História Blood, Sweat and Tears - Imagine BTS (Taehyung / V) - Capítulo 54


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bts, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, Taehyung
Visualizações 186
Palavras 1.098
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente :v por motivos de doideira minha, eu fiz uma versão que o Jungkook conseguiu falar com a S/n e o Tae e uma outra que não. Considerem a que ele conseguiu, por favor aushahsa

Capítulo 54 - 10x03 - Message Man


Fanfic / Fanfiction Blood, Sweat and Tears - Imagine BTS (Taehyung / V) - Capítulo 54 - 10x03 - Message Man

[2 dias atrás]

~ Jungkook on ~

Acordei sentindo muitas dores perto da costela. Abri meus olhos bem devagar, senti alguma coisa gelada atrás da minha cabeça.

- Ai! – coloquei a mão onde mais doía.

- Ah! Finalmente!

- Thauany?

Ela estava com o rosto inchado e os olhos vermelhos, provavelmente, tinha chorado muito.

- Que medo de você morrer!

- Onde a gente tá?

- Na minha casa... Agora são 06:37.

- Você me trouxe pra cá?

- Claro!

- *Risos* Por que tem um pedaço enorme de gelo em baixo da minha cabeça?

- Por que eu quis!

- Nossa!

- Jungkook, você tá bem?

- Eu não consegui falar com o Taehyung e a S/n... – sentei na mesa.

- Ela me ligou falando que você falou com eles...

- Mas...

- Parece que alguém bateu em você... Quem fez isso? Ninguém além de mim pode encostar um dedo em você!

- Eu...

- Desculpa... eu vou pegar uma roupa do meu pai pra você vestir, já deixei uma toalha no meu banheiro.

- É... Tá bom! Por que você ta chorando?

- Eu não choro! Eu transpiro pelos olhos!

- *Risos*

- Para rir! Vai tomar banho, depois a gente conversa.

[...]

Voltei para a sala e a Thauany continuava lá.

- Por que você tava chorando? – perguntei com a mão atrás da cabeça.

- É... – ela bufou – O Fernando morreu...

- N-nossa!

- Eu não queria que ele explodisse de verdade!

Fui me aproximando dela na tentativa de dar um abraço.

- Aah! Eu não quero abraços! ... Desculpa! É que... acima de tudo isso, ele era meu amigo.

- Eu entendo... você faria de tudo pra proteger ele...

- Não! Ele mereceu! A Laura também morreu!

- Não fala assim! – coloquei meu braço atrás do pescoço dela.

- Eu to muito mal com isso!

- Ta...

- O que aconteceu com você? Você não ta normal!

- Eu posso contar uma coisa?

- Conta!

- A Cipher...

- Aquela piranha?

- É.... Ela foi atrás de mim ontem...

Ela levantou e me deu um tapa no rosto.

- Ei! Por que fez isso?

- ...

- Deixa!

Ela sentou do meu lado de novo.

- Ela quer que eu fale de toda a vida da S/n pra ela...

- Não fala!

- É que... de alguma forma, ela vai saber onde a S/n vai, na verdade, ela quase não sai de casa. Não faz mal eu ser o “homem mensageiro” dela.

- Sério isso?

- Ela... ameaçou machucar minha mãe, eu não vou deixar nada de ruim acontecer com ela!

- É... eu não sei o que falar!

- Não precisa falar nada! – levantei – Ai! – coloquei a mão esquerda nas minhas costas.

- Ficou bravo?

- Não! Eu preciso voltar pra casa.

- Então... – ela também levantou – tchau!

- Ta com vergonha? *Risos*

- Eu? Não! Eu vou levar você pra fora!

- Ta.

Fomos até o portão, nos despedimos com um abraço.

- E as roupas do seu pai? As minhas também...

- Ah, verdade! Vou pegar as suas, depois você devolve as do meu pai.

Ela entregou as roupas junto com a chave de casa e o celular.


~ Jungkook off ~

~ Taehyung on ~


~~~ Sonho on ~~~

Eu estava muito feliz preparando um jantar surpresa para S/n, eu me sentia como se fosse o melhor cozinheiro do mundo.

Como S/n estava trabalhando em sua empresa de engenharia, tive que fazer o jantar mais cedo.

Recebi uma mensagem de S/n dizendo que chegaria cerca de 30 minutos mais tarde... Ótimo! Mais tempo para mim!

Consegui arrumar tudo a tempo. Quando ouvi S/n chegando, fui até a sala para abrir a porta para ela.

- Oh! Obrigada por abrir a porta para mim, Taehyung! – agradeceu com um lindo sorriso no rosto.

- Imagina! Hum... Eu preparei uma coisa para você!

- Oh, sério?

- Sim! Vem comigo! – segurei na mão dela.

- Ah! Espere! – ela colocou a outra mão na barriga completamente desproporcional – Ele mexeu!

- Ual! – fiz uma expressão de surpresa.

- Ele gosta de você tanto quanto eu! – sorriu mais uma vez.

- Ah! – sorri e coloquei minha outra mão na boca. – Venham!

Levei ela até a pia do banheiro para lavar as mãos e depois para a cozinha.

- Bom... – comecei olhando o chão – você sabe que eu sou o melhor cozinheiro do mundo...

- Sim!

- Então, eu fiz um prato especial para você!

- Não precisava!

- Claro que sim! Sente-se.

Ela se sentou a mesa. Quando eu fui mostrar o prato, Jungkook apareceu.

- Jungkook! Você está atrapalhando! Saia daqui!

- Aaah! – ele gemia alto.

- Credo! – S/n gritou.

- Mas... O que houve? – perguntei preocupado.

- As mãos....

As mãos de Jungkook... não existiam. Seus punhos sangravam. Jungkook caiu no chão.

- Gostaram da surpresa? – chegou uma mulher loira da porta da cozinha. – Isso é para vocês! – ela bateu na cabeça de S/n e a amarrou na cadeira, fez o mesmo comigo.

- O que quer? – perguntei?

- Quero que vocês comam da minha comida! – ela mostrou os pratos para nós dois. Eram as mãos de Jungkook! – Coma, Taehyung! – ordenou me entregando a mão.

Fiz o que ela mandou, demorei, mas consegui colocar a mão de Jungkook inteira na boca.

- Agora você, S/n! – disse entregando a outra mão para S/n.

- Eu não consigo...

- Ah, claro que consegue!

A mulher loira foi enfiando a mão de Jungkook na boca de S/n com dificuldade por causa do tamanho.

- Ta bom, não é?

Eu ainda mastigava um pedaço de Jungkook e S/n negava com a cabeça.

- Taehyung...

- Mastiga, S/n! – ordenava a mulher.

- O que? – perguntei deixando um dedo cair da minha boca.

- Eu... – quase derrubou todo o conteúdo da mão – Estou esperando um filho seu!

S/n começou a chorar e eu também. Chegou a um ponto que meus olhos só viam minhas próprias lágrimas.


~~~ Sonho off ~~~


Abri meus olhos e vi dois pés na minha frente. Dei um pulo e chutei alguma coisa na minha frente.

- Ai! Meu rosto!

- Que isso? – soltei meu travesseiro.

- Eu sabia que não era uma boa ideia eu vir dormir com você! – S/n sentou na cama.

- Desculpa! Eu tive um pesadelo! – falei coçando meus olhos.

- Eu vou pro outro quarto!

- Não! Pode ficar! Eu perdi o sono!

Ela voltou a dormir e eu fui para a cozinha tomar um copo de água. Sentei na mesma cadeira que eu fiquei “amarrado” no meu sonho e fiquei pensando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...