História "Boy Meets Love" - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook
Tags Bts, Jungkook, Você
Exibições 1.251
Palavras 2.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Ooooiiieeeee moreeeees ^^
Olhaaaa quem ta aqui para atormentar vxs novamente hahaha isso MSM a Kookia.
Decidi q irei fazer uma Fic do Kookie(Marido)
Ela vaii ser bem diferente da antiga que fiz .
Mas espero q gostem e q possa continuar ^^

Desculpa os erros >…<

Boa Leitura

Capítulo 1 - Why you JungKook?


Fanfic / Fanfiction "Boy Meets Love" - Capítulo 1 - Why you JungKook?

  ( ______ on )

    
        Olá me chamo ______ (S/N)  , tenho 17 anos , nasci no Brasil , mas moro na Coréia do Sul em Seoul.

         Bom quando eu tinha 9 anos eu me mudei para Nova York por causa da separação dos meus Pais , infelizmente mei Pai havia traido minha mãe.

         Então minha Mãe logo se mudou para Nova York e me levou junto , já que ela havia conseguido minha guarda.

         Mas meu Pai ligou para minha mãe alguns dias atrás pedindo para eu ficar 1 ano com ele , eu meio que não queria , mas minha mãe estava conhecendo um cara que parecia ser bem legal , então preferir ir para deixar ela arrumar a vida dela um pouco , já que ela se dedicava mas comigo do que com ela mesmo.

         
       
                                      […]

   - Você vai ficar bem mesmo minha Querida ? - Diz minha Mãe que me ajudava a organizar minhas roupas na mala.

 - Vou sim mãe , é só um Ano - Digo e fecho a mala.

 - Quero que me ligue todo dia para me contar as coisas - Diz ela - Se não me ligar irei para Coréia te buscar - Diz ela e eu soltei uma risada nasal.

 - Tudo bem mãe - Digo.

 - Ei meninas o Táxi já chegou - Diz o Erick que era meu " Suposto Padrasto " que já pegava minhas malas.

 - Vamos então - Digo , pego meu celular e meus fones e dou uma última olhada no meu quarto e logo saiu indo para o Táxi junto com minha Mãe.

                                      […]

 - Não esquece de me ligar Filha - Diz minha Mãe que já me abraçava.

 - Tudo bem Mãe - Digo retribuindo o abraço dela.

 - Vou sentir muitas saudades - Diz ela que já chorava.

 - Eu também Mãe - Digo e encaro ela - Não chora , se não vou chorar também ! - Contínuo e ela ri.

 - Tchau Minha Flor - Diz Erick me abraçando e eu retribui.

 - Cuida bem da minha Mamis hein - Digo quando nos separamos.

 - Pode deixar , tome cuidado qualquer coisa é só ligar para a gente - Diz ele e eu acendi.

      ~ Última Chamada para o Vôo da Coréia do Sul ~

 - Ta na hora - Digo e dou um suspiro , dou mais um abraço na minha mãe e no Erick e logo vou para dentro do avião.

           Me sentei na poltrona e logo peguei meu celular e meus fones e coloquei , apertei o Play da música e logo sinto o avião decolar.

                     ~ Quebra de Tempo ~

          Na hora que saí do avião fui procurar meu Pai , mas tinha muita gente naquele aeroporto , fiquei meio perdida.

 - Oie filha - Olho para trás e vejo meu Pai , ele não mudou quase nada.

 - Paii - Corri e o abraçei - Como senti saudades do Senhor - Digo e ele ri.

 - Eu também senti Querida - Diz ele e o mesmo pega minhas malas e começamos a ardar pelo aeroporto - Você mudou muito , se sua mãe não tivesse me mandado uma foto sua eu nunca iria te reconheçer - Diz ele e eu ri.

 - Nem mudei muito Pai - Digo rindo.

 - Você que pensa , ficou mais linda ainda - Diz ele e eu corei.

 - Ashii Pai odeio elogios - Digo corada.

 - Uaii só falei a verdade - Diz ele rindo e eu ri envergonhada.

          Entramos no Táxi e logo fomos para Casa.

                                       […]

           Chegamos na minha antiga casa e ela estava bem bonita , o Jardim estava cuidado e eu pensando que estaria feio , pois meu Pai não é muito cuidadoso com as coisas.

            Entramos na casa e por incrível ela estava arrumado , confesso que estou me surpreendendo com essas organizações , subimos para o meu quarto e ele também estava organizado e bonito.

 - Nossa que lindo ! - Digo e meu Pai sorri e coloca as malas em cima da cama.

 - Que bom que gostou - Diz ele - Bom irei que trabalhar agora , mas tarde eu volto - Contínua ele e eu afimo , meu Pai sempre foi trabalhador  tenho orgulho dele nessas partes.

 - Tudo bem - Digo sorrindo e já abrindo a mala.

 - Estou indo , qualquer coisa me ligue - Diz ele me dando um beijo na testa e saindo.

         Arrumei minhas roupas no guarda-roupa e logo fui tomar um banho para descansar depois.

         Saí do banheiro enrolada na toalha e peguei uma roupa simples - uma Lingerie Bege , um Short Jeans e uma Blusa branca - penteie meus cabelos que eram liso e logo me joguei na cama , não estava com fome e sim cansada.

                     ~ Quebra de Tempo ~

  - Ei filha acorda , você tem que comer um pouco - Diz meu Pai.

 - Que horas são ? - Digo me sentando na cama e coçando os olhos.

 - São 7:30 já , vamos Jantar e depois você volta a dormir novamente - Diz ele e eu afirmo.

 - Tudo bem , só irei escovar os dentes e já desco - Digo e ele afirma e saí.

         Me levanto um pouco sonolenta e vou para o banheiro escovar os dentes , saiu do quarto e desço indo para a cozinha onde meu Pai se encontrava.

 - Um que cheirinho bom - Digo e logo vejo que o mesmo estava fazendo uma Macarronada.

 - To fazendo seu Prato favorito - Diz ele e eu sorri e me sentei na mesa e logo começamos a comer.

  - Filha tenho uma notícia para você - Diz ele tomando seu suco.

 - E qual seria Pai ? - Digo tomando o suco.

 - Eu consegui te transferir para uma escola Particular - Diz ele e eu quase me engasguei.

 - Como conseguiu ? Eu sou bolsista Pai , como  conseguia transferir minha bolsa para uma escola Particular daqui ? - Pergunto e ele ri.

 - Tenho meus contatos Filha - Diz ele.

 - Por que não me colocou em uma escola normal ? - Pergunto.

 - Por que eu acho melhor você estudar em uma escola Particular , ficarei mas seguro - Diz ele e eu suspirei.

 - Tudo bem , quando começo a estudar ? - Digo.

 - Amanhã mesmo , eu já comprei o que precisa , os livros e uniforme você pega com a diretora - Diz ele.

 - Tudo bem , eu entro as 7:15 mesmo né ? - Digo.

 - Sim , e não pode se atrasar , pois lá é muito rígido com as coisas - Diz ele.

 - Então eu irei voltar a dormir se não se importar - Digo me levantando e indo lavar meu prato e meu corpo.

 - Tudo bem , você quer que eu te acompanhe até sua escola ? - Pergunta ele.

 - Não , Obrigado - Digo sorrindo - Só me explica aonde é - Digo e ele logo começa a me explicar onde era a escola.

          Subi para o meu quarto e coloquei meu celular para despertar as 6:00 e logo pus para  carregar e logo fui me deitar para dormir novamente.

                           ~ No outro Dia ~

           Acordo com o despertador e logo me levanto indo para o banheiro fazer minhas Higienes.

          Saiu enrolada do banheiro e vou até meu guarda-roupa pegando uma - Lingerie branca , uma calça preta com alguns rasgados no joelho , uma blusa azul forte e um tênis branco - penteie meus cabelos , passei um perfume doce e uma maquiagem básica - Rímel e um batom fraco -.

          Peguei minha mochila que estava em cima da cômoda , peguei meu celular e meus fones e desci as escadas indo para cozinha.

         Não encontrei meu Pai só um Papel que estava escrito " Tive que ir trabalhar mais cedo , coma antes de ir para o colégio , Boa Sorte na escola , a gente se vê no almoço " , peguei só uma maça e saí pois já era 6:40 e tinha que pegar um ônibus ainda.

         Peguei o ônibus e fui direto para a escola , quando cheguei me deparei com vários Play Boys e Patricinhas , mas também não era de menos né ? Uma escola Particular sempre tem esses mauricinhos e essas patricinhas.

        Eu acho que eu era a única bolsista na escola pois quando olhei para o pátio da escola só tinha Mauricinhos e Padricinhas.

        Ta que eu já estudei nessa escola e pá , sim quando tinha meus 8 a 9 anos eu estudei aqui , como bolsista também , me orgulho disso , pois eu sou uma estudante esforçada e não uma filhinha de Papai.

         Entrei na escola e senti muitos olhares em mim , e vários cochichos , odeio isso na moral.

        Cheguei na Secretária e logo me avisaram que a Diretora estava resolvendo uns negócios da escola , então tive que esperar.

         Parecia que eu estava vivendo a mesma coisa de 8 anos atrás , no começo eu também tive que esperar a diretora me atender e a diretora sempre demorou , eu não sabia porque , mas agora eu sei ! É porque sou bolsista e ela não gosta de bolsista , mas fazer o que né ?! Eu to aqui , então vai ter que me aturar.

 - Srt. _____ a diretora já esta na sala a sua espera - Diz a Secretária.

 - Finalmente , esperei por 20 minutos ela me atender - Digo num sussurro.

 - Falou algo Srt ? - Diz a Secretária que continha um sorriso forçado nos lábios.

 - Não , não ! - Digo e pego minha mochila - Estou indo - Digo e ela afirma e logo vou até a Diretoria , bato na porta e ouço um " Entre " e logo entro e a Diretora me encara e da um sorriso mínimo - Com licença - Digo.

 - Sente-se por favor - Diz ela e eu me sento na cadeira ou melhor na poltrona.

 - Srt. ________ _________ (N/C) né ? - Diz ela que olhava um papel - 17 anos , esta no 3° ano do ensino médio e é uma bolsista  certo ? - Diz ela.

 - Sim Senhora - Digo e aperto minha mochila com uma das mãos por causa do nervosismo.

 - Bom Senhorira , seja Bem Vinda e que nossa escola seja boa para o seu aprendizado - Diz ela sorrindo.

 - Obrigado - Digo.

 - Aqui esta sua chave do armário e seu unirforme , mas não precisa usar o uniforme hoje , pois já começou sua aula e você não pode perder , então amanhã você já começa a usar entendeu ? - Diz ela me entregando a chave e um uniforme branco e eu afirmei - E aqui esta um papel onde esta todos os seus horários - Contínua ela e eu pego o papel.

 - Obrigado Senhora - Digo e logo me levanto.

 - Boas aulas - Diz ela e eu acendi me curvando e logo saindo.

          Andei pelo corredor que já estava vazio , e olho para os armários a procura do meu , até que acho o mesmo.

          Pego meus livros e fecho o armário , começo a andar sem rumo pois não sabia exatamente onde era minha sala.

        Caminhei olhando para o papel até que sinto alguém trompar em mim me fazendo cair no chão.

  - Olha para onde anda garota sua retardada - Diz uma voz grossa , olho para cima e arregalo os olhos ao ver quem era.

       Porque tinha que ser você ? Logo você ? Te odiava tanto e te amava tanto Jeon Jungkook.

                   ° Porque você Jungkook ? °


Notas Finais


Eae gostaram ? Espero q siim ^^

Boom meninasse vcs gostaram , comente para eu ver se devo continuar ou nn ok ?
Bem Vinda a nova Fanfic da Kookia ❤💜❤

Desculpa os erros novamente >…<
Até o Próximo se vcs quiserem Unnies rsrsrs

Obg por Ler 💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...