História Bonito Recomeço - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gigi Hadid, Justin Bieber, Kendall Jenner
Tags Amigos, Amor, Família, Musica, Romance, Superação
Visualizações 27
Palavras 1.391
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellooo, aqui estou eu de volta com mais um capitulo quentinho e que espero de coracao que voces gostem, obrigadaaa pelos favoritos voces sao maravilhosos....A musica que indico para o capitulo de hoje e: Paradise-Coldplay.

Capítulo 11 - Capitulo 10


Fanfic / Fanfiction Bonito Recomeço - Capítulo 11 - Capitulo 10

Amanda

Olho pela janela do carro com vidros baixos, meus cabelos voam como em um clipe musical e sorrio com o pensamento, as casas e ruas passam rapidamente enquanto Justin se mantem concentrado em dirigir pela estrada, seus dedos batucando o volante no ritmo da melodia calma que se espalha pelo carro e uma de suas mãos tem os dedos presos aos meus, deve passar das 8:30 já que tem cerca de cinco minutos que havíamos saído de minha casa, não demora muito e ele estaciona próximo ao píer, meu sorriso aumenta quando entendo que vamos fazer o passeio de bicicleta. Ele desliga o carro e me sorri enquanto tira o cinto e retira a chave.

Seguimos juntos ate o ponto das bicicletas, as pessoas que passam olham e algumas cochicham, os seguranças nos acompanham um pouco distantes e tento apenas ignorar o máximo que posso. O senhor nos sorri gentil assim que paramos em sua frente, algumas bicicletas estão enfileiradas lado a lado.

- Bom dia, quanto custa o aluguel de uma? – questiona Justin educadamente, o homem o olha um pouco surpreso e posso entender.

- 7 dólares a hora senhor – Justin paga e escolhemos cada um uma, o senhor se despede nos desejando um bom passeio.

- Podemos ir ate Venice? – pergunto enquanto começamos a pedalar, ele me olha e sorri.

- Claro – os seguranças continuam a nos acompanhar um pouco atrás, pedalamos lado a lado, as pessoas olham e algumas adolescentes me fazem caretas, alguns tiram fotos e no fundo me sinto um pouco constrangida, mas quando olho para Justin e ele me sorri tudo fica bem, depois de alguns minutos paramos em frente a um quiosque e pedimos um suco de laranja, o senhor caminha até nós com o copo grande e os dois canudos, tomamos o suco com Justin fazendo algumas piadas e eu sempre rindo.

- Essa não é a garota da semana passada? – escuto a voz baixa e quando olho na direção, duas garotas estão sentadas na mesa um pouco atrás e cochicham, sei que é sobre mim, olho rapidamente para Justin um pouco afastado no caixa e depois volto a me concentrar no copo vazio a minha frente.

- Sim, vi as fotos, eles parecem esta se divertindo juntos, mas duvido muito que ele leve ela a serio, aposto como é só mais um passatempo qualquer- as palavras me atingem como um soco, de fato eu não era mais uma fã como antes de Justin mais ainda sabia de sua vida, por muitas vezes escutei coisas sobre seus desabafos com Jane e sei perfeitamente que ele ainda não esqueceu Selena por completo, o frio na barriga e as sensações que ele me provoca junto as lembranças dos carinhos e beijos trocados ontem e hoje pela manha me fazem pela primeira vez pensar seriamente a respeito do que sinto, as palavras da garota ainda giram em minha cabeça, quando Justin para a minha frente.

- Ei esta tudo bem? – sua mão em meu braço me desperta, e o olho por alguns segundos, institivamente meus olhos seguem em direção a mesa onde as duas estão sentadas e ainda cochicham mas agora não consigo mais ouvir, Justin as encara por um breve momento e tudo que menos quero é uma confusão.

- Vamos sair daqui – peço e ele pensa um pouco antes de concordar e voltarmos as nossas bicicletas, suspiro agora um pouco menos animada com o passeio tento esquecer a confusão em minha mente e deixar para pensar sobre meus sentimentos quando estiver sozinha, não demora muito para que cheguemos até o píer de Venice, consigo convencer Justin a tirar algumas fotos e no meio ele me arranca boas risadas com suas brincadeiras.

- Justin sorri – resmungo enquanto ele para em frente a parede repleta de grafites, aproveita meu momento de concentração e põe a língua pra fora enquanto revira os olhos, rio quando vejo a foto e vejo meu esforço ir pelo ralo.

 - Sua vez – ele ri enquanto pega o celular da minha mão - Faz uma pose engraçada e não se preocupa, você vai sair bonita de qualquer jeito – ele brinca enquanto tira mais uma foto minha faço uma careta qualquer e depois ele me abraça e tiramos uma foto juntos, seus lábios tocam os meus e sorrio realmente feliz como a muito tempo não me sentia, Justin me faz parar em frente a uma barraquinha e me mela com seu sorvete de algodão doce e ri da minha dedicação ao meu de chocolate, depois seguimos de volta a Santa Monica, no caminho de volta ele gruda nossas mãos enquanto o vento sopra nosso rosto e por um momento eu simplesmente esqueço tudo.

 

Justin

Ela fecha os olhos e sorri quando o vento toca seu rosto e movimenta seus cabelos, enquanto pedalamos fica cada vez mais difícil ouvir a razão, quando olho em seus olhos ou simplesmente sinto seu cheiro, tem sido difícil me controlar e não arragá-la em publico, mas tenho medo que acabe estragando as coisas como já fiz muitas outras vezes, não estou pronto para expô-la tanto assim, e sei melhor que ninguém que a mídia não a deixaria em paz, nos últimos dias eles estão publicando tantas coisas sobre ela, também sei que não superei totalmente Selena e se andar rápido demais com as coisas vou acabar machucando-a.

Paramos em uma das praias pelo caminho, têm poucas pessoas, algumas estão pedalando como nós, eu percebo os olhares e os cochichos é sempre assim em qualquer lugar que eu vá independente de com quem eu esteja. Sentamo-nos lado a lado na praia, ela me olha e vejo o brilho em seus olhos.

- Obrigada... Eu e Alex combinamos de fazer isso- ela olha para o oceano em busca de algo mais longe- mas ela descobriu o câncer antes- ela me olha e sorri um pouco triste, gosto que não chora mais quando toca no nome da irmã ou quando se lembra de algo.

- De nada, com seu jeito um pouco desastrado confesso que estava com medo de terminar o dia no hospital – balanço os ombros como se não fosse ficar desesperado se isso de fato acontecesse e ela me olha indignada acabo rindo. – Mas fico feliz que saiba andar de bicicleta.

- Você é horrível Justin , um péssimo amigo – ela nega enquanto ri, levanto e a puxo pela mão, ela me olha confusa.

- Acho bom mergulharmos um pouco – ela concorda e quando caminho em direção a agua me segue um pouco atrás os seguranças apenas observam e agradeço por serem sempre tão discretos.

Quando tira sua blusa e o short, perco um pouco o ar, nada poderia me preparar para a visão que tenho suas curvas tão bem acentuadas me deixam ainda mais desnorteado, sinto vontade de grudar seus lábios aos meus como na noite passada e fica cada vez mais difícil manter o controle, quando seguimos em direção ao mar, tento manter um pouco de distancia.

- Vou à Nova York essa semana, o que acha de me acompanhar? – é o que digo tentando mudar o assunto.

- Com Laura e Carl? – concordo- Que dia?

- Na segunda- ela suspira.

- Tenho trabalho- vejo um pouco de tristeza em seus olhos por ter que recusar.

- Eles tem algumas coisas para resolverem na segunda por lá, mas nós dois podemos ir na terça se você quiser- sugiro- falo com eles- o sorriso cresce em seus lábios.

- Adoro você já disse isso? – ela brinca e nego.

- Na verdade a pouco você disse que eu era um péssimo amigo- faço uma cara triste e ela ri enquanto passa os braços por meu pescoço, seguro sua cintura enquanto ela olha em meus olhos ainda rindo.

 - Na verdade eu estava enganada, você é a melhor pessoa do mundo e eu adoro você, e é claro que eu vou – meus olhos encaram seus lábios e o sorriso neles vai morrendo aos poucos, quando volto a olhar em seus olhos simplesmente não me importo se vão tirar fotos, fazer vídeos, ou o que seja colo nossos lábios e quando minha língua invade sua boca, ela geme baixo, aperto ainda mais sua cintura e grudo nossos corpos, decidido a simplesmente viver e me entregar aos sentimentos que sinto agora, tão grandes e profundos quanto o mar em que estamos.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, meus amores sei que chato ficar pedindo isso mas preciso que comentem a opniao de voces. Um beijo e volto logooo.

No Proximo capitulo: ...Olho no visor e passa das 4 da tarde quando a mensagem de Sophie chega ao meu celular, não somos mais namorados, mas admito que ela ainda meche um pouco comigo.
“Estou em Los Angeles, que acha de nos vermos essa noite?”....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...