História Blue boy - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Fanfic, Original, Yaoi
Exibições 50
Palavras 1.867
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Esse aqui é o final da fanfic. Estamos triste sobre isso ehh... Sim mas o lado bom é que TERMINAMOS SA PORRA111!!!!!

Capítulo 9 - Amor


Luan on
Não tinha conseguido dormir. Essa noite foi tão única como se isso tivesse que acontecer, nos dois ficamos conversando por um tempo coisas como nossos pais,nossa sexualidade,ele te tinha me dito sobre como as garotas eram estranhas para ele... digo ele tinha me dito "garotas parecem um cofre que não a como conseguir a senha para abri-lo de uma forma fácil... até porque eu nunca consegui descobri essa senha" eu sei que isso tinha saído de uma forma bem ridícula como "garotas são como árvores" mas sei lá isso realmente me fez pensar que ele poderia ser bissexual mas ele nunca tinha beijado uma garota perto de mim ou de qualquer outras pessoas ele sempre dizia assim "eu sou o cara mais sortudo de todos consigo pegar todas as garotas" eu achava que ele realmente era aquele hétero que gostava de amostrar que era hetero, mas na verdade ele só tinha medo, os medos dele eu não sei se sabia de todos mas eu ainda quero descobri isso. Ficamos conversando até que ele caiu no sono, não me importava dele ter dormindo nem nada e ate bom eu gosto de ver ele dormindo, depois de um tempo percebi que tinha cronometrado Minha respiração com a dele. Ele estava tão calmo. Eu sei que isso é bem estranho ficar olhando para ele... mas eu estava sem sono isso até que era confortante poder ver ele me acalmava.
Luan off

Guilherme on
Nossa,isso foi estranho... nunca tinha feito isso com uma pessoa que amo... Um garoto... Bom tinha feito com aquele cara,só que foi diferente...foi como se o prazer dele tivesse mais importância do que o meu,como se minha função fosse fazer ele se sentir o melhor possível,e bom... acho que consegui,a gente conversou um pouco depois do que aconteceu,eu já imaginava que ele faria isso,então eu apenas concordava com o que ele dizia,e lá no fundo eu só queria deixá-lo feliz,como se a felicidade dele fosse a minha felicidade,e aquele momento eu me senti o mais próximo possível que já tivera de alguém,e foi uma das melhores sensações que eu já senti na vida,como se minha alma estivesse ligada com a dele,e mesmo não acreditando nessa teoria de alma e espírito,o que acontecia naquele momento não era algo apenas em nossos corpos.
O dia amanheceu e eu mal consegui dormir,eu tive só umas duas horas de sono,o que para uma pessoa que costuma dormir umas 10 horas por noite não é nada comum,eu acho que ele nem dormiu deve ter tido insônia ou algo assim,ele tem essas coisas as vezes,quando acordei ele estava olhando pra mim,como se estivesse esperando eu acordar aquilo era meio assustador,más eu apenas percebi que ele gostava de mim mais do que eu imaginava,ele gostava de me observar,ele dizia que eu era um "garoto bonito",eu não achava eu só era o "garoto hétero alto e desengonçado" eu achava ele bonito,ele é bem pequeno bom ele tem um tamanho normal,tudo é pequeno perto de mim,ele tem um cabelo azul,é bem legal,más isso deixa ele bem gay,eu gostava da cor da pele dele,e da cor dos olhos,eu gostava de olhar ele as vezes o rosto dele nunca me enjoava,ele parecia feliz,mesmo quando não estava,diferente de mim que nunca estava feliz,nunca parecia feliz e eu acho que aquilo incomodava ele um pouco.
Eu precisava ir para casa,eu só mandei uma mensagem pra minha mãe dizendo que ia passar a noite fora,isso é bem comum,só que ultimamente eu tenho medo de deixar ela sozinha em casa por tanto tempo.
Guilherme off

Conversa on
Guilherme: Já vou ok?

Guilherme:Hey... acorda...
~Cutucando

Luan:Que porra me deixa dormir sua piranha.
~Gritando

Guilherme:Calma viado,eu já vou ta?

Luan:Não vai não.
~Levantando

Guilherme:Seus pais vão voltar daqui a pouco e eu deixei minha mãe sozinha...

Luan:Eles vão ficar lá por um tempo,e eu não sei como vou sobreviver sozinho.

Guilherme: Ata, ainda tem a minha mãe.

Luan:Ok,espera que eu vou com você.

Guilherme: É muito amor mesmo...

Luan:Ai fica quieto e espera.

Guilherme: Ok...
Conversa off

Guilherme on
Eu não sabia mais o que estava acontecendo,eu não sabia como iria me assumir para minha mãe,e nem sei como apresentaria o Luan como "Meu Namorado" era um título bom para ele,e depois de tudo,ele merecia... Bom eu acho que ele não tem que merecer nada eu que tenho,depois de tudo que eu fiz ele passar,e ele ainda me perdoava...
Quando a gente chegou em casa,fomos para o meu quarto e ficamos lá por um tempo,a minha mãe não estava em casa,era umas duas da tarde,e só ficamos lá assistindo alguns episódios de South Park,e conversando,eu gostava de conversar com ele,ele fala sobre tudo,menos sobre ele isso não me incomodava,eu já tinha problemas demais para me preocupar com os problemas das pessoas,mas aquilo me incomodava,ele parecia triste,eu conseguia ver nos seus olhos,e aquele sorriso dele,só estava me confundindo...
Guilherme off

Conversa off
Guilherme: Porque você vive sorrindo?

Luan: Eu não fico sorrindo o tempo todo.

Luan: É que você sempre me encontra nos dias em que eu estou feliz,você não se importa ou não se importava com os meus sentimentos então um dia eu desisti de tentar procurar sua ajuda...

Guilherme: Eu sempre me importei,mesmo não parecendo,eu tinha medo de você achar que eu fosse gay.

Luan: Você me disse que se descobriu gay já faz um tempo.

Guilherme: Só que eu não me aceitava,eu sentia atração por alguns garotos,só que além de você que só fiquei com um outro garoto...

Luan: E como foi?

Guilherme: Quer mesmo saber...

Luan: Com detalhes...

Guilherme: Bom... Foi assim

~Lembrando
Estava sentado em minha cama enquando o via se despir. Estávamos com nossas respirações ofegantes oque estava me deixando meio tonto, Afinal eu não parava de beber aquelas cervejas.

- então e sua primeira - ele me perguntou

-minha primeira vez fazendo sexo com um garoto -o respondi

- então você é bissexual - me perguntou novamente

-na verdade eu sou gay mas ainda não aceito o fato de eu gostar de meninos então eu tento fazer sexo com garotas o máximo possível - o respondi

-ok mas vamos parar com todas essa conversa e começar logo com isso

ele tinha pulado em cima de mim. estava tirando minha cueca e depois disso começou a me beijar ,ficamos fazendo isso por quase quatro minutos até que nossas respirações se cessaram em fio de saliva, estávamos nos encarando esperando que nossas respirações parecessem. ele se sentou na cama a espera da minha reação sobre aquilo, fui e sua direção e me ajoelhei em tua frente, coloquei seu membro em minha boca. e comecei a movimentar minha cabeça. os gemidos dele estavam enchendo o quarto . ele estava com tua mão em minha cabeça me avisando para eu ir mais rápido, os seus gemidos estavam mais altos até nos tínhamos terminado. eu o empurrei na cama e sentei em cima de seu membro, estava cavalgando em cima de teu membro, aquilo doía mas mesmo assim era agradável logo depois de pouco tempo a dor tinha sumido, estávamos indo mais rápido até que ele tinha terminado.
Ele parecia muito mais experiente,era meio estranho,ele já sabia que era minha primeira vez,mesmo eu sabendo tudo que eu tinha que fazer... Eu fiquei com um pouco de medo,mas de qualquer jeito foi melhor do que com todas as garotas...

Luan: A minha primeira vez foi melhor que a sua...
~Sorrindo

Guilherme: Idiota.
~Rindo

Luan: Você vai contar de nós pro seu próximo namorado?

Guilherme: Eu não vou ter um "próximo namorado",a gente vai se casar,e construir uma família,igual você me dizia quando a gente era criança.
~Sorrindo

Luan: Eu estava planejado com uma garota,mas você serve.
~Rindo

Luan: Te amo.
~Beijando o Guilherme
Conversa off

Guilherme on
A gente ficou se beijando por um tempo,o beijo dele era muito bom,era viciante,eu queria ficar ali pelo resto da vida,depois disso ouvi a porta da sala abrindo,devia ser minha mãe,e quando ela chegou eu fui até ela correndo,deixei o Luan no quarto,ele sabia viver por lá.
Guilherme off

Conversa on
Mãe: Oi filho,tudo bem?

Guilherme: To bem...

Mãe: O Luan ta aqui?

Guilherme: Sim...como você sabe?

Mãe: O casaco dele ta no sofá.

Guilherme: Você presta atenção em tudo.

Mãe: Chama ele aqui,faz tanto tempo que eu não falo com ele,dês do tempo em que vocês tinham se afastado.

Guilherme: Depois eu chamo,eu pedi pra ele ficar no meu quarto eu preciso te falar uma coisa...

Mãe: Fala então.

Guilherme: Não é assim,é uma coisa complicada.

~Silencio constrangedor

Guilherme: Eu sou...Gay

Mãe: Quê?

Guilherme: É mãe,gay...EU SOU GAY.

~Segurando o rosto do Guilherme
Mãe: Eu te aceitou,você é meu filho,eu te amo do jeito que você é,eu nunca seria igual o seu pai,eu te amo,muito...
~Sorriso

Guilherme: Te amo.
~Chorando
~Abraçando a mãe

Mãe: Eu também meu filho...

~Ficaram abraçados por um tempo

Guilherme: E tem mais uma coisa...

Mãe: O que?

Guilherme: O Luan... a gente ta namorando...

Mãe: Sério finalmente,ele sempre gostou de você.
~Sorriso

Guilherme: Como você sabia?

Mãe: Eu sou mãe,eu sempre sei.

Guilherme: Entendi.
~Rindo

Já volto.
~Subindo as escadas

Guilherme: Voltei.
~Sorrindo

Luan: E esse sorriso ai.

Guilherme: Eu disse tudo pra minha mãe,sabe... " Sou gay"

Luan: Sério,e ela?

Guilherme: Ela disse que,ela me aceitava e me amava e coisas assim.

Luan: Ata,é o discurso básico,a minha disse isso também.

Guilherme: Tem mais,ela sabe que a gente ta namorando.
~Sorrindo

Luan: Você me tirou do armário pra sua mãe.

Guilherme: Desculpa.

Luan: Eu não ligo besta.

Guilherme: Ela quer falar com você...

Luan: Ótimo,vou ter que pedir a mão da princesa.

Guilherme: Não idiota,ela disse que não vê você faz muito tempo.

Luan: Claro você nunca mais me trouxe aqui.

Guilherme: Ela tava num momento difícil.

Luan: Ok desculpa to indo.

Descendo as escadas

Luan: Oi tia.
~Abraçando

Mãe: Oi,você cresceu,mentira você ainda ta pequeno,porém,você ta mais bonito,gostei do cabelo.

Luan : É a família inteira fazendo isso.
~Rindo

Mãe: Vocês estão...Namorando?

Luan: Sim
~Corando

Mãe: Não poderia ser um garoto melhor.
~Sorrindo

Guilherme: Mãe você ta deixando ele constrangido.

Mãe: É minha a missão,eu sou mãe.
~Rindo

Mãe: Ok vou deixar vocês em paz,eu preciso tomar banho eu to cansada do trabalho.
Conversa off

Guilherme on
Esse é oficialmente o melhor dia da minha vida,as duas pessoas que eu mais amo... Ela me aceitou,normalmente,eu tenho a melhor mãe do mundo.
Guilherme off

Conversa on
Luan: Ela parecia feliz.

Guilherme: Ela sempre me pediu pra namorar sério,parar de ficar apenas indo em festas e ficando com garotas.

Luan: Ai você namora um garoto.

Guilherme: O melhor garoto.

Luan: Te amo.
~Beijando o Guilherme

conversa off

luan on
ficamos nos encarando com um sorriso até que veio um forte trovão, nos dois levamos um susto oque nos fez começar a rir, em meio ao risos começou a chover. Nos dois ficamos sentados no chão ouvindo a chuva cair, no começo estava forte e foi ficando mais calma

-eu tenho uma ideia - disse ele olhando o teto de seu quarto

-e qual é ??- o perguntei

-e surpresa - ele retrucou
no levantamos e formos até a varanda de sua casa estava frio e a chuva estava um pouco forte mas nós estávamos confortáveis. Tínhamos colocado um pequenos sofá que cabia nos dois,pegamos um jarra de café e duas xícaras pegamos dois cobertores e nos ficamos olhando a chuva.

-você acha que os problemas acabaram - perguntei a ele

-como assim problema? - retrucou

-sabe...as pessoas como aqueles garotos - o respondi

-hum... você sabe que nos sempre estaremos bem não importa se for momentos ruins ou até mesmo bons - ele me respondeu enquanto dava um gole no café

-eu tenho medo que momentos perfeitos como esse não aconteçam mais depois que as pessoas descobrirem que não somos gays - o respondi

-eu também tenho medo mas você tem que entender algo

-oque

-você tem que entender que esses momentos só serão perfeitos se eu estiver junto com você - sorrindo

-eu te amo - beijando Guilherme



FIM


Notas Finais


Morram feliz meus amores (agora eu tô livre do cativeiro e não irei mais fazer essa fanfic) espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...