História Borendy - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine
Personagens Bendy, Boris the wolf, Henry, Joey Drew, Personagens Originais, Sammy Lawrence
Visualizações 134
Palavras 906
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Sex And Kisses


Fanfic / Fanfiction Borendy - Capítulo 2 - Sex And Kisses

Bendy retirou os dedos de dentro da boca, eles haviam ficado lubrificados com sua saliva, ele estava ofegante e muito corado. Uma cena um tanto tentadora.

-Boris, você está bem?

O demônio pergunta pegando na mão do lobo que imediatamente fechou com a dele. 

-Bo-Boris o que....

Foi calado. Não por uma interrupção ou algo do tipo, mas por um beijo. Levou as mãos passando-as pelo pescoço do maior enquanto as do mesmo se concentravam em sua cintura, puxando ambos os corpos para perto.

Pararam e se olharam. Não haviam soltado as mãos, Bendy realmente adorava o toque do lobo em sua pele, ele sentia as energias dos corpos passarem de um para o outro, pareciam faíscas.

-Bendy eu, me desculpa....

O lobo dizia soltando a mão do mesmo com vergonha.

-Boris, não tem porque se desculpar, foi culpa minha! Eu que acarretei tudo....

O demônio diz sentindo algo estranho. Uma vontade imensa de chorar, chorar por horas até não ter mais lágrimas para derramar de seus olhos.

-Ben, não chore, eu não gosto de te ver triste!

O lobo se abaixa ficando na altura do menor. Limpou as lágrimas que queriam sair do canto dos olhos do mesmo e deu-lhe um beijo na testa.

Bendy o abraçou por impulso. Um abraço desejado. Parecia que não se viam a tanto tempo.

-Boris, que tal irmos ver TV?

O demônio sugere indo para a sala já pegando no controle remoto ligando em um canal qualquer.

-Partiu!

O lobo se joga com tudo no sofá. Bendy deita em cima de frente para o mesmo. Ficaram à tarde vendo TV e conversando sobre as primeiras coisas que vinham em mente.

-Eu te amo Bendy

Boris diz. O menor se assusta e suas bochechas novamente se tornam de um tom avermelhado. O coração bateu acelerado, a respiração lhe faltava. Será essa, a tal borboletas no estômago? 

Bendy olhou para Boris. O lobo se aproximou começando um beijo. Ao término o demônio disse:

-Eu também te amo Boris

O lobo sorriu em forma de gratidão. Ambos se olharam, aquele olhar já não era o mesmo de sempre, havia malícia e provocação. Em meio a beijos, pregações e gemidos ambos já estavam nus no quarto, com Boris em cima de Bendy. 

(❤️ALERTA DE LEMON❤️)

Um beijo, cheio de luxúria e romance havia se formado. Boris a todo momento falava coisas impuras e impróprias no ouvido do menor, ele tiraria a inocência do mesmo naquela noite.

-Bo-Boris, na-não podemos ir....ah....mui-ah longe!

O lobo ri da situação. O demônio se agarra ao maior fazendo peso. Bendy ficou por cima de Boris no colo do mesmo. Ele abraça muito corado, nunca pensou em ter relações desse jeito com seu amigo. Relações tão íntimas....

-Bendy, sabia que você é fofo? 

Boris dizia se aproximando do rosto do inquilino em seu colo enquanto passava as mãos por toda a extensão das coxas do mesmo, às vezes apertava ou até mesmo fazia círculos com os dedos.

Bendy gemia a cada toque. Era uma nova sensação para si. 

-Se você continuar gemendo assim no meu ouvido, eu não me responsabilizo por meus atos futuramente...

O lobo diz em um sussurro sedutor e ameaçador. Lambeu a cabeça do menor, era o local mais sensível do mesmo.
Recebeu de resposta um gemido prazeroso e longo. 
Roçou um dedo no buraquinho de Bendy. O demônio gemeu de dor, mas no fundo tinha prazer envolvido. Buscou contato com o dedo e os movimentos de vai e vem começaram. Boris inseriu outro dedo e fez movimentos de tesoura.
Deu-lhe um beijo fazendo a seguinte pergunta:

-Você quer mais?

-Si-Sim, que quero!

Boris então continuo com os movimentos. Ao retirar os dedos ouviu um gemido de desaprovação. Mas, aquilo era só o começo...

-Bendy, eu tentarei fazer você não sentir dor está bem?

O maior dizia ao demônio que se agarrou mais a si. Posicionou seu membro na entrada do menor e aos poucos foi penetrando. Bendy arqueou as costas para trás, a sensação de ser rasgado ao meio lhe contagia. Ele deixou lágrimas escaparem pelo contato dos olhos, mas não queria parar, não mesmo, aos poucos o prazer foi tomando o lugar da dor.

Boris começou a aumentar a velocidade ocasionando uma série de gemidos.

-Oh Bendy! Você é tão apertadinho!...ahh

-BO-BORIS! AH AHAhhhhh~ah! 

Continuou indo mais e mais rápido. 

-Hum...Ahhh Boris!

O lobo ao acertar a próstata do demônio, Bendy deu um grito:

-OH BORIS!!! 

Soltou um riso baixo e continuo a estocar no mesmo lugar enquanto beijava os lábios do menor, ambos deixavam gemidos escaparem entre o beijo. Saiu de dentro de Bendy e o colocou de 4 na cama. Voltou a penetrado, agora era a hora de realmente fazê-lo gemer.

Bendy não conseguia se "manter de pé". Deitou de peito para baixo na cama enquanto Boris o estocava com força. O menor agarra os lençóis sentindo ir para frente e para trás. A respiração de ambos era ofegante. O som dos corpos colidindo era único, Boris então começou a mastubar Bendy.

-Bo-Boris eu....~Ahh!

O demônio havia ejaculado na mão do lobo se entregando à cama. Bendy estava salivando, e muito corado.

-Hum...Ah...

-Be-Bendy eu estou vindo...ohh

-AH BORIS!

Algumas estocadas depois Boris ejacula dentro de Bendy.
Ele sai de dentro do mesmo, o pega colocando sobre seu peito se deitando.
Eles estavam cansados. Realmente a noite é uma criança.
Cobrindo-os com um cobertor ambos acabam capotando de sono e de
cansaço.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...