História Boyfriend or Friend - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cameron Dallas, Magcon, Shawn Mendes
Exibições 64
Palavras 1.024
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, a Bea voltou com mais um capitulo fresquinho. Me perdoem pela demora, promento que vou postar com mais frequencia. Quero agradecer a todos os favoritos, obrigada de coração.
Sem mais delongas, vamos ao capítulo. Espero que gostem.
Boa leitura.❤❤

Capítulo 4 - Discoveries


Fanfic / Fanfiction Boyfriend or Friend - Capítulo 4 - Discoveries

Enquanto o sinal não batia, Cameron  me perguntou sobre meu pai, contei a ele que nós não nos viamos a uns 6 meses, que papai se casou logo depois que se mudou. Porém ele se  casou com uma mulher horrível e gananciosa, ela tem um filho chamado Matthew, que tem a nossa idade e é muito legal, até me chama de irmã! Nós nos falamos bastante pelo celular. Apesar de fazer quase um ano que não o vejo.
Cam escutou tudo com muita atenção e logo me levou para minha sala.
O resto do dia se resumiu a aulas chatas, foi um alivio pisar no chão de casa, como de costume eu estava sozinha, mas me deparo com minha mãe e Jake assistindo algum programa.

- vocês não foram trabalhar? - perguntei.

-Oi querida, não estou me sentindo muito bem e Jake está de folga. - respondeu minha mãe com a voz fraca.

- Mãe, não acha melhor a senhora ir ao medico - indaguei e ela negou - ok. Ah sabe o Cameron ele voltou a morar aqui. Ele e um outro colega vão vir, tudo bem para você?

- Sim querida. - depositei um beijo em sua cabeça e fimpor o meu quarto começar a trabalhar. Ah, eu trabalho em casa. De que? ...

Liguei a camera e comecei a falar:

" Hey, hey meu povo, tudo bem? Aqui quem fala é a Sarinhah e depois de tantos pedidos carinhosos de vocês, obrigada, eu vou cantar a musica Give Me Love do Ed Sheeran, espero que gostem..."

Pois é, eu faço videos para o Youtube, faz um tempo, sei que não é MUITO, mas estou feliz com os meus 1 milhão e meio de inscritos. E faço disso meu próprio negócio. Devem estar se perguntando, como uma youtuber com quase 2 milhões de inscritos não tem amigos? A resposta é : eu sou totalmente deferente em todos os sentidos, não, eu não sofro de dupla personalidade, quando eu digo diferente é que eu me solto muito mais diante da camera mas pessoalmente sou muito tímida e por ai vai.

Voltando ao assunto dos videos, muitos dos meus inscritos me perguntam: " Sah mas e os haters, como você lida com eles ?" .

Se eu ficar me importando com haters o canal não seguiria em frente. Sempre, durante toda a nossa vida vão ter pessoas que não irão com a nossa cara, afinal acho que nao tem nenhuma pessoa no mundo que todo mundo goste, ou tem? Bem eu não sei, apenas sei que não podemos nos importar com isso.
Eu amo de paixão, quando me mandam críticas construtivas, sinto que cada vez que as leio e as faço acontecer o canal melhora mais.

Bem, finalizei o video e passei para o notebook para eu pofer editar.

-BOO- Cameron.

- Que susto Cam - disse com a mão no peito no mesmo instante que eu escondi o notebook atrás de mim. Não me julguem, é que eu gosto de manter em segredo. É uma coisa muito pessoal minha, sabe?

- Sua mãe tá uma fofa, estava com saudade dela.

- É ela está-  disse recuperando o fôlego, então ele tentou olhar atrás de mim. Droga!

- Que você estava fazendo?

- Nada- falei com a voz um pouco mais fina por conta de eu estar mentindo. Praguejei Cameron por ele me conhecer tão bem, pois no instante em que ele percebeu que eu não falava a verdade, em um movimento muito rapido Cam pehou o computador e começou a assistir o vídeo.

- Porque você não me contou?- ele parecia aflito e chateado.

- É que... Que, espera aí, você sabia?

- Desconfiava, poxa Sarah, mesmo eu não estando aqui você podia confiar em mim. Pelo jeito eu estava errado! - porque ele estava falando aquulo para mim, não consegui argumentar pelo bolo que estava se formando em minha garganta. Ele estava certo... Eu podia confiar nele ele é meu melhor amigo. Eu estava morrendo de vergonha pelo meu erro e com uma vontade imensa de chorar, não pensei duas vezes e corri, fui para a rua, pelo meu nome sendo chamado, pude perceber que Cameron estava atras de mim, porém quando eu fui aumentar a velocidade, senti uma dor muito forte e caí com tudo no chão.

- Merda! - esclamei

- SARAH - berrou meu amigo - me deaculpa eu não queria ter te chateado, desculpa- ele estava preocupado.

                  Pov's Cameron

Porque eu falei aquilo para ela? Sei que ela é super sensivel, eu sou um idiota!

-Cam, ei, está tudo bem, não tem com oque você se desculpar, afinal você está certo, eu devia ter confiado em você. Me desculpe. Pode me ajudar a levantar? - ofereci minha mão a ela mas quando Sah ficou em pé suas pernas vacilaram, só não coiu porque eu a segurei, estava gemendo de dor.

- Acho que você torceu o pé - pude perceber o desespero em seus olhos - seu celulat está ai? - afirmou - ligue para a sua mãe e para o Shawn, fala para ele vir amanhã. Vou te levar ao hospital. - Enquanto ela discava os números, eu a peguei no colo estilo noiva e a carreguei até meu carro, dei partida e fomos.

                  *      *      *

Que atendimento horrivel, já estávamos lá a quase 2 horas e ninguém nos atendeu, a Sarah estava suando, a dor devia estar muito forte.

- Alguém atende aqui CARAMBA - foi quando nos chamaram...
O médico a examinava.

- Sorte não ter quebrado, mas deslocou, vou precisar colocar no lugar - ela apenas assentiu. Eu sabia que Sah estava com medo, então segurei sua mão. TRAC!!! Foi tudo oque ouvi, nenhum grito ou escandalo vindo da garota ao meu lado, nada. Tudo o que vi foi uma lagrima escorrendo pelas suas bochechas. Enquanto o seu pé estava sendo imobilizado, fiquei pensando no quanto ela me surpreende. Por trás daquela garota solitária existe um espirito forte que não tem medo das coisas.

Sei que acabei de chegar mas sinto que mais surpresas virão e ela vai continuar me serpreendendo.


Notas Finais


Então é isso gente. Espero que tenham gostado e prometo que vou postar outra bem rapido.
Beijos da Bea😘😘

Leiam a fic da minha amiga Bels, é com o Nash:

https://spiritfanfics.com/historia/my-world-6035077


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...