História Blue Butterfly (OneShot) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camcy, Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Hentai Lésbico, Laucy, Lauren Jauregui, Lucy, Masoquismo, Ninfomaníaca, Orange, Sexo, Yuri
Visualizações 149
Palavras 3.000
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Yuri
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Capítulo Único


Camila Cabello olha no relógio, 11 p.m, está atrasada. Aperta os passos assim que avista o local de encontro. O frio preenchendo cada centímetro de seu corpo.

-Olha se não é a famosa Camz! - Shawn grita assim que a vê, as pessoas em sua volta riem dele assim como a Cabello que finalmente chega - atrasada - o moreno fala sorrindo e beijando em sua bochecha.

No meio da cidade deserta esta é a única rua com algum movimento, ao lado esquerdo da garota há uma grande boate gay "Blue Butterfly".

-Está pronta novata? - um dos amigos de Shawn grita pra ela.

-Fui obrigada a vir - ela diz corando - meu amigo aqui quer que eu fique de vela - Shawn da uma cotovelada de leve na garota.

-Todos vão se encontrar aqui na frente às três! - o moreno a a avisa - vê se não se atrasa! - ela ri.

Todos entram na boate alguns minutos depois. No local a música penetra cada ser num estrondo descomunal. Todos se divertem ou bebem o suficiente para quase desmaiar. Luzes néon azul ultrapassam cada centímetro de escuridão, dando um ar de puro sexo na boate.

Do outro lado do local beijando uma boca desconhecida está Lucy, a garota que pega geral, vinte e três anos, alta, com um sorriso perfeito e um beijo mais perfeito ainda. Ela se separa da loira com quem estava e se dirige ao pequeno bar, pedindo uma bebida colorida que ela viu com outra pessoa. O barman que já a conhecia de longa data a entrega o seu pedido e se abaixa para falar.

-Está vendo aquela ali? - ele pergunta apontando para uma morena de olhos incrivelmente claros, Lucy assente - até agora ela dispensou todo mundo, sua cara pegar um desafio dessas, não está afim? - ele diz. 

-Se eu transar com essa gostosa hoje vou estar te devendo uma senhor Mars - a garota diz se levantando e pegando a bebida colorida com um canudo fofo e infantil.

-Quantas vezes já disse para me chamar de Bruno? - o barman fala, Lucy não responde, apenas vai em direção a garota dos olhos verdes.

Enquanto isso Lauren, vinte a dois anos, com uma pegada celestial e uma voz que estremece montes observa as pessoas da boate Blue Butterfly. Ela remexe um drink rosa que havia pedido observando alguns garotos vestidos de unicórnios. Já dispensou quatro garotas na pista de dança e agora que finalmente sentou uma morena vem em seu encontro. A morena bufa.

Não que ela não esteja afim de pegar alguém esta noite, mas Lauren tem gostos peculiares, e não gosta de perder tempo com quem não está a altura de seus prazeres.

Um som de copo estraçalhando no chão faz Lauren virar para a morena que vinha até ela, pelo que parece a garota tombou com outra e tenta ajuntar os cacos de vidros no chão. A morena ri das duas meninas atrapalhadas que se esbarraram, uma bebida quase cor de arco íris se espalha pelo chão. 

Um barman moreno aparece para ajudá-las e as dispensa. Lauren observa a situação enquanto ri muito, bebê mais um gole de seu drink mas quase engasga ao ver a latina com quem a morena havia tropeçado. "Duas gostosas no mesmo lugar" pensa "não posso perder isso".

-Desculpa eu não quis - Camila começa a falar olhando os cacos no chão. 

-Está tudo bem, não se preocupe - Lucy diz a interrompendo. O plano dela de pegar a garota de olhos verdes foi fracassado, mas parando para pensar, esta latina em sua frente pode ser uma opção melhor ainda - eu posso comprar outro drink, você também quer?

Camila parece pensar no assunto até finalmente concordar, as duas vão até o bar mas o moreno que antes atendia não está mais ali, então são obrigadas a esperar mais um pouco.

-Hey - uma garota de olhos verdes chega perto das duas desastradas, tem um sorriso lindo mais um corpo perfeito - Ah, desculpe - ela estende os braços no ar em sinal de derrota - vocês estão juntas?

Lucy a encara de boca aberta. "Ela é muito mais bonita de perto" pensa "e descarada... gostei...".

-Ah, não - a pequena Camila de apenas dezenove anos responde - eu não saio com garotas.

As duas morenas ficam de boca aberta mas logo caem na gargalhada.

-Então o que faz aqui senhorita...

-Cabello, Camila Cabello.

-Senhorita Cabello? - Lauren pergunta se sentando do outro lado da latina. 

-Eu só vim com um amigo porque ele insistiu - ela responde tímida - mas acabei me perdendo dele.

Tanto Lucy a esquerda de Camila quanto Lauren a direita a observam, fazendo a mesma corar de vergonha.

-Você não gosta dessa fruta? - Lucy pergunta apontando algumas garotas que se pegavam no canto da boate. A menor nega e olha para baixo - já experimentou pelo menos? - volta a perguntar, a latina nega novamente, retirando um grande sorriso tanto de Lucy quanto de Lauren que se entreolham.

-A gente poderia te mostrar - Lauren fala mordendo o lábio inferior enquanto a observa. 

Camila gostaria de desaparecer naquele momento. Ela nunca havia ido a uma balada, quanto mais uma gay, e agora não sabe como escapar. O namorado da latina não ligaria se ela ficasse com uma garota, ela sabe que ele é liberal nisso, mas mesmo assim se sente mal por estar ali. Foi criada a vida inteira para achar isso errado, e aí estava ela, sendo flertada por duas garotas ao mesmo tempo.

-É melhor eu ir embora - a latina diz finalmente se inclinando para trás no banco, para a sua completa surpresa ao fazer isso as duas ao seu lado se beijam com voracidade, bem a sua frente sem nenhuma vergonha. Camila fica surpresa mas sente uma fisgada de excitação ao vê-las se beijando.

"Talvez matar a curiosidade não seja tão ruim assim" pensa.

As duas param com um sorriso safado em seus lábios, olham para Camila que ainda mantém a boca aberta. Lucy se levanta, em passos lentos gira entorno da latina, parando atrás da mesma e afastando os fios de cabelo da pele morena. Ali no pescoço da menor deposita um leve selinho, o contado quente entre os lábios da morena com o ponto de pulso da garota causa um arrepio por todo o seu corpo. Sendo assim Lucy continua, passando a chupá-la e morder de vez enquando. Lauren observa a cena e percebe que já está totalmente molhada. Se próxima da latina e a beija, com necessidade, aperta a nádega direita da menor que arfa.

Do outro lado do bar Bruno Mars e Shawn Mendes assistem ao incrível espetáculo de boca aberta. Nenhum dos dois acreditando que estavam perdendo três garotas extremamente gostosas para o lado colorido da força. 

Lucy para de chupá-la e olha para Lauren, aquele olhar que parece que as duas tem uma conversa inteira apenas em um segundo.

-Gente... eu não quero - Cabello balbucina algo no meio do som alto da boate mas logo é interrompida.

-Se não quer porque é tão difícil resistir? - Lauren fala passando dois dedos pela virilha da menor, causando um arrepio nela.

-Você quer resistir? - Lucy aperta seus seios, a latina nega com a cabeça enquanto perde controle de si mesma.

Camila se sente perdida quando é puxada pelas duas boate a fora do nada. Nem sabe o que acabou de acontecer e tem certo medo do que está por vir.

As duas sussurram algo no ouvido sem deixar que a pequena ouça, concordam em algo e a guia até um Corolla preto de janelas escuras estacionado do outro lado da rua. 

-E-eu não vou entrar aí - Camila diz com medo das duas maiores. Nunca entrou em um carro desconhecido e não queria que aquela fosse a primeira vez.

-Vai sim - Lucy sorri entrando no banco passageiro ao lado de Lauren que liga o carro. As duas sorriem uma para a outra quando a hispânica da partida fazendo Camila saltar para trás. 

-Vai ou não? - Lauren pergunta abaixando o vidro e a encarando, com aqueles olhos verdes que penetram até a alma. Camila desiste de tentar se opor e senta no banco traseiro. Sua barriga já totalmente fria por conta do nervosismo. 

E assim as três deixam a boate de luzes azuis para trás entrando na noite silenciosa da cidade adormecida. Já é quase meia noite e apenas alguns prédios por onde passam mostram algum sinal de vida. 

-Meu nome é Lauren Jauregui - a motorista fala a observando pelo vidro.

-Lucy Vives - a outra também diz e aponta para um hotel ao lado de um shopping fechado - aquele ali - ela diz.

Lauren arqueia uma sobrancelha. 

-Você tem classe - diz rindo e estaciona ali em frente - ótima escolha - as três garotas saem do carro adentrando o grande hotel extremamente caro - eu pago - a de olhos verdes fala enquanto se dirige à recepcionista.

Camila percebe suas mãos suando tentando administrar tudo o que está acontecendo. Ela vai passar a noite com outras duas garotas, entre lençóis... "ok... não é uma má ideia" pensa rindo de lado mas se assusta ao sentir braços envolta de si mesma.

-Vamos? - Lucy diz e a guia até o elevador onde Lauren já as esperava. As três sobem em completo silêncio, apenas saboreando o que cada uma acha que vai acontecer quando o andar esperado finalmente chegar. Isso parece demorar uma década por estarem ansiosas, mas chega. Quando as portas se abrem Camila fica mais surpresa ainda, com todos os imóveis caros e extremamente limpos. A latina é quase puxada para dentro do local. Observa cada detalhe do quarto, girando em seu próprio eixo, mas o que mais a surpreende é a última imagem quando dá 360 graus. Lauren era a única que carregava algo, uma mochila preta que logo joga no cômodo quando entra.

Tanto Lauren quanto Lucy já haviam retirado suas camisas, estando apenas de sutiã e sem paciência para preliminares. A menor se perde um pouco as observando retirar as próprias roupas.

-Ah... É... - ela tenta falar algo mas nada sai, chama a atenção das garotas que no mesmo instante a encara - Desculpa... eu...

Lauren vem em sua direção, tomando a iniciativa em um beijo cheio de luxúria, Lucy passa atrás da garota a envolvendo em seus braços e dirigindo suas mãos até o zíper da calça da latina, ali a garota o abre deixando a morena com um pouco de vergonha, antes mesmo de voltar atrás Lucy já abaixa sua calça jeans até o tornozelo, ficando cara a cara com aquela bunda gostosa que Camila possuía. A morena a beija, sobre sua calcinha de renda vermelha. Jauregui e Cabello param o beijo por ausência de ar, aproveitando o momento a hispânica retira sua camisa a jogando em qualquer lugar.

E assim estava as três, apenas de peças íntimas, muito excitadas e extremamente molhadas sem nem terem começado de verdade.

As garotas se dirigem até a cama de casal enorme, Camila se ajeita no meio observando as duas engatinharem até seu alcanço com seus sorrisos de lado. 

Lucy lhe dá um selinho, outro, outro, quando percebem as duas já estão arfando em um beijo de língua cheio de luxúria e prazer enquanto a hispânica retira a calcinha da menor, observando lentamente sua intimidade molhada e arrosada. Lauren lhe dá um beijo em sua virilha subindo para os lábios externos, abrindo-os com os dedos da mão esquerda e logo passando a língua desde sua abertura inferior até o clitóris fazendo Camila gemer alto entrando em delírio. Na parte de cima Lucy faz um belo trabalho sugando seu pescoço enquanto abre o fecho do sutiã vermelho, a morena para por alguns segundos ao ouvir o gemido alto da latina e sorri, se voltando para os seios da mesma, pequenos mas atrativos, pareciam implorar pela atenção de Lucy que logo a concede os chupando como se fosse seu doce preferido, o que provavelmente é. 

Lauren retira a calcinha de Lucy que está por cima de Camila, assim tendo uma visão dos deuses de duas buceta extremamente molhadas, atrativas, gostosas e arrosadas. A garota morde o lábio inferior enquanto pensa no que vai fazer, sua experiência de anos fala mais alto a guiando. A hispânica chupa de leve o clitóris de Lucy, a fazendo arfar enquanto estimula o de Camila.

Enquanto isso a latina está quase em seu ápice, não conseguindo manter sua própria sanidade, arranha as costas e ombros de Lucy entre gemidos cada vez mais altos. "Isso é tão errado" pensa "tão errado... tão... tão o que? Oh! Isso é tão bom", um arrepio percorre seu corpo quando Lucy volta a beijar e aperta seus seios mais forte, no mesmo momento em que Lauren lhe desfere um tapa em sua nádega. A dor é momentânea seguida de puro prazer.

De repente Lauren para o que fazia e se levanta, as duas garotas que são deixadas para trás ficam totalmente perdidas sem saber o que estava acontecendo, a maior vai até o meio da sala, pega a mochila que carregava todo aquele tempo e retira algo. Os queixos tanto de Camila quanto de Lucy caem na hora.

-Não! Não! Não! Nem pensar! - Lucy protesta observando Lauren se aproximar com o objeto na mão. 

-Vai ser divertido - fala sorrindo e começa a colocar a cinta com um pinto de borracha tamanho médio azul - Você já tentou alguma vez?

-Não! - Lucy responde - e nem quero!

-Então não precisa ser em você - Lauren fala, as duas maiores olham para Camila que ainda não havia dito nada. A garota fica perdida. 

-Eu... É... Ah... - tenta pronunciar algo mas nada sai.

-Vamos fazer assim - Lauren diz retirando a cinta - nós transamos normal hoje, e se gostarem haverá uma segunda vez... mas na segunda vez será do meu jeito - diz e volta a subir na cama. As duas garotas ali assentem, ainda paralisadas. 

Em um movimento brusco e rápido Lauren tira Lucy de cima de Camila, fazendo as duas garotas ficarem lado a lado, ela retoma a liderança chupando o pescoço de uma enquanto massageia o seio da outra, mas logo Lucy volta com tudo. A latina observa a "luta" das duas por liderança e apenas tira proveito disso, porque ela que sai ganhando nessa brincadeirinha. 

A hispânica fica por fim do lado direito da menor, estimulando seu clitóris com os dedos enquanto a beija, Lucy faz seu serviço no lado esquerdo chupando a pele da morena desde o pescoço até a virilha, depois voltando, de vez enquanto morde em algum lugar deixando uma marca roxa para trás. Camila já está extremamente molhada, essas duas eram boas e experientes no que faziam.

Foi então que ela sentiu, aquela sensação maravilhosa quando Lucy deslizou dois dedos para o seu interior, a fazendo gemer como uma perfeita vadia, mas ela não ligava, queria era gozar, e gozar em meio a gritos. A latina começa a rebolar sobre os dedos das duas garotas, joga a cabeça pra trás sentindo fortes chupões preencherem seu pescoço enquanto alguns tapas eram desferidos em sua coxa ou bunda. Era coisa demais para ela pensar, coisa demais, ela só queria sentir o momento.

As duas garotas continuaram no mesmo movimento, alternando entre o rápido e o devagar, Camila arfava e se contorcia de tanto prazer acumulado, a mesma agarrou a nuca de Lauren, puxando fios e depois arranhando seu couro cabeludo, com a outra mão segurava o braço de Lucy como a incentivando a continuar o belo trabalho em sua buceta, a mesma gostou da reação da menor e a penetrou com um terceiro dedo.

Não demorou muito até Camila chegar ao orgasmo, em meio a muitos gemidos, suor e calor a latina goza com tudo de si com a boca aberta e os olhos fechados. Aquele arrepio rotineiro passando pelo seu corpo enquanto estremece e perde suas forças se deixando desabar na cama.

Demora alguns minutos até a latina recuperar o fôlego. Ela ouve um barulho que já estava acostumada de sucção e finalmente abre os olhos, vendo de imediato Lucy e Lauren se beijando logo acima dela. A latina morde o lábio inferior. "Essas garotas são fogo" pensa e sorri.

Antes de poder fazer qualquer coisa as meninas ouvem um barulho na porta as fazendo praticamente pular de susto. Lauren age mais rápido colocando a sua roupa e vai atender quem foi o idiota que atrapalhou tudo.

-Desculpa - um moço simpático diz - eu trabalho no hotel - Lauren percebe o uniforme dele de camareiro - recebemos reclamações de muito barulho vindo desde quarto, infelizmente vou ter que pedir que vocês se retirem.

A hispânica revira os olhos mas concorda, meia hora depois e as três garotas já estavam fora do hotel entrando no carro da morena que joga a bolsa para o banco traseiro. 

Em alguns minutos as meninas já estavam novamente em frente a boate Blue Butterfly.

-Vocês gostaram? - Lauren pergunta sorrindo para as duas que já se retiravam do automóvel. 

Camila e Lucy sorriem de volta, ambas com sorrisos safados. 

-Amei - dizem e uníssono. 

-Então me liguem garotas - a hispânica da um papel para cada uma pelo vidro e se despede, ligando o carro e dando partida indo em direção a cidade deserta.

Lucy também vai embora de a pé mesmo, mora perto da boate e não tem frescura para andar um pouco.

Assim Camila fica sozinha, a latina vê pelo celular que já são quase três horas da manhã, ela olha em volta e finalmente enxerga seu amigo Shawn, vindo em sua direção sorrindo.

-Primeira vez que não se atrasou - ele diz rindo e chegando a hora - Eai? Se divertiu? - pergunta extrovertido com uma garrafa de cerveja na mão. 

-Se eu soubesse que sexo de verdade era aquilo já estaria nessa boate há muito tempo - ela responde, os dois se abraçam de lado.

-Você vai me contar Tu-di-nho - Shawn diz bebendo mais um gole da cerveja.

Camila ri.

"Não foi tão ruim quanto eu achei que iria ser..." pensa "Acho que foi tão bom que não ligaria de ser meu novo vício..."

E assim os dois amigos deixam a boate Blue Butterfly.



Notas Finais


O q acharam? Comentem! Dependendo eu posso até fazer continuação... kkkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...