História Boy in Luv - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Boys Before Flowers (Boys Over Flowers)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Hoseok!ômega, Jikook, Jimin!alpha, Jungkook!ômega, Namjin, Taehyung!alpha, Vhope, Yoongi!alpha
Exibições 468
Palavras 1.147
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


O ultimo de hoje, Boa leitura <3

Capítulo 7 - Min Yoongi


Fanfic / Fanfiction Boy in Luv - Capítulo 7 - Min Yoongi

 

Jungkook correu o máximo que pôde por aqueles corredores brancos que pareciam intermináveis, algumas lágrimas escorriam pela doce face do ômega enquanto ele buscava refúgio, encontrou as escadas que levavam ao terraço do outro dia e com rapidez começou a subir os degraus que pareciam não ter fim e finalmente quando chegou aquele lugar que tinha a visão mais esplêndida de toda Seul ele desabou, mas não se deixaria fraquejar tão facilmente.

Se aproximou do pequeno muro que protegia aquele terraço e se escorou ali, ainda com o rosto e as vestes sujas de ovo e farinha, mas quem disse que ele estava se importando agora? Limpou com o punho suas bochechas destruindo os rastros de lágrimas que passaram por ali.

_ Me render? – Disse entre dente percebendo como sua voz estava tremula. – Eu não seria Jeon Jungkook se me rendesse. O que esses riquinhos pensam que são? – Deixou um soluço escapar sem querer entre seus lábios. E logo olhou para suas mãos que estavam brancas devido a absurda quantidade de farinha que passou por ali.

_ Eles não tem noção do quão preciosa é essa farinha. – Levou um dos dedos a boca o lambendo, nenhuma lagrima mais escorria. – Sabem quando custa um saco de farinha?

E realmente, eles não sabiam, a farinha era um dos produtos mais caros no mercado coreano para aqueles de classe baixa e média, e aqueles que viviam sempre no topo nem tinham noção disto.

_ essa farinha é praticamente ouro branco... – suspirou tremulo e levou as mãos aos cabelos que estavam grudentos e esbranquiçados. Sentia vontade de chorar devido a humilhação, devido ao esforço de seus pais, mas ele não se deixaria fraquejar em território inimigo.

Escutou um bocejo atrás de si assim como dias atrás, virou-se para o lado com os olhos meio esbugalhados devido a surpresa e viu novamente aquela cabelereira azulada. Novamente Min Yoongi, com seus cabelos sedosos, seu olhar frívolo e entediado, suas vestes brancas diferentes do uniforme tradicional dos estudantes.

_ Você é barulhento ômega... – E novamente mais bocejo.

O alfa o olhou dos pés à cabeça percebendo como estava imundo, Jungkook apenas abaixou a cabeça esperando os insultos, mas apenas o que recebeu foi uma pergunta.

_ Você sabe fazer panquecas?

De início o ômega pessoa que aquilo era zombação. Ele estava sujo dos pés à cabeça de ovo e farina assim como uma panqueca, só podia ser uma piada certo? Mas o tom calmo e vago do alfa demonstrava que ele estava falando sério. O ômega apenas coçou a nuca envergonhado ainda com a cabeça baixa.

_ Er.... É só misturar farinha, ovos, leite e açúcar... – Falou baixo envergonhado.

_ Parece tão simples... – Suspirou.

Um minuto de silencio se instalou sobre os dois, e o alfa se aproximou o analisando mais detalhadamente. Jungkook apenas permanecia quieto olhando para o chão sem coragem de fitar o alfa. Até sentir algo suave deslizar por sua face. Subia a cabeça e pode constar que o alfa. – Que inclusive é mais alto que si. – Estava passando por seu rosto, um lenço imaculadamente branco, ele limpou o excesso de farinha que tinha sobre a bochecha do ômega e logo limpou também um pouco da farinha que tinha sobre o blazer do uniforme, apenas tirou o excesso, pois com um pano como aquele, seria impossível limpar muito dali. O azulado pegou delicadamente a mão do ômega e pôs o lenço ali, se virou em seguida disposto a ir embora, mas a voz do pequeno o fez voltear-se.

_ Seu lenço... – Falou receoso enquanto estendia o tecido para o alfa.

_ Não preciso dele...

_ Devolverei na próxima...

E o alfa suspirou.

_ Não virei mais aqui... – E a voz dele de repente se fez áspera e rude. – Não é mais um lugar tranquilo, graças a uma certa pessoa.

E então Jeon Jungkook observou as costas largas do alfa enquanto este se distanciava aos poucos de si.

Olhou o lenço em suas mãos e sorriu, sentia algo bom em seu peito todas as vezes que via aquele alfa, era bom e quente, não sabia identificar, mas se sentia bem ao lado dele apesar da maneira rude de como as vezes ele lhe tratava. Resolveu sair daquele lugar vendo que já estava tarde e provavelmente a maioria dos alunos já tinham ido embora.

Os corredores estavam vazios, e não pareciam tão extensos como momentos antes quando estava correndo. Logo cegou em sua sala de aula, e sua mesa e sua cadeira já estavam novamente lá, iria apenas pegar sua mochila e ir embora, sendo que algo sobre sua mesa lhe chamou atenção, era uma ovelha de pelúcia que vestia o uniforme da escola, e logo ao lado da pelúcia tina um dos uniformes de educação física da escola. Percebeu que no braço da ovelha tina um botão e o apertou, uma voz começou a pronunciar-se.

_ Jeon Jungkook... – Era a doce voz de Su Hee – Desculpe-me por seu covarde. Você me defendeu daquela vez de Park Jimin e agora está sofrendo as consequências.... Não sou tão corajosa como você e por isso não pode te defender, me desculpe?

Jungkook apenas sorriu enquanto acariciava a pelúcia. Ele entendia o lado da ômega, não era todo dia que alguém tina a coragem de enfrentar vários alunos por alguém que conhecia em menos de dois dias, somente Jungkook para defender alguém que conhece a pouco tempo, ou alguém que nem sequer cegou a trocar palavras. O ômega não tina medo de defender quem quer que fosse, e por isso sempre se metia em confusão.

 

                                                                               ___

 

Logo após resolver a questão do seu uniforme, Jungkook estava agora em seu trabalho na lanchonete junto com seu melhor amigo Jin. O movimento estava fraco e por isso eles pararam um momento para repousar. Era permitido, afinal o senhor Cho-a, pai de Seokjin, não era tão rígido assim com as regras da lanchonete.

_ Kookie! Você está realmente bem? – O loiro perguntou depois de saber da história que o ômega mais novo passou.

_ Estou Jin. – Suspirou.

_ E eu pensando que gostaria deles, por apenas serem bonitos, mas pelo visto eles são mesmo umas pestes. – Emburrou fazendo um biquinho – São todos medíocres, afinal, aves da mesma plumagem sempre voam juntas.

_ Um deles é diferente... – Suspirou enquanto olhava para o movimento para fora da lanchonete.

_ Sério? Qual deles?

Jungkook nada respondeu, apenas sentou-se em uma das mesas vazias do estabelecimento e tirou um lenço do bolso do seu avental, era o lenço de Min Yoongi onde bem na ponta do lenço estava bordado com letras em azul a sigla YG.

Jungkook não sabia que sentimento era aquele que lhe inundava quando pensava no alfa. Mas era algo bom, disso ele tina certeza.

 

Como não houvesse amanhã

Como não houvesse próxima vez

Na minha visão se você não está aqui

É uma escuridão enorme - House of Cards


Notas Finais


Ei, ei! Então pessoas

Se faltou alguma letrinha 'H' no capitulo, me desculpem, mas meu teclado quebrou essa tecla :( Preciso de alguem pra betar, mas até eu conseguir,vou me virar mesmo '-'

NESSA FIC SÓ TERÁ INSINUAÇÃO DE YOONKOOK, MAS NÃO TERÁ O YOONKOOK EM SI

Terão dias que eu vou atualizar dois, terão dias que eu vou atualizar um, e terá dias que eu vou atualizar... nenhum... :v
Os dias que eu atualizo dois, será para recompensar os que eu não atualizarei certo <3
Já tão recompensando adiantadamente,por que acho que próxima semana vou ficar uns tres dias sem atualizar. </3

Sobre a letra do final, é a letra da música house of cards... Meio que não tem nada a ver com o capitulo ._.
Mas eu coloquei só pra avisar que no meio da fic eu acho, terão uns momentos bem bad que se identificam bastante com essa letra, então escutem muito house of cards xD é a minha preferida deles <3 [ a preferida melancólica, pq preferida mesmo é boy in luv 7u7 ]

Notas grandes, masok
Espero que tenham gostado <3 Saiu pequeno denovo pq como eu postei um grande hoje, tinha que sair esse menor.

Nos vemos se possível amanhã <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...