentou-se ao lado dos dois preocupado com a chinesa, ouvindo um “tsc” enciumado do moreno ao vê-lo abraça-la. A chinesa nada dizia. –Lavi?-

-Foi o Lvellie... Eu vou matar aquele desgraçado...-

-Huh? O que aquele projeto de bigode fez?- Kanda se sentou apoiando o queixo na mão, entediado com a situação porém, preocupado.

-Aquele maldito voltou a liderar a organização dos Akumas... Recebemos a mensagem dele junto de alguns corvos agora a pouco e Lenalee teve uma crise de pânico agora a pouco por isso. Usou demais a Innocence e acabou se ferindo demais.

Flash Back

Lvellie invadiu a residência da chinesa ao fim da festa, junto de 3 pessoas com capas vermelhas, entrou imponente empurrando alguns móveis do caminnho. Lenalee arregalou os olhos em fúria, sentia o coração acelerar e avançou sob uma das Akumas, uma de cabelos loiros e ondulados levemente. Atacou a garota de forma brusca e a mesma parou o ataque cruzando ambos os braços e empurrando a chinesa para longe de si.

-Sugiro que não ataque, não quer seu namorado caolho morto, certo?-

-Qual é a sua, bigodinho? Fala logo o que quer?- Lavi entrou na frente com o martelo em mãos, o olhar furioso se mostrava nos olhos esmeralda antes calmos.

-Onde está Kanda Yuu?-

-Pra que quer saber isso, desgraçado?-

-Ele vai me dizer a localização de Tiedoll, ele tem algo que me pertence.-

-Você traiu a ordem e agora quer seus bens? Se liga!-

-E quem é o vampirinho que vai me impedir, Bookman¿ Não pode nem impedir a morte do seu mestre. Talvez eu deva matar o Komui¿ Quem sabe assim a garotinha não abre a boca?-

-Desgraçado... Desgraçado!- Lenalee atacou Lvellie, lágrimas transbordavam de seus olhos por conta do ódio que sentia, Lvellie já tinha tirado coisas deles no passado, já tinha torturado membros, matado outros sem motivo algum... Lenalee o odiava mais do que tudo. Perto dele, nem se importava de ter uma aliança com os Noah. A chinesa fora impedida por outro Akuma, um de cabelos verdes, trocavam ataques até que Lenalee fora ferida na perna, Lavi iria atacar mas fora interrompido.

-Já basta! O recado foi dado. Me entreguem Kanda Yuu e talvez assim tenham um tempo a mais de vida. Pensem bem nisso. Vocês tem até a lua de sangue.- Lvellie ordenou aos akumas que o acompanhassem, e se foi aos risos.-

----

-Tch, tava chorando por isso Baka usagi?-

-Ah Yuu~não seja mal. Eu fiquei nervoso.-

-Nao me chama pelo primeiro nome!-

-Yuu~~-

-Falando nisso... Allen-kun, você já se lembrou de tudo¿- Lenalee agora mais tranquila pelo clima descontraído, perguntou curiosa, talvez ele quisesse explicações. Allen acenou positivamente com a cabeça. –Hum... Desculpe Allen-kun, achamos que seria melhor bloquear suas memórias pra talvez assim Lvellie não ir atrás de você procurando Cross. Mas bom... Acho que não adianta nada... Já mataram o Bookman...- A chinesa olhou entristecida para Lavi, a morte do mestre tinha abalado o ruivo de uma forma horrível, a garota pensou que nunca mais veria o caolho sorrir e conhecia o ódio que tomou conta de Lavi.

-Nem eu sei onde aquele mestre idiota foi parar.-

-Mesmo assim... Ficamos preocupados então o Kanda achou que seria a melhor escolha.-

-Aaah Bakanda! E você nem me pediu primeiro!-

-Você não ia deixar, baka moyashi!-

-Seu sem coração, malvado.- Allen fingiu chorar fazendo a expressão mais dramática possível. –Aposto que nem sentiu minha falta nesses meses, você é cruel demais Kanda.-

-Allen~, o Yuu ficou te stalkeando quase todo dia se serve de consolo.-

-Cala a boca baka usagi!- O japonês já se levantava para socar o pobre ruivo até que Komui entrou no quarto preocupado.

-Lenalee... Você esta bem?-

-Nii-san... Lavi fez um bom trabalho.-

-Ótimo... Retornem a ordem... Não é mais seguro ficarem por ai, não podemos ter mais baixas agora que a maioria dos vampiros da ordem estão feridos.-

----

Lvellie andava pelo escritório pensativo, precisava saber onde estava o coração, com ele poderia destruí-lo, destruir as armas da ordem, acabar com essa maldita raça de vampiros e tomar o controle mais uma vez com os Akumas. Ambição¿ Mera vingança. Olhou para a lua, encarava-a majestosa no céu, em pouco tempo seria a lua de sangue, era o dia que começaria um massacre.

Ouviu o som de passos se aproximando de sua sala, a porta se abriu rangendo longamente.
O rapaz de cabelos loiros trançados com perfeição e o uniforme impecável entrou, sério, logo se curvando a Lvellie que estava de costas para si.

-Howard Link se apresentando, senhor.-

-Inspetor Link... Então você é o novato que voltou do vaticano. Espero que não me decepcione.-

-Jamais o farei, senhor.-  

-Tenho uma missão para você... Me traga Kanda Yuu, e não me importa a maneira que o faça. Apenas o faça e destrua qualquer um no seu caminho.-

-Kanda Yuu¿ O que ele tem de importante?-

-Ele sabe onde esta Tiedoll... E talvez o garoto albino que anda com ele saiba onde está o Cross.-

-Garoto albino... Esta falando de...-

-Allen Walker.- Link arregalou os olhos, então o albino tinha voltado com o japonês... Suas chances de ter algo com sua paixão platônica indo para os ares mais uma vez, isso o irritava profundamente.  –Acho que você o conhece, estou certo¿-

-Esta sim... Então não importa a maneira, apenas preciso trazer Kanda Yuu.-

-Nem que seja só o corpo morto dele, isso quem sabe atraia Tiedoll e possamos matar dois coelhos de uma vez.-

-Entendido. O farei o mais rápido possível.- Link se levantou, a postura perfeita e o semblante sério mostravam sua irritação, tinha perdido Walker mais uma vez, mas não desistiria... O teria para si de qualquer modo. Se virou para sair da sala, fechando a porta atrás de si e avançou pelo corredor escuro, parou por um momento tendo uma ideia... Uma ideia cruel... Sorriu sádico com o pensamento, o faria, faria a missão da forma mais sangrenta que pudesse.


My name is worthless like you told me I once was
Meu nome é inútil como você me disse que eu era uma vez
My name is empty cuz you drained away the love
Meu nome é vazio porque você acabou com o amor
My name is searching since you stole my only soul
Meu nome é procurado desde que você roubou minha única alma
My name is hatred for the reasons we both know
Meu nome é ódiado pelos motivos que nós dois sabemos
Worthless empty searching hatred, who am I right now
Inútil vazio procurado odiado, quem sou eu agora?

 

---

O albino andava com Kanda pelas ruas, voltariam a ordem negra pela manhã. A noite estava quente mas o vento estava fresco, um clima agradável e perfeito, a lua brilhava majestosa, era quase lua cheia, por algum motivo, Allen temia aquela lua cheia. Apertou a mão do moreno, cabisbaixo, tinha medo, tinha acabado de reencontrar o japonês e tinha o risco de perder o amado mais uma vez, e talvez para sempre, essa ideia o apavorava.

-Qual o problema Moyashi?-

-É Allen...-

-Vai me dizer qual o problema?-

O albino parou, respirou fundo, o vento bagunçando os cabelos platinados, Kanda pensou que o pequeno fosse chorar e logo o abraçou.

-Allen...-

-Estou com medo Kanda...-

-Medo de..?-

-De perder você... Você virou um alvo... Não sabemos quantos estão com os Akumas, esles são um perigo e...-

Kanda o interrompeu selando os lábios em um beijo carinhoso na intenção de acalmar o albino, nunca tinha o visto assim, sabe-se lá o que teria acontecido se tivesse demorado mais pra traze-lo para si.Quando separaram Allen o encarou com os olhos dourados, corado, tão fofo.

-Olha, eu não aguentei ficar longe de você... Mas eu jamais morreria pra alguém como Lvellie...-

-Mas Kanda...-

-Shh... Ninguém vai me tirar de perto de você. Baka Moyashi.-

-É Allen.-

-É um Moyashi ainda.-

Allen inflou as bochechas tentando parecer irritado, até que se lembrou do que conversaram na casa de Lenalee e deu um sorriso malicioso.

-Então quer dizer que você gosta de beber o meu sangue, Kanda¿-

-E qual o problema¿- Kanda ergueu o rosto do albino pelo queixo, delicado e se aproximando do ouvido de Allen. –Você é meu... E era o único modo de aliviar a saudade que eu tinha de você.-

-Kanda...-

-Fica tão sexy como vampiro... Não sei como aceitei a ideia de te deixar perambular por ai como humano e sem mim.- Beijou o pescoço do albino o ouvindo suspirar, rir um pouco com isso. –Agora vamos, vou te deixar em casa pra arrumar suas coisas.-

Caminharam até a casa do albino, era bonita mas não era tão grande, tinha um jardim colorido em frente a casa, beijou o japonês antes de entrar, se encararam por alguns instantes, nenhum beijo ou abraço colocaria fim a saudade que sentiam.

-Kanda... Não quer passar a noite aqui?-

-Irei arrumar minhas coisas e voltarei aqui logo em seguida, prometo que não demoro. Ficará bem?-

-Uhum.-

Kanda sorriu, temia por qualquer coisa que acontecesse com seu amado mesmo que não demonstrasse tanto, ou melhor, não demonstrasse da forma mais carinhosa do mundo. Allen o assistiu ir embora, arrumaria suas coisas rápido para não deixar o moreno esperando quando chegasse, e considerando a máquina de bagunça e confusão que o albino era, já imaginava que mesmo com pressa, iria demorar.
Entrou em casa e subiu as escadas indo para o quarto e começou a colocar as coisas dentro do armário, quando ia colocar seu uniforme sentiu um leve dejavú... Mesmo com as memórias bloqueadas se lembrava de alguma coisa sempre que via o uniforme. Enrolou e enrolou pensando nas situações enquanto arrumava as coisas, acabou demorando mais do que o esperado, correu para o jardim na esperança de encontrar um moreno emburrado. Acabou que ele não havia chegado ainda, quando pensou em entrar de novo dentro de casa alguém o puxou pelo braço e o empurrou com o rosto contra a parede imobilizando as mãos com uma carta dourada.

-Link???- Allen perguntou, confuso, se era Link, porque faria isso agora? O loiro aspirou o perfume no pescoço do albino e sussurrou no ouvido do mesmo, a voz grave e ameaçadora, não parecia o mesmo Link que tinha encontrado mais cedo.

-Você voltou com Kanda Yuu não é? E ainda por cima voltou a ser um deles... Imperdoável, Walker.-

-Link, me solte...-

-Onde esta o Kanda? Se não me disser eu irei atrás dele e será pior ainda...-

-O que você quer Link?-

-Já que não vai me dizer eu posso fazer um acordo melhor... O que acha de ir comigo até os Akumas, nos dizer onde está Cross Marian e facilitar as coisas?-

-Nem eu sei onde ele está... Link isso é loucura, por que você...-

-Então quem sabe isso atraia o seu amado até nós? Eu vou adorar ver sua face de desespero ao ouvir os gritos agoniados do japonês, ou quem sabe, vê-lo me obedecer apenas para te poupar.-

-Link... Você está louco. Pare com isso.- Link o calou selando os lábios do platinado com outra carta.

-Parar? Eu te odeio Walker... Te odeio por me trocar por aquele japonês maldito... Não pense que vou deixar isso passar em branco!-  


I dont need a gun to take back whats mine
Eu não preciso de uma arma pra pegar de volta o que é meu!
It's over
Está acabado
It's over now
Está acabado agora
You are done wearing me out
Você esteve me usando!
My name is screaming like the sound of your heart failing
Meu nome é gritado pelo som de seu coração falhando
My name is loco like the motive that betrayed me
Meu nome é louco como o motivo que me traiu
Screaming, loco, don't say you know who am I right now
Gritando louco, não diga que sabe quem sou eu agora?
You are the ancient history
Você é a história anciã
But how am I right now
Mas como eu estou agora?
My name is revenge and I'm here to save my name
Meu nome é vingança e eu estou aqui para salvar o meu nome.

---

Kanda chegou até a casa do albino, tinha ido o mais rápido que pode mas trombou com alguns Akumas no caminho, se livrou dos mesmos mas se atrasou demais... Observou o jardim, tinha algo errado... Apenas a mala do albino estava ali, o mesmo não estava em casa... Mais alguém tinha passado ali... Sentia o perfume de mais alguém naquela casa... Uma carta dourada estava no chão, Kanda a tomou em mãos observando, com sangue o pentagrama do albino estava rabiscado no verso da carta. Uma pontada atingiu o coração do japonês, tinha se descuidado, caído em uma armadilha. Ódio tomou o japonês, aquele loiro desgraçado tinha ido atrás de seu pequeno... O mataria, o mataria nem que fosse a ultima coisa que fizesse nessa guerra santa.


Notas Finais


Musica do capitulo: My name (wearing me out) - Shinedown


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...