História Bonequinha de luxo ( Daddy Taehyung) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Visualizações 81
Palavras 1.859
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Fantasia, Festa, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


N vou fl nada!!!
Só digo uma coisa!! TAETAE sexyyyyy do caraioooooo !!!!

Capítulo 19 - Sem hesitar o Daddy


Fanfic / Fanfiction Bonequinha de luxo ( Daddy Taehyung) - Capítulo 19 - Sem hesitar o Daddy

Fecho a loja é saimos, Taehyung fez questão de andar de mãos dadas comigo. Bem, até que não é ruim. Mais eu  sinto quê precisamos conversar sobre o assunto dela ter me comprado.

Tiro minha sapatinho é "entro" com os pés na areia, Taehyung todo o momento me guiando todo delicado. Ah essa hora * 3:00* não tinha ninguém na Praia. Nos sentamos na areia é fico encarando o mar.

- Algum problema...? - perguntou acariciando minhas bochechas. - A-ah.. sim estou querendo saber... como vamos ficar... eu  estou falando sobre o fato .. - ele me cortou.

- O fato,sobre eu ter  te comprado... bonequinha.. eu não quero te força a nada. Mais o certo é você ficar comigo. - disse calmo. 

- E-u... eu não sei.. estou construindo minha vida aos pouquinhos.. é... eu não queria me precipitar ou... ficar dependendo de você...- falei sorrindo fraco. 

Ele ficou calado me encarando profundamente, fico ali tentando pensar no que ele vai fazer de agora em diante. Mais a única coisa quê ele fez foi... foi cantar... 

Você me destrói assim
Eu vou parar, não quero mais você
Eu não consigo mais fazer isso, que merda
Por favor, não me peça mais desculpas

Você não pode fazer isso comigo
Cada palavra sua é como um tapa-olho
Escondendo a verdade e rasgando-me
Me corta, me faz louco, eu odeio tudo
Leve tudo embora agora, eu te odeio

Sorri envergonhada, ele me abraçou de lado é sussurou em meu ouvido.

Mas, você é o meu tudo, você é o meu
Tudo, você é o meu
Tudo, você é o meu.

Cantou, sinto sua respiração em meu pescoço, aquilo me causou arrepios. Mais não quis que ele parasse. 

Por favor, vá embora daqui, huh!
Desculpa, eu te odeio
Eu te amo, eu te odeio
Me perdoe

Eu preciso de você, garota
Por que eu me apaixono e
digo adeus sozinho?
Eu preciso de você, garota
Por que eu preciso de você mesmo sabendo que vou me machucar?

Eu preciso de você, garota, você é linda
Eu preciso de você, garota, você é fria
Eu preciso de você, garota, eu preciso de você, garota
Eu preciso de você, garota, eu preciso de você, garota

Isso vai e volta, por que eu continuo voltando?

Eu vou baixo e baixo, eu sou um completo idiota

Eu tentei de tudo, mas não consigo ajudar

Isto está em meu coração, mente e emoção

Mas, eu não escuto as minhas palavras

Murmuro de novo, eu murmuro de novo

Murmuro de novo, eu murmuro de novo

Você não diz nada, eu irei te tratar bem, por favor

O céu está azul novamente, o céu está azul novamenteIsso vai e volta, por que eu continuo voltando?

Eu vou baixo e baixo, eu sou um completo idiota

Eu tentei de tudo, mas não consigo ajudar

Isto está em meu coração, mente e emoção

Mas, eu não escuto as minhas palavras

Murmuro de novo, eu murmuro de novo

Murmuro de novo, eu murmuro de novo

Você não diz nada, eu irei te tratar bem, por favor

O céu está azul novamente, o céu está azul novamente

Ele parou de cantar é mordeu minha orelha. O encanto é digo:

- De sua autoria? Se for você precisa finaliza ela é linda.- falei sorrindo. Ele corou e me beijou. Construímos um beijo calmo é delicado. Logo ele foi me deitando na areia é ficou por cima de mim.

- Acho melhor paramos por aqui..- falei parando o beijo. 

- Sabe... meu sonho é transar na praia.. e você bem quê poderia realiza meu sonho. - disse sorrindo safado.- Na-na-ni-na-não.- brinco é dou um beijinho no nariz dele.

- Chata... vem vamos dar uma caminhada. - me levantou, pego minha bolsa e sapatilha. Entrelaçamos nossas mãos é caminhamos até a beirada da água. 

- Ah caminhada era aqui..? - pergunto recuando para trás. - Sabe... as vezes... eu gosto de...

- Nem pense!!! Você não é maluco! - falei recuando quando ele veio querendo pegar nas  minhas pernas.

- Hahah... to brincando bobona.- riu vindo até mim. O mesmo me puxou selando nossos lábios. 

-  Que horas são..? 

- Ah mesma de ontem pra não gastar a de hoje. - zombou. Semicerro os olhos e ele foi olhar no celular. - São... 4:50..- assenti. Logo seu celular começou a tocar. 

Seokjin!! E ai...? Pensei que você havia morrido no shopping.... Hahaha... eu tô com a mel... ok já chegamos..- ele finalizou a ligação é pôs o celular no bolso.

- Você já vai....? - ele assentiu, me levanto limpando meu bumbum que estava sujo de areia. Ele pegou minha mão é limpou meu bumbum dando uns apertões. - Hey! 

- Hhaahah... desculpa... vamos buscar o jin...

- Não, você pode ir.. eu vou andando. Não têm problema.- sorri pegando minhas coisas.- Hahaha vai sonhando! Jura que eu vou te deixar ir sozinha..- disse beijando meu pescoço. Dou-me por vencida é concordo. 

•••••

- Oiiiee...- jin entrou no carro todo animando cheio de sacola. - Oii jin..- falei sorrindo envergonhada para. 

- Pensei que você ia compra o shopping todo...- tae falou, e jin solta um gemido o reprovando. - Para de ser chato..- falo e ele revirou os olhos é fez bico.

O caminho foi tranqüilo, conversarmos sobre coisas do shopping, e acabei descobrindo que o tae odeia ir pro shopping. E ele compra roupa pela Internet. Já estamos quase chegando é acabo dando unas cochiladas. Abro os olhos é vejo que estamos no estacionamento. 

- Jin.. espero que devolva o livro é espero irmos no shopping juntos. Beijo..- abraço ele abro a porta do carro. - Espera!!  - tae gritou. Ele desceu do carro é veio até mim..

- Me espere..- beijou minha bochecha é me guiou ate o elevador. Comprimento o porteiro e  entro no mesmo com o tae. 

- Vêm cá...- ele abriu as pernas é me pos no meio delas. - Me dá um beijinho..- pediu fazendo um biquinho. Selo os lábios dando um selinho nele. 

 - Eca... que beijo aguado..- disse fazendo careta. - Para de  reclamar é só aceita. - pisco e o mesmo fez cara de surpreso. 

- Hey! Podemos fazer alguma coisa hoje..? 

- Ahh... pode ser... os país do xiumin iriam chegar hoje. Então suponho que eles queram um momento sozinho.

- ok... vamos jantar... você pega sua roupa é vamos lá pra casa. - Assenti é as portas do elevador se abriu. Caminhamos para fora.

Bato na porta, e escutos uns latidos. Maggie. Logo a porta se abriu é uma bolinha pulou no meu colo. Tae deu um pulo pra trás de susto. Mais logo se recuperou, sorri pra ximin que tinha sua mão no pescoço. 

- oiii...- abraço ele entro junto com Tae e Maggie. - Cade seus pais..? 

- Foram no mercado. - disse encarando Tae. - eles inventaram de fazer um jantar. - disse sem ânimo. - Ahh... bem eu vou jantar hoje com o tae.. sabe pra dar um tempinho a vocês...

- jura que você vai me deixa aqui com eles...?! - perguntou manhoso.- Eles são seus pais ohh bebezão.- falei rindo.

- Tae, me espera aqui. . Vou busca E uma roupa..- ele assentiu é sentou no sofá. 

UNS 3 MINUTOS DEPOIS. 

- Tudo aqui... vamos?! - chego na sala com uma sacola enorme. - Vamos...- disse tae sorrindo sarcástico. 

- Você vêm ainda hoje..? - xiumin perguntou segurando minha mão. - Ah... não sei.. espero que sim.. amanhã tenho trabalho. - falei e ele assentiu. 

Me despedir dele e saio com tae, o mesmo estava calado o tempo todo e com a cara fechada. Reviro os olhos e caminho até o carro. 

- Ué... mel...? Você não ia ficar...? - perguntou assim quê pulo pro Banco de trás do carro.- Parece que não seokjin! - disse tae com um timbre de voz grossa.

- Aii... o quê você têm..? - jin perguntou o cutucando. 

- Me esqueci!! - tirou a mão de jin do seu braço é saio a mais de mil do estacionamento.

 

•••••

- Jin!! Graças a Deus !! VOCÊ chegou..!!! Uii e trouxe uma princesa. - veio um menino baixinho * mais alto pra mim* pro meu lado me encarando. 

- Vaza! Jeon jungkook ! - tae falou passando por mim. Ele me puxou pela mão é disse.- Ela já é minha! - disse sério. Reviro os olhos  pra jungkook e tae começou a me puxar pra cima. 

- Epa!! Eu sei andar!! - reclamo. 

- Caguei!! - disse parando, o mesmo se abaixou e me pôs no seu ombro.- Taehyung!! - grito pelo susto. - Taehyung nada! - ele deu um tapa na minha bunda. 

- Aiinnn.. Grosso... - reclamo. 

- Meu pau e grosso é você não reclama...- disse sorrindo falso.- O quê você têm...? - pergunto quando ele parou de frente a porta do quarto. 

- ..... e-eu... eu preciso me controlar! - disse me pondo na cama sentadinha.- Tá tudo bem..? Você brigou com o xiumin..? - pergunto indo até ele pondo minhas mãos na lateral do seu rosto o acalmado. 

- .... Só... vamos nós arrumar...- disse tirando minhas mãos de seu rosto.- Mais...- paro de falar quando ele foi pro banheiro. 

••••

- Pronta...? - ele seco. Respiro funda e assenti. * Roupa ta na capa* descemos para sala mais na havia ninguém. Mordo os lábios nervosa é caminho do lado dele. Seguimos até a garagem e entro carro. 

Olho pra ele é o mesmo estava sério, supiro.

Eh me parece que a noite vai ser longa......

 

  QUEBRA DE TEMPO. 

- Taehyung... eu não aceito que você, me trouxe pra jantar para ficarmos calados. Olhando um para cara do outro. - reclamo. 

- Estamos jantando... com educação.. em silêncio. - disse é tirou seu vinho. 

- Ah... podemos... podemos  .... P-posso te pergunta uma coisa..? - pergunto aflita. - Claro..- soltou um sorrisinho.

- Por.. porquê você falou que precisa se controla? - vejo ele congela com minha pergunta. - Baby... eu não quero te magoar... nem... nada... 

- como assim...?

- Eu... não se assuste... Eu gosto de.... Foder... Foder com muita força. Eu gosto de senti praze punindo... eu... gosto de senti machucando mulher... * sexualmente* .... eu estou me controlando pra não te machucar..  hoje eu ia te bater... e depois eu ia te... fazer ter alucinações de praze.. - disse. Mordo os lábios é fico ofegante so pela sua voz gravamente sexy.

- Daddy. ... e-u.... gostaria de conhecer esse mundo. - falei com uma puta vergonha. Vejo o mesmo sorri é logo ele disse  - não fique assustada ok.... eu tenho regras para você...- disse sorrindo safado.

- Diga-me

- Você deve me obedecer sempre  ... fazer tudo o que o papai desejar sem hesitar. É se fazer mal-criação eu vou de puni é te fazer grita muito alto. . 

- Ok..- falei com a voz falha. 

- muito bem... agora faz um favorzinho pra mim.... tire a calcinha...

- A-aqui...?

- Apenas tire a calcinha...- disse suavemente finalizando com uma mordida em  seus lábios. 

Sem desobedecer o daddy... * gritou minha mente*

 


Notas Finais


Hmmmmmmmmmmmmmmmmm


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...