História Blood Sweat and Tears - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jungkook, Suga
Tags Bangtan Boys, Bdsm, Bts, Hobi, Hoseok, Jeon, J-hope, Jungkook, Lemon, Sobi, Suga, Yaoi, Yoongi, Yoonkook, Yoonseok
Exibições 161
Palavras 1.186
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Lie.


 

O sol beijou a pele pálida do rapaz deitado na cama, acariciando as marcas deixadas em seu corpo durante as incessantes buscas por prazer. Esse fitou o céu azul pelo teto de vidro em seu mais novo quarto e respirou fundo colocando sobre seus olhos o antebraço, sentiu com a respiração a presença da coleira em seu pescoço, sua mente o fez lembrar da corrente que o prendia dentro daquele quarto e logo esforçou-se em voltar ao passado, mais precisamente na noite em que conhecera a pessoa que o presentearia com aquele quarto, com teto de vidro...

                                 

***

 

As pessoas pareciam entediantes como sempre, com suas risadas falsas e suas bebidas caras, era mais uma festa que ia a pedido de seu pai, sempre acabavam rápido, algumas taças de vinho, petiscos, um punhado de sorrisos, ouvidos abertos para os monólogos e estaria liberado para voltar para casa.

 

Mas o rapaz não sabia nada sobre destino, nem sequer acreditava que ele existia, menos ainda onde aquela noite iria leva-lo. Seu corpo inteiro tremeu ao olhar um novo convidado entrando pela porta principal, sentado no sofá da sala de estar, rodeado de pessoas que falavam incessantemente Yoongi o observou como se o tempo tivesse parado ao redor e tudo tivesse perdido a cor. Já tinha ouvido falar nele, Jungkook, só podia ser ele, o cara que tinha um mordomo de confiança que seguia por onde fosse, o mordomo, diziam os boatos era seu amigo de infância, filho de seus criados, Hoseok, mas talvez fossem apenas boatos que despejavam noite a fora. O rapaz diante de si, agora abandonado pelo mordomo que ficara em pé ao lado da entrada sorria radiante, enquanto todos os olhares estacionavam em sua beleza, seus cabelos, seu corpo, o sorriso, os olhos, até mesmo os lábios, mulheres e homens avançaram em seu encalço, Yoongi viu seu próprio pai no meio do desespero por um aperto de mão do jovem herdeiro bilionário. Viu o gesto feito por seu pai que fez os olhos de Jungkook tomarem consciência da sua presença e Yoongi sentiu uma tensão formar-se em seu estomago, a pressão o fez tremer, o olhar do rapaz o bebia com interesse e Yoongi manteve o seu firme, não quis transparecer o nervosismo dançando em seu interior. Jungkook então acenou levemente para ele, um sorriso um pouco mais largo, um leve inclinar com a cabeça, Yoongi o correspondeu esticando seus lábios até então estáticos e aquela correspondência pareceu criar abertura para a troca de olhares que se deu pelo resto da noite.

 

Diferente dos outros dias, o rapaz não ansiava por ir embora, queria mais daquele olhar constantemente em si, a provocação feita com lábios nas taças de vinho, mais daquele sorriso enquanto o outro abraçava um novo corpo e o acariciava de forma ousada, mordendo o próprio lábio durante o ato. Havia algo no sorriso de Jungkook que parecia sussurrar provocações para Yoongi que sentia um desconforto entre as pernas a cada novo olhar que era lançado para ele, estava hipnotizado de desejo.

 

Levantou-se por impulso sem saber ao certo o que estava fazendo, Jungkook pareceu fugir, afastando-se das pessoas com quem conversava rapidamente, mas o sorriso lançado para Yoongi dizia o contrário, tornando-se mais um incentivo para segui-lo. Diferente da sala, os corredores acomodavam poucas pessoas, essas tão distraídas em seus beijos e caricias que não viam os passos apressados dos dois. Jungkook caminhava com um sorriso vitorioso, Yoongi estava cego pelo volume entre as pernas. Jungkook desapareceu entrando por uma porta no fim do corredor, Yoongi respirou fundo o seguindo e não o viu ao entrar, seu coração bateu desesperado quando a porta foi fechada em suas costas, Yoongi virou-se vendo o sorriso debochado do rapaz encostado na parede que avançou em sua direção.  Olhos nos olhos, olhos nos lábios, a respiração de ambos estava ofegante, o desejo tremendo em suas peles, Jungkook o jogou contra a mesa que logo foi notada como escrivaninha e o segurou pela camisa, puxando o colarinho enquanto os lábios encontravam-se em desespero, puxavam-se sentindo o sabor, chupavam deliciando-se com o desejo, as mãos deslizavam pelas roupas, livrando-se delas em desespero, encontrando a pele, afundando os dedos querendo sentir ao máximo da sensação que era aquele encontro.

 

Jungkook o segurou pela cintura e desceu as unhas por suas costas, encontrou sua bunda e a apalpou deliciado, estapeou forte e deliciou-se com o gemido de prazer que se fez ouvir, enquanto a mão de Yoongi deslizava por seu pênis umedecido com o pré gozo.

 

-Você me encarou a noite inteira, era isso o que queria? – Jungkook o fez virar e Yoongi debruçou-se sobre a mesa, empinando a bunda. Sentiu os dedos úmidos do rapaz roçando em sua entrada e o invadindo sem pudor, um gemido escapou de seus lábios sem permissão, Yoongi separou mais as pernas buscando mais dos dedos e da dor que percorria o seu corpo de forma deliciosa.

 

-E-eu não imaginei... –A voz era um gemido de prazer, que percorreu todo o ambiente, sentiu o pênis rijo roçar em sua entrada e seu corpo inteiro arrepiou-se, novamente a mão forte o estapeou na bunda e Yoongi masturbou-se sentindo o liquido escorrer de seu pênis, Jungkook passou novamente os dedos umedecidos em sua entrada e dessa vez era o pênis que o invadia sem a menor delicadeza. Yoongi gritou, um misto de dor e prazer, seu corpo estava suado, suas pernas tremiam fracas e o seu sexo pulsava sentindo aquele pênis pulsar dentro de si. Rebolou devagar excitado e seu corpo inteiro estremeceu, era bom, incrivelmente boa, a forma como aquele corpo movia-se contra o seu, o som da mesa sendo arrastada do lugar a cada nova estocada, as mãos prendendo seus cabelos e o puxando enquanto seu corpo era estocado sem gentileza e cada nervo seu gritava de prazer, não se deu conta da altura em que seus gemidos saiam, ouvia apenas o arfar delicioso daquele corpo sobre o seu, o som dos corpos se esbarrando, o desespero dos próprios batimentos e sentiu seu gozo jorrar com a pressão do mesmo acontecendo em seu interior.

 

Sentiu os lábios lhe recompensando com beijos na nuca, descendo por suas costas, sentiu-se vazio ao sentir o pênis deixa-lo. Tremeu sentindo o gozo escorrer e os dedos do rapaz novamente encontrando a sua entrada, Jungkook o fez virar de frente e o encarou enquanto lambia o próprio gozo em seus dedos, Yoongi segurou-se contra a escrivaninha, sentindo-se fraco demais para continuar de pé, o rapaz o abraçou forte e voltou a beijar seus lábios, apertando a sua nuca, enquanto chupava sua língua, não permitindo-lhe voltar a si.

 

Yoongi o encarou ofegante, ainda tremia, suas pernas fraquejavam em mantê-lo de pé, mas os braços do rapaz estavam ao redor do seu corpo, o segurando naquela posição.

 

-Sou Jeon Jungkook – o rapaz sorriu e fez com que selassem os lábios.

 

-Min Yoongi.

 

-Senhor Min, isso pode ser mais gostoso na minha casa. – Jungkook fez o nariz de ambos roçarem e lhe sorriu, aquele sorriso que fazia Yoongi ofegar. –Sabe onde fica? –Yoongi acenou positivamente. –Posso te esperar lá amanhã à noite? 


Notas Finais


Sejam muito bem vindos a mais uma fic do oppa, espero que gostem, conto com vocês ^-^

-Reviso logo mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...