História Bonnie and Clyde - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias NCT 127, NCT U
Personagens Johnny, Ten
Tags Fanfic, Johnny, Johnten, Nct, Romance, Ten, Yaoi
Exibições 37
Palavras 756
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Essa é minha primeira fanfic johnten ahhh, estava tão cansada de caçar fanfic johnten e não achar que escrevi a minha própria. Então ela é praticamente uma one shot sobre o que os sentimentos do johnny em relação ao ten, inspirada pela musica do dean bonnie and clyde (o nome deixa obvio), recomendo muito essa musica, aliás recomendo todas dele, espero que gostem sz.

Capítulo 1 - Capitulo Único


Fanfic / Fanfiction Bonnie and Clyde - Capítulo 1 - Capitulo Único

Todas as vezes que ele te maltratava o seu refugio era comigo, todas as vezes que ele te humilhava você me procurava chorando, quando ele te deixava depois de uma noite sem significado pra ele era comigo que você vinha passar a tarde, mas no fim você sempre voltava pra ele. Tudo que eu quereria era te proteger, ter você em meus braços Ten, curar cada ferida que ele deixou em seu coração e em outros lugares de seu corpo. Não sei porque no final do dia você sempre voltava pra ele, ele não te merecia Ten, pra mim você é único, a única coisa que me faz feliz, mas pra ele você não passava de mais uma pessoa que ele levava para a cama no fim do dia. Você disse que me amava Ten, e eu te disse incontáveis vezes, mas porque você sempreva volta para os braços dele? Por que pensava nele quando sua mente estava vazia? Por que chorava escondido por ele? Não sei o que significo para você, mas pra mim você significa o mundo. De que jeito você me ama? Todas as vezes que nossos corpos viraram um só foram sem significado pra você? Os gemidos que você soltou eram em vão? E as palavras que você recitava enquanto mantinha seus olhos fechados e meu corpo em cima de você? Não valiam nada? Tudo que seu corpo me falou naquelas noites foram mentiras?  Eu consigo lembrar de seu toque macio em minhas costas, que logo viravam arranhões, seus lábios tocando meu pescoço, nossos corpos em um ritmo constante. Ele te tocava como eu? Ele conhecia cada parte do seu corpo como eu?  Ele te tratava como eu? Ele te fazia sorrir como eu? Mesmo com tudo isso porque você sempre o escolhia a mim? Ten eu tenho tantas coisas que quero perguntar a você, por que você não me escuta? Eu te amo tanto, por que me faz sofrer assim.

 Lembro-me de quando éramos menores, você sempre foi uma criança muito desastrada, mas eu sempre estava lá pra te ajudar, sempre foi um garoto tão pequeno, os garotos maiores sempre queriam de alguma forma te machucar, mas eu nunca deixei isso acontecer, por mais que a maioria das vezes eu acabasse apanhando no lugar, mas meu objetivo sempre foi te proteger.

Os anos foram passando e eu fiquei acostumado a sempre ser seu "guarda-costas", mas sua personalidade foi se formando e você percebeu que não precisava mais de mim sempre cuidando de você. Começou a ir a festas, ficava bêbado, voltava tarde da noite pra casa e eu que acabava cuidando de você, afinal você era só um garoto de 18 anos com uma mãe desaparecida no mundo e um pai que trabalhava demais.

Lembro-me do dia em que você me disse que tinha um namorado, eu não acreditei, mas quando percebi que era algo de verdade, fiquei sem reação, talvez você nunca tivesse me amado ou apenas estava enjoado de mim, você foi ficando cego de amor por ele, e ele nunca te fez bem, depois que você começou a namorar ficou tão diferente, você costumava ter um sorriso estampado no rosto vinte e quatro horas por dia, era um garoto radiante e que todos admiravam, tinha notas boas e era exemplar, eu sinto saudade desse Ten, que a única diversão que tinha era jogar videogame comigo nas sextas feiras, enquanto comíamos pizzas. Eu me lembro de cada memória nossa, nosso primeiro olhar, primeiro beijo, primeira vez, mas você pareceu esquecer-se de tudo isso quando começou a "namorar" com ele, sem nem ao menos "terminar" comigo, e eu não fui forte o bastante para acabar com tudo, porque eu simplesmente não queria, eu sofro com isso, mas eu não me preocupo comigo, apenas contigo. Você sabe que ele te traia, mas ele nem sonhava que você o traia comigo, talvez seu cérebro fosse muito pequeno ou ele estava ocupado demais com coisas fúteis para se preocupar com você. Eu nunca imaginaria que ele ficaria nisso com você por dois anos, eu estava esperando para ver até aonde você levaria esse relacionamento instável. Eu nunca se quer pensei em ficar com outra pessoa porque eu não sinto que vivo pra mim mesmo e sim pra você, eu tenho prazer em cuidar de você, mas nunca me sentiria completo se não tivesse você 100% seguro e longe dele, talvez você me odeie por isso, talvez não, mas minha prioridade foi sempre sua segurança. E Ten, foi por isso que eu o matei.


Notas Finais


Então gente me perdoem se eu cometi algum erro, se tiverem alguma critica ou qualquer comentário que não seja maldoso eu vou adorar ler, se vocês gostarem da historia vou ficar feliz de escrever outras :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...