História Boyfriends - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Jikook, Kookmin, Namjin, Threesome, Vkook, Vkookmin, Vmin, Yoonseok
Exibições 442
Palavras 2.659
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi, é a Akemi.

Aeooooooooooo fiz minha primeira threesome! Nem acredito que escrevi isso kkkkkk
Leiam logo essa delícia que eu tenho umas coisas para dizer nas notas finais.

Capítulo 1 - Capítulo Único - (My 95 Line)


Fanfic / Fanfiction Boyfriends - Capítulo 1 - Capítulo Único - (My 95 Line)

Manter um relacionamento sério com uma pessoa é muito difícil.

Imaginem com duas?!

Sim, eu, Jeon JungKook, tenho dois namorados, isso mesmo que você leu, tenho dois namorados, dois homens, somos gays, mas não me importo com a opinião alheia, eu amo muito minha 95 Line, apelido que dei para eles já que nasceram no mesmo ano, 1995. O bom de ter dois namorados é que você nunca fica entediado, você sempre terá atenção de um deles pelo menos, além disso outra coisa ótima é que posso ostentar meus dois bebês nas baladas, faço mesmo cara de macho alfa enquanto as pessoas observam meus amores se esfregando em mim enquanto dançam. Não ligo de beijar os dois na frente das pessoas, eu quero mesmo mostrar que tenho os namorados mais bonitos da Coreia do Sul.

O lado ruim disso tudo é que Jimin e Taehyung, sim, esses são seus nomes, mas enfim, continuando... Eles dois vivem brigando e competindo para ver a quem eu darei maior atenção, isso definitivamente me cansa! Quantas vezes já tive que separar eles dois que vivem se atracando. Vivemos juntos no mesmo apartamento há um ano, é legal, realmente só as brigas dos dois que me deixam possesso. Ah, lembrei de mais uma coisa, eu sou dois anos mais novo que os dois e ele acham que têm o direito de mandarem em mim, mas eu não dou, não quando sou eu quem os fodo. Ainda os respeito os chamando de Hyung, mas não sou obrigado a falar em coreano formal com eles, Jimin vive me reclamando isso, mas meu pau que eu irei falar formalmente com aqueles dois, não mesmo! 

Meus melhores amigos YoonGi e Hoseok sempre me perguntam como é que eu aguento aqueles dois, porque realmente eles dão nos nervos, mas eu respondo que eu os amo muito por isso contornar o lado ruim de uma relação à três. Desde o mês passado as brigas dos dois vêm se tornando cada vez mais constantes e eu já estou no meu limite de paciência, e se eu tiver que separar aquelas veadas briguentas de novo eu juro que enlouqueço!

- Você parece cansado, teve uma noite boa com seus "princesos"? - Hoseok pergunta sorridente enquanto passa seu braço por meu ombro.

- Queria eu, mal dormi ontem. Jimin e Taehyung passaram quase a noite toda discutindo porque eles achavam que um estava me abraçando mais que o outro enquanto estávamos deitados para írmos dormir. - Falo e suspiro.

- Pelo menos eles não podem reclamar de espaço na cama já que você comprou uma modelo King pra que caibam vocês três. - Hoseok diz e ao avistar o namorado corre para abraçá-lo.

Ando até chegar perto do casal de pombinhos.

- Você parece cansado, fodeu muito ontem à noite? - YoonGi pergunta com um sorriso safado nos lábios. Ele segura na mão de Hoseok e começamos a caminhar.

Antes que eu me esqueça, Hoseok e YoonGi são namorados.

- Os meninos ficaram brigando a madrugada toda. - Hoseok explica por mim ao namorado.

- Eu já disse que você deveria escolher somente um dos dois para namorar sério, Kook, o outro pode se tornar uma distração sua. - YoonGi fala e eu o olho incrédulo.

- Claro que não farei isso, nunca poderia escolher um dos dois! Eu os amo da mesma maneira. - Bufo.

- Mas escreva minhas palavras, esses meninos ainda vão lhe matar de estresse ou lhe dar impotência sexual de tanto que você tem que se esforçar pra satisfazê-los. - YoonGi caçoa.

- Me matar de estresse até pode ser, mas de impotência sexual? Vai sonhando, YoonGi! - Digo e sorrimos.

Caminhamos até a frente da empresa que trabalhamos e entramos nela. Nós três trabalhamos em uma revista muito renomada aqui na Coreia e em outros lugares do mundo. Entrei aqui pouco depois que terminei meus estudos aos dezesseis anos, era um mero digamos que... garoto de entregas, levava documentos, e até mesmo servia cafézinho aos meus superiores. Comecei a perceber como aquele mundo publicitário era maravilhoso e comecei a cursar publicidade em uma faculdade particular. Atualmente estou no último período da faculdade de publicidade e já estou contratado oficialmente como publicitário da revista. De tanto que observei as coisas aqui na revista, acabei me tornando um dos melhores da empresa e meus superiores me disseram que quando eu terminar a faculdade eles me darão uma promoção. Minha vida não poderia ser melhor! YoonGi trabalha como fotografo e Hoseok como figurinista, eles se conheceram nos ensaios.

Sabem por que gosto tanto de Hoseok e YoonGi? 

Porque se não fossem por eles eu nunca conheceria o Jimin e o Taehyung. Ah, mais uma coisa, o Jimin é irmão do YoonGi e o Tae é primo do Hoseok. Eles os encaixaram como modelos de uma campanha que a revista fez. Quando os vi pela primeira vez quase morri, tão lindos, eles tinham que ser meus namorados. Depois de nos conhecêrmos, pouco tempo já estavamos os três namorando e em alguns meses já morávamos juntos. Eles dois ainda fazem faculdade e fazem uns bicos como modelos na revista vez ou outra, eu os disse que com o que eu ganho atualmente dá para nos manter bem então eles não precisam trabalhar formalmente.

 

O dia foi cansativo, mas não fora ruim, a campanha que a revista estava programando estava muito boa e fácil de trabalhar, então não tivemos muito trabalho para criarmos os temas. Às 16:00hr já não tinha mais nada que eu pudesse fazer então me liberaram para que eu pudesse ir para casa. Antes de sair da empresa procuro YoonGi e Hoseok e me despeço deles. 

Quando saio da empresa começo uma guerra para conseguir um táxi vazio na movimentada Seoul. Olho para a avenida e nenhum táxi vazio passava. Avisto uma floricultura e atravesso a avenida para ir ao estabelecimento. Entro no lugar que possuía um perfume maravilhoso e começo a observar as flores dali.

- Olá, meu jovem, está procurando flores para dar para a namorada? - Uma senhorinha diz se aproximando de mim. 

- Sim, quero que a senhora faça dois buquês daquelas rosas ali, por favor. - Peço educadamente.

Com toda paciência ela faz dois lindos buquês das rosas vermelhas que eu escolhi e eu pago por eles e os pego. Saio da floricultura e atravesso novamente a avenida. Pra minha sorte um táxi vazio passa e eu o pego.

A essa hora meus bebês já estavam em casa com certeza, só espero que esteja tudo bem por lá. A corrida demora umas meia hora mais ou menos, logo pago o que foi gasto e saio do táxi. Entro no edifício e cumprimento o senhor Lee, o porteiro. Caminho até o elevador e entro no mesmo.

- Por favor, segure a porta. - Ouço uma voz dizer e assim o faço.

Era NamJoon, um amigo que fiz logo quando me mudei com meus amores para cá. Digitamos nossos andares e elevador começa a se movimentar.

- Flores para os meninos? - Ele me pergunta.

- Sim sim. E o SeokJin está melhor? - Falo.

- Está sim, era só uma gripe ainda bem, mas mesmo assim fiquei preocupado com meu baby. - Ele explica e eu assinto.

NamJoon é um homem muito rico e bem sucedido a pesar de somente ser três anos mais velho que eu, ele tem uma relação não tão comun com o SeokJin assim como eu e os meninos. Ele banca SeokJin de absolutamente tudo, uma verdadeira relação Daddy/Baby, eles até se chamam assim. 

SeokJin é um homem muito bonito, tem um estilo impecável e é muito educado e simpático. NamJoon me contou que no apartamento deles, SeokJin não usa roupas masculinas, ele se entregas as saias pregueadas, meias calças e vestidos curtíssimos. Deve ser muito legal isso, algum dia eu pedirei para meus meninos usarem umas saias só para eu ver como é.

- Tchau, Nam, até outra hora. - Digo ao elevador chegar no andar em que eu morava.

- Até mais, Kook. Lembranças aos meninos. - Ele diz e eu saio do elevador.

NamJoon mora na cobertura, por isso continuou no elevador. Moro dois andares abaixo do dele.

Com dificuldades por causa dos buquês pego meu cartão que servia como chave de meu bolso e abro a porta.

- Ai que saco! - Bufo ao ouvir uma discussão que acho que vem da cozinha.

Coloco os buquês no chão mesmo e retiro meus sapatos. Pego os buquês novamente e ando até a cozinha.

- Você não sabe fazer nada direito, Taehyung. Eu disse para você cortar as tiras das cenouras do tamanho do meu dedo mindinho. - Jimin reclama.

- Se eu fosse cortar do tamanho do seu dedo mindinho eu nem precisaria cortar. Você tem os dedos gordos, Park Jimin. - Taehyung caçoa.

- Ah, eu vou te matar, sua recalcada! - Jimin grita e parte para cima de Tae.

- YAH! - Grito e eles me olham assustados.

- A-Amor, v-você chegou... - Tae fala sem jeito.

- Amor um caralho! Será possível que pelo menos um dia, uma porra de um único dia, eu possa chegar aqui em casa e não ver vocês dois brigando? Vocês poderiam estar se comendo que eu não ligaria, mas vocês sempre têm que brigar nesta merda!

Sabe aquela lâmpada acesa que aparece na cabeça de um personagem de animação quando ele tem uma ideia? Pois bem, imaginem comigo essa situação.

- Os dois, parem agora de fazer essas porcarias aí, depois eu peço alguma coisa para comermos. Vamos pro quarto agora! - Digo e começo a andar em passos fortes para o quarto.

Chegamos no comodo e eu me sento na poltrona que tinha lá.  

- O quê quer falar com a gente, meu amor? - Jimin pergunta ao entrar no quarto junto com Taehyung.

- Sentem na cama. - Falo autoritário e eles rapidamente obedecem. - Eu não aguento mais essa situação, vocês nem tentam se dar bem, por favor, eu já pedi inúmeras vezes para que vocês parem com essas merdas de brigas por nada. O jeito é...

- Não não não! Não termine a frase por favor! Nós prometemos, não é Jimin? Nós prometemos que nos daremos bem. - Taehyung fala afobado e Jimin concorda.

- Prometem mesmo? - Pergunto.

- Sim, prometemos. Fazemos de tudo por você, Kookie. - Jimin fala.

- Eu comprei esses buquês para vocês enquanto voltava pra casa, mas vocês não estão merecendo, estão sendo namorados muito maus. - Digo enquanto observo as rosas.

- O quê podemos fazer para nos redimirmos? - Taehyung pergunta.

- Posso pedir qualquer coisa? - Pergunto.

- Sim. - Os dois respondem juntos.

- Para ganharem meu perdão e as rosas eu quero que vocês tirem suas roupas. Todas as roupas, os quero como vieram ao mundo. - Digo e eles me olham confusos. - Comecem, não me olhem assim.

Eles começam a tirar suas roupas até não ficarem com somente uma peça. 

- Se beijem. - Mando.

- É sério isso? - Jimin pergunta.

- Claro que sim. Vocês disseram que fariam de tudo para se redimirem, não foi? Então, se beijem, mas se beijem com vontade.

Os dois se olham e se aproximam. Taehyung segura levemente no queixo de Jimin e sela seus lábios. A princípio fora apenas um simples selar mas aos poucos eles foram movimentando os lábios até que começaram a se beijar freneticamente. 

Ah, meus bebês se beijando e algo tão excitante.

Coloco os buquês em cima de uma mesinha ao lado da poltrona que eu estou sentado e retiro minha gravata e desabotoo dois botões da minha camisa social. O clima no nosso quarto estava esquentando e eu já estava sentindo isso.

Eles se afastam do beijo e ficam se encarando ofegantes.

- Agora eu quero que comecem a masturbar um ao outro. - Falo e solto uma risada satisfeita.

Eles me olham corados mas eu apenas sorrio para os mesmos.

Com a mão trêmula, Jimin segura o falo de Taehyung e começa a massageá-lo recebendo um arfar dele. Taehyung também começa a masturbar Jimin e logo os dois estão duros e gemendo como putas, minhas putas.

Depois de alguns poucos minutos Jimin começa a estremecer com os toques de Tae. 

- Você quer que eu continue? - Taehyung pergunta entre gemidos.

Jimin assente com a cabeça enquanto geme alto. Para minha surpresa e de Jimin, Tae deita o na cama e desce sua cabeça na mediação do baixo ventre dele e abocanha seu membro fazendo com que ele urre e arqueie as costas em prazer. Taehyung começa a fazer uma felação em Jimin que somente gemia alto enquanto me encarava com um olhar cheio de luxúria. Meu pau já estava tão duro e pulsante que nem sei como ainda não tinha rasgado minha calça. 

Me levanto e retiro minhas roupas e as jogos no chão me sento novamente na poltrona. Eu estava a ponto de gozar sem ao menos poder me tocar. 

Jimin segura nos fios de Taehyung e começa a foder rapidamente sua boca. Em pouco tempo Jimin goza estremecendo todo seu corpo com os espasmos do orgasmo. Taehyung engole toda a porra de Jimin e fica em cima de Jimin e o beija ternamente. 

- Venha nos foder, Por favor, Kook-ah. - Tae diz e eu rapidamente subo na cama.

Me encosto na cabeceira da cama e Taehyung logo se senta no meu colo e rebola em meu membro. Jimin também se aproxima ficando ao meu lado e começa a me beijar. 

Com certeza essa estava sendo minha melhor transa com meus garotos. Sempre que transávamos eu os fodia e pronto, eles ao menos se tocavam, e essa sensação de um threesome bem feito é algo maravilhoso.

Me deito na cama e Taehyung segura na base do meu membro e se senta nele. Ah, a sensação de estrar dentro de um dos meus meninos é tão gostosa, é tão quente, tão bom!
Jimin fica de quatro por cima de mim e começa a chupar Tae enquanto ele rebola em meu pau. A posição que Jimin se encontra me da total visão de seu pênis. Levanto um pouco minha cabeça e começo a chupá-lo, paro um pouco de chupar seu pau e começo a chupar dois dedos meus, assim que acho que eles estão bem lubrificados volto a chupar Jimin e enfio os dois dedos na entrada dele. 

Estávamos sentindo uma explosão de novas sensações durante o sexo. Jimin e eu gemiamos abafado por causa dos  pênis em nossas bocas, mas os gemidos de Tae eram altos e claros. 

Ficamos ali naquela posição durante alguns minutos até eu sentir que vou gozar. 

- Fiquem de joelhos aqui na cama. - digo e saímos daquela posição.

Fico em pé na cama e começo a me masturbar na frente deles. Os meninos abrem as bocas e colocam as línguas para fora esperando minha porra. Enquanto esperavam eles continuavam e se tocar. Chego ao orgasmo sujando as bocas e rostos dos meus bebês. Pouco tempo depois eles também gozam e deitamos ofegantes na cama, cada um com a cabeça deitada de cada lado do meu peito.

Dormimos ali mesmo, sujos e satisfeitos...

 

 

 

 

 

 

<...> ... <...>

 

 

 

 

 

 

- Eu já disse para vocês não brigarem por bobagens! - Grito desesperado tentando separar os dois que estavam mais uma vez atracados no chão da sala.

- Sua veada, você usou todo meu shampoo e não me avisou que acabou! - Tae berra enquanto puxa os cabelos de Jimin.

- Eu esqueci, sua bicha recalcada! - Jimin grita também puxando os cabelos de Tae.

Depois daquele dia os meninos melhoraram horrores sua relação, eles até começaram a conversar e assistir séries juntos. As brigas cessaram por completo? Vocês estão lendo que não, mas tudo bem, eu os amo.

E amor é até mesmo aguentar as brigas dos namorados, sim, eu, Jeon JungKook, tenho dois namorados...

 


Notas Finais


Minha nossa! Vocês gostaram? Espero que sim.
Sabe o Nam e o Jin que aparecem na fic? Eu já comecei a fazer uma OS nesse universo, falando do relacionamento NamJin e da peculiaridade do Jin ser amante das roupas femininas e as usa-las. A OS se chamará I'm Your Princess, Daddy!

Então aguardem...

Akemi te ama vocês~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...