História Bosque Encantado - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Bela Adormecida, Cinderela
Personagens Fada Madrinha, Madrasta, Malévola, Personagens Originais, Príncipe
Tags Adormecida, Bela, Bosque, Cinderela, Contos, Fadas, Madrasta, Malévola
Exibições 5
Palavras 701
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Fantasia, Magia

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Neste Capitulo conta como tudo aconteceu depois que ela cresceu

Capítulo 2 - A vida


A medida que os anos foram passando, Audrey ficava cada vez mais linda, tinha lisos e longos cabelos castanhos, olhos brilhantes, era a menina mais linda da região. Audrey teve uma boa infância, não a melhor, mas tinha amigos, ou melhor, era amiga de todos os animais, conversava com eles, mas tinha apenas uma amiga humana, uma vizinha da mesma idade que morava a alguns km de distância de sua casa, quando fez 11 anos, sua “madrasta” a obrigou a fazer todo o serviço doméstico, ela acordava junto com o sol, lavava roupa e louça, cozinhava, limpava casa, absolutamente todo o trabalho doméstico. Um dia, quando Audrey já tinha seus 15 anos quase 16, a casa recebeu um convite para o baile real, todas as moças solteiras do reino deveriam ir, mas a “madrasta” disse que Audrey só poderia ir, se acabasse todo o serviço, e em seguida passou uma lista gigante de tarefas, Malévola e suas filhas foram a costureira da cidade comprar vestidos, enquanto Audrey ficou fazendo o serviço, quando elas voltaram prontas para ir ao baile, Audrey havia acabado, e tinha um vestido rosa claro que estava usando, não era luxuoso, como o delas, mas dava para usar em um baile. Mas as irmãs malvadas o rasgaram, ela se sentiu humilhada e foi com seu cavalo para seu lugar secreto na floresta, uma linda cachoeira com roseiras rosa chá de um lado, e lindas arvores do outro. Ela se sentou em sua rocha favorita, e começou a chorar, sem perceber ela conversava com alguém, quando olhou para frente, viu que era uma fada, aí elas percebeu que fadas-madrinhas existiam mesmo. A fada lhe deu um vestido lindo, azul como a água da cachoeira, e lindos sapatos de cristal. Transformou uma rocha arredondada em uma carruagem e prendeu o cavalo nela, também transformou um pássaro em um cocheiro, para dirigir até o castelo, mas Audrey só teria até 00:00! A meia-noite, tudo voltaria a ser o que era antes. Ela foi ao baile, e conheceu o Phil, ele não era o príncipe, ele era o irmão mais novo do príncipe, o príncipe dançou com várias moças, mas ele só dançou com ela, até que deu meia noite no relógio, e ela foi obrigada a sair correndo, perdeu o sapato na escada, mas não voltou para buscar, entrou logo na carruagem e foi pra casa, a tudo voltou a ser o que era antes, menos o sapato, Audrey voltou para casa de cavalo. Dali a dois dias era seu aniversário de 16 anos. Phil passara o outro dia inteiro procurando a garota do sapato de cristal. No outro dia, bem na vez da casa de Audrey, ela havia ido até a cachoeira encontrar sua amiga, para comemorar seu aniversário. Chegando lá sua amiga tinha feito um bolo para elas comerem e tinha decorado um pouco. Quando Audrey foi pegar uma rosa para colocar em seu cabelo, ela se espetou, e desmaiou, Jennifer (sua amiga) foi ajuda-la. A colocou no cavalo e a levou de volta a sua casa, Phil estava indo de volta ao castelo, quando viu Jennifer em seu cavalo com Audrey desacordada no outro cavalo. Ele a parou e perguntou o que havia acontecido. Jennifer explicou tudo, Phil então, como cavalheiro, se ofereceu para acompanha-las até a casa de Audrey, pois já estava ficando escuro, e era perigoso. Ele foi para a casa que já tinha ido, e carregou Audrey até sua cama. Depois disso, ele foi embora. Passaram-se mais ou menos uma semana e ai sua amiga Jennifer, descobriu sobre a maldição e foi pedir ajuda ao Phil, ele concordou, foi até a casa de Audrey, e no quarto dela, deu um beijo em sua boca, ele estava andando com o sapato na sua mochila pra onde ia, a mochila dele estava aberta ao lado da cama. Ao despertar perguntou o que havia acontecido, Jennifer explicou tudo o que aconteceu. Ela entendeu e agradeceu Phil, ela avistou o sapato na mochila dele e perguntou o que ele fazia com o sapato dela, ele então respondeu que era o que ela havia perdido, e calçou o par em seus pés. Eles se apaixonaram e namoraram por dois anos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...