História Boa Manhã | ChanSoo - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, D.O, Lu Han, Personagens Originais, Sehun
Tags Chansoo, Drama, Mention!chanbaek, Slowburn, Tragedia
Visualizações 368
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


*a nota à seguir é totalmente desnecessária e você não precisa ler se não quiser :)*

oi ja ouviram Jelly do Hotshot? se sim, vocês já viram a tradução?

tem uma frase, que é "nal jibeo samkyeo", e segundo a tradução significa "me coma" E ESSA PORRA NÃO FAZ SENTIDO NENHUM COMO ASSIM ME COMA VAI SE FODER HOTSHOT

boa leitura sz

Capítulo 16 - Buraco


Fanfic / Fanfiction Boa Manhã | ChanSoo - Capítulo 16 - Buraco

Luhan parecia adorável demais e isso irritava Chanyeol

O chinês não se desgrudava de Kyungsoo, que não hesitava quando o mesmo agarrava seu pescoço, apenas segurava a cintura do garoto e acariciava seus cabelos. O menino de fios rosa chiclete respondia as perguntas de Chanyeol num tom arrogante e curto, fato que o deixava mais irritado. Na verdade, Luhan estava apenas tímido, mas Park estava procurando qualquer resquício de coisas odiosas no pobre garotinho.

Quando percebeu que Luhan iria mais uma vez abraçar Kyungsoo, puxou Do pelo braço levemente, fazendo-o se afastar consideravelmente de Luhan. Este lançou uma expressão confusa em sua direção, assim como o moreno que tinha seu pulso segurado pelo ruivo.

“Ah... quer escolher um filme para nós três assistirmos? Você tem um bom gosto, Kyunggie.” sorriu levemente para este, propositalmente usando um apelido diferente.

Chanyeol sem perceber estava agindo estupidamente, e aquilo não era nada bom.

“Pode ser, Chanyeol.” arqueou uma das sobrancelhas, claramente desconfiado “Quais você tem aí?” puxou seu pulso suavemente da mão do mais velho.

“Nós podemos não assistir desenho animado? Sei que Soo vai escolher um.” disse num tom entediado, recebendo uma risadinha de Do e um discreto girar de olhos vindo de Park

“Eu sei que você não gosta, Han, por isso não vou-”

“Mas eu gosto.” Park fez um bico emburrado na direção do moreno, que o olhou com os olhos levemente arregalados, indicando que este deveria apenas aceitar o pedido de Luhan

Mas é claro que ele não iria obedecer

“Tudo bem, podemos assistir desenho.” disse Luhan um pouco incomodado com a situação.

“Eu não ia escolher um”

“Então vamos!” Park sorriu animado e puxou o amigo que antes tentava avisar que estava pensando em assistir algum dorama

Chanyeol até o escutaria se não quisesse provocar o de cabelos rosas.

×

Os três estavam no sofá maior, com Kyungsoo entre os mais velhos.

Chanyeol não estava prestando atenção no desenho, pois determinou que seu trabalho era vigiar cada movimento que Luhan vazia para Kyungsoo, sempre intervindo.

Luhan tentou pegar a mão de Do, mas Park foi mais rápido e pegou-a primeiro, Luhan tentou abraçar Do, mas Park afastou o pequeno, isso se repetiu, mas o ruivo pediu para Kyungsoo pegar algo na cozinha. Luhan tentou acariciar a nuca do pequeno, mas Chanyeol deu um peteleco com uma das mãos grandes no local, fingindo estar querendo irritar Kyungsoo, e é claro, recebeu um grande tapa no braço.

Só teve uma coisa que Park não conseguiu interferir: Luhan sussurrando no ouvido de Kyungsoo.

Ele até tentou, puxou um assunto qualquer para que Do o respondesse e esquecesse o ser pendurado em seu ombro e com os lábios finos bem próximos de seu ouvido, mas Do murmurou um "um momento, por favor." e voltou a prestar atenção nas palavras ditas pelo amigo.

“É...” começou Kyungsoo depois de assentir para Luhan “Chany, está tarde não é?” disse já pronto para se levantar

“Não, não está.” disse segurando firmemente em um dos ombros do menor

“Sim, está sim.” Luhan exclamou levantando-se do sofá, em seguida retirou de forma educada a mão grande de Park que estava sobre um dos ombros do amigo, este levantou-se “Foi um prazer conhecer-lhe, Chanyeol-sshi.” curvou o corpo em sinal de respeito

Park retribuiu a reverência assim que levantou-se

“O prazer foi meu.” sorriu falsamente.

×

9:08PM

kyungsoo:

você tem skype?

chanyeol:

tenho... por que?

kyungsoo:

qual é? quero conversar olhando para você, assim saberei se estiver mentindo.

chanyeol:

meus deus

ok

...

Kyungsoo: Olá. (acena com uma das mãos, inexpressivo, está sentado em sua cama e atrás de si pode ser vista a parede azul petróleo e uma almofada branca) não estou conseguindo te ver.

Chanyeol: Só um momentinho... (alguns barulhos são ouvidos antes da luz ser acesa e revelar Park com os olhos inchadinhos e o cabelo bagunçado) pronto. (caminha até a cama e deita-se ali, deixando o celular ao seu lado, mas ainda assim em suas mãos, encara Do) Confesso que estou com medo do que você quer conversar.

Kyungsoo: Porque você sabe o que fez, certo? (semicerra os olhos em direção à Park)

Chanyeol: N-não! Aish, essa expressão que você está fazendo é assustadora. (faz um bico cobrindo-se mais na coberta)

Kyungsoo: O quê? (arregala um pouco os olhos) Oh, desculpe, é por causa do astigmatismo. (levanta-se e procura por algo, pouco tempo depois coloca os óculos de armação preta sobre o rosto, volta para onde estava)

Chanyeol: Você não usa tanto eles, né?

Kyungsoo: Na verdade eu usava mais antes, mas agora acho que eles me deixam feio. (disse franzindo os lábios)

Chanyeol: Nah, eles ficam legais em voce, use-os mais. (sorriu)

Kyungsoo: Enfim (pigarrea e volta a expressão séria) você me fez desviar o assunto, quero saber o que foi aquilo na sua casa hoje

Chanyeol: Não estou entendendo (senta-se na cama com o celular apontado para seu rosto, arruma suas costas na cabeceira numa posição mais confortável)

Kyungsoo: Você estava agindo de forma estúpida com Luhan, ele não gostou de você. (disse de forma acusatória)

Chanyeol: Pergunte se eu ligo! (bufa desviando os olhos do celular, apenas para não encarar a expressão que Kyungsoo fez em seguida)

Kyungsoo: (cerra as sobrancelhas mais ainda) Chanyeol! O que Luhan fez para você?

Chanyeol: Nada, eu só não fui com a cara dele. (olha novamente para a tela do celular)

Kyungsoo: Ah, sem essa, Park! (gira os olhos) essa é a pior desculpa que qualquer pessoa pode dar, primeiro porque é difícil de acreditar, segundo porque é estúpido julgar alguém sem nem mesmo conhecê-lo.

Chanyeol: (suspira)

Kyungsoo: (continua à encarar Park, esperando por respostas)

Chanyeol: (olha para baixo, sem-graça)

Kyungsoo: E então? (incentiva o ruivo à falar)

Chanyeol: Eu estava pensando em alguma desculpa mas não consegui achar alguma convincente, então vou apenas falar o que se passa. (dizia lentamente, sem uma expressão definida)

Kyungsoo: Certo. (arruma-se um pouco mais na cama)

Chanyeol: E-eu... Eu es- O.k, espere um pouco (ri nervosamente desviando os olhos do olhar intenso do outro) Tá, tá, vou explicar. (volta à olhá-lo) Eu estava com... ciúmes, yeah, isso, com ciúmes, é bem simples na verdade: quando eu me apego às pessoas eu me apego de verdade (dá ênfase nas duas últimas palavras, olhando Kyungsoo que parecia indignado) e eu fico meio possessivo... eu não me orgulho disso, sério. (seus lábios se contraíram demonstrando seu desconforto ao fim da explicação)

Kyungsoo: (suspira, fecha parcialmente os olhos e passa a mão livre por seus fios negros, deixando-os passear por entre os dedos pequenos) Ah, Park... (olha de novo para o outro) você se apegou à mim de verdade?

Chanyeol: É óbvio que sim! (exclama de forma esganiçada) o que eu vou dizer agora vai soar meloso e você provavelmente vai ficar incrédulo, mas você tampou o grande buraco que Baekhyun deixou no meu coração... (fez uma expressão triste enquanto tentava de todos os modos não encarar Do)

Kyungsoo: Olhe para mim. (ordena firmemente, quando Park o faz volta à falar) eu não vou deixar esse buraco destampado, mas por favor, não seja possessivo, eu realmente não gosto disso.

Chanyeol: (sorri de orelha à orelha) eu vou tentar.

Kyungsoo: E não trate o Luhan de forma rude, seu merdinha.

Chanyeol: O.k (revira os olhos, sem deixar de sorrir)

Kyungsoo: Agora vou me despedir porque estou com sono (boceja)

Chanyeol: É melhor mesmo, não quero você mal-humorado amanhã para me receber (ri levemente)

Kyungsoo: Sim. (ri também enquanto coça os olhos) Até amanhã Park. (acena depois de deixar de coçar os olhos)

Chanyeol: Até, Soo. (acena de volta)

chamada encerrada.


Notas Finais


demorei mas está aí
eu realmente sinto muito pela demora, espero que tenham gostado do cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...