História Boneco de Porcelana - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Boneco De Porcelana, Boyxboy, Casa De Show, Harry Styles, Harry Tops, Hot Of Larry, Hot Of Ziall, Larry Stylinson, Lemon, Louis Bottom, Louis Tomlinson, Niall Bottom, Niall Horan, One Direction, Romance, Sexo, Yaoi, Zayn Malik, Zayn Tops, Ziall, Ziall Horlik
Exibições 416
Palavras 1.652
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, Bonecos(as) de Porcelana. Dessa fez eu voltei bem rápido, não?

Dessa vez o capitulo foi rápido, porque:
1. Eu estava em época de prova, ou seja, não estava com pensamentos férteis.
2. Minha imaginação para este capitulo só veio até aqui(no final dele), ou seja, só 1.600 palavras(tô chorando por ser pouco)
3. O capitulo está pequeno, então decidi posta logo e não ficar enrolando até o final do mês só com 1.600 palavras.
4. Mesmo o capitulo estando pequeno ele tem algumas informações boas, que serviram para os próximos capitulo.
5. Também vim rápido para agradecer os 400 FAVORITOS.
GENTE 400! 400! FAVORITOS. Eu estou comemorando ainda pelos 250... mas você me ajudaram achegar até aqui.
Nossa eu tô muito, muito feliz.
Eu até parei para pensar esse dias. Como assim 400? Como assim? eu ainda não estou acreditando.

Mas sem enrolações. Desculpem os erros. Até lá em baixo nas N.F.

Capítulo 18 - Capitulo 018


Zayn parou na frente da porta da sala de Liam e em seguida levantou o seu braço até perto do seu rosto, tirando o terno do seu pulso pode conferir o horário em seu relógio; eram exatamente 10h23min, talvez Payne não tivesse tão ocupado para ter uma conversar consigo. O moreno levou sua mão até a maçaneta e dobrou-a um pouco para a porta poder abrir.

Assim que a porta abriu ele passou por ela, pois quanto Harry, Zayn e Liam não precisava bater para entrar na sala de um deles. Malik fechou a porta atrás de si enquanto tinha a visão de Liam sentado em sua cadeira acolchoada do outro lado da sua mesa de vidro, ao mesmo tempo que tinha uma pasta na mão e na outra mão manuseava o mouse ao lado do seu notebook.

–– Bom dia, Zayn. –– o dono da sala cumprimentou o seu amigo, enquanto o mesmo andava e sua direção.

–– Bom dia, Liam. –– respondeu sentando em uma das cadeiras de frente da mesa do outro homem –– Aonde está o Styles?

–– Ele não veio trabalhar. –– Liam minimizou a página que ele estava olhando e deixou a pasta que tinha em sua mão na mesa e logo após encostou suas costa em sua cadeira, para poder dá atenção ao seu amigo –– Ele me ligou ontem à noite pedido um dia de folga hoje e eu dei.

–– Sabes o motivo?

–– Não, não. Ele não me disse, só falou que não daria para vim trabalhar hoje e eu não perguntei o porquê.

–– Será que ele ainda não arranjou alguém? Só faltam alguns dias para a festa.

–– Se ele arranjou alguém ou não, eu não sei. Mas faltam exatamente 9 dias e... eu já pedi para Hamon me acompanhar. –– Payne falou lembrando da cena e deixou um sorrisinho dos seus lábios.

–– E parece que foi bom, hein? –– Zayn perguntou sorriso malicioso, pois viu a cara que Liam estava fazendo quando falou –– E o que ele falou? Ele aceitou?

–– Sim, ele aceitou ir comigo e fingir que é meu noivo. Ele até me deu um abraço. –– deixou escapar essa última frase sem querer.

–– O que?

–– Ele me abraçou, foi a primeira vez que nós tivemos um contato físico. –– o castanho falava como tivesse vivendo seu primeiro romance na escola.

–– Meus Deuses! –– Zayn cobriu o seu rosto com as duas mãos e baixou-a enquanto negava –– Se tu estas agindo assim só porque se abraçaram, não quero nem saber quando tiverem transado, como tu vais agir, Payne?

–– Zayn! Não me trate como ainda fosse virgem. –– o de olhos castanho repreendeu o amigo, mas a única coisas que Zayn fez foi começa a rir.

–– Eu sei que tu não es mais virgem, mas está se comportando como aqueles garotos do colegial.

–– Vamos parar de falar de mim, por favor?

–– Okay, como queiras. –– o moreno parou de rir e ajeitou sua postura, sentando direito na cadeira –– Eu vim aqui para lhe pedir um favor.

–– Zayn... –– Liam passou seus dedos em seus olhos.

–– É sério. Eu quero fazer uma surpresa para o Niall, só que não dá para fazer sozinho, por isso que quero a sua ajuda com a do Hamon.

–– Tudo bem. Quando tu queres fazer isso?

–– Ainda não sei, só sei que tem que ser antes da festa. –– respondeu Zayn pesando em um dia ideal –– Mas, tu e o Hamon tem que prometer que não vão contar para ele, porque é um surpresa.

–– Okay, o que tu queres fazer?

–– Quero pedi a mão dele... para ficarmos noivos.

–– Já sabe qual vai ser o lugar para pedi-lo? Porque tem que ser um bem tranquilo para ser “romântico”.

–– Eu já tenho um lugar em mente, mas preciso da ajuda de vocês para levarem ele até lá.

–– Vou conversa com Hamon sobre isso, assim que chegar em casa hoje. –– o castanho falou –– E eu e o Hamon podemos ficar responsáveis para levar o seu garoto até o lugar que tu queres.

–– Sim, eu já iria te pedir isso, mas obrigado por se oferecer antes.

–– Tudo bem, mas só uma pergunta. –– o moreno encarou o seu amigo e esperou a pergunta vim –– Tu já comprares as alianças?

–– Oh claro. Semana passa eu medir o dedo do Niall com um fio, enquanto ele estava dormindo, e no dia seguinte levei o fio para a joelharia para fazer nossas alianças, então talvez hoje ou amanhã à noite eu já estarei com elas.

–– Então está tudo pronto, só falta tu pedires a mão dele. Que dizer, só falta eu conversar com o Hamon e levamos ele para esse lugar. Mas, qual é o lugar?

  –– Então, antes de vocês levarem ele, vai ser assim ...

 

 

[...]

 

 

Louis estava sentado em um dos sofás da sala de TV do Harry, enquanto olhava para o filme passando no aparelho principal daquele recinto, mas ele não estava nem dando atenção ao personagens e no eles falavam, pois sua cabeça estava longe demais, e foi por essa causa que o garoto nem percebeu quando o cacheado entrou na sala com várias sacolas nas mãos.

–– Está aqui algumas roupas e calçados que comprei para você. –– Harry falou para Louis, que o mesmo “despertou” dos seus pensamentos com a voz de Styles.

–– O que? –– perguntou novamente, já que não tinha ouvido o que o homem havia falando antes.

–– Comprei roupas e sapatos para você vestir.

Louis observou o homem colocar as sacolas no sofá e senta-se ao lado das mesmas, então respondeu “Obrigado” e voltou ao seu mundo de pensamentos. Ele estava grato por Harry, porque ele só tinha uma roupa para vestir e o Styles havia comprado roupas para si; mas naquele momento Tomlinson queria ficar calado e quieto.

–– É Louis do que? –– o de olhos azuis olhou para o homem que havia acabado de perguntar alguma coisa para si –– O seu nome completo, Louis do que?

–– Louis William Tomlinson. –– respondeu e voltou a ficar calado, ele não estava afim de conversar com o homem de olhos verdes.

–– E qual é a sua idade?

Tomlinson arregalou os seus olhos azuis e respirou fundo. “Eu acho que ele não percebeu que eu não estou afim de conversar”. Ou se ele havia percebido estava ignorando isso. Entretanto, Louis iria ser educado, do jeito que sua mãe lhe ensinou deis de pequeno. Porque se ele não pode mais estar perto de sua mãe, ele quer guardar o que os ensinamentos que ela lhe deu.

–– 21 anos.

–– Eu só sou alguns anos mais velho que você, tenho 27 anos. –– O garoto olhou para o cacheado e sorriu para não ser tão mal educado, mas logo voltou a olhar para o filme que estava passando na TV. –– Então Sr. Tomlinson, eu tenho uma proposta para lhe fazer e isso irá lhe ajudar tanto quando à mim.

–– Por favor, chame-me só de Louis.

–– Oh, como querias. –– Harry sorriu e piscou para Louis –– Então, você não tem mais seus documentos nem seu passaporte, certo?

Assim que Styles lhe fez essa pergunta, o garoto de olhos azuis se interessou nessa conversa, porque com certeza ele vai lhe falar algo sobre os seus documentos, que não tinha mais. E isso era um grande problema, porque mesmo que Louis tivesse nascido neste país, ele não morava aqui, ele estava morando no Canada, e haviam trazido ele para Londres e pegado tudo seus, se a fiscalização lhe pega sem nada, ele vai com certeza ser preso.

–– Sim, alguém pegou os meus documentos e meu passaporte quando cheguei aqui.

–– Você sabe que, se alguém souber disso e falar para os policias, vão lhe prender.

–– Sim, eu sei disso.

–– Eu tenho uma solução. Com certeza você não vai querer logo, mas vou te dá um tempo para você pensar –– Tomlinson encarou os olhos verdes do homem e esperou ele continua –– Essa é a proposta, eu levo você para tirar todos os seus documentos, mas nele vai ter que esta, que você é casado comigo.

–– O que? Esta casado com você? Por quê? –– Louis fez várias perguntas e Harry riu disso.

–– Seria muito estranho você chegar e tirar todos os seus documentos, mas não seria estranho se fosse para casar comigo.

–– Eu ainda não entendi.

–– Quando duas pessoa vão casar elas dão alguns documentos, e alguns dele são transformado só em um. –– Harry tentou explicar –– Olha, eu tenho um amigo que ele trabalha em um órgão para tirar os documentos, e por favor não ache que ele faz documentos falsificados, nele não faz. Então eu poderia conversar com ele tirar os documentos necessários.

–– Mas, será que o Toni não tem pelo menos o meu passaporte? Assim ficaria mais fácil. –– Talvez Louis aceita-se está proposta, porque para ele está em Londres ele deveria falar para a fiscalização o porquê de estar ali, e ele estando casado com o Harry, iria ter uma desculpa para usar, por um tempo.

–– Vou ver o que posso fazer. Mas você aceita?

Louis respirou fundo e respondeu.

–– Vou querer um tempo para pensar, tudo bem?

–– Oh, claro, quando tempo você quiser. –– Styles respondeu –– Mas, lembre-se que não poderá ficar muito tempo sem seus documentos.

–– Tudo bem.

–– Bem, eu vou precisar sair, licença. –– o homem de olhos verdes levantou-se do sofá e andou até a porta da sala de TV, mas logo virou-se antes de sair –– Se você quiser falar com os seus amigos e só pedir o meu celular que lhe empresto, ou talvez você queria esperar ainda essa semana eu comprar um celular para você.

–– Eu posso esperar.

Harry balançou sua cabeça em positivo e sair daquele recinto. Na verdade, Louis não queria conversar com os seus amigos, não agora; ele ainda estava magoado pelo o que Niall fez, lhe fez uma promessa, iludi-o, fez ele esperar e no final não cumpriu. Tomlinson estava “agradecido” ao Harry, mesmo o homem não tento nem uma responsabilidade de lhe tirar daquele local, ele lhe salvou. Ele iria dá um tempo antes voltar a falar com os seus amigos.

 

 

 

Continua...  


Notas Finais


Voltei...
Eu sei que o capitulo foi, chato, pequeno, tedioso... Mas eu peço 10.000 desculpas para vocês, tudo bem, Little Cat's?
EU agradeço à TODOS e TODAS pelos: 400 favoritos. Vocês que chegarem até aqui e não eu.(eu queria poder escrever todos os nomes das pessoas que favoritaram, mas não dá)

Agradecimentos pelos comentários do capitulo passado: @Katy_Jiyoon @1D3 @mysteryosa @Doce-lety @loveforharry @crispuka @LuNaTomlinson @diana_kan @DafnyTommo @liny_horan @AnnaStyles3

Gente, eu estava lendo uma OneShot e pensei em vocês

https://spiritfanfics.com/historia/promise--ls-6369798

Eu gostei muito, ler lá!

Comentem... até o próximo capitulo

69 malikiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...