História Boy Meets Evil - Yoonmin and Vkook - Capítulo 16


Escrita por: ~ e ~skywalkrr

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bangtan Boys, Jimin, Jin, Jungkook, Suga, Taehyung, Taekook, Vkook, Yoongi, Yoonmin
Visualizações 410
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Primeiramente, gostaria de agradecer pelos 100 favoritos <3 eu não imaginava que essa fic seria sucesso, eu esperava algo do tipo, só cinco favoritos! Mas estou amando demais o feedback que estou recebendo até agora, vocês são incríveis, muito obrigada <3
Segundo, quero pedir desculpas pela ausência no feriado, não tive tempo (nem internet T.T) pra postar, sorry <3
Por último, porem importante, a capa pode não fazer muito sentido com o capitulo, mas na verdade, esse edit foi feito por mim para vocês terem uma ideia de como são nossas Criaturas da história <3

Capítulo 16 - Lost


Fanfic / Fanfiction Boy Meets Evil - Yoonmin and Vkook - Capítulo 16 - Lost

Kook's pov.

 

Jimin estava demorando. Pensei em procurá-lo, mas ele poderia estar com Yoongi, e eu não queria atrapalhar. 

 

Hobi se sentou na cadeira a minha frente na segunda aula. O cumprimentei e perguntei de Jimin.

 

— deve estar com Yoongi. Eles estavam se resolvendo da última vez que vi. 

— brigaram? 

— mais ou menos isso. Relaxa, logo ele aparece.

— beleza.

 

Fiquei a aula inteira esperando pela volta de Jimin. Ele deveria ter ido a algum lugar com Yoongi, pois não aparecera mais. 

 

Assim que saí da escola, passei num Mc Donald's, comprei dois lanches pra viagem e segui para a casa de Tae. 

 

Bati na porta e Jin atendeu.

 

— olá Kook, entre! Você viu o Yoongi por aí? — ele.

— olha, acho que está com o Jimin. Hobi me disse que eles estavam se resolvendo, e depois não vi mais Jimin, pois o mesmo pediu para ir "ao banheiro" no começo da aula e não voltou. Hobi também disse que da última vez que o viu, os dois estavam juntos. 

— Hobi não chegou ainda. Tae está no quarto, pode ir lá.

— como ele está? 

— ótimo, praticamente recuperado. Vai lá, ele está te esperando. 

 

Sorri para Jin e fui até o quarto de Tae. Bati na porta e entrei.

 

— Kook! — ele sorriu. — oi!

— olá Tae, como está?

— bem. Sente-se!

 

Me sentei em sua cama. Trocamos um beijo rápido e ele me perguntou sobre os lanches.

 

— meu almoço. Mas trouxe um pra você. — respondi, fazendo o mesmo sorrir. 

— você é um anjo.

— eu sei. — sorri, fazendo ele rir.

— te amo, sabia?

— eu também te amo. Tipo, sei lá se é realmente amor ou se estou falando por falar porque você é lindo demais... 

— relaxa, eu entendi. — Tae riu e me beijou.

 

Comemos em silêncio e depois trocamos vários beijos, até Hobi entrar no quarto.

 

— hey, desculpa interromper, mas vocês viram Yoongi? — ele perguntou.

— com Jimin, não? — eu. 

— ah... Sei lá. Achei que ele estivesse aqui. Tudo bem, estou com Jin. Mais uma vez, desculpe interromper vocês.

— tudo bem, hyung. — Tae.

— como se sente, Tae?

— bem! — Tae sorriu. 

— que ótimo. — Hobi sorriu. — vou lá. Podem continuar. 

— okay!

 

Hobi saiu e nos deixou sozinhos. Trocamos olhares e voltamos a nos beijar. 

 

Quando percebi, eu já estava por cima de Tae, beijando seu pescoço. Ele colocou as mãos em meu peito.

 

— Kook... Eu nunca... Você sabe. — ele quase sussurrou, se sentindo envergonhado.

— eu também não. Fique tranquilo. Pra tudo tem uma primeira vez. Você quer?

— claro. — ele sorriu.

 

Voltamos a nos beijar e logo nossas roupas já estavam no chão. 

 

Yoongi's pov.

 

Eu estava confuso, precisava ficar um tempo sozinho. Jimin realmente mexia muito com meus pensamentos e sentimentos. Eu dissera que o amava. Eu nunca disse isso a ninguém. Aquilo era a verdade? Eu amava Jimin?

 

Deixei Hoseok ali, sem falar nada, e fui para a floresta. Lá haviam várias Criaturas, principalmente as que não possuíam casa. A luz do sol ali era praticamente inexistente, o que agradeci. Eu não aguentava mais aquela luz, estava me machucando já.

 

Me posicionei numa árvore e me encostei nela, pensativo. Eu precisava seriamente organizar meus pensamentos.

 

Eu amava Jimin? O que era tudo aquilo que eu sentia? Por que seu sorriso não saía de meus pensamentos? Por que eu ansiava por seus toques?  E por que eu estava com um mau pressentimento? Será que Jimin estava em perigo?

 

Não, aquilo devia ser paranoia minha. Jimin estava apenas bravo comigo. Eu não o culpava, eu havia beijado Hoseok. Eu não devia, nem sei porque fiz aquilo. Eu só queria saber se o sentimento do beijo era o mesmo.

 

E não. Não era. Beijar Jimin era muito melhor do que beijar Hoseok ou qualquer outra pessoa. Jimin era especial. Seu beijo era diferente de tudo... Era tão bom...

 

Merda, eu acho que estou realmente apaixonado por Jimin.

 

Jimin's pov.

 

Acordei. Senti algo gelado e desconfortável me envolvendo. Abri os olhos e me vi envolto em correntes. 

 

— o que...? — murmurei. Tentei me mexer e senti dor. As correntes estavam muito apertadas, elas me machucavam. 

— olá, Jimin. — ouvi Robert. Ele surgiu em minha frente. — como se sente?

— seu ridículo, me solta! — gritei. Robert apenas riu. 

— ninguém poderá te ouvir aqui, Park. "Seu" Yoongi deve estar te trocando por Hoseok, como sempre. Você não sabe como será útil para mim, Park...

— quer informações? Então vai ter que procurar outra pessoa. Não falarei nada! 

— você é tão ingênuo, Jimin. Acha que Yoongi nunca pensou em te devorar? Ele é apenas uma criatura irracional, como todas as outras. Tudo o que ele quer é ter seu sangue e sua carne... Você é apenas mais um almoço.

— cala a boca! — comecei a me debater. O mesmo apenas riu. 

— e quanto a Hoseok e Jungkook? Você sabe o que eles são, não sabe? 

— não falarei nada!

 

Robert segurou meu rosto com força. Eu sentia muita dor, porém resisti.

 

— Jimin, essas informações serão arrancas de você, do jeito fácil ou do difícil. Me diga, realmente acha que estão procurando por você?!

— Yoongi está! Tenho certeza! 

— ah, é? — Robert riu. — amanhã irei para a escola normalmente, te conto se perguntarem de você. Ah, é, Kook não sabe que sou um Caçador... — ele riu novamente.

— mas Hoseok sabe! 

— e você sabe me explicar o que ele é. 

— não falarei nada! 

— ele é um híbrido, não é?! Assim como Jungkook?! Os híbridos existem! Eu sei que existem, e sei que você também sabe!

— não falarei nada! — gritei.

 

Mordi Robert. Ele ficou com raiva e socou meu estômago. Senti minha visão turva por alguns instantes. Recebi outro chute e o Caçador apertou as correntes que me prendiam.

 

— você vai apodrecer aí, Park. — ele me chutou. — e vai me passar as informações que necessito, de um jeito ou de outro. — em seguida, saiu, me deixando sozinho.

 

Dolorido, comecei a chorar. Eu queria acreditar que Yoongi estava me procurando, apesar de eu saber que podia ser mentira. Eu o havia mandando me deixar sozinho, ele levara aquilo a sério. Agora, eu precisava esperar. Ninguém me vira ser sequestrado. Kook deveria estar com Tae, achando que eu estava com Yoongi. Yoongi deveria estar com Hoseok, sei lá o que estariam fazendo, preferia não descobrir. 

 

Eu só queria sair dali, eu estava com muito medo.


Notas Finais


Vocês gostariam que eu trouxesse no próximo capitulo uma imagem de como imagino Robert ou preferem deixá-lo por conta da imaginação de vocês?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...