História Both of us - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marco Reus, Mats Hummels, Toni Kroos
Tags Espanha, Futebol!, Kaka, Miami
Exibições 144
Palavras 1.235
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Desculpem pela demora em postar, a semana foi complicada, mas agora quero voltar a postar 3 vezes por semana.

Espero que não tenham desistido da estória.

Capítulo 3 - E a disputa começa...


Fanfic / Fanfiction Both of us - Capítulo 3 - E a disputa começa...

Ao voltarem para o hotel, Kaka comentou que no dia seguinte, ele e Manu iriam para Key West de carro para conhecer e perguntaram se os meninos queriam ir. Achando que já tinham abusado muito deles, Marcel e Marco recusaram e se surpreenderam com Robin aceitando o convite.

− Mas Robin, a gente tinha combinado um passeio de iate amanhã... – Marcel cutucou.

− Posso andar de iate em Ibiza num feriado, Key West (e falou isso olhando para Manu) é oportunidade única.

Combinaram o horário de saída no dia seguinte e foram cada um para seu quarto. Robin estava escovando os dentes quando bateram na porta do quarto dele e quando ele abriu eram Marco e Marcel que invadiram o quarto sem serem convidados.

− Que merda é essa de oportunidade única Robin? – Marco estava realmente bravo

− A gente não combinou que alguém ficaria com ela, vi uma oportunidade...

− Ele tem razão Marcinho, cada um usa as armas que tem.

− Divirtam-se no iate amanhã....

Robin então empurrou os dois para fora do quarto dele e quando se olhou no espelho sorriu vitorioso, ele tinha feito um gol.

Na manhã seguinte, quando Manu voltava da corrida, encontrou com Marco que saía para correr, eles pararam para se falar:

− A gente podia correr junto – Marco falou.

− Você vai ter que acordar mais cedo então.

Ele então rapidamente desviou dos olhos dela e deu uma rápida olhada na barriga dela, onde uma gota de suor vinha do top em direção ao short, naquela barriga lisa e levemente bronzeada. Marco então focou e voltou a olhar nos olhos dela antes que ele desse algum vexame e sorriu:

− O horário que você quiser.

− Ok, peço para a recepcionista te chamar amanhã cedo...

− Combinado.

Manu veio dar um beijinho no rosto dele e sentiu o perfume de Marco:

− Quem sabe se a gente fizer passeio de iate outro dia, você e seu primo podiam vir com a gente?

Manu somente riu e fez que sim com a cabeça e entrou no hotel. Marco pensou que fazia tempo que uma mulher não mexia assim com ele e foi correr para aliviar a tensão.

O passeio para Key West foi fantástico, o local era realmente bonito, as praias paradisíacas e eles aproveitaram muito para tirar fotos. Robin tirou uma selfie dele com Manu e mandou para os amigos desejando que eles estivessem aproveitando o dia também.

− Filho da puta!

− Que foi Marcel?

− Meu dia tá uma bosta Marcinho e você pergunta o que foi?

− Cara, se é porque eu remarquei o dia do iate, desencana, que graça ia ter eu e você no iate?

− E as meninas que a gente ia levar, precisava de mais gente? Ou você precisa ter o Robin junto?

− Ele é nosso amigo.

− Se fosse nosso amigo ele não ficava sacaneando com foto.

− O que você tá falando?

− Você não viu seu celular?

− Deixei no quarto.

Marcel então mostrou o celular dele para Marco: uma foto de perto de Robin e Manu sorrindo felizes com rostos colados e outra dela um pouco mais de longe, com um vestido de verão, que colava no corpo dela com o vento que também jogava os cabelos dela para trás em uma praia linda de areia branca, mar azul claro e coqueiros.

− Filho da puta! – Marco concordou

Marcel enfim sorriu. Já era noite quando Robin apareceu no quarto de Marcel, onde estava também Marco. Ele estava bronzeado e com cara de muito feliz.

− E aí, como foi o passeio de iate?

− Não foi, o Marco resolveu remarcar para outro dia para você ir junto.

− Legal e o que vocês fizeram hoje então?

− Ficamos na piscina. – Marcel respondeu

− Não vão perguntar do meu dia?

− A gente viu pelas fotos...

Mesmo que os outros não perguntassem, Robin decidiu contar:

− Meu dia foi fantástico, o local é realmente bonito, vocês deveriam ter ido, além do mais Kaka é gente fina e a Manu...

− Ficou com ela? – Marcel já querendo chegar no assunto.

− Ainda não, mas é impossível não estar a fim dela, se vocês a conhecessem iam ver que ela não é só linda, é engraçada, divertida, desencanada, mei...

− Chega Robin, já entendemos.

Marco se levantou e foi para o quarto dele batendo a porta.

− O que deu nele?

Marcel fez que não sabia com os ombros.

− Estou louco por ela e vai ser na noite do ano novo. Espero que o Marco não tenha os chiliques de estrela dele e estrague minha noite. Vai ser meu presente de aniversário.

Marcel deixou Robin contar o que ele queria desabafar.

No dia seguinte, eram 7 horas da manhã quando o telefone do quarto de Marco tocou. Ele atendeu meio com sono e tentando se situar e a recepcionista falou que a hóspede do apartamento 1305 tinha pedido para avisá-lo que ela estaria o esperando na recepção em 20 minutos. Marco começou a raciocinar e lembrou da corrida com Manu e pulou da cama, se trocou e foi para o banheiro para entre outras coisas arrumar o cabelo.

Quando Marco apareceu na recepção, Manu chegou e o cumprimentou com um beijinho no rosto e entregou para ele uma banana.

− Melhor comer algo antes de correr.

Ele sorriu e comeu a fruta e enquanto saiam do hotel fizeram um pequeno alongamento e saíram para correr. Manu era uma esportista nata o que surpreendeu Marco, ele era atleta profissional e ela conseguia acompanha-lo num bom ritmo. Após uma hora correndo resolveram parar um pouco e sentaram num banco para olhar o mar, a praia ainda estava vazia, afinal nessa época do ano Miami era mais agitada a noite que de dia.

− Seu condicionamento físico é incrível!

− Vindo de um atleta como você, vou considerar como um super elogio. Muito obrigada!

Manu abriu um sorriso para Marco e ele resolveu arriscar:

− Como foi o passeio ontem? Espero que Robin não tenha sido um incomodo.

− Imagina, ele é um fofo! Foi excelente companhia. E o passeio de iate? Curtiram bastante? O Robin comentou que vocês iam levar umas “amigas”....

Manu fez as aspas com os dedos ao falar amigas e Marco corou e naquela hora queria matar Robin se ele aparecesse na frente deles.

− Brincadeira dele.... Na verdade, como queríamos que ele estivesse junto, acabamos remarcando para hoje. Você e seu primo não querem ir com a gente?

− Eu adoraria, mas prometi para meu primo ir com ele até Orlando para ver se está tudo certo com a casa que ele vai morar, foi um pedido da Carol, esposa dele. Como amanhã já é dia 31 e no dia 1 tenho certeza que todos estaremos estragados, só sobrou hoje. Uma pena de verdade porque eu ia adorar passear de iate com vocês.

− Quem sabe outro dia? – Marco ainda tentou esperançoso

− Eu e o Kaka voltamos para o Brasil na sexta dia 2.

Manu sem querer significar nada, limpou um suor do rosto de Marco.

− Foi muito bom ter conhecido vocês três. Foi pouco tempo, mas fez minha viagem entediante com meu primo se tornar divertida. Obrigada!

Manu então deu um beijo no rosto de Marco e levantou.

− Vamos voltar, falta pouco.

Ela saiu correndo e ele foi atrás dela.


Notas Finais


E aí pessoal, será que o Robin vai conseguir conquistar a Manuela ou o Marco e o Marcel ainda estão no páreo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...