História Boy In Luv - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Namjin
Exibições 58
Palavras 1.310
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - 17


Pov Jin

Estávamos no meu quarto conversando e rindo de várias coisas. Então ouvi o barulho de alguém abrindo a porta. Provavelmente era minha Omma.
MEU DEUS O NAMJOON AINDA NÃO CONHECE MINHA OMMA AINDA O QUE EU FAÇO?

-Jin você tá viajando? -diz ele estalando os dedos na frente do meu rosto.

-Namjoon é a minha Omma que chegou agora...

-Então quer dizer que eu vou conhecer sua Omma?

-Sim.. -digo.

-MEU DEUS EU NÃO TAVA PREPARADO PRA ISSO! O QUE EU FAÇO? E SE ELA....

-Namjoon calma. Ela vai gostar de você. -digo beijando sua bochecha. -Agora vamos lá embaixo.

Segurei sua mão e fomos pro primeiro andar.
Minha Omma estava na cozinha tomando água. Nós dois ficamos escorados na parede e eu decidi cumprimentar ela. 

-Oi Omma. -digo sorrindo.

-Meu deus que susto Seokjin! -diz ela. -Pensei que não chegaria tão cedo... pera quem é esse aí?

-Esse é o Namjoon. -digo.

-Prazer em conhece-lo Namjoon. -diz ela. -Sou Yang Mi.

-Prazer. -diz ele sorrindo de canto.

-Se conhecem desde quando? Não lembro do Jin falar dele...

-Nos conhecemos faz um tempo sim... e Omma nós estamos namorando... -digo corado.

-O QUE? E COMO VOCÊ NÃO ME FALOU NADA KIM SEOKJIN? -diz ela quase me matando e Namjoon ria.

-Desculpa Omma... -digo rindo.

-Eu estou tão feliz! Nossa Jin, você tem um bom gosto...

-OMMA! -digo corado e Namjoon riu.

-Bom você poderia jantar aqui com a gente Namjoon. Sabe pra gente se conhecer melhor... -diz ela.

-Eu adoraria. Não vou incomodar?

-Claro que não. -diz ela. - Bom eu vou ao mercado comprar as coisas pro jantar. Até daqui a pouco.

Ela pegou sua bolsa e saiu de casa.
Eu fiquei de frente a Namjoon enquanto segurava suas mãos.

-Eu falei que ela iria gostar de você... -digo sorrindo. -Na verdade quem não gostaria de um garoto como você?

Ele riu.

-Minha Omma também amaria te conhecer pessoalmente. -diz ele.

-Como assim pessoalmente?

-Ah eu sempre falo de você pra ela mas não contei que estávamos namorando. Viu eu sou diferente de você que nem falou da minha existência pra sua Omma. -diz ele.

-Namjoon ficou chateado é? -digo rindo de sua cara.

-Só me senti menos importante pra você...

-Não se sinta assim. Você é a pessoa que eu mais amo na vida. -digo sorrindo.

Logo ele me prende na parede com as mãos nela, deixando com que eu não saia e ele me beija.
O beijo foi demorado e não queria que ele acabasse nunca. Mas infelizmente o ar é necessário.
Quando separamos estávamos ofegantes e ele me olhava sorrindo.
Ele começou a distribuir beijos pelo meu pescoço e eu corei.
Então alguém bateu na porta.

-Ah qual é? -diz Namjoon reclamando.

Eu ri de sua cara e abri a porta. Era a minha Omma. 

-Jin eu me esqueci do dinheiro. -diz ela.

-Ah sim. -digo.

Vou até a cozinha novamente e pego a carteira dela que estava na mesa e a entreguei.

-Obrigada Seokjin. -diz ela. -Volto as quatro horas.

-Tchau. -digo fechando a porta.

Quando fecho viro pra trás e vejo Namjoon sorrindo.

-Nem pense nisso. -digo.

-Ah... -diz ele fazendo bico.

-Que tal você ensaiar mais um pouco enquanto eu procuro uma música pra mim cantar? -digo.

-Pode ser. - diz ele.

Fomos pro meu quarto e nos sentamos na cama.
Enquanto o Namjoon ensaiava eu escolhia alguma música pra mim cantar.

-Já escolheu? -diz ele.

-Não sei se escolho alguma em coreano ou inglês... -digo.

-Procura alguma em inglês. Você sabe falar bem inglês.

-Tá bom. 

Fiquei procurando algumas e achei uma que eu já conhecia e gosto muito.

-Finalmente escolhi uma! -digo.

-E qual é?

-Moments do One Direction. -digo.

-Nunca ouvi na vida. -diz ele.

-Então vai ouvir. -digo.

Ele pegou o celular e colocou na música e eu cantava baixinho sem ele perceber.

-Ela é linda. -diz ele.

-Por isso que escolhi ela. -digo sorrindo.

Ficamos conversando uns minutos. Então Namjoon pegou o celular dele e falou:

-Minha Omma ta pedindo onde eu to. -diz ele.

-Chama ela pra vir aqui também! -digo sorrindo.

-Ta bom. -diz ele.

Enquanto ele falava com sua Omma pelo celular, liguei pra minha e avisei pra ela também. 

-Ela vem. Só tem um problema. -diz ele.

-Qual?

-Ela ainda não sabe que estamos namorando também. -diz ele.

-Então ela vai descobrir hoje. -digo sorrindo.

-Só espero que ela não surte quando ver que o filho está namorando, ainda mais com um garoto...

-E ela vê algum problema com isso?

-Não. É que eu normalmente falava de algumas garotas pra ela... -diz ele.

-Então ja gostou de garotas?

-Sim daí vi você pela primeira vez. -diz ele corado.

- AI MEU DEUS QUE FOFO! -digo apertando suas bochechas.

-Só não me estrangula! Tenho que estar vivo até hoje a noite. -diz ele rindo.

-Não prometo nada. -digo rindo.

Horas Depois

Já são sete e meia.
Daqui a pouco a Omma do Namjoon vai chegar.
Minha mãe já está fazendo o jantar. Aposto que quando ela chegar EU vou ter que cozinhar.
Eu estou bonito pra hoje. Eu sei que vou apenas ficar em casa mas quero passar uma boa impressão pra Omma do Namjoon.
Estou usando uma camisa listrada com preto e branco com mangas compridas indo até meus dedos, calça jeans preta colada ao meu corpo rasgada nos joelhos e um tênis.
Já o Namjoon, estava há um ano no banheiro tomando banho.

-Namjoon você morreu aí dentro? -digo rindo.

-Disse o cara que ficou um ano escolhendo qual roupa colocar. -diz ele. -Ja to saindo.

Eu ri.
Uns minutos depois ele saiu do banheiro e ele estava realmente muito bonito.
Ele usava um blusão cinza, calça jeans preta e coturno preto também.

-Você ta bonito. -digo sorrindo.

-Você também. -diz ele.

Nós fomos pro primeiro andar e nos sentamos no sofá, enquanto assistiamos um filme que passava na TV.
Logo alguém bateu na porta e minha mãe foi abrir.
Elas se comprimentaram e entraram.

-Oi Omma. -diz Namjoon.

-Oi filho. Esse deve ser o Jin não é?

-Sim sou Kim Seokjin. -digo sorrindo.

-É um prazer conhecer você. O Namjoon vive falando de você. As vezes parece que são namorados.

Eu corei um pouco.

-Omma nós somos namorados. -diz Namjoon.

-AI MEU DEUS! VOCÊS FORMAM UM CASAL TÃO LINDO! - diz ela sorrindo.

-Eles formam não é? -diz minha mãe. - Jin pode terminar de fazer o jantar pra mim?

Eu falei que ela ia mandar eu fazer isso.

-Sim Omma. -digo.

-Nossa seu filho é muito educado.-diz a mãe do Nam. -Tomara que o Namjoon aprenda a ser educado com o novo namorado.

-OMMA! -diz ele.

-Mas é a verdade. -diz ela rindo e eu ri também.

-Vamos logo pra cozinha Jin. -diz ele me puxando até a cozinha.

Enquanto eu terminava de fazer a janta, ouvíamos elas rindo. E eu ouvia também minha Omma falando de vários momentos constrangedores meus e o Namjoon ria.

-Não tem graça. -digo.

-Claro que tem. -diz ele.

Eu cruzei os braços e olhei pra ele irritado.
Ele olhou pra mim e beijou minha testa.

-Você fica tão fofo quando tá irritado. -diz ele.

Eu sorri e voltei a fazer a comida.

-Imagina se a sua Omma pegar um álbum de fotos suas e mostrar pra gente...  - diz ele rindo.

-Eu ja escondi eles. -digo sorrindo.-E estão num lugar onde vocês nunca vão achar.

-Ta embaixo da sua cama né?

-Não... -digo.

Em um movimento rápido desliguei o fogão e fui correndo até meu quarto com Namjoon indo atrás de mim.
Cheguei no quarto e me deitei no  chão na tentativa de pegar os os álbuns. Mas infelizmente o Namjoon acabou caindo em cima de mim. Não me perguntem como ele caiu.
Ele olhou nos meus olhos e me deu um selinho.




Notas Finais


<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...