História Born To Be FT Island - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias F.T. Island
Personagens Choi Jong-hoon, Choi Min-hwan, Lee Hongki, Lee Jae-jin, Personagens Originais, Song Seung-hyun
Tags Ft Island, Jongki, Yaoi
Visualizações 16
Palavras 1.745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 9 - Stay


Fanfic / Fanfiction Born To Be FT Island - Capítulo 9 - Stay

O dia amanheceu chuvoso em Busan, era gostoso dormir ouvindo a chuva cair, era meio de Junho, o verão estava apenas começando, e com ele as chuvas, Hongki estava engatado num sono profundo, mas o despertador interrompeu seu sono.

Hongki levantou sonolento desligando o despertador, ao olhar para frente ele viu seu uniforme pendurado na porta, logo deduziu que a empregada tinha deixado lá.

-Porque eu vou ter que usar uniforme? Sou rico… - fiquei olhando o uniforme branco com detalhes azuis nas pontas, o nome bordado na camisa e a calça preta - Credo… - o peguei e fui para o banheiro tomar banho.

Casa de Seunghyun

Seunghyun

Que soninho maravilhoso, que barulho de chuva maravilhoso, que ronco de cachorro maravilhoso...espera! Ronco de cachorro? Lembrei...sou trouxa e adotei o Puppy, e ele dormiu em meu quarto, eu acho que tenho que deixar uma carta de despedida para minha mãe, vai que esse cachorro me mata a noite?

Olhei para o lado vendo Puppy dormindo - Parece um boi.. - bocejei me levantando, peguei meu uniforme e fui tomar banho.

Casa de Jaejin

Jaejin

Meu sono era ótimo, Hara linda me beijando e me acariciando, aquela mulher era um furacão, toda linda e se confessando para mim...ela era tão linda que eu comecei a suar e ficar todo molhado, espera! ...molhado?? Parecia tão real…

Abri meus olhos - MÃE PARA!!! - pulei da cama todo encharcado - Porque me jogou água?

-Porque você estava beijando o nada??? - encarei Jaejin - Não te criei para ser doido.

Olhei para a janela - Está chovendo..

Aish… - peguei meu uniforme - Vou tomar banho.

Casa de Wonbin

Wonbin era o inspetor daquela escola meio maluca, ele morava sozinho, e acordava bem cedinho, o rapaz branco alto e magro, era viciado em jogos, seu nick era Wonpire, porque? Ele mesmo se denominava de vampiro, jogos eram sua segunda paixão, a primeira ele foi forçado a largar por causa da faculdade, assim que ele começou a se arrumar para ir trabalhar, notou que estava chovendo.

-Aish...junho sempre trás chuva….Wonpire, tenha ânimo.

Casa de Jonghoon

Jonghoon

Meu sono estava bom, porém...eu tinha dormido muito tarde, eu era festeiro, gostava de sair e de zuar...mas aquela noite eu sabia que eu tinha feito besteira.

Me sentei na cama e pus a mão na cabeça - Que dor de cabeça! ...Aish… - fechei meus olhos por causa da luz - Que ressaca...meu Deus…

Flashback

Era uma festa na casa de um amigo do Jonghoon, muita bebida, garotas e música, ele era rico, tinha até uma piscina em casa, Jonghoon como qualquer adolescente, sempre adorou encher a cara, nesta festa ele não foi diferente, encheu a cara na primeira oportunidade, a festa ia desenrolando e Jong cada vez mais bêbado, preferiu ir para o quarto do seu amigo se deitar, mas ele não contava com um detalhe: Hyunsun, que o seguiu até o quarto.

Fechei a porta e enxerguei Jonghoon deitado, logo dei um sorrisinho e me aproximei - Caindo de bêbado… - me sentei ao seu lado e me lembrei de nossas experiências passadas - Ele nem vai lembrar…

Eu tentei olhar para ver quem era, mas minha visão estava muito estranha, eu mal conseguia me levantar, então rolei para o lado da cama - Quem está aí? Hein?

-Silêncio… - me aproximei de seus lábios - Jonghoon, não é ninguém… - e sentei por cima dele.

-Ei… - eu tentava falar direito, mas estava tudo embolado, não conseguia me expressar direito - Eu não te dei permissão… - dei uma risada sem sentido.

-Silêncio… - o beijei intensamente aproveitando seu estado calmo, coloquei minhas mãos em seu pescoço e mesmo assim continuei…

Flashback off

Consegui me lembrar dos acontecimentos passados - Aish!!! Hyunsun eu te mato!!! - soquei a parede e fui tomar banho.

Escola

Minhwan sempre chegava atrasado todo dia porque ele parava para comprar doce antes de entrar, mas quando ele soube que Hyunjun sempre chegava cedo na escola, ele também “magicamente” chegou e avistou a menina parada no portão, assim ele correu atrás dela e ele estava decidido que naquele dia chuvoso e debaixo de um guarda-chuva ele ia se confessar.

-Hyunjun! Ei! - lhe dei um sorriso meigo - Quer doce?

Hyunjun

Eu sempre costumei chegar bem cedo na escola, eu evitava chegar com meu irmão encrenqueiro, mas o engraçado é que Minhwan chegou mais cedo naquele dia, e veio até mim - Porque voltou? Você não viu o que meu irmão fez com você aquele dia? - entrei debaixo da sacada da escola para me proteger da chuvinha fraca.

Fiz uma expressão de convencido - Seu irmão não me conhece, você acha que eu vou fugir dele? Eu apanho todo dia dele sem problema nenhum! - cruzei meus braços, mas logo amoleci olhando aquela princesa de gelo, mas gelo não por ser fria, mas por ser branca e ter um cabelo curtinho que me atraía demais - Eu queria ver você - corei e apertei o cabo do guarda-chuva.

Dei um sorriso meigo - Minhwan você é um garoto fofo, mas, eu tenho medo do meu irm- do nada ele me interrompeu com um selinho.

Era incrível como ela era linda, meu nome é Minari, e eu ia mostrar do que eu era capaz.

A interrompi com um selinho e depois me afastei a olhando quase tendo um treco.

Senti meu rosto quente e corei com vergonha - Min… - dei um sorrisinho.

Jaejin

Eu tinha chegado cedo na escola, Seung me disse que ia chegar mais tarde por causa de um cachorro, eu estava chegando na escola quando vi Hyunsun ir para a escola e quando olhei para o lado vi sua irmã sendo beijada por Mihwan.

-Isso vai dar treta… - me penei de medo mas tomei coragem - CORREEEE! - tampei minha boca e me encolhi fechando os olhos e me escondendo debaixo do meu guarda-chuva furado.

Escutei o grito de Jaejin e encarei Minhwan - Meu irmão! Vai embora Minhwan, Hyunsun está vindo…

Fiquei aflito - Eu sei eu sei - puxei Hyunjun para perto de mim e sussurrei em seu ouvido - Nós não dizemos adeus mais...Se você continuar guardando seus sentimentos fingindo que é forte o suficiente...Seu coração irá se quebrar...tenho que ir - saí correndo.

Hyunsun

Estava quase chegando no portão daquela escola, eu ouvi alguém gritar, então abaixei o guarda-chuva e vi Jaejin encolhido - Aquele moleque… - corri atrás dele e o arranquei o guarda-chuva - JAEJIN NÃO É? GRITOU PORQUE? ESTÁ PROTEGENDO AQUELE GORDO DO PRIMEIRO ANO??

Meu coração disparou tão rápido que eu pensei que fosse morrer, engoli seco e abri os olhos com medo - E-eu??? Magina, proteger aquele feio? Eu tava é ameaçando ele - vi seu braço musculoso me segurando e já senti a dor da surra - Odeio esses demônios - tossi com medo.

O soltei - Odeia?...eu também odeio - dei um sorriso simpático - Sabe que eu gosto de você? Está na minha gangue agora...e seu trabalho vai ser deixar aquele moleque longe da minha irmã.

Engasguei com a minha saliva e comecei a tossir - Eu? Jaejin?.... - arregalei meus olhos.

-Sim, você não vai negar, vai? - fechei meu punho.

-NUNCA, EU ADORO ESPANCAR NERD!!!  - comecei a rir e nervoso.

A caminho da escola

-Hoje a omma conseguiu fazer peixe, deve ter pegado algum dinheiro, se não fosse Seungkyun...nós não estaríamos nessa vida - me lembrei da noite que meu pai espancou minha mãe - Cretino…. - olhei para o céu - Pelo menos parou de chover...

Hara

Eu estava meio atrasada, assim que saí de casa fui correndo para a escola, o problema foi quando eu topei num garoto que eu nunca tinha visto - ME DESCULPE!

Recuperei meu equilíbrio e olhei para frente - NÃO SABE ANDAR NÃO? - ajeitei minha mochila.

-Eu estou atrasada - não percebi meu cadarço desamarrado e acabei tropeçando - SOCORRO!

Por impulso eu a segurei pela cintura - Se acalma! - bati os olhos em sua boca e corei.

Me ajeitei - Desculpa… - senti meu rosto esquentar e olhei para o outro lado - Tchau! - saí correndo.

Alguns minutos depois de tudo aquilo que tinha acontecido, a chuva tinha cessado, e todos os alunos estavam entrando, então um carro conversível preto parou na frente da escola, e Charles saiu para abrir a porta de Hongki, que agora vestia o uniforme e um óculos preto.

-Muito obrigado Charles...infelizmente eu estou nessa merda, mas pelo menos posso chegar de carro bonito e não a pé…. - saí do carro e peguei minha mochila observando a entrada molhada da escola - Tsc…

-Estou indo senhor - ajeitei seus curativos no rosto - Não apanhe hoje por favor senhor Hongki… - entrei no carro e fui embora.

Todos os alunos olharam Hongki vendo que de fato ele era rico como dizia, mas ninguém ligava para ele ao ponto de puxar o saco do mesmo.

Duas horas depois…

Todos os alunos estavam firme estudando, na verdade eles estavam cansados mesmo, era muita lição para fazer, e a chuva voltou a cair ao mesmo tempo que o sinal do intervalo bateu e todos os alunos saíram apressados para comer e descansar.

Hongki

Esperei todos saírem e foi atrás logo em seguida, desci as escadas e me sentei no refeitório olhando para as grades do portão que deixava eu ver a chuva cair, suspirei triste, sentindo saudade da minha antiga vida.

-  Apenas tendo você em meus sonhos não é o suficiente...Se isso é apenas amor, isso é tão diferente de mim
Isso está certo?...Como devo lidar com esse conflito? - fechei meus olhos - Omma…

Um pouco antes do sinal bater, Jonghoon desceu para fazer um favor para sua professora, ele atravessou o portão e foi pegar algumas cadeiras, o problema foi quando ele voltou para perto do portão e viu ele trancado, mas a frente viu Hyunsun indo embora rindo - Desgraçado! - soltei as cadeiras e tentei entrar, o sinal tocou e a chuva veio me molhando todo - HYUNSUN!!! - chutei o portão.

Fiquei alguns minutos encarando o portão quando vi Jonghoon encharcado  olhando para dentro do pátio - O desgraçado que me bateu, vai ficar na chuva mesmo…

Espirrei e me encolhi de frio, fiquei olhando para dentro, mas era incrível  como nenhum maldito aluno se prontificou a me ajudar no meio da chuva - Eles vão ver…

Hongki

Ele devia ficar na chuva para aprender a não agredir mais nenhuma pessoa, mas me incomodava ver alguém com tanto frio, só dessa vez eu ia ser legal, espera...o xamã disse que eu ia me apaixonar por alguém que ia me bater direto, eu ia fazer uma mulher me bater e ela ia se apaixonar por mim.

Me levantei e abri o portão estendendo a mão para Jonghoon - Vem comigo...


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...