História Blue - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Rap Monster, V
Tags Bangtan, Bangtan Boys, Bts, Hetero, Kim, Namjoon, Rap Monster, Taehyung
Exibições 137
Palavras 265
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo B


O melhor era pegar os fones e ligar a música no volume mais alto, se fosse ter dor de ouvido depois já não importava mais. Estava começando a ficar muito puto com toda sua família, até mesmo com o primo que tanto gostava. Não sabia porque a mãe tinha que ser tão ruim consigo, e quando se tratava dele, era um doce. O pai então  nem se fala! Sua única conclusão foi de que estragar o filho dos outros é fácil, mas o próprio...

Feriados na casa Kim resultava em ficar todos reunidos, basicamente o dia inteiro. Quando mais novo, ficavam ele e o primo brincando de correr, liam gibis, jogavam videogames, tudo juntos. Agora, NamJoon era um antissocial, não queria falar com ninguém, se relacionar com ninguém, fosse da família ou não. Nem ao menos sentia falta de TaeHyung, para ele tanto faz. A única coisa que lhe restou foi a raiva.

Estudavam os dois na mesma escola, e felizmente nunca foram da mesma turma. Pelo menos o mais novo se mancava, e não se juntava mais ao outro nos intervalos. Chegou a fazer um escândalo uma vez, explodiu por completo. Disse tudo o que queria para NamJoon, que sentia sua falta, mas que achava que ele era um filho da puta escroto por fazer o que andava fazendo com ele, na verdade com eles. Considerando que a relação dos dois era de irmãos.

Por mais que isso tivesse tirado a noite de sono do mais velho, ele não voltou atrás. Se sentia corrompido, e não queria puxar o dongsaeng consigo. Seria muita maldade!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...