História Blood, Sweat & Tears • Pjm×Jjk Parte 2 - SWEAT - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Brave Girls, Pristin
Personagens Eunwoo, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kyla, Rap Monster, Suga, V
Tags Astro, Bts, Lemon, Monsta X, Pristin, Romance, Yaoi
Visualizações 4
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - •TWO•


Jimin On

- Vocês precisam de ajuda? - Perguntei ao ver Jungkook e um menino caídos no chão, um em cima do outro

- Não, obrigado. - Falou Jungkook levantando e saindo em cima do menino e dando a mão para o mesmo levantar. - O que você tá fazendo nessa parte do campus?

- Eu vim acompanhar o Taehyung até o prédio dele. - Falei

- Ah tá. - Falou Jungkook - Hã, esse é Hyungwon. Ele acabou de chegar no campus.

- Prazer. - Falou o menino

- Prazer o meu nome é Jimin. - Falei - Bom eu tenho que ir pra aula, adeus. Vejo vocês mais tarde.

- Jimin, espera só um instante. - Falou Jungkook - Como você está desde o acidente?

- Estou bem. - Falei

- Que bom. - Falou ele - Me desculpe, por não ligar.....

- Não tem problema Jungkook, é sério. - Falei - Eu vou pra aula, eu não posso chegar atrasado.

- Okay. Tchau.

- Tchau. Tchau Hyungwon.

- Adeus. - Falou Hyungwon

Quando eu estava indo em direção para a minha aula de dança. Eu escuto alguém me chamando, eu começo a procurar, quando eu vejo que a alguns metros de distância, um menino de cabelo roxo acenando para mim.

Quando ele se aproximou de mim, eu fiquei tentando lembrar quem era

- Oi. - Falou o menino

- Oi. - Falei com certo receio

- Você não se lembra de mim, não é? - Perguntou ele e eu confirmei - Sou eu, Choi Seung Min. Nós nos vimos no aeroporto alguns dias atrás.

- Ah sim, eu não consegui te reconhecer. - Falei

- Deve ser o cabelo. Naquele dia eu estava loiro com algumas mechas. Agora estou de cabelo roxo.

- Você ficou melhor assim.

- Obrigado, eu acho.

- O que você está fazendo aqui?

- Eu faço música aqui. E você?

- Eu estou fazendo dança contemporânea.

- Que legal, o bom é que podemos nos ver todos os dias. - Falou com um sorriso enorme no rosto

- Okay. Nos vemos mais tarde então. - Falei

- Que tal no restaurante em frente a universidade, depois da aula? - Falou ele

- Okay, tchau.

(...)

Mais tarde, eu estava em frente a portaria da universidade, esperando pelo Seung.

Eu fiquei esperando mais ou menos, meia hora, naquele fim de tarde, com um tom meio alaranjado.

Esperei mais alguns minutos, e ele finalmente chegou.

- Me desculpa pela demora. O professor fez a gente praticar bastante as notas. - Falou ele quase sem fôlego - Por que o prédio de música é tão longe da portaria? Eu vim correndo que nem o flash pra cá. Então vamos.

- Claro. - Falei

Desde de que eu voltei pra Coréia, eu não tenho saído muito. Eu ficava mais em casa, resolvendo algumas coisas.

No restaurante onde o Seung me levou, era um restaurante comum, como todos os outros em volta.

Nós pedimos uma barca de comida japonesa, eu fiz ele comprar a mais cara, pra recompensar o tempo de atraso dele.

(...)

Depois que acabamos de comer, ficamos mais um pouco no restaurante, falando sobre, como era a Canadian Academy. Eu contei tudo o que tinha acontecido comigo, desde de que o Jungkook entrou na academia até o meu acidente.

Ele ficou impressionado com tudo que eu falei, dava pra ver em seu rosto.

- E o que aconteceu com esse Jungkook, depois do acidente? - Perguntou ele

- Eu fiquei sabendo, quando eu sair do hospital, que ele brigou com o meu ex, aí ele i meu ex, um amigo nosso e o ex dele foram expulsos. - Falei

- Mas o que esses outros dois tem haver com a briga?

- Onde que eles estão agora?

- O meu ex voltou para a cidade natal dele nos Estados Unidos, o ex do Jungkook voltou para China e o Jungkook e o meu amigo voltaram para cá. Eu vim um ano depois com o Taehyung, aquele que estava comigo no aeroporto.

- Eles estão no país? Você já se encontrou com eles?

- Já, eles estudam na nossa faculdade.

- Ah tá. Quem é o seu outro amigo?

- O nome dele é Min Yoongi, mas alguns chamam ele de Suga.

- Você só pode estar de brincadeira comigo? Ele é o meu irmão mais novo. Então é por isso que ele foi expulso. Típico do Yoongi. - Falou ele

- Sério!? Você não se parece nada com ele.

- Obrigado por falar isso, o Yoongi sempre foi assim, rebelde. Todos os dias, no fundamental, ele arranjava confusão com os meninos mais velhos. Ele não tinha juízo algum.

- Eu percebi isso quando nos conhecemos no meu primeiro dia de aula na academia. Mas ele foi mudando ao longo dos dias. Ele arranjou vários amigos. Mas ele nunca deixou o seu jeito de fazer medo e dar patadas nas pessoas.

- É difícil de acreditar, quando eu cheguei em casa, ele não trocava nenhuma palavra se quer comigo, é como se ele me odiasse.

- Você deu algum motivo pra ele te odiar? - Perguntei

- Não que eu saiba.

- Quando você descobrir, me fala.

Depois de um tempo decidimos ir embora. Seung me acompanhou até minha casa.

Eu parei eu frente a porta e me virei pra ele.

- Muito obrigado por me chamar pra sair, tava precisando.

- Não foi nada. - Falou ele - Sabe Jimin, esse Jungkook foi muito burro de não ter percebido que você amava ele, eu gostaria de namorar com você.

- Obrigado. - Falei meio sem graça - Bom, eu tenho que entrar, boa noite.

Ele segura o meu braço, me empedindo de entrar.

- O que eu falei é sério Jimin, eu gostaria de namorar com você. - Falou ele, aproximando-se de mim - Desde que eu te vi no aeroporto, me apaixonei por você.

Ele me puxa pra mais perto dele, e me beija.

O beijo dele era quente e apaixonante. Eu não sabia o que fazer, então fiquei parado, sem reação alguma.

Quando ele para de me beijar, eu olho para ele surpreso.

Quando eu ia dizer algo, olho atrás de Seung e o que ia dizer simplesmente apagou da mente. A única coisa que eu consegui dizer era.

- Jungkook?!

 


Notas Finais


Então, o que vocês acharam?
Espero que vocês tenham gostado.

Não esqueçam de curtir, comentar e indicar para amigos(as) ARMYs de plantão.

Beijos e menor que três!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...