História Bossy Family |Jungkook| - Capítulo 56


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Jay Park, K.A.R.D
Personagens B.M, Chen, J.Seph, Jay Park, J-hope, Jimin, Jin, Jiwoo, Jungkook, Kai, Personagens Originais, Rap Monster, Somin, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Imagine Bangtan Boys, Imagine Jungkook, Imagines Bts, Imagines Kard
Visualizações 121
Palavras 1.282
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Luta, Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Bom dia bolinhos :3
Como estão?

Sei que demorei pra postar mas nesse final de semana minha vida virou de cabeça pra baixo.Melhorei de saúde mas agora estou buscando melhorar psicologicamente.
Meu irmão e meu pai ontem sumiram em outra cidade e achei que iria perde-los de vez.Mas eles voltaram cansados e acabados.Os dois acabaram brigando com minha mãe e eu chorei bastante de preocupação e raiva.
Hoje não fui na aula e estou um pouco chateada mas prometi à minha mãe a mim mesmo que iria superar isso e mudaria minha vida.
Espero que entendam.


📖BOA LEITURA📖

Capítulo 56 - |The true|


Fanfic / Fanfiction Bossy Family |Jungkook| - Capítulo 56 - |The true|

~Flashback on~

~Autora on~

Ele estava determinado.Jackson estava determinado a saber a verdade sobre seu pai.A três dias ele completou dezoito anos e sabia que estava preparado para toda a verdade.Ele confiava em sua mãe, ela jamais mentiu para ele apenas quando o assunto era sobre seu pai,Chang Wang,que perdeu sua vida em um acidente de carro.

Ele podia ter acreditado,mas a insegurança nos olhos de sua mãe entregava que era mentira.Jamais forçou sua mãe a falar e nunca se aborreceu com ela mas necessitava da verdade.

JC:Mãe! Eu preciso saber a verdade!Por favor!Me diga!

Li Wang sabia que esse dia chegaria,mas não sabia que não estava preparada para o impacto.Suspirou forte e olhou para seu filho que a encarava com curiosidade e necessidade.

L:Direi a verdade!Mas me prometa que não irá aborrecer comigo!

Jackson assentiu e prometeu não apenas para sua mãe, mas para si mesmo que não iria negar sua mãe, pois ela é a pessoa que ele mais ama nesse mundo.

.......

Li Wang,uma linda jovem chinesa de 24 anos.Mesmo sendo órfã, continuava exibindo seu largo sorriso demonstrando ser feliz,livre e forte.Após a morte dos pais,mudou-se para Seul na Coréia do Sul,lá formou-se em psiquiatria e conseguiu um emprego na Clínica Psiquiátrica de Seul.

Apesar de ser nova tanto na idade quanto no emprego,ela se destacava.Li diversas vezes fez tratamento com os maiores criminosos da Coréia, e no final ela sempre tinha êxito, surpreendendo à todos.Se ela tinha medo?Jamais.Medo não vazia parte do vocabulário de Li Wang.

Em um dia qualquer,ela sai de casa com seu jaleco branco e seus cabelos negros ao vento.Chegou na clinica para mais um dia de trabalho e recebeu a noticia de um novo paciente.Jay Park.Olhou sua ficha e percebeu que não era um paciente nem um pouco "manso".Era líder de uma das maiores máfias, sequestrador, saqueador,assassino e participava de contrabandos de armas,drogas e até pessoas.Concluiu-se que ela tinha que dar seu melhor para obter sucesso.

Entrou na ala dos pacientes novos e sentou-se na cadeira em frente ao paciente Park que a encarava com ódio. Ela sentiu um calafrio mas negou-se entregar ao medo e devolveu o olhar ao sujeito que se surpreendeu com seu ato.

"Jamais me submeterei à você... Jay Park!"

Era o que ela pensava. Porém mal sabia ela que seu esforço durante meses tratando Jay faria com que ela criasse um sentimento diferenciado pelo homem.Um sentimento que jamais sentiu por qualquer outro paciente ou homem.Ela tentou negar suas emoções mas o choque que recebeu quando descobriu que Jay sentia o mesmo por ela foi maior fazendo ela ss entregar aos braços do amado.

Após quase dois anos de tratamento,Jay se tornou um homem bom.Os dois passaram a viver juntos mostrando seu amor pelo outro e na cabeça de Li,Jay estava "curado".Apenas na cabeça dela.Tudo estava perfeito até que Li descobre que Jay mantinha contato com a mafia escondido e tinha um caso com uma mulher que era membro da mafia.Li sentiu seu mundo desmoronar e suas forças sumirem mas juntou pouco que restava e expulsou Jay ameacando-o a jamais ve-lo.Pela primeira vez sentiu medo de Park quando ele apontou o dedo para seu rosto e foi embora.

"Nos vemos no futuro!"

Mesmo após três anos,essa frase a perturbava,porém continuava uma mulher feliz,livre e forte,só que com o coração de gelo o qual prometeu jamais se apaixonar.Isso foi para o ralo quando Jay apareceu na porta de sua casa e percebeu que apenas aquele homem,e mais nenhum,em sua frente poderia derreter seu coração.Ela se odiou por isso mas se entregou novamente ao amado.

Tudo voltou a ficar perfeito, ainda mais quando descobriu que estava grávida. O que Li não sabia era que Jay já esperava outro filho,mas não dela e sim da mulher com quem teve um caso.Dois meses depois o primogênito de Jay nasceu e Li,com apenas quatro meses de gravidez,descobriu a existência do outro bebê.Sentiu seu coração despedaçar e resolveu fugir para Daegu, longe de Jay,se escondendo em lugares precários.

Diversas vezes pensou em tirar sua vida mas não conseguiu pois esperava um filho em seu ventre e mesmo que não parecesse, seu filho seria uma bênção em sua vida.Três meses depois,semanas antes do parto, ela descobre que Jay foi morto. Isso feriu os sentimentos de Li mas ao mesmo sentiu um alivio pois Jay estava em Daegu e perto de encontra-la e tomar-lhe seu filho.

Desde então,Li tem se esforçado para criar seu filho,longe de parecer com seu pai,um monstro.

.....

Jackson permaneceu chocado após descobrir tudo,mas não sentiu un pingo de raiva de sua mãe. Ao contrário, ele a envolveu em um abraço e agradeceu por sua mãe se forte e jamais ter desistido de sua vida.Os dois mudaram-se para Seul e começaram uma nova vida.Mas um pequeno detalhe foi esquecido.Park hyung Sik,o primogênito de Jay e irmão de Jackson.

~Flashback off~

~Jackson POV ON~

Sai da universidade caminhando lentamente e observando o chão. Meus pensamentos era sobre Park Hyung.Meu irmão mais velho que me persegue e vive me pedindo para me aliar a ele.Jamais aceitei e nem pretendo, ele só quer vingança pela morte do nosso pai e diferente dele,graças a minha mãe, não me tornei um monstro igual Jay Park.Eu e o mais velho jamais tivemos qualquer tipo de afeto.Não sei nada sobre ele,apenas que somos consanguineos e temos o mesmo sobrenome.

Jackson Wang Park

Sim,esse é meu verdadeiro nome, porém eu e minha mãe escondemos o sobrenome "Park" para que ninguém descubra meus laços sanguíneos com Jay.Todos sabem apenas de meu irmão que não se importa por estar sendo perseguido por muitos e ainda mata os perseguidores à sangue frio.

JY:Jackson?

JC:Yein?

JY:O que houve?Está quieto!E ainda nem me tratou mal!

JC:Aish!Eu estou bem!O que quer?

JY:Bem...eu queria falar com você!

JC:Comigo?-ela assenti-Diga então!

JY:Não aqui!Vamos para a cafeteria!

JC:Mas eu-ela faz bico-Aish!Tá bom!-ela sorri torto.

Como ela pode ter um sorriso tão lindo e fofo?

Aish!Para!Não me diga que já está caidinho por ela!Nem a conheço direito!

Caminhamos até uma cafeteira mais perto e percebi que quando mais nos aproximavamos do lugar,mais ela ficava nervosa e tensa.Sentamos em uma mesa de fora já que ela pediu como uma criança manhosa.Ela negou pedir algo e eu também.

JC:Diga!

JY:Nem sei onde começar!-cora-E-Eu...

JC:Você..?

JY:Eu não sei se sente o mesmo mas...

JC:Fala logo!

JY:E-Eugostodevocêeporquesim!

JC:O que??-digo confuso.

Ela abaixa a cabeça e aperta suas mãos, volta a olhar para mim muito corada e suspira tremendo.

JY:Eu gosto de você...Jackson Wang!

JC:Nossa!Não sabia que era tão especial!Também acho você legal e tals!Talvez nossa amizade cresça!

JY:Não!N-Não é gostar de amizade!É um gostar...diferente!

Espera...ela me ama?Não pode ser!

JC:Você me ama?

Ela me olha surpresa e como um raio ela sai dali correndo e eu vou atrás e pego em seu pulso impedindo-a de correr.

JC:Me diga de uma vez!Você me ama?-digo impaciente.

JY:Amo!Amo muito!-diz chorando-Eu não sei porque!No começo eu te odiava,queria te bater com minhas forças mais ai eu te odiei tanto que comecei a gostar de você! Sei que não nos conhecemos bem mas eu gosto de você!Pode parecer idiota mas estou sendo sincera!-ela abaixa a cabeça e segura o choro.

Soltei seu braço e a olhava com espanto.Já estava acostumado a receber confissões e sempre rejeitar mas com ela agora é diferente. Não consigo negar o sentimentos dela e parece que eu já estava querendo isso.Porque eu estou com vontade de abraça-la e jamais soltar? Porque eu não consigo dizer um simples "não" ou "eu não sinto o mesmo"?

Involuntariamente,pego em seu braços e a puxo,colando nossos corpos.Ela me olha assustada e sinto sua respiração acelerar e suas bochechas corarem.Pego em seu queixo e fito seus lábios rosados e pequenos.Dou-lhe um beijo calmo,a menina que se espantou no começo,logo retribui o beijo,colocando seus braços em volta do meu pescoço.Senti ela buscar o ar que lhe faltava e me soltei dela.

Ela me olha surpresa e cora mais do que eu esperava.Rio da sua cara e ela fica brava.Pego na sua cintura e aproximamos mais.

JC:Eu também te amo!Minha pequena!





Notas Finais


Obrigada por ler♥
Até o próximo cap

Como eu disse,me desculpem se o cap ficou ruim ou fraco,mas estou tentando meu melhor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...