História Blue - Capítulo 21


Escrita por: ~

Exibições 126
Palavras 835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Aqui está mais um capítulo fresquinho pra vcs.
Espero que gostem...

Capítulo 21 - O pesadelo de qualquer garota


Fanfic / Fanfiction Blue - Capítulo 21 - O pesadelo de qualquer garota

.:KAITLIN:.

Acordei com o som irritante do despertador, me remexi na cama e abri lentamente meus olhos, olhei ao redor e respirei fundo. Finalmente sexta!

Desliguei o pequeno aparelho e retirei o edredom de cima do meu corpo, vendo-o cair no chão do quarto, me levantei lentamente e me dirigi ao banheiro enquanto retirava minhas vestes e as jogava no chão.

Abri a torneira e enquanto esperava a banheira encher, olhava atentamente para meu reflexo no espelho. As olheiras ainda estavam ali, enormes e profundas. Eu tinha ganhado um pouquinho de peso o que era ótimo. Não havia nenhum novo corte em meu corpo e eu me permiti sorrir com isso.

Entrei dentro da banheira cheia de água quente e senti meu corpo ficar mole, me banhei rapidamente e lavei meu cabelo, saindo logo em seguida, enrolei a toalha em meu corpo e voltei para o meu quarto.

Andei a passos lentos até o guarda-roupa, estava com preguiça de escolher a roupa, então apenas peguei e vesti uma saia xadrez vermelha, um suéter branco de cola alta, uma meia-calça preta, meu All Star preto de cano baixo e peguei a caixinha de cereal antes de sair do quarto.

Desci as escadas e fui para a cozinha, agradecendo mentalmente por Grace não estar em casa, ouvi meu pai disser que ela tinha arranjado um novo emprego e trabalharia o ia todo.

Peguei minha tigela e a caixa de leite que estava na geladeira, me sentei e comecei a comer o meu café da manhã.

Terminei de tomar o meu café rapidamente, guardei novamente a caixa de cereal dentro do meu guarda-roupa e peguei minha mochila, saindo logo em seguida de casa.

Andava pelas ruas banhadas pelos raios de sol, hoje o dia estava ensolarado e sem nenhuma nuvem no céu. Coloquei os fones de ouvido e aumentei o volume da música Awake And Alive da banda Skillet, andei mais dois quarteirões e finalmente cheguei ao colégio.

Sentei-me em baixo de uma árvore, tentando encontrar Daisy com meus olhos. Ela não estava em lugar algum, depois de alguns segundos sinto meu celular vibrar e vi que era uma mensagem da ruiva.

 

Estou com febre. Vou faltar segunda e terça também.

 

Suspirei pesadamente e logo ouvi o sinal tocar, peguei minha mochila e caminhei para dentro do colégio. Quando entrei na sala de aula, recebi alguns olhares dos amigos de Apollo e dele mesmo, senti meu corpo estremecer e corri rapidamente para o meu lugar.

Ouvi Michael me sussurrar um "Oi" e dar um pequeno sorrisinho. Retribui.

-Achou as imagens?-perguntei.

-Sim, e você conseguiu o texto?

-Sim, vamos ter que resumi-lo um pouco.

-Sem problemas.

Sorri para ele antes de me virar para frente, peguei meu livro e comecei a lê-lo enquanto os outros alunos conversavam. Logo o professor de história entrou e pediu para nos juntarmos para começarmos o trabalho.

(...)

Acabei acordando quando ouvi aquele sinal infernal tocar, tinha dormido no meio da aula de filosofia. Cosei meus olhos com as costas das minhas mãos e me levantei da cadeira, vendo Michael colocar um de seus braços em volta do meu ombro.

-Bom dia, Bela Adormecida.-ele disse com um sorriso no rosto.

Apenas lhe dei um pequeno sorriso e saímos da sala de aula.

Nos separamos quando entramos no refeitório, observei Michael andar até a fila e ficar ali, esperando a sua vez. Eu sai do refeitório e comecei a andar elos corredores do colégio, fiquei andando perdida em meus pensamentos e logo me encontrava no perto do vestiário feminino.

Entrei entro do mesmo e me sentei em um dos bancos que estavam ali, coloquei um dos lados do fone e fiquei ouvindo RunDevilRun do grupo Girls' Generation.

As coisas estavam calmas e silenciosas, até que ouvi o barulho da porta se abrindo e fechando bruscamente, acabei me assustando e rapidamente olhei para trás.

-Olá, princesa.-Apollo disse, se aproximando lentamente de mim.

-O que está fazendo aqui?!-perguntei, me levantando.

-Só queria saber o que você estava fazendo aqui sozinha.-ele disse com um sorriso maldoso nos lábios.

Tentei correr rapidamente dali, mas senti suas mãos agarrarem meus braços e me jogar no chão, acabei batendo minha cabeça em um dos pequenos armários de ferro.

Senti o peso de seu corpo sobre mim, ele segurou meus dois pulsos acima da minha cabeça com uma das mãos, colocou sua perna entre as minhas, fazendo com que eu ficasse com as pernas um pouco abertas.

-Se você ficar quietinha, prometo ser gentil.-ele disse com um sorriso malicioso.

Eu me debatia e tentava me soltar de se agarro enquanto senti sua mão deslizar sobre a minha perna, indo até minha coxa. Entrei em pânico e tentei gritar.

Senti sua mão se chocar contra o meu rosto.

-Se gritar, vai apanhar.-ele ameaçou.

Me encolhi, sentindo ele passar dois dedos sobre a minha intimidade coberta pela calcinha e pela meia-calça. Ele estava me molestando...

Ouvi o barulho de seus passos se distanciando e o som da porta sendo aberta e fechada com força...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...