História Blood, Sweat Tears - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Blood Sweat And Tears, Bts, J-hope, Namjin, Suga
Visualizações 4
Palavras 1.011
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Shoujo (Romântico), Visual Novel, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


4 Capítulo

Estou trazendo o quarto capítulo para vocês, espero que gostem compartilhe com os seus amigos se gostarem.

Jungkook mandou beijos para vocês ♡

Capítulo 4 - Falling In Love


Fanfic / Fanfiction Blood, Sweat Tears - Capítulo 4 - Falling In Love

P.O.V. J-Hope

Depois que me despedi de YangMi, fiquei mais um tempo na cafeteria, observando as pessoas, até que recebo uma mensagem do Yoongi, dizendo para encontrá-lo em uma rua próxima à que eu estava. Peguei minhas coisas, ajeitei minha máscara e meu boné e sai andando, procurando a tal rua.

Ela era um pouco distante, na direção contrária a qual eu iria seguir inicialmente, mas logo avistei Yoongi parado num beco, com as costas apoiadas na parede. Ele me ouviu chegando e virou-se para me encarar.

- Que bom que veio. Preciso admitir que não esperava isso de você. - ele disse ao me encarar. Encarei seus olhos e pude perceber que estavam vermelhos, como se ele tivesse chorado. O encarei confuso e ele riu. - Vai me dizer que não sabe do que estou falando?

Balancei a cabeça negativamente.

- Olha Yoongi hyung, eu não sei o que houve com você, mas pode me  contar, vou ficar feliz em ajudar. - eu disse, tentando me aproximar dele.

- Não sabe? Eu te falei, Hoseok. Eu falei que estava começando a gostar dela, Hoseok. Eu estava me apaixonando por ela. Ainda estou. E você a chama para sair, sem contar para ninguém, além do Namjoon. E como se não fosse o bastante, ainda a abraça. Por que, Hoseok? Por que fez isso comigo? – ele disse, explodindo de raiva.

- Eu não vou brigar com você, Yoongi. – eu disse, abaixando a cabeça.

- Se você não tivesse traído a minha confiança, isso não estaria acontecendo! – ele grita.

Foi quando ouvi um grito e me virei, vendo uma YangMi correndo em nossa direção.

- Mi? O que está fazendo aqui? – Ouvi Suga perguntar.

- O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI? VOCÊS SÃO LOUCOS? – ela grita, se colocando no meio de nós dois.

- Diz pra ela, Hobi. Diz. – ele diz, com os olhos cheios de lágrima. Eu nunca tinha visto hyung assim.

- Suga, espera! Deixe-me explicar pra você! – eu disse, tentando inutilmente me aproximar dele, enquanto ele passava por mim e ia em direção à saída do beco.

- Depois nós conversamos. No dormitório. – ele disse antes de virar a esquina e eu o perder de vista.

Passei as mãos em meus cabelos, esquecendo-me da dor que consumia meus pensamentos. Estava prestes a ir atrás dele quando YangMi segura meu braço, me fazendo ficar de frente para ela. Yoongi tem razão, eu não posso fazer isso com ele. Eu também estou gostando dela, mas eu quero a felicidade do hyung.

- Onde você pensa que vai? – ela diz segurando meu braço com mais força.

- Atrás dele. Eu tenho que explicar tudo.

- Não senhor, você vai pra casa comigo. Vai saber o que aconteceria se você fosse para o dormitório.

- Yoongi nunca machucaria alguém. Eu sei que não. Ele é um bom hyung, só está chateado... – eu disse suspirando.

- Vamos logo Hobi. Não posso deixar você ir lá. Pelo menos por enquanto não. Você vai ficar alguns dias na minha casa, para garantir. Sei que nos conhecemos ontem, mas também sei que posso confiar em você, e que tenho que te proteger. Eu sinto isso. – ela diz olhando nos meus olhos. Suspiro e assinto, deixando-me ser levado pela garota até o apartamento dela.

***

Ela abre a porta da do apartamento, revelando um espaço pequeno, mas aconchegante. YangMi tira os sapatos e eu faço o mesmo, deixando-os ao lado dos dela. Sigo até o sofá, sentando na ponta e ligando a televisão, procurando algum canal para distrair a minha mente.

- Pra quem não queria vir pra cá, até que você está bem à vontade. – ela ri, surgindo da cozinha, imagino. – Você precisa ligar para algum dos meninos, para saber se alguém pode trazer algumas peças de roupa para você. Não pretendo te deixar ir para lá tão cedo.

- Eu queria poder chamar todos e fazer uma grande festa! Porém, alguém tem que ficar com o Yoongi hyung, e uma pessoa só não conseguiria evitar que ele apenas dormisse o dia todo.

Ela ficou pensativa por alguns instantes, mas logo depois abriu um sorriso e saiu saltitando até um corredor, onde imaginei ser o quarto dela. Fiquei sem saber o que fazer, então acabei pegando meu celular para checar se havia alguma mensagem, mas não havia nada. Nenhum sinal de vida. Suspirei e deixei-o de lado, indo explorar o apartamento. Cheguei na cozinha e vi algumas coisas na mesa. Tinha chocolate de todas as formas e tamanhos. Não resisti e acabei pegando um, indo para a sala, onde encontrei uma YangMi sentada no sofá com um pijama rosa de unicórnios. Ela estava ridiculamente fofa naquilo, me fazendo soltar uma risada.

- Yang, peguei um chocolate, se você não se importar... – ela voltou sua atenção para mim por alguns instantes, mas logo voltou a prestar atenção na TV.

- Ok. Se puder pegar um pra mim também, eu agradeço.

- Claro! Acho até que vou pegar mais um. – dei uma risada e fui até a cozinha, pegando mais alguns chocolates e voltando ara onde a garota estava.

Fiquei encarando a TV por alguns segundos e pensei em quem eu poderia chamar para trazer algumas roupas para mim, até que sou interrompido por um toque de celular. Achei que fosse o meu, mas era o da YangMi.

- Alô?- ela atende no terceiro toque – Ah, oi Tae! – ela diz sorrindo. O sorriso dela é muito parecido com o do Jimin, até faz eye smile! Tão lindo... – Sim, ele está aqui sim. Claro que pode! Se puder trazer algumas peças de roupa dele, ele vai ficar aqui alguns dias. Aqui ele te conta o porquê. Ok, tchau TaeTae! – ela diz e desliga.

- Como o Taehyung tem seu número? – pergunto meio confuso.

- Ele deve ter pedido para o Namjoon. – ela fica dois segundos em silencio e do nada solta um grito histérico. – Já sei! Eu vou chamar a Hyo! Eu já volto, fique aqui!

E saiu correndo, abrindo a porta do apartamento e deixando-a aberta. Eu 9conseguia ouvir as batidas na outra porta e seus gritos pedindo para essa tal de Hyo abrir. Dei uma risada abafada e fui até a porta, encostando no batente e observando as garotas, que agora eram duas.


Notas Finais


Eta que só da treta. E ai o que acharam se quiserem dar sugestões deixem nós comentários.
Até o próximo capítulo ☆


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...