História BLUE SKY - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Bts Yaoi Romance
Visualizações 21
Palavras 931
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Hentai, Josei, Lemon, Mistério, Seinen, Shonen-Ai, Shounen, Yaoi
Avisos: Adultério, Estupro, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 7 - Capítulo 7


Voltaram para casa ao final da tarde, tinha sido um dia fascinante para Taehyung que encontrara tantas coisas novas e acabava por perguntar-se quando voltaria a ter a mesma sorte de sair com hoseok, agora com o cair da noite olhava a lua por quem era apaixonado enquanto hoseok conferia as roupas que Emiko lhes tinha dado. _Emiko-san foi realmente generosa…. Essas roupas estão no tamanho ideal para ti… a partir de agora podes andar  mais confortável, não achas?_ Mas Taehyung não respondeu, estava vidrado na lua sentando no chão junto á janela._ Gostas da lua?_ Perguntou baixo junto ao ouvido do menino que estremeceu ouvindo a sua voz. _Sempre me perguntei… se… se eu viesse para a terra se conseguiria tocar a lua, então eu sempre fiquei olhando-a junto ás rochas, é tão linda… mas agora vejo que é impossível tocar-lhe daqui…._ Sorriu com a sua bobagem e as estrelas parecia ser reflectidas em seus olhos. _ Estás com saudades?_  Tocou-lhe o ombro esperando uma resposta vinda do menino. _ Eu tenho saudades hoseok… mas…_ desviou seu olhar procurando os de hoseok._ Eu estou gostando de viver aqui, não posso?_ Suas ultimas palavras foram proferidas com um misto de incerteza e fraqueza. _ Viver sozinho é meio chato…_ Foi a maneira de hoseok conseguiu arranjar para lhe dizer que podia ficar o tempo que quisesse, nem que fosse a vida inteira, pois começara a afeiçoar-se á presença do garoto, mas não só á presença….           Ambos pareciam compartilhar aquela felicidade indescritível que os fazia ficar tão próximos e tão íntimos ao ponto de Taehyung segurar-lhe do rosto e esticando-se um pouco beijar-lhe o cantinho da boca de uma forma tão ingénua mas tão cheia de erotismo.       Em hoseok despertara uma vontade pecaminosa de pegar o garoto só para ele e pior que o garoto se insinuava sobre ele sem entender o que estava fazendo de mal e hoseok dividia-se,  não podia negar, já o tinha beijado ainda naquele dia porque não só mais uma vez? Puxou-o pelos cabelos prateados e suas bocas colidiram ambas com a necessidade daquele beijo, o garoto bateu com as costas no chão de madeira e hoseok se encaixou por cima dele, os beijos foram descendo pelo pescoço, sentia as mãozinhas de Taehyung segurar-lhe firme a T-Shirt  e um gemidinho agudo escapou-lhe pela boca. _Taehyung… eu posso?_ Segurou a mão do garoto que entre abriu os lábios, mas optou por acenar apenas com a cabeça em sinal afirmativo. _Eu gosto de ti…._ Admitiu com um sorriso quando seus lábios estavam próximos de se tocar, hoseok acabou por afastar-se uns milímetros, tinha falado para ele que apenas gostar não era o suficiente para fazer sexo com alguém, mas não era o melhor exemplo, tinha sido traído por si mesmo, estava excitado e quase fazendo sexo com o garoto, apenas por gostar dele, mas não era meramente atração. _ Eu… eu…_ Olhou o garoto a camisola puxada para cima mostrando a pele nívea  e também uma evidente excitação por parte de Taehyung que fez hoseok abandonar os seus pensamentos,  decidir-se de uma vez levar o sexo adiante, aliás um desejo de ambos.          Estavam tão próximos á janela que a vidraça começava a ficar ressoada, mas ainda assim deixava passar a luminosidade da lua que batia em suas peles.          Sua roupas tinham sido perdidas em algum canto, seus corpos estavam unidos, Taehyung podia sentir o aroma agradável da pele morena de hoseok era uma fragância parecida com a das flores que brincara no jardim de dia.          O garoto deslizou os dedos no cabelo fino e negro de hoseok abrindo as suas pernas, mostrando sua erecção cheio de pudor, aos olhos de hoseok ainda que tão tímido parecia pedir-lhe para entrar logo dele, relutante massajou-lhe o membro entranhando um dedo no pequeno orifício macio.         O menino gemeu alto de facto não se continha a demonstrar como gostava de receber prazer e hoseok gostava, enquanto deslizava os dedos naquele trazeirinho mordiscava-lhe os mamilos para o provocar mais e mais. _Eu vou gozar…_ Trincou o próprio braço tentando-se conter. _ Mas eu ainda tou cheio de tesão…_ Advertiu lambendo os dedos, segurou pelas pernas do menino e deixou a glande entrar dentro dele, toda a extinção foi deslizando até ficar tudo lá dentro_ Podes me agarrar…._ Falou respirando ofegante, levou a mão do garoto ao seu ombro, tinha reparado que ele parecia meio perdido duque fazer, yoongi tinha péssimos hábitos de se preocupar apenas com ele e não tinha passado um único ensinamento de jeito e naquela o toque uma coisa tão simples e tão essencial para hoseok.          Mas Taehyung entendeu. Segurou firme no ombro dele e envolveu o outro braço á volta do pescoço, também entendia agora porque hoseok dizia que sexo não era feito com  qualquer um e apenas por se gostar, era preciso algo mais que ele ainda não conseguia descrever. Sentiu o gozo morno descer pelas suas pernas no término do ato sexual, hoseok repousou no peito dele exaurido de prazer, ainda com um amargura por ter ido contra a sua razão. _ hoseok…_ Ouviu o nome dele e procurou o rosto do garoto que tinha um pequeno sorriso no rosto._ Agora eu sei… eu te amo.            Hoseok estremeceu com o impacto daquelas palavras em seu coração, isso o deixava tão feliz, era diferente do amor que tinha por yoongi, nem achava possível apaixonar-se num tão curto espaço de tempo, ainda para mais com o amante do seu namorado, mas isso, isso não importava, retribuiu aquela declaração de amor com um beijo selando um possível futuro risonho entre ambos.    


Notas Finais


Desculpa Qualquer erro meus amores


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...