História Blue Valvet. - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias WWE
Personagens Dean Ambrose, Roman Reigns, Seth Rollins
Tags Wwe
Exibições 47
Palavras 1.392
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hoje não teve musiquinha no começo, tive que escrever o capítulo todo pelo celular, então se algo estiver errado perdoa os vacilos. SÓ DIGO ALGO: SE PREPAREM PARA OS PRÓXIMOS CAPÍTULOS 😋

O que acham que vai acontecer a partir de agora?

ps1- Ainda não superei Enzo Amore pelado no RAW de segunda feira.
ps2- Ainda não superei Dean Ambrose, com várias fantasias na terça.
ps3- To gritando até agora, por ter visto The Shield juntos novamente, mesmo que por um segundo.

Capítulo 8 - Dirty Deeds, Done Dirt Cheap.


         

Pov. Bella

Quarta-feira um dia depois do SmackDown, estava em um estúdio, iria gravar um pequeno 'documentário' sobre mim, que seria passado nas duas semanas antes do Clash of Champions.

Uma garota bem fofinha estava cuidando da minha maquiagem, finalmente tinha tirado o mega loiro e agora meus cabelos estavam completamente castanhos e sem muito volume. Minhas costas ainda estavam bem doloridas, e os machucados começaram a roxear. 

- Tudo pronto aqui! - avisou a produção, Lita iria me fazer algumas perguntas, me sentia mais nervosa  por conhece-la, do que pela entrevista em si.

Falar um pouco sobre minha carreira, vida e sobre a feud com a Charlotte, não seria tão complicado assim. Fui guiada pelos bastidores, até chegar na sala onde seria gravada a entrevista. O cenário era escuro, com uma enorme luz, carpete marrom e duas poltronas, uma onde eu me sentaria, essa estava de frente para as cameras, e outra onde Lita se sentaria. 

Me sentei confortavelmente, e a produtora veio até mim, instalando um microfone de lapela, alguns minutos depois Lita entrou e cumprimentou todos ali, quase tive um ataque. Foi instalado um microfone nela também, e ela se sentou a minha frente, Meu Deus

- Antes disso tudo começar, quero dizer que sou uma grande fã, e que talvez esteja a beira de um ataque agora. - comentei, rimos. 

 - Muito obrigada! - foi simpática - Tenhonque admitir que sou uma grande admiradora sua, você vem fazendo coisas incríveis. - senti vontade de chorar? Sim! Talvez esse fosse um dos meus maiores problemas, sou emotiva demais e isso pode me atrapalhar e muito, como aconteceu na noite passada.  

- Silêncio no estúdio, gravando em três, dois, um..- a luz ficou avermelhada. 

- Você nasceu em Memphis, né? - Lita deu início a entrevista. 

- Exatamente, e com dezesseis anos me mudei para Flórida. - recordei. 

- Como começou essa sua paixão pelos ringues? 

- Sempre assisti WWE, e era uma coisa que eu queria fazer parte, sabe? - sorri ao me lembrar. - Mas tudo começou a acontecer mesmo, quando minha tia matriculou um primo meu que tinha problemas em controlar a raiva no boxe, ele chegava e me contava dos treinamentos. Ai, um belo dia minha mãe me matriculou também, quando fiz dezesseis anos com muito esforço consegui fazer com que minha mãe me deixasse ir morar na Flórida com uma tia, e lá eu treinei em uma das melhores academias de Wrestling. - finalize. 

- Não deve ter sido fácil! - Lita comentou. 

- Não foi, as únicas pessoas que me deram apoio foram a minha mãe, e minha tia da Flórida, a maioria dos meus parentes me falavam que luta era coisa de homem. - dei de ombros. 

- Como foi estar no NXT? - parei um tempo para refletir, tinha aprendido tanto no NXT, conseguido tantas coisas nunca consegurira agradecer o suficiente. 

- Foi uma experiência única, fiquei três anos no NXT e  lá  bati o recorde de maior tempo com o título feminino, eu nunca perdi o título na verdade. Abri mão dele, quando soube que iria subir para o plantel principal, mas tudo bem! Tem muitas mulheres que merecem carregar aquele título. - sorri. 

- Vamos falar sobre o Clash of Champions, você e Charlotte são duas wrestlers que estão revolucionando a divisão feminina, o que podemos esperar desse combate? 

- Creio que todo mundo sabe que não vai ser uma luta fácil. Charlotte e eu temos nossos problemas, e ambas queremos aquele cinturão. Então, podem esperar por um ótimo combate, vamos colocar nossos corpos na linha de frente, se for preciso. 

- Muito obrigada pela entrevista! - agradeceu. 

- Obrigada por me receber! - repliquei, quando as câmeras foram desligadas, tive um ataque de fagirl depois que abracei Lita. Ela era de mais nos ringues, uma inspiração para mim.

Fui liberada para ir embora, me despedi de todos. Luke o motorista da WWE já estava a minha espera, eu iria direto para o centro de treinamento da empresa. Em menos de meia hora, já estávamos parado na frente do centro.

- Tchau, tenha um ótimo dia! - desejei a Luke, puxei minha mochila do banco de trás e sai do carro, passei pelas enormes portas transparentes e fui direto para o banheiro trocar de roupas.

Abri minha mochila, pegando meu conjunto de treinar e um par de tênis. Troquei de roupa rapidamente, deixei minha mochila em um dos armários do vestiário e sai em direção a sala de treinamento. No caminho esbarrei em Shane e Stephanie os dois estavam junto de um cara grandão, que eu nunca tinha visto antes.

- Opa, e aí! - acenei para eles passando reto, mas a voz de Stephanie me fez parar na hora, me virei a encarando. 

- Vamos conversar, prometo que será breve! - gelei, os segui até um gabinete de reunião, os dois se sentaram a minha frente, fiquei ansiosa de mais e optei por ficar de pé.

Varias coisas passavam em minha cabeça, ate mesmo uma suspensão, por ter batido em Charlotte ontem a noite. 

- Shane e eu estamos satisfeitos com a sua feud com a Charlotte, mas para garanti a segurança de que vocês duas não se matem até o Clash of Champions, designamos um segurança para cada uma de vocês. - explicou Stephanie, quis muito rir.

Eles acham, que se Charlotte e eu quisermos nos bater, dois seguranças vão dar conta? 

- Esse é o Geoff, e em dias de programas ele será a sua própria sombra. - encarei o grandão, não adiantaria nada protestar, os dois são meus chefes e eu não gostaria de perder o meu emprego. 

- Hm, tudo bem! - fiz careta - Posso ir agora? - me liberaram para ir embora, e quando sai daquele gabinete RI de mais. A situação foi bem cômica, tenho dó de Geoff, porque eu costumo dar trabalho.

Fui para a ala de treinamento, que estava cheia. Cumorimentei alguns superstars que estavam por perto, peguei um rolinho de tala e enrolei nas minhas mãos para não machucar, faria primeiro o treinamento físico e depois escolheria alguém para ser meu parceiro. 

Treinei até meus braços e punhos começarem a doer, caminhei até um canto e peguei uma garrafa de água. E reforcei meu rabo de cavalo, que estava escapando.

- Alguém aí vai treinar agora? - Ambrose levantou a mão, o encarei. Seria desvantagem lutar com ele, quero dizer,  ele dava quase dois do meu tamanho, e era mais pesado do que eu. 

Seguimos em silêncio até a outra sala, onde tinha um ringue. 

- É desvantagem lutar com você! - disse rindo - Você consegue me esmagar com uma mão só. - dramatizei. 

- Exagerada! 

Lutar com Dean estava sendo muito divertido, ele simplesmente conseguia esquivar de todos os meus golpes. Depois de um tempo, pedi para ele me ensinar o seu finisher Dirty Deeds. 

- Mas se eu fizer isso, você vai bater o rosto na lona. - disse rindo, Dean seria a minha 'cobaia' e eu fiquei com dó de bater o rostinho dele na lona. 

- Anda logo! - mandou rindo, puxei os braços dele, mas algo deu muito errado no meu golpe. Cai por cima do Ambrose e comecei a rir, encostei minha cabeca em seu ombro.

- Isso foi horrível! - ele rio, impulsionei o meu corpo para me levantar, nossos rostos estavam próximos e só não nos beijamos, porque a porta foi aberta e fez um barulhão, olhei por de baixo das cordas, e vi Becky e Enzo os dois provavelmente iam treinar. 

- Opa, ninguém falou que a sala estava ocupada! - Becky comentou com seu sotaque irlandês carregado, nós dois estávamos deitados na lona, rolei para o lado e comecei a rir. A situação está constrangedora? Sim, mas está engraçada também.

- Atrapalhamos algo? - Enzo nos lançou um olhar malicioso, Dean estava vermelho e isso só me fez rir mais.

- Não, só a Bella que não sabe aplicar um Dirty Deeds - Dean ficou de pé, e me ajudou a levantar. 

- Já que vocês estão aqui, vamos treinar em duplas. - sugeri - Becky e eu, contra vocês dois. 

Seria engraçado ver Dean Ambrose e Enzo Amore como parceiros, Becky é minha amiga desde os tempos de NXT, ela é simplesmente a melhor garota do universo.


Notas Finais


Espero que gostem! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...