História Bons garotos como bandidos - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Dean Winchester, John Winchester, Mary Winchester, Meg Masters, Miguel, Sam Winchester
Tags Castiel, Dean, Destiel, Supernatural
Exibições 217
Palavras 631
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Científica, Lemon
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Notas Finais. ♡

Capítulo 8 - I'm not a toy


Fanfic / Fanfiction Bons garotos como bandidos - Capítulo 8 - I'm not a toy

Eu e Benny fomos para meu quarto e sentamos sobre a cama em completo silêncio. Nenhum de nós sabia realmente o que dizer e cada vez que Benny estava prestes a falar, ele acabava olhando para trás ou para  baixo como se ele não pudesse obter as palavras. 

"Então .. Há quanto tempo isso está acontecendo?" Benny finalmente falou, mas não era o seu habitual tom de voz auto feliz.

"Eu o conheci em sua festa... e dormimos juntos. Liguei para ele ontem à noite e disse que ele poderia ficar e passar a noite .. É isso" Eu disse a verdade. Eu não quero mentir para Benny. Mas eu não ia dizer a ele que eu tinha começado a me cortar novamente. Eu prefiro que ele não saiba sobre isso. 

"Espere! Você dormiu com ele ?!" Sua mandíbula estava aberta neste momento. choque total, adivinhei. 

"Uh, sim .. não é grande coisa" Dei de ombros ligeiramente. Foi um grande negócio, Castiel foi a minha primeira vez e eu estava caido por ele a cada segundo que eu estava com ele.

"Dean, Você realmente não deveria falar com ele" Benny suspirou e cruzou os braços sobre o peito.

"O quê? Por que não?" Eu perguntei, levantando minha sobrancelha. Será que ele realmente disse isso ..?

"Ele é uma má influência. Conheço ele á anos, Dean. Você não sabe no que você está se metendo", disse ele, olhando para baixo.

"O que você quer dizer..?" 

"Castiel é um jogador .. Ele tem muitos amantes diferentes ao mesmo tempo. Ele não dura com uma mesma pessoa por muito tempo. Ele apenas brinca com as emoções das pessoas, em seguida que ele tem o que ele quer, ele a deixa para trás sem se importar." 

Eu senti meu coração quebrar em um milhão de pedaços. Então ele está me usando .. Eu me sinto tão estúpido ... Eu não posso acreditar que ele iria fazer isso .. 

Eu quebrei o silêncio  depois que comecei a chorar até que eu senti os braços de Benny embrulhando em torno de mim. 

"Dean, eu sinto muito .." ele sussurrou enquanto corria a mão pelo meu cabelo. 

---

Benny tinha me deixado há pouco mais de uma hora atrás e agora eu estava sozinho em casa, envolto em meus cobertores com a TV ligada. No fundo eu estava completamente confuso por dentro, parecia um sonho ruim, mas eu sabia que não era.  

Depois de algum tempo eu estava lentamente caindo no sono quando ouvi uma batida na porta da frente. Me assustou no início, mas eu rapidamente saí da cama e desci as escadas até a porta. Abri para revelar Castiel ali, segurando as mãos atrás das costas com um sorriso no rosto. 

Eu olhei para o chão, meus olhos começaram a encher-se de lágrimas novamente, eu quase bati a porta na cara dele, mas eu simplesmente não podia fazer isso. 

"Qual é o problema meu garoto? Se você não está feliz agora, eu tenho algo que pode animá-lo", disse ele com sua voz mais suave que o habitual. 

Eu lentamente olhei para ele e ele puxou um grande buquê de rosas vermelhas escuras de trás das costas e um pequeno Batman de pelúcia. 

Eu pisquei em surpresa dos presentes, Por que ele iria me comprar coisas como estas, se eu sou apenas seu brinquedo ..? 

"C-Como você sabia que eu gostava do Batman ...?" Eu perguntei calmamente. 

"Baby, há cartazes dele sobre suas paredes, para não mencionar as estatuetas na sua cama e mesa" Ele riu, em seguida, se inclinou, pegando meus lábios em um beijo suave. 

Mas eu não retornei o gesto.

Ele se afastou, dando-me um olhar muito confuso, "Dean, tem alguma coisa errada?" 

"Talvez você devesse entrar ... Eu preciso falar com você .." 


Notas Finais


Eu sei capítulo muito curto. Mas estou tentando aumentá-lo.
Por outro lado eu sei que cap muito longo são chatos e tediosos, então quero que a história flua naturalmente. ( embora já tenha ela escrita praticamente toda)
Enfim, avisos finais são que próxima semana atualizarei minhas outras fanfic's, ( UHUUULLL).
***Por favor comente e favorite***
AHHHHHHHH, CAAAAALM.
Vocês já devem ter percebido que até agora só o Dean narra não é? então eu quero que essa história tenha a visão apenas do Dean, claro que o Castiel vai ter sua vez também. Enfim, até amanhã.
PS: Amanhã postarei de tarde.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...