História Blood Sweat Tears - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jhope, Jimin, Jin, Kook, Rapmonster, Suga, Vampiros
Exibições 24
Palavras 967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Segundo cap espero que gostem (:

Capítulo 2 - Jimin.


Fanfic / Fanfiction Blood Sweat Tears - Capítulo 2 - Jimin.


 Mesmo contrariando meu instinto de sobrevivência eu sai do quarto disposta a encontrar o vampiro. Cheguei ate a sala ,estava escuro e a única luz que mantivera o lugar claro era o reflexo da lua que batia nos vidros das janelas. Continuei meu trajeto ate mais a frente e encontrei a cozinha ,um lugar que eu ainda não tinha visto. Mas também não havia ninguém por ali. Abri a porta de vidro que dava para o lado de fora , meu corpo estremeceu pela brisa de vento gelado da madrugada que veio a meu encontro. Percebi que eu só estava de calca e camiseta ,sem minha jaqueta e botas e me senti idiota por ainda estar vestida assim. Dei alguns passos a frente e encontrei a enorme piscina da casa , a água tinha um azul escuro por ser noite e a lua refletia no centro dela . Resolvi ir ate ela e observar de perto ,era um reflexo tão bonito. 
Olhei para a água por alguns segundos e comecei a desligar de meus pensamentos apenas procurando relaxar. Me sentei na borda da piscina e coloquei os pés dentro da água.                        
 Dei um sorriso ao perceber que a água era quente. Fiquei balançando meus pés e fechei os olhos. Mas o cheiro de menta voltou a me despertar. Abri os olhos e percebi que o vampiro estava ao meu lado.
-Você ? - tirei meus pés da água e cheguei para o lado ficando um pouco longe dele.-
-Me desculpe por aquilo. -ele olhava para a água sem me encarar-
-Você ia mesmo .... Me matar ?
-Claro que não .- ele finalmente virou o rosto em minha direção e percebi que seus olhos não eram mais vermelhos e sim castanhos escuros.-
-Pois parecia que ia...
-É que você... Tem um cheiro que me intriga.
-Que tipo de cheiro?- agora eu estava curiosa.-
-O cheiro da minha infância ,flor de laranjeira.
Lembrei que esse era o cheiro do óleo de banho que eu usava ,minha mãe tinha o elemento natureza e ela conhecia bem plantas e flores,fabricava de tudo shampoo, sabonetes ,óleos ,perfumes e fez esse óleo especialmente para mim
-É só um óleo que eu uso...
-Não é só isso.
-O que mais ?                        
 -Você , seus olhos sua boca... Seu sangue -ele passou a língua pelos lábios, como ele era sexy.-
-É melhor eu ir.- me levantei e caminhei de volta mas ele apareceu em minha frente.
-Você está com medo?
-Não. -falei firme-
-Porque?
-Não tenho medo de nenhum vampiro.
-Porque não?
-Porque se eu quiser agora mesmo eu posso fazer você sentir uma dor insuportável que ti levaria a loucura.
-Não ,isso não funciona comigo.-ele deu um sorriso sarcástico.-
-Já funcionou com muitos porque não funcionaria com você ?
-Porque você não pode fazer alguém sentir dor se esse alguém não sente nada.
Eu tive a impressão de que ele era uma pessoa triste , que estava desligada de qualquer coisa.
-De qualquer forma eu estou cansada. -desviei dele e fui ate a porta -
-Ate outra hora bruxinha.
-Ate outra era Drácula.
-Esse não é meu nome!
-E bruxinha também não é o meu.
Dei de costas e voltei para meu quarto.
-Deus, como alguém tao bonito pode ser um vampiro ? 
Dei uns tapinhas em meu rosto.                        
 -Não pense nisso (seu nome) ,vampiros e bruxas não pode se relacionar !
Deitei na cama procurando dormi de novo, mas a imagem do vampiro não saia da minha mente. Tive uma luta comigo mesma ate pegar no sono. Mas finalmente consegui.
Fui despertada pelos raios de sol batendo em meu rosto, abri os olhos devagar ainda como sono.
-Ela acordou ! 
Olhei em direção a porta e vi J hope e Jin com mais 4 garotos que eu ainda não conhecia.
Olhei pra eles sem entender.
-Desculpe ( seu nome) é que faz tempo que não temos convidados e os garotos ficaram empolgados.-disse Jin-
-Faz tempo que não temos convidados humanos. -Disse um garoto de cabelos esverdeados-
-Suga! assim vai assusta-la ! -respondeu Jin-
-Tudo bem. -Mordi o lábio por esta visivelmente tímida.-
-Deixa-me apresentar o resto dos garotos, Esse é o Suga, Esse o Kook, Esse o V, Esse o Namjoon e está faltando o Jimin.
-Jimin -pensei comigo mesma, então era esse seu nome-
-Só viemos ti dar bom dia. -Namjoon disse sorrindo-
-Obrigada- sorri de volta-
-Depois do café podemos conversar? -Disse Jin-
-Claro. -respondi-
-Então até daqui a pouco. 
Eles saíram, e eu fui direto para o banho.
-Jimin... - porque eu não conseguia parar de pensar nele? -
Terminei o banho, escovei os dentes e fui trocar de roupa. Coloquei uma de minhas calças pretas, blusa de mesma cor e minhas botas. 
Caminhei até a sala mas não havia ninguém, fui até a cozinha.
-Bom dia, seu café está na mesa. -Jin
O bilhete estava em cima da mesa perto das frutas, sentei e me servi com um pouco de café e torradas. Acabei de comer e fui até o lado de fora, meu inconsciente estava com vontade de ver Jimin de novo.
-Me procurando?
A voz veio por detrás de meu ouvido direito, senti cade pelinho do meu corpo se arrepiar.
-N-ão. -gaguejei-
-Você pode ser uma ótima bruxa, mas é uma  péssima mentirosa.
Corei, será que ele leu minha mente?
-Você viu o Jin? -resolvi trocar de assunto-
-Serve aquele ali? -ele apontou para debaixo de uma arvore.-
-Sim... Desculpe eu não tinha visto .
-É porque somos rápidos demais pra você ver. -ele deu uma piscadinha e foi embora-
Porque ele estava mexendo tanto comigo? Eu nunca tinha encontrando vampiros de aparência tão jovem, e tão bonitos. Todos os sete pareciam Deuses ao invés de seres da noite, era quase uma tortura conviver com eles. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...