História Bloody Night - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Drama, Ficção, Lobismens, Romance, Vampiros
Visualizações 2
Palavras 847
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Canibalismo, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Um estranho em meu quarto


Fanfic / Fanfiction Bloody Night - Capítulo 2 - Um estranho em meu quarto

RION ON

Ela esta se mexendo, acho que esta acordando finalmente depois de 2 horas.

-Ei....(OOOQUEEE ELA PEGO MINHA COBERTA SE COBRIU E VIROU PARA O OUTRO LADO VOLTANDO A DORMIR, mas mas que folgada '-' )
           -Ei vamos levante... vamos reaja garota.
           -N..Não é garota é... mayu... me deixe dormir.
          -Mas esta amanhecendo você não pode ficar aqui.

Ela levanta rapidamente e olha em meus olhos seus olhos são vermelhos como sangue eu nunca tinha visto algo assim antes eles são lindos.
           -Porque não posso ficar aqui? 
       -Porque você é ma completamente ESTRANHA, entra na casa das pessoas sem permissão e ainda tenta me matar EU QUERO EXPLICAÇÕES AGORA eu estou ate sendo bonzinho em não chamar a policia.
          -Porque esta tão bravo? Foi você quem me deixou entrar e eu so estava pegando um pouco de comida. E como você é meu primeiro humano que experimento você tera que sempre me alimentar.
         -Ei eu não sou sua babá e nem convidei você para entrar nem nada....(Primeiro humano que experimento?Deixei entrar? Só estou ficando mais confuso a cada momento ) 
        - Já esta na hora de você ir embora garota.
       -Eu ja disse não é garota e eu não posso ir embora agora.

Eu pego ela e pucho pelo braço ate minha porta, ela parece que não quer ir mas não posso deixar ela aqui minha aula começa daqui 1h.
         -Não me deixe ficar por enquanto aqui. 
        -Você  não pode e nem vai ficar, agora você poderia sair.

Ela olha para mim com um olhar de cachorro sem dono eu não cairei nessa não sei quem ela é e se ela for uma assassina ou coisas do gênero.
         -Por favor não me mande embora agora.

Ela esta chorando e treme muito, eu abro a porta quando percebo ela esta gritando sua pele esta vermelha cheia de bolhas (isso é do sol? mas nem esta forte so bateu um raiozinho e ela esta assim )

-....Me desculpe....

Ela esta machucada oque eu fiz? eu tento me aproximar mas quando chego perto dela ela me olha e sai correndo pela casa como um animal assustado.

-Ei espere (onde ela se escondeu? ).

Escuto respiração vindo do meu armario (ela se escondeu ai?) eu tento abrir mas parece que algo não esta me  deixando abrir.

-Você esta ai não é? Poderia me deixar ver seu braço?.....Me desculpe eu não sabia que você não poderia sair no sol.

-Então... você não percebeu oque eu sou? depois de tudo isso?

(Do que ela esta falando?) Nada faz sentido mais tudo me parece um sonho.

-Você é mesmo burro né? Eu estava tomando seu sangue, eu não posso sair no sol, você me trouxe até aqui quando eu estava em forma de morcego.Então você não sabe mesmo?

- hmm...Você é um demonio ?

- .... '-'.... (ele é tão burro assim?)...Não.... eu sou um vampiro é tão dificil ver? Depois que eu provei seu sangue agora será meu alimento pelo resto de sua vida sinta se honrado disso.

- Você poderia sair do armario primeiro para conversarmos né? 

Ela começa abrir a porta quando o despertador começa a tocar.

- Merda ja esta na hora de ir para escola eu vou me atrasar 

Eu começo fazer minhas coisas da escola me arrumar meio que ignoro ela, troco minha roupa e vou fazer algo para comer 

- Oque sera que eu faço para mim? (oque a mayu deve comer? melhor eu perguntar).

-May... a quanto tempo você estava aqui me observando? Você gostaria de comer algo (sera que eles comem mesmo?).

Ela me encara, isso me da um pouco de medo (oque ela esta pensando?)

-Eu gosto de coisas doces. 

enquanto ela falava isso ela corou e isso foi realmente fofo depois de tudo que aconteceu. Eu me viro para preparar a comida e sinto um ar quente sobre mim e uma dor profunda mas exitante me viro para ver ela estava me mordendo eu realmente estava assustado com aquilo pois era algo diferente (ela é mesmo vampira? ) Eu não sei oque fazer estou com tanta vergonha disso que não tenho reação perante a tal coisa.

- O..que..e voc..ê ESTA FAZENDO '-' ??.

-Estou me alimentando, seu sangue é tão doce que me faz querer mais dele ^u^ 

 Oque? que sensação é essa? ela voltou a me morder é como se eu tivesse hipnotizado, eu não quero que ela pare mas eu não posso deixar isso continuar. A campainha toca e escuto a Ruby chamar, pelo menos a mayu parou de me morder.

-Rion vamos levante ja passou da hora.

-Ja vou.

-Mayu preciso que você faça me um favor, quero que você fique aqui dentro e não saia por nada e so abra a porta quando eu chegar você entendeu? Eu preciso muito de sua ajuda 

Ela balança a cabeça confirmando , eu realmente espero não me arrepender disso depois, pego meu material e vou ate a porta.

-Ei mayu se comporte quando eu chegar vamos conversar um pouco sobre tudo isso, bem eu vou indo Tchau e se comporte bem. 


Notas Finais


Eheheh ^-^ Nada a declarar sobre a demora


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...