História Boys in Love - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Seventeen, TWICE
Personagens D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Nayeon, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Blackpink, Bts, Drama, Exo, Fluffy, Revelaçoes, Romance, Seventeen, Twice
Visualizações 9
Palavras 1.605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpe, se houver algum erro :'3

Capítulo 12 - Mudança


Pov Stefani

Acordei com dor de cabeça, mas felizmente não era muito forte. Me sentei na cama e comecei a olhar ao redor, eu estava no meu quarto, como? 

- Ah é, Jimin me trouxe em casa - digo com uma voz sonolenta, me recordando do que aconteceu. Olho para o lado e vejo que tem um celular em cima da minha cama.

- Esse celular... Não é meu! - digo pegando o celular e ligando a tela. Sorriu ao ver na tela de bloqueio uma foto minha com o Jimin, ele é um fofo! 

- Ai! - sinto uma dor em minha cabeça e coloco minha mão no local da dor. Em instantes meu celular começa a tocar, pego ele em cima do criado mudo e atendo sem ver quem era.

- Alô? - digo coçando meus olhos.

- Ste, vou passar ai pra te ajudar a levar sua coisas pro apartamento.

- Ah, é hoje?

- Sim, e que voz é essa de sono?

- Ah... É que eu acabei de acordar.

- Loca, sabe que horas são? 

- Não!

- 14:43. Se arruma logo que já vou passar aí, tchau!

- Ta, tchau! - desligo.

Saí da cama sem nenhuma vontade de sair dela, fui até o banheiro e fiz minha higiene. Coloquei uma camisa cinza de manga longa, um short jeans e prendi meu cabelo em um rabo de cavalo. Comecei a colocar algumas roupas que estavam do lado de fora dentro da minha mala, até meu celular começar a tocar. Era o Jimin.

- Oi, ChimChim! 

- Oi, eu deixei meu celular aí? - diz. Eu olho para seu celular em cima da cama.

- Sim!

- Ok, vou aí pegar!

- Ok! 

- Tchau! - ele desliga e eu faço o mesmo.

 

{...}

 

Por incrível que pareça, Jimin chegou muito rápido no meu quarto. Isso tudo por um celular? 

- Sweet! - diz Jimin batendo na minha porta. Eu à abro e dou espaço pra ele entrar.

- Você chegou muito rápido! - digo. Jimin pega seu celular e olha para minha mala que estava aberta cheia de roupas.

- Você vai pra algum outro lugar? - ele guarda seu celular no bolço e olha pra mim, enquanto eu fechava a porta empurrando-a com minhas costas.

- Uh-huh... Uma amiga vai vir aqui me buscar - digo me aproximando da mala e voltando a guardar minhas roupas.

- Quer que eu te ajude? - ele se aproxima de mim e pega uma peça de roupa.

- Não precisa... - digo.

- Eu insisto - ele dobra a peça que estava em sua mão e guarda em minha mala.

Depois de um tempo, dobrando e guardando roupas. Eu resolvi quebrar o silêncio.

- Jimin, o que aconteceu ontem? - digo tentando fechar a mala - Depois que eu acordei... Você me deixou e foi embora? 

- Na verdade, não! - ele me ajuda a fechar a mala - Você dormiu em meus braços enquanto eu te trazia aqui e então... Depois que eu te coloquei na cama... 

 

Pov Jimin (Ontem ás 03:18)

Eu coloquei Stefani na cama, e ela dormia como um bebê. Comecei à olha-la dormindo enquanto passava minhas mãos em seus cabelos.

- J-Jimin! - diz com uma voz fraca e sonolenta, passando seus braços envolta do meu pescoço, ainda com seus olhos fechados - Não saí de perto de mim.

- Ok, não vou sair - sussurro.

Eu me deitei ao lado dela e comecei a acariciar sua bochecha enquanto ela dormia. Fiquei por um tempo ali e depois eu fui embora.

 

Pov Stefani (Hoje)

- Eu fiz isso mesmo? - sinto minhas bochechas esquentarem e no mesmo instante abaixei minha cabeça para que o Jimin não me veja corada.

- Sim, você é muito fofa dormindo! - diz. Eu o olho e ele da aquele sorriso perfeito, mostrando seus dentes. Naquela hora, não sei porque, mas meu coração começou a disparar e eu não parava de olhar para seus olhos até eles caírem para seus lábios. Droga! Como eu queria poder beija-lo agora, pera que?

Um silêncio se fez no quarto, Jimin começou a se aproximar de mim enquanto estávamos sentados no chão, eu me aproximei dele ficando centímetros perto de seu rosto e meu coração começou a bater mais forte que antes, meu rosto estava quente. Ele colocou sua mão em meu rosto e eu fechei meus olhos, esperando um beijo. Até que meu celular começou a tocar, Amaldiçoo a pessoa que me ligou nessa hora. Afastei um pouco meu rosto e peguei meu celular.

- A-Alô? - digo tentando controlar minha voz tremula.

- Já estou na recepção - era a Cj - Desce!

- Ta, calma já estou indo! - desligo. Reviro os olhos - Minha amiga chegou, então acho melhor... - digo sem olhar para Jimin. Ele me interrompe.

- Eu levo sua mala! - ele pega minha mala.

- Jimin, não precisa... - ele não me ouviu e saiu do meu quarto levando minha mala. Sorri de canto ao ver a cena e saí do meu quarto, fechando a porta logo em seguida.

 

{...}

 

Saimos do elevador, encontrando Cj sentada no sofá da recepção. Andei até ela e Jimin me seguiu puxando a mala.

- Oi... Oi! - diz se levantando e olhando pra mim ao me ver chegando perto dela, mas logo seu tom de voz mudou ao olhar para o Jimin atrás de mim. Um tom de voz melodioso e um pouco sedutor. Eu olho para Jimin e depois para Cj.

- Obrigado, Jimin. Por você ter me ajudado com minha mala! - olho para ele e pego minha mala - Então... Vamos Cj? - olho pra ela.

- Claro, tchau! - ela sorri dando tchau para o Jimin. Ele faz o mesmo

- Vamos logo! - pego no braço dela e à levo para a entrada do hotel - Tchau, Jimin! - olho para trás e o vejo sorrindo pra mim. Eu retribuo seu sorriso.

- Tchau! - diz.

 

Pov Helena

Uma policial abriu minha cela, e ao entrar me deu pequenos tapas em minhas costas me acordando e me fazendo ignora-la.

- Saia! Pagaram sua fiança você já pode ir - diz. Me viro para olha-la e arqueio uma sobrancelha.

- Sério? - digo ainda com a sobrancelha arqueada.

- Sim, mas se quiser ficar aqui... - ela coloca suas mão em seus bolços me dando um olhar sarcástico.

- Nem fodendo! - digo em português, me sentando na dura cama de cadeia.

- O que disse? - arqueia uma sobrancelha confusa.

- Nada, já estou indo - saio da sala junto à policial.

Ela me levou até um lugar onde entregaram meus pertences para eu poder ir em bora. Finalmente vou sair dessa cadeia, não aguentava mais.

Fui até a recepção, segurando a caixa com minhas coisas e acabo me deparando com Jin sentado em um dos bancos da recepção. Mas é óbvio que tinha que ser o Jin para pagar minha fiança. Quando me viu ele se levantou e veio em minha direção.

- Essa caixa esta pesada? Eu seguro! - ele tenta pegar a caixa de mim, mas eu à trago pra mais perto de mim, encostando em meu corpo.

- Não precisa, eu seguro! - ele me da um selinho rápido, e saimos da delegacia. Finalmente.

Andamos em paços lentos até minha casa, passando por vários olhares de ódio, decepção, nojo e as vezes as pessoas me olhavam estranho, e fofocavam enquanto me olhavam. Deviam estar se perguntando, o que essa criminosa faz com o Jin? Eu sabia que todos aqueles olhares sobre mim eram das fans da Anna. Tentei ignorar o máximo possível.

 

Pov Isadora

Acordei com muita dor de cabeça, tipo MUITA mesmo. Abri meus olhos lentamente e vi o rosto de D.O, ele estava dormindo e ele fica tão lindo dormindo. Passei a mão sobre suas bochechas tetando não acorda-lo, mas quando eu olhei para baixo, vi que D.O estava sem camisa e aparentemente sem roupa também, e quando olhei para meu corpo eu também esta sem roupa. Droga! O que aconteceu ontem? É bem óbvio o que aconteceu, mas eu não lembro de nada, e é bem difícil aceitar que você transou com seu melhor amigo.

- D.O... D.O! - digo tentando acorda-lo, mexendo um pouco ele.

- Uh... Fala - diz com voz de sono e com seus olhos fechados. 

- Acorda! - tento acordar ele pacientemente, mexendo em seu cabelos e dizendo com uma voz melodiosa.

- Como que você quer que eu acorde se você esta fazendo esse cafuné tão bom na minha cabeça? - ele ainda estava com os olhos fechados e com aquela voz de sono. Eu o empurro e ele cai da cama - Já acordei! - ele se senta no chão.

- Pega sua roupa logo antes que meu irmão entre no quarto - digo sentando na cama com o lençol enrolado em meu corpo.

- Ele não era pra estar na Big Hit? - diz pegando suas roupas e às colocando.

- Sim, mas algumas vezes ele passa em casa só pra ver como eu estou. Ele não confia muito em mim. - digo colocando minhas roupas.

- E seus pais? - ele se senta na cama e olha pra mim.

- Em Busan - abotoou minha calça e vou dando passos até a porta. Quando me aproximei da mesma, escutei barulhos de coisas se quebrando e alguns... Gemidos?

Aparentemente não foi só eu que escutei, me afastai um pouco da porta e olhei para D.O que estava de olhos arregalados. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...