História Boomerang - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, Suga, V
Tags Bangtan, Bts, Fluffy, Jimin, Jungkook, Taehyung, Vkook, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 225
Palavras 1.033
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fluffy, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Meu tt se quiserem chamar no pv: @taebiray

Meu Curious Cat: https://curiouscat.me/taebiray

Capítulo 5 - Yuri


Fanfic / Fanfiction Boomerang - Capítulo 5 - Yuri

Yoongi voltou para casa, mas dessa vez não sozinho, do seu lado estava Kim Taehyung. Colega de classe, o qual o professor havia escolhido para ser seu parceiro no trabalho.

Os dois subiram as escadas entrando no quarto de Yoongi.

— Ah, essa porta pode se abrir a qualquer momento e um gnomo de cabelos castanhos entrar correndo. Se isso acontecer, tem o meu consentimento para bater nele, é o meu primo Jimin e ele vem pra minha casa depois da escola porque não pode ficar sozinho em casa - avisou se sentando na mesa em frente ao computador e já digitando coisas sobre o trabalho.

— Tá bom…- respondeu meio avoado olhando as decorações que tinham no quarto do garoto - oh! Quem desenhou isso?

Taehyung ergueu um papel onde tinha duas princesas - meio bugadas - se beijando.

— Jimin. Não sei qual o problema dele em ficar fazendo as próprias bonecas se casarem ou ficar falando que tal princesa deveria se casar com tal princesa.

— Hmm…- analisou o desenho - a minha irmã mais velha gosta de ver dois homens juntos, ela tem vários mangás assim, acho que o nome era… fujoshi ou coisa assim, talvez seu primo seja igual só que com mulheres.

Yoongi soltou um "ahh" e deu de ombros.

— Vamos terminar logo esse trabalho.

Os dois começaram a fazer várias pesquisas, em certo momento Taehyung já estava bem a vontade na casa de Yoongi e havia passado o braço por cima de seus ombros enquanto olhavam os resultados da busca no Google.

A porta se abriu e o Park entrou todo barulhento comentando alguma coisa sobre seu desenho favorito, mas parou assim que percebeu que tinha um rosto desconhecido no cômodo.

— Esse é o gnomo - Yoongi avisou sem nem olhar para trás.

— Quem é esse, Yoongie? - Jimin perguntou desconfiado olhando Taehyung de cima a baixo.

— Respeito Jimin, é o seu hyung. Esse é Taehyung, da minha sala.

— Prazer Jimin, pode me chamar de TaeTae - o garoto que Jimin não conhecia sorriu quadrado e o mais novo sorriu achando graça do outro, os dois esticaram a mão se comprimentando.

Jimin se jogou na cama e começou a mexer na mochila de Taehyung.

— Yoongi, posso ajudar?

— Não.

— Eu quero ajudar!

— Muito ajuda quem não atrapalha.

— Eu quero ajudar! - Repetiu com a voz manhosa fazendo Yoongi revirar os olhos.

— Então vai lá embaixo e prepara um lanchinho supimpa.

— Tá! - Respondeu animado e desceu da cama saindo correndo.

— Yoongi! - Taehyung exclamou - não faz isso com o garoto, tadinho.

— Tsc - revirou os olhos - tá acostumado a servir de escravo.

— Meu Deus…

Riu das caretas que Taehyung fazia e o mandou pegar logo a cartolina, deveriam começar logo aquilo.

Jimin havia voltado minutos depois com uma coisa que com certeza não deveria se chamar lanche, muito menos comida.

— Eu sabia que ele iria fazer algo do tipo - Yoongi resmungou encarando a bandeja com pão recheado de massinha.

Ele foi esperto o suficiente para verificar o que tinha dentro daquele pão e salvou a vida de Taehyung.

Suspirou se levantando do chão aonde tinha sentado com Tae para ter mais espaço para fazer o trabalho e pegou a bandeja de Jimin.

— Jimin, escuta bem, pessoas não podem comer massinha e nenhum tipo de brinquedo que venham nessas embalagens onde está escrito "não comestível" ou "não ingerir", se o Taehyung ou eu tivéssemos comido isso aqui, nós teríamos morrido. Você entende?

Jimin balançou a cabeça lentamente com um bico nos lábios.

— Ótimo, vai jogar essa merda no lixo, antes que eu decida te meter o soco alado.

Jimin pegou a bandeja correndo e saiu apressado do quarto.

— Senhor… você me dá medo - Taehyung comentou com uma cara amendrontada.

Jimin voltou para o quarto e ficou deitado na cama de Yoongi observando os dois fazerem o trabalho.

Estava sendo um tédio, não era nada legal ver os dois assim, pertinhos, interagindo e rindo de sei lá o que, Jimin não estava interessado.

Levantou estressado e saiu do quarto batendo a porta, fazia questão de chamar atenção mesmo.

Assim era Jimin, queria a atenção para si e que suas manhas fossem satisfeitas e se não conseguisse ficava emburrado, chorava, fazia malcriação…

Mas nesse caso ele só estava com ciúmes e não gostava nada de ver os dois juntinhos.

Quando Taehyung saiu da casa de Yoongi, Jimin grudou nele que nem um carrapato e não desgrudou mais.

— JIMIN! Pelo amor de santo xupidá, você tá grudento demais.- Reclamou se sentando no sofá e tendo o garoto sentado no seu colo.

— Eu quero ficar com você - se enterrou ali assistindo ao documentário que passava na televisão - erh… muda disso!

Yoongi pegou o controle botando em um canal de desenhos qualquer, acalmando o pequeno que não parava quieto.

Sua mãe havia chegado e entregou um monte de doces para Jimin.

— Mãe, o garoto já é a própria coceira no rabo de tão foguento e tu ainda dá doce pra criança?? - Yoongi perguntou incrédulo.

— Que linguagem é essa Yoongi?? Eu hein, quer levar uma chinelada? E eu dou doces pra ele quando eu quiser!

Subiu as escadas dando as costas pro' filho e Jimin saiu de seu colo para aproveitar melhor os doces.

Abriu um pirulito, passando a chupa-lo.

E Yoongi se viu encarando fixamente aqueles lábios lembrando do sonho que havia tido no outro dia.

— Você quer? - Jimin ofereceu tirando da boca e enconstando na do Yoongi.

— Eca, não - afastou bufando e se forçando a encarar a tevê.

Queria realmente parar de pensar nos lábios de Park Jimin.

Porém estava sendo quase impossível.


Taehyung havia voltado no outro dia para terminar o trabalho e Yoongi o tinha deixado sozinho no quarto com Jimin enquanto ia preparar um lanche.

— Jiminnie, eu trouxe algo para você - disse abrindo sua mochila - esses aqui eram da minha irmã, ela não gosta muito desses então eu pedi e ela me deu, toma.

Entregou nas mãos de Jimin mangás…yuri.

Jimin observou a capa do livro: duas garotas de mãos dadas e rostos próximos.

— Esse daí é muito bom, eu já li, você é criança então escolhi uns levinho, mas lá em casa tem alguns mais… é né, aproveite.

— Obrigado! - Jimin agradeceu com um sorriso no rosto e se jogou na cama de Yoongi abrindo o mangá para ler.


Notas Finais


A primeira aparição de TaeTae Mozão nessa fanfic topster.

Mais topster que essa fanfic só o Yoongi, que aliás faz parte da fanfic. Tornando a fanfic topster ao quadrado.

Mas tbm temos o Jimin então isso torna a fanfic topster ao cubo, e é isso aí.

Love Yourselfie ta me fazendo ser mais iludida do que já sou, licença.

Um bjo pra vocês e byeeeeeeee.

Não botei capa to com preguiça, vcs se importam com capa de capítulo? Hdidkwwj, eu geralmente leio sem internet então a capa não carrega mesmo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...