História Blood Sweat & Tears: Sins - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Pecados
Exibições 3
Palavras 1.890
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Anyoung haseyo!
Desculpa a demora para postar o primeiro capítulo, estava realmente ansiosa para postar a fanfic antes mesmo de ter o capítulo terminado rs. Maldita ansiedade.

Bom, resolvi criar essa história baseada na forma que eu enxergo um universo alternativo para Wings. E sinceramente, espero que gostem ♡

Criticas construtívas são sempre bem vindas, e opiniões também. Caso gostem e queiram acompanhá-la, por favor, favorite a história. Bom, sem mais enrolações, aproveitem. ♢♧♤♡

Capítulo 1 - Chapter I 》Prologue《


Fanfic / Fanfiction Blood Sweat & Tears: Sins - Capítulo 1 - Chapter I 》Prologue《



“Senhores passageiros, última chamada para o vôo 606, destino Caribe. Por favor, comparecer ao portão de embarque azul.”


Jungkook: Merda, cadê o Jimin?- Seu celular começou a tocar e foi obrigado a atender pela segunda vez.- Alô? Eu já disse que não sei onde ele tá. Ele disse que ia no banheiro mas ainda não voltou.

Hoseok: Aigoo, como ele é irresponsável. Yoongi já está começando com suas crises de mau-humor. É melhor você achá-lo antes que ele vá aí e brigue com os dois.- Desligou logo em seguida. Jeon suspirou e guardou o celular no bolso, passando as mãos nervosamente pelo cabelo e olhando em volta.


Caminhou novamente até o banheiro, refazendo todos os passos que o grupo fez do início do aeroporto até o salão de espera, nada de Jimin. Pensou um pouco e algo lhe veio a mente. O hyung havia parado na frente de uma vitrine de lojas enquanto passavam apressados.


Foi até a loja e lá estava o amigo despreocupado, testando alguns óculos de sol. Segurou na gola do outro e a puxou, arrastando-o para fora da loja.


Jimin: Ei, ei. Preciso pagar os óculos.

Jungkook: Faça isso logo.- Cruzou os braços sobre o peito, impaciente. Vendo o amigo procurar a carteira nos bolsos, o mesmo olhou para Jungkook com um sorriso amarelo.- O que?

Jimin: Eu devo ter deixado na minha mala.- Começou com a cena que o amigo conhecia bem.- Aaah, o que irei fazer? Queria tanto esse óculos…


Jungkook suspirou e revirou os olhos, tirando sua carteira na calça. Pegou uma nota de cinquenta e entregou ao caixa.


Jungkook: Ás vezes não sei quem é o mais velho entre nós. Vamos logo, estão nos esperando.


Jimin nada falou, apenas seguiu Jungkook até o portão de embarque. Sabia o quanto o amigo estava irritado e também já tinha seu óculos, não precisava importuná-lo ainda mais.


Quando chegaram receberam um belo sermão de Yoongi e Jin, que permaneceram sérios durante metade da viagem, pois a partir dali dormiram por um bom tempo, enquanto os mais novos, tirando Nanjoom que lia um livro, conversavam e brincavam entre si.

                          

                       ♧♤♢♧♤♢♧♤


“ Por favor, se dirijam à saída de desembarque à direita. Suas malas estarão no salão de etiquetagem. Tenham uma boa viagem.”


Com esse auto-falante, Jin acordou e balançou o ombro de Nanjoom, que havia pego no sono. Fez um sinal para que acordassem os outros.


Hoseok: Caribe!- Espreguiçou-se e olhou para a janela. Sua expressão de felicidade se desfez.- Não acredito que está chovendo.

Nanjoom: Deve ser uma frente fria temporária.- Falou, pegando a mala de mão no compartimento acima deles.- Todos prontos?


Yoongi continuava encolhido em seu assento, a expressão serena e um dos fones caídos. Nanjoom suspirou e foi acordar o amigo, sabia que não seria fácil.


Seokjin: Taehyung, vá com Hoseok, Jimin e Jungkook comprar algo para comermos.- Deu-lhe o cartão de crédito, mas antes que o menor o pegasse, Jin levantou o objeto, desviando da mão do moreno.- Se gastarem com outras coisas irei saber.- Por fim deu-lhe o cartão.


Os quatro observaram os três mais velhos se distanciarem e olharam em volta.


Hoseok: Por onde vamos começar?

Jimin: Não sei vocês,- Colocou seu óculos.- mas eu vou dar um check in nas garotas daqui.- Levou um pescotapa de Hoseok.

Hoseok: Ninguém vai sair daqui, continuo sendo o mais velho entre nós.


Depois de muito andarem encontraram um quiosque que vendia alguns salgados e tortas. Sentaram-se em uma mesa perto da janela e começaram a conversar.


Taehyung: Hey, olhem. Parou de chover.


Do outro lado do aeroporto…


Jin, Yoongi e Nanjoom estavam em um banco perto do balcão de atendimento. Jin conversava com a balconista, acertando papéis da viagem, Nanjoom estava sentado, escrevendo algo em seu notebook de trabalho e Yoongi permanecia com seus olhos fechados, tentando achar uma posição confortável no banco de madeira.


O mais velho sentiu o celular vibrar em seu sobretudo e pediu licença à mulher, deslizando o dedo sobre o visor da tela. Suspirou ao ver a mensagem na tela bloqueada.


“ Estamos na praia. A chuva parou. Uhull!”:Hoseok_7:30 PM.


Depois de terminar, se virou para ambos que continuavam distraídos.


Seokjin: Vamos para a praia.- Nanjoom levantou o olhar para o amigo e arqueou uma sobrancelha.- Eles foram para lá.

Yoongi: Não sei vocês, mas eu vou para o hotel. Encontro vocês lá.- Se levantou e passou a mão na nuca, com uma expressão de dor.

Seokjin: Eu também adoraria fazer isso, acredite. Mas a chave do hotel está com Hoseok.

Yoongi: Merda...vou matá-los.- Enfiou os dois fones nos ouvidos e começou a andar na frente dos amigos, que apenas riram soprado. 


                    ♧♤♢♧♤♧

Hoseok: Hey, Jimin! Tira foto de mim aqui!- Fez uma pose engraçada junto de V na frente do mar. Jimin e Jungkook se divertiam e tiravam fotos.

Jimin: Diversão acabou…- Cutucou Jungkook com o cotovelo, para o outro se virar. Os três vinham sérios.

Seokjin: Bom, vamos para o hotel.- Antes que pudesse se virar, Jimin enlaçou o pescoço de Jin e de Yoongi com seus braços, depositando peso sobre eles.

Jimin: Ah, qual é. Acabamos de chegar, vamos nos divertir um pouco. Certo, Tae?- O amigo não respondeu, então se virou, vendo-o distraído olhando para um ponto na praia.- Tae?

Taehyung: Hã, oi. Sim, sim, vamos.- Deu um de seus sorrisos ‘quadrados’ e voltou a olhar rapidamente para trás.

Jimin: O que tanto olha lá?- Se aproximou, batendo no ombro do amigo.

Taehyung: Parece uma barraca de coisas diferentes.- Se virou para Nanjoom.- Podemos ir ver?

O mais velho deu de ombros. Taehyung foi em direção ao senhor que guardava alguns tarôs e outras coisas.

Taehyung: Olá…- O senhor levantou seu olhar e encarou-o. Taehyung não sabia o que dizer, não tinha o porquê de estar ali. Apenas se viu curioso.- O que são essas coisas?

Senhor desconhecido: Tarôs, cartas, búzios…- Parou ao ver a cara confusa de Taehyung.- Você não é daqui, não é meu jovem?

Nanjoom: Somos da Coréia do Sul.

Senhor Desconhecido: Ora, por que não falaram antes? Eu passei alguns anos na Coréia e aprendi a língua.- Ele explicou novamente à Taehyung.- O que gostaria de ver?

Taehyung: Eu já vi em programas que as cartas conseguem ler o futuro, é verdade?

Senhor Desconhecido: Mais ou menos. As cartas mostram aquilo que precisa ser revelado, é algo meio complicado. Já sei, tenho algo perfeito para os sete. E nem irei cobrar, pois são turistas.- Se abaixou e pegou uma pequena caixa, colocando-a sobre a mesa.- Peguem uma carta.- Ele mantinha um sorriso indecifrável.


Todos se entreolharam e fizeram o que o senhor disse.


Seokjin:Um espelho.- disse, virando a carta de um lado ao outro. Olhou para Jungkook que observava sua carta.

Jungkook: Uma lua.

Nanjoom: Moedas.-  falou, sorrindo.

Hoseok:Uma taça de vinho.- encarou o senhor, confuso.

Yoongi:Uma maçã.-deu de ombros e olhou Jimin e Taehyung.

Jimin:Cobra.-cutucou Taehyung com o cotovelo- O que a sua carta mostra?

Taehyung:Não sei explicar...talvez um pássaro, queimando…?- Jimin tentou ajudá-lo a decifrar.- Senhor, o que isto quer dizer?

Senhor Desconhecido: O espelho representa a vaidade exagerada, mais conhecida como o pecado do Orgulho. As pessoas que tiram essa carta tem que tomar cuidado com sua arrogância interior.- Jin levantou uma sobrancelha, e o senhor continuou.- A lua representa o pecado da preguiça, pessoas com esse pecado tendem a não correr atrás de seus objetivos, e deixam que eles venham até você.-- As moedas representam o pecado da avareza, pessoas materialistas e que sempre preferem as coisas sem alma, com valor.-- A taça de vinho representa o pecado da gula, um pecado muito contraditório e metafórico eu diria; a gula nada mais é do que a personificação do desejo insaciável por mais, sempre mais.-- A maçã representa a luxúria, o desejo, a tentação, pois foi o fruto que levou Adão e Eva aos desejos carnais.-- A cobra representa os pensamentos encobertos, a falsidade, o medo da verdade.- Olhou para Taehyung, que logo sentiu um arrepio passar por seu corpo.- E por último, a Fênix, que representa a Ira. Ah, esse é o pecado mais destrutivo. Pois quando a raiva e o ódio cegam a razão, nada é capaz de controlá-los.

Jungkook: Legal.- Descansou as mãos dentro dos bolsos de seu casaco. Seu celular começou a tocar.- Droga, temos que ir. Estão nos esperando.

Taehyung: Estão?- Arqueou uma sobrancelha.

Jimin: Sim, estão.- Envolveu o pescoço do amigo e olhou para o senhor.- Obrigado pela consulta grátis, mas agora temos que ir.- Entregou sua carta, seguido pelos outros.

Senhor Desconhecido: De nada, jovem. Tomem cuidado ao voltarem para seu hotel, parece que uma tempestade se aproxima.- Encarou o céu azulado, sem nenhuma estrela. 


Jimin pigarreou e puxou Taehyung dali.


Taehyung: Jimin-ssi, quem está nos esperando?

Jimin: Ninguém, mas aquele cara me dá arrepios, precisava nos tirar dali.- Tirou o celular do bolso e o balançou na frente de Taehyung, que revirou os olhos.- Vamos, eram só cartas. Nada do que ele disse era verdade, certo?

Taehyung: Certo…- Suspirou. Olhou para trás mais uma vez quando já estavam em uma distância considerável, queria observar o senhor misterioso mais uma vez. Mas ele já havia desaparecido na mesma velocidade que ventos começaram a aparecer na praia.



No quarto do Hotel…


Seokjin: Certo,- Retirou quatro chaves do bolso.- em um quarto ficará Jungkook e Jimin. No outro, Taehyung e Hoseok. Eu ficarei com Yoongi em um, e Nanjoom ficará em outro separado.

Jimin: Ei, ei, ei! Por que o Nanjoom-Hyung pode ficar em um quarto sozinho e nós não?  

Seokjin: Porque ele precisa de silêncio e espaço para trabalhar.

Nanjoom: E também porque o Yoongi ronca.- O mais velho deu de ombros e estalou a língua no céu da boca.

Yoongi: Foi ótimo fazer parte dessa conversa animadora, mas eu vou dormir.- Se espreguiçou, indo até a porta e a abrindo.- Boa noite.- Saiu logo em seguida.

Jungkook: Esse hyung...só dorme.- Bocejou logo em seguida, sendo tomado pelo sono.

Seokjin: Acho que não é apenas ele.- Riu soprado e jogou-lhes as chaves.- Tomem um banho e tentem dormir, o dia amanhã será cheio.

Todos menos Nanjoom: Certo.


A porta do quarto novamente foi aberta, revelando um Yoongi cambaleando de sono, recostado à porta.


Yoongi: Esqueci a chave.- Jin lançou-lhe o objeto e ele pegou, despedindo-se novamente. Arrancando risada dos mais novos.


                       ♧♢♤♧♢♤♧

Não sei exatamente onde estou, ou onde esse caminho vai me levar. Sigo por uma espécie de trilha em um bosque fechado, o ar vai ficando rarefeito a cada passo que dou. Meus pulmões começam a pedir por mais oxigênio.


O desespero me toma e só consigo correr, correr para longe, qualquer lugar onde eu possa respirar decentemente. Assim, avisto uma luz, seguindo-a me vejo em uma estrada. O ar finalmente veio, e com ele a mesma luz de antes, mas agora, como faróis de carro que vinham em minha direção sem que eu pudesse escapar.


Hoseok: Tae, Tae…- Seu amigo segurava-o pelos ombros, quando Taehyung finalmente despertou, sentando-se na cama e segurando firmemente sua blusa suada na altura do coração.- Você está bem?

Taehyung: Eu...estou com sede.- Disse, levantando-se e indo em direção ao mini freezer, pegando uma garrafa d'água e tomando um enorme gole. Depois de normalizar sua temperatura corporal, olhou para Hoseok que continuava com seu semblante preocupado.- Foi um pesadelo. Não precisa se preocupar.

Hoseok: Deus, não me assuste mais assim.- Riu soprado.- Evite comer coisas pesadas no jantar.- Deitou-se novamente, cruzando os braços sob a cabeça e fechando os olhos.

Taehyung: Hm.- Concordou e guardou a garrafa, voltando à sua cama.- Foi só um sonho…- Fechou os olhos, tentando afastar os maus pensamentos de si.















Notas Finais


E aí, gostaram? Postarei o próximo capítulo em breve ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...