História Borro Cassette - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Álvaro Morata, Taylor Marie Hill
Tags Álvaro Morata, Real Madrid, Taylor Hill
Exibições 63
Palavras 2.174
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente, bom antes de vocês lerem deixa eu explicar algumas coisas para vocês.
Quando escrevi essa OS senti que alguma coisa estava faltando, então decidi dar uma continuação a ela, por tanto escrevi esse capítulo extra.
Peço desculpas se não está do agrado de vocês.
Boa leitura!

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Borro Cassette - Capítulo 2 - Capítulo 2

Depois de ter saído da casa de Álvaro, Camila pegou um táxi e enfim conseguiu chegar até a república estudantil que ela morava. Ao chegar lá ela se depara com Raquel, uma das pessoas que ela dividia república, a olhando com um olhar malicioso.

- A noite com o boy foi ótima? – Pergunta Raquel.

- Se eu pelo menos lembrasse do que aconteceu! – Camila diz e Raquel muda a expressão para surpresa.

- Como assim você não se lembra? – Raquel pergunta ainda surpresa.

- Raquel, você estava comigo ontem na boate, eu preciso saber como eu fui parar na cama daquele cara. – Camila pede com os olhos marejados.

Raquel começa a contar tudo, Camila se assusta ao saber que saiu com Álvaro de livre e espontânea vontade, ao mesmo tempo um sentimento de culpa vinha sobre a moça, ela sabia que devia desculpas a Álvaro por tê-lo acusado injustamente, mas por achar que nunca mais iria vê-lo novamente, Camila achou melhor deixar tudo como está.

Meses depois

Já havia passado alguns meses desde que Camila tinha chegado a Espanha e tido aquela noite com Álvaro, dois meses para ser mais exato. A moça estava totalmente focada em seus estudos, de vez enquando ela se encontrava pensando em Morata, o sentimento de culpa ainda continuava guardado dentro de si.

Nesse exato momento, Camila se encontrava na cafeteria La Santa, tomando seu café da manhã antes de ir para a faculdade. A moça estava distraída com a comida quando ouviu a porta da cafeteria se abrindo, por puro extinto de curiosidade a jovem olhou para ver de quem se tratava, e tomou um susto ao ver Álvaro.

- Não pode ser. – Ela diz sussurrando.

Enquanto Álvaro vai até o balcão fazer o pedido, Camila rapidamente termina de tomar seu café, ela aproveita que Álvaro sentou em uma das mesas e vai até o local onde o mesmo estava para fazer o pagamento.

Ao chegar no balcão Camila começa a ficar pálida e a suar frio, percebendo isso, o rapaz que estava no balcão pergunta:

- Moça está tudo bem?

- Estou sim, só foi uma queda de pressão só isso. – Camila responde.

- Tem certeza que está tudo bem? – O atendente volta a perguntar.

- Tenho sim. – Ela responde.

Assim que faz o pagamento Camila vira-se para ir embora, porém ela acaba se esbarrando em alguém, ou melhor, em Álvaro, que se surpreende ao rever a moça.

- Achei que não iria te ver novamente! – Diz Álvaro.

Camila olha para Álvaro e ao passar por ele, a moça sente as mãos do rapaz a impedindo.

- Não vai embora, por favor, precisamos conversar. – Álvaro pede.

- Tudo bem. – Camila assente envergonhada.

Álvaro pega o seu pedido e sai juntamente com Camila, já do lado de fora ele diz.

- Eu queria pedir desculpas por aquele dia, eu... Camila o interrompe.

- Eu que peço desculpas Álvaro, por te acusado injustamente, meus amigos me contaram tudo o que houve naquele dia. – Camila diz deixando Morata surpreso.

- Desculpas aceita. – Ele diz e sorri.

Ambos ficam se olhando por alguns segundos, até que Camila começa a passar mal novamente.

- Camila, está tudo bem com você? – Álvaro pergunta preocupado.

Antes de responder Camila desmaia, sem pensar duas vezes Álvaro a pega pelos braços, a coloca em seu carro e a leva para o hospital.

Minutos depois...

Já no hospital, Álvaro anda de um lado pro outro preocupado com Camila, ao ver o médico vindo em sua direção o rapaz rapidamente vai até ele.

- Doutor, como ela está? – Ele pergunta.

- A paciente já acordou, se quiser pode me acompanhar. – O médico fala e Álvaro assente.

Ambos caminham até o quarto onde Camila estava, ao chegarem lá Álvaro suspira aliviado ao ver que ela estava bem.

- Então doutor, o que aconteceu comigo? Tem algo de errado com minha saúde? – Camila pergunta preocupada.

- Não tem nada de errado com sua saúde. – O médico responde.

- E porque ela desmaiou? – Álvaro pergunta.

- No estado que a paciente se encontra é normal que ela tenha desmaios. – O médico diz.

- Como assim? O que eu tenho doutor? – Camila volta a perguntar.

- De acordo com o resultado dos seus exames, você está grávida, de dois meses para ser mais exato. – O médico responde, tanto Camila quanto Álvaro se espantam com a notícia.

- Grávida? Como assim? Não pode ser! – Ela diz e começa a chorar.

O médico decide deixar Álvaro e Camila a sós.

- Isso não podia ter acontecido, não agora! – Camila diz chorando.

Sentado no sofá que tinha no quarto Álvaro estava em choque com tudo o que tinha acabado de ouvir.

- Camila esse filho é meu? – Álvaro pergunta olhando em seus olhos.

- Você ainda pergunta?! Álvaro apesar de eu não lembrar o que aconteceu entre a gente naquela noite, você foi o único cara que eu me relacionei desde que cheguei em Madrid! – Camila responde.

- Esse filho é seu. – Ela completa.

Álvaro se aproxima de Camila e pega em sua mão.

- Camila, eu quero que saiba que eu vou estar aqui para o que você precisar, eu não vou ser como esses canalhas por aí que fogem da responsabilidade. – Ele diz .

Camila se emociona ao ouvir as palavras de Álvaro, que após dizer tais palavras deposita um beijo na barriga da moça. Depois de algum tempo esperando, finalmente o médico dá alta a Camila.

- Vou te levar pra minha casa. – Álvaro diz.

- Não precisa, eu vou ficar bem. – Camila responde.

- Deixa eu te levar pra minha casa, por favor, assim será mais fácil pra mim poder te ajudar se você precisar de algo. – Álvaro pede.

Camila fica um pouco receosa no começo, mais enfim aceita o pedido do rapaz. Não demora muito e logo eles chegam a casa de Álvaro.

- Fique à vontade. – Ele diz.

- Está com fome? Ou quer comer alguma coisa? – Álvaro pergunta.

- Não, obrigada. – Camila responde um pouco deslocada.

Era estranho ela está ali depois de tudo que aconteceu.

As horas foram se passando e logo chegou a hora de dormir, Álvaro pediu para que Camila dormisse em seu quarto juntamente com ele, caso se ela passasse mal ele estaria perto para ajuda-la.

No meio da madrugada Álvaro acordou assustado ao ouvir a moça vomitando no banheiro.

- Camila está tudo bem? – Ele pergunta bastante preocupado.

- Está sim, fique tranquilo, o médico disse que é normal eu ter enjoos nas primeiras semanas da gravidez. – Ela responde e depois volta pra cama, ambos pegam no sono.

No dia seguinte Álvaro insistiu para que Camila não fosse para a faculdade, porém a moça foi firme e disse que não iria abandonar os estudos mesmo estando grávida.

Uma semana depois...

O celular de Álvaro toca, ao ver que era Camila ele rapidamente atende.

- Camila aconteceu alguma coisa? – Ele pergunta.

- Não, não aconteceu nada! Eu estou te ligando pra saber se você tem treino hoje? – Ela pergunta e Álvaro estranha.

- Não, o treinador liberou a gente, porque?

- A primeira ultrassom do bebê está marcada para hoje, por isso eu te liguei, pra perguntar se você não quer ir comigo ao médico. – Ela diz.

- Claro que vou, daqui a pouco eu passo aí pra te buscar. – Álvaro diz.

Alguns minutos depois Álvaro e Camila já se encontravam no consultório do obstetra que iria fazer o acompanhamento da gravidez. A recepcionista veio em direção deles, e logo eles já estavam na sala da médica.

- Bom dia futuro papai e futura mamãe! – Disse a médica simpática.

- Bom dia! – Responderam juntos.

- Preparados para verem o bebê de vocês? – Ela perguntou.

- Sim! – Novamente eles responderam juntos.

Camila deitou-se em cima da cama, a médica começou o gel em cima da barriga dela.

A medida que a médica ia mostrando imagens de seu filho, os olhos de Camila e Álvaro se encheram de lágrimas.

- Doutora já dá pra saber o sexo do bebê? – Álvaro pergunta ansioso.

- Ainda não, mais não vai demorar muito tempo, e logo vocês saberão o sexo do bebê de vocês, tenho certeza que ele será lindo. – A médica responde e ambos sorriem.

Sete Meses Depois...

Finalmente depois de tanta espera e ansiedade, no dia 11 de maio de 2017 nasceu o filho de Álvaro e Camila, um lindo menino chamado Pedro, nome esse que Marta, a irmã de Álvaro escolheu e ambos concordaram. Os padrinhos escolhidos foram Isco, melhor amigo de Álvaro e Raquel, amiga de Camila que a ajudou muito durante a gestação.

Por falar em Álvaro e Camila, durante o período da gestação da moça ambos ficaram muito próximos um do outro, e agora estão oficialmente juntos.

Duas semanas depois Camila se encontrava no Millennium Stadium, que fica em País de Gales, juntamente com o pequeno Pedro e o resto da família de Álvaro, o Real Madrid havia chegado a décima segunda final da Champions League, dessa vez disputaria o titulo com seu arquirrival, o Barcelona.

Assim que terminou a cerimônia de abertura, que teve participação da banda Coldplay, os jogadores entraram em campo, o hino da Champions foi cantado por Charlotte Chruch, uma das principais artistas de seu país.

O capitão do Real Madrid, Sergio Ramos, e o capitão do Barcelona, Andres Iniesta se cumprimentam, e logo após o juiz dá o ponta pé inicial do jogo, o Barcelona sairia com a bola.

O jogo estava bastante disputado de ambos os lados, com o Barcelona atacando de um lado e o Real Madrid do outro.

Aos quinze minutos do primeiro tempo, o juiz marcou falta de Casemiro em Busquets, Neymar cobrou a falta certeiro, não dando chances de defesa para Navas. A torcida culé foi ao delírio.

O Real Madrid não se deixou abater com o placar do jogo e continuou em busca do gol, até que aos vinte e dois minutos do primeiro tempo Bale tabelou com Benzema que passou a bola para Cristiano, que chutou de longe marcando o gol de empate do Real, para delírio da torcida merengue.

O primeiro tempo terminou com ambos os times empatados no placar.

Já no segundo tempo, o Barcelona diminuiu o ritmo de jogo, fazendo com que o Real Madrid atacasse mais. Aos nove minutos do segundo tempo Toni Kroos arrancou com a bola, ao ver que Modric estava na cara do gol ele deu o passe para o companheiro que dominou a bola e chutou, não dando chances para Ter Stegen.

Depois do segundo gol do Real Madrid, o Barcelona esboçou uma reação, até que nos trinta e oito minutos do segundo tempo, Suarez deu um belo passe para Messi que arrancou com a bola e driblou o goleiro marcando o gol de empate. O jogo terminou 2 a 2 para ambos os times, o que acabou resultando em uma prorrogação.

O primeiro tempo da prorrogação terminou sem gols para ambos os lados. Já no segundo tempo, Cristiano sentiu a pena esquerda e Zidane optou por substituir ele por Álvaro.

O segundo tempo de prorrogação começou, o cansaço dos jogadores dos dois times estavam estampados em seus rostos. Nenhuma chance de gol era criada, até que nos acréscimos do segundo tempo, Casemiro tirou a bola dos pés de Messi e deu o passe para Marcelo que disparou com a mesma, ele tocou para Ramos que viu Morata na cara do gol, Ramos fez o lançamento e Álvaro cabeceou para dentro do gol, a torcida madridista mais do que nunca comemorava o gol e a vitória em cima dos rivais.

O jogo acabou e pela décima segunda vez o Real Madrid erguia o troféu da Champions League.

Depois de ter recebido a medalha, Álvaro foi até Camila e a beijou emocionado, logo após ele pegou o filho nos braços e sorriu.

- Essa medalha é pra vocês dois. – Ele diz.

Ao voltar para o palco da comemoração, Álvaro pegou um alto- falante.

- Eu gostaria de um minuto da atenção de todos presentes. Há alguns meses atrás eu estava comemorando a minha volta ao time que eu tanto amo, quis o destino que nesse momento eu estivesse aqui para comemorar mais uma champions. Eu quero aproveitar esse momento para falar de uma pessoa especial em minha vida. A mulher que me deu a maior e melhor conquista que eu poderia ter, o meu filho Pedro. Aproveitando esse momento maravilhoso eu quero perguntar a você Camila, aceita se casar comigo? – Álvaro pergunta.

As pessoas presentes no estádio foram a loucura com o pedido de Álvaro, os companheiros de time de Morata se juntaram a torcida que diziam ACEITA, ACEITA, ACEITA.

Camila emocionada entregou o pequeno Pedro para sua cunhada Marta, e com a ajuda de Isco e Varane que foram busca-la no meio da torcida, ela conseguiu chegar até Álvaro.

- É claro que eu aceito meu amor. – Camila responde chorando de emoção.

Álvaro a beija e todos comemoram.

- Obrigado por fazer de mim o homem mais feliz do mundo. – Ele diz.

Fim.


Notas Finais


Até a próxima OS, beijos e espero que gostem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...