História Boys In Luv - Series - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Namjin, Taekook Yoomin, Vkook, Yoonseok
Exibições 74
Palavras 6.183
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá a todos, essa é a minha segunda fic e me sinto muito feliz em escrever. Minha primeira fic foi uma Original - de yaoi também. Mas decidi fazer uma belezura de fanfic sobre BTS, a minha banda utt.
Espero que você, leitor, goste, pois fiz com muito carinho e amor. Obrigada :3

Capítulo 1 - Stigma


Fanfic / Fanfiction Boys In Luv - Series - Capítulo 1 - Stigma

Kim Taehyung POV

----------------------------------------------------------------------------------------------------

Nunca achei que me apaixonaria por alguém, ainda mais nunca tendo trocado qualquer sílaba com a mesma. A pessoa que estou apaixonado é um garoto mais novo do eu chamado Jeon Jungkook. Eu sempre observei ele de longe, desde que ele entrou no colégio, quando um garoto estava sofrendo bullyng, Jungkook o defendeu. Achei isso adorável, e ao poucos fui descobrindo que ele é incrível.

Ele é do primeiro ano e eu sou do segundo, Um ano mais velho do que ele, mas sinceramente, ele parece ser mais velho do que eu. Também, meu rosto é de uma criança de 14 anos, mas minha voz é extremamente grossa. 

Tenho vários amigos dedicados e que me fazem sorrir, Kim Namjoon, um garoto que destrói tudo que toca, Min Yoongi, que é o cara mais impaciente e dorminhoco que eu conheço, e Jung Hoseok, que é um cara que sempre me passa esperança e alegria com seus sorrisos enormes e contagiantes. Gosto da minha vida e dos meus amigos, tenho uma boa família e uma boa casa, não reclamo de nada. Mas se fosse pra pedir mais alguma coisa, eu iria pedir o amor de Jeon Jungkook. 

Jungkook é bom em tudo que faz, é esperto, tira notas boas, sabe desenhar, cantar e dançar maravilhosamente bem. As vezes vou ao clube de música escondido só para ver ele cantando, sua bela voz parece a de uma anjo. 

Está na hora do intervalo, e costumamos nos reunir no refeitório. Namjoon é da mesma sala que eu, enquanto Yoongi e Hoseok são do terceiro ano. Eu e Hoseok somos muito próximos, por incrível que pareça, nós dois já nos beijamos, claro estávamos bêbados em uma festa e começamos a jogar verdade ou desafio, e bom já podem ter imaginado, nessa festa até mesmo Yoongi beijou Hoseok. 

-Yoongi-Hyung eu compus uma nova letra. -Diz Namjoon colocando um pedaço de seu sanduíche na boca. 

-É sobre o que dessa vez? Sobre o seu belo e delicado Jin-Hyung de novo? -Fala Yoongi sem muita vontade de fazer algo. 

-H-Hyung! -Namjoon fica todo envergonhado.

Ah é, Namjoon é apaixonado por SeokJin, do terceiro ano. E por incrível que pareça, SeokJin é um dos melhores amigos de Jungkook. Coincidência? Acho que não. Jungkook tem o grupo mais bonito de amigos, o grupo mais cobiçado da escola. Kim SeokJin, que tem a aparência de um anjo e Park Jimin, um garoto extremamente sexy e sedutor. Apesar de SeokJin ser mais velho que os outros, ele parece ser o Maknae dali, de tão sereno e delicado que é. 

-Falei alguma mentira? -Pergunta Yoongi ainda sem vontade, se deitando na mesa,

-Yoongi, você está sendo cruel com Namjoon. -Diz Hoseok repreendendo Yoongi. -Namjoon, é sobre o que?-Hoseok vira pra Namjoon com um belo sorriso no rosto.

-Bom... É uma música que ficaria linda na voz de SeokJin-Hyung... -Diz Namjoon todo envergonhado.

-Eu falei que tinha alguma coisa a ver com o Jin. -Fala Yoongi levantando a cabeça e passando a mão nos olhos. Dou uma pequena risada, apesar de Yoongi ser assim eu acho ele engraçado. Hoseok dá uma revirada de olhos, mas depois volta para Namjoon.

-Aposto que ela é linda. -Diz ele com um sorriso reluzente. 

-E é. Pois  é para Jin-Hyung. -Diz Namjoon com um sorriso esperançoso. 

-Você deveria dar essa música pra ele, Namjoom. -Digo.

-Você sabe o que eu penso. Ele é bom demais para alguém como eu. Ele é sereno e belo, merece alguém tão lindo quanto. 

-Pois então deveria parar de escrever músicas pra ele, ué! -Diz Yoongi voltando a se deitar.

-Yoongi, pare de falar, obrigado! -Diz Hoseok já um pouco irritado -Namjoon, eu não conheço o Jin a ponto de te falar alguma coisa mas profunda, mas o pouco que eu conheço eu sei que ele não te rejeitaria de forma cruel. Então, não se acanhe. Animação Homem! -Diz ele fazendo um voz fina e engraçada que começo a rir. 

-Hoseok-hyung, você sempre me faz ficar bem. -Diz Namjoon. 

Começo a escutar alguns barulhos a mais no corredor, e isso só significa um coisa, o grupo mais lindo da escola chegou. Jimin está agarrando Jungkook pelo pescoço e Jin andando serenamente. 

-Eles estão aqui, não é? -Diz Yoongi com voz abafada por causa da cabeça abaixada. 

-Sim. -Diz Hoseok. Eles passam por nossa mesa e escuto a voz de Jimin.

-Qual é, Kookie? Nem uma chance? 

-Não, nenhuma. -Diz ele tentando retirar Jimin de seus braços mas é quase inútil. 

Ao ouvir a voz de Jungkook, meu coração bate mais rápido. 

-Deixe de ser louco, Jimin. -Diz a serena voz de SeokJin, o que faz Namjoon ficar nervoso, nossa Namjoon gosta tanto de SeokJin que fica extremamente vermelho. 

-AH, Oi Yoongi-Hyung. -Diz Jimin se separando de Jungkook, dando um belo sorriso fechando seus olhos em um belo eye smile, ficando bem na frente da cabeça dormida de Yoongi. 

Droga, eles param bem na nossa mesa, Jungkook fica encarando Jimin com uma cara de ciúmes e isso me deixa triste. Acho que Jungkook gosta desse garoto, meu coração aperta. Yoongi se levanta pra ver de quem é a voz e toma um pequeno susto ao ver que Jimin está quase encostando a cabeça na sua, seus lábios ficam próximos.

-O-Oi, P-Park. -Diz Yoongi afastando a cabeça olhando pra outro lado. Yoongi tem a pele tão branca que quando fica envergonhado fica vermelho. 

-Você pintou o cabelo de novo, Hyung! Está lindo. -Diz Jimin bagunçando eles. -Esse verde combinou com você. 

-O-Obrigado, Park. 

-Thauzinho, a gente se vê por aí. -Diz Jimin dando uma piscadela para Yoongi, que está todo envergonhado. 

Meu olhar se encontra com o de Jungkook, meu Deus! Desvio olhando para Hoseok, que percebo que está com o olhar todo em Yoongi, com uma cara séria. Nunca tinha visto Hoseok fazer essa expressão. Até parece que tá com ciúmes de Yoongi. Eles vão embora e somem da nossa vista.

-Como conhece Park Jimin, Yoongi? -Diz Hoseok com uma cara um pouco brava. 

-Ele é vizinho da minha tia. -Diz Yoongi voltando a deitar a cabeça. 

-Por que nunca me disse? -Diz Hoseok. 

-Não é algo relevante pra se dizer, Hoseok. Deixa de besteira. 

Hoseok desvia o olhar e olha para um canto qualquer. Espera, Hoseok sente alguma coisa pelo Yoongi? Tenso. 

-Hoseok, quer ir comigo comprar mais sanduíche? Hoje eu tô com uma fome. -Digo me levantando. 

-Claro. -Ele se levanta ainda com um olhar triste. 

Depois que estamos u pouco longe da mesa crio coragem pra perguntar.

-Hoseok, você gosta do Yoongi? 

-Q-Que tipo de pergunta é essa? -Diz ele todo envergonhado.

-Você ta todo pra baixo desde que Park Jimin parou na nossa mesa pra falar com Yoongi-Hyung. 

-Eu... Bom... Sim, eu gosto dele.

-Desde quando? 

-Acho que desde que a gente se beijou naquele jogo... 

-Não sei como gosta de Yoongi, ele é bruto com todo mundo.

-Também achava isso, até ver que ele estava sendo um amor com aquele moleque Park. -Diz ele bufando -Sempre conto tudo pra ele, e aquele estúpido sempre esconde tudo de mim. Até que e amigo do garoto mais provocante da escola! Você viu que ele mexeu no cabelo do Yoongi? Odeio esse garoto. 

-Também.

-Sério?

-Sim, ele vive se agarrado com o Jungkook. Pensa que pode ficar agarrando todo mundo porque ele gosta de ser rodado.- Digo lembrando dos braços do garoto rodeando Jungkook, e depois do olhar de ciúmes de Jungkook. -Ás vezes acho que o Yoongi gosta de você também. 

-Por que acha isso? -Pergunta ele surpreso mas com os olhos brilhando. 

-Ele sempre te obedece.

-Porque ele sabe o que acontece se não me obedecer. -Ele dá uma pequena risada.

-Vamos voltar, Hoseok.

Ele assente, e seguimos até a mesa. Hoseok é uma boa pessoa, se não fosse maluco e espalhafatoso ele seria perfeito. Chegamos na mesa e Yoongi está com a cabeça baixa dormindo e Namjoon no celular.

-Cadê o sanduíche? -Pergunta Namjoon.

-Acabou o sabor que eu queria. -Digo me sentando. Hoseok se senta do lado de Yoongi. 

-Hobi, essa mesa é muito dura... -Diz Yoongi se levantando e falando com uma voz sonolenta. -Posso me deitar no seu colo? 

-C-Claro! -Yoongi então se deita nas pernas de Hoseok que está tão vermelho. Nossa, queria estar assim com Jungkook, imagino ele se deitando sobre minhas pernas e eu fazendo carinhos nos cabelos negros do mais novo. 

-Tão bom... Parece um travesseiro. -Diz Yoongi relaxando nas pernas de Hoseok que ainda está bastante envergonhado. 

-Folgado. -Digo.

-Sou mesmo. -Diz ele com um pequeno sorriso o que faz Hoseok dar outro sorriso. Hoseok começa a massagear os cabelos de Yoongi que solta um som de conforto.  Passa alguns minutos e o toca o sinal do fim do intervalo, agora, agora é aula de física, eu odeio física. 

Quando a aula está acabando, um garoto atrás de mim me passa um papel, dizendo que terá uma festa na casa dele já que os pais não vão estar. Ele disse que convidou todos da sala, incluindo meus amigos. Eu olho para Namjoon e ele me diz que vai assim como os outros, então viro pra garoto e digo que vou. O papel que ele me deu tem o endereço da casa, o bairro que ele mora é o mais rico da cidade, nossa... A casa deve ser uma mansão maior que Seul! Exagerei, mas deve ser bem grande. Não sou fã de festas, mas se meus amigos estão lá fico mais a vontade.

De repente, meus pensamentos vão para Jungkook, deve ser porque daqui a pouco é sua aula de música, e bom, eu sempre gazeio aula para ir escutá-lo, quando ele canta me sinto tão feliz, ele me acalma. O sinal do término da aula de física toca, e saio em disparada para a sala de música, fico dentro do pequeno armário que sempre fico para escutá-lo, ele é pequeno mas não é desconfortável. 

Fico bem quietinho para ninguém perceber que estou ali, o armário tem pequenas frestas e dá para ver um pouco. Quando vejo as primeiras silhuetas chegarem, olho atentamente para ver a de Jungkook, quando finalmente o vejo dou um sorriso contente, nossa ele é tão lindo. Seus cabelos negros sobre os olhos, sua boca bem desenhada e quando ele sorri parece um coelhinho, tão belo. Seus olhos negros o deixam tão bonito, ele está do lado daquele chato do Jimin. Que saco, eles não se desgrudam? A voz de Jimin é estridente, não nego que ele canta bem, mas quando ele fala, parece uma puta da esquina, o que não deixa de ser uma mentira. Esse garoto já ficou com metade do colégio, incluindo garotos. Lembro que teve uma época que ele deu em cima de mim, dizendo que eu era bonito  e que poderíamos tentar algo, na mesma hora eu rejeitei claro. Não nego que ele é atraente e sexy, mas não faz meu tipo, em nada, ele é idiota, galinha, estúpido e metido a galã. 

As vezes penso o porque de Jungkook andar com esse garoto, ele não é uma boa companhia. A aula começa e Jungkook é o terceiro a cantar uma música, meu deus, é como está ouvindo um anjo. Pego meu celular para gravar essa voz para escutar quando estiver triste, ele sempre me deixa sempre em outro mundo. Gostaria de congelar este momento e ficar apenas ouvindo a bela voz de Jungkook. Estou tão hipnotizado pela voz de Jungkook que nem percebo que a música acabou, agora quem irá cantar é aquela coisa, Park Jimin, como já disse sua voz não é feia, mas nada se compara a de Jungkook.

-Tudo bem, alunos. -Diz a voz da professora quando Jimin acaba de cantar. -Vamos escolher entre os que cataram hoje para representar a escola no torneio nacional. Então Min Hai, Din Kwon, Jung Pyo, Jeon Jungkook e Park Jimin passaram por testes para poder entrar. 

-Eu não quero professora. -Diz Jungkook. O QUE COMO NÃO! grito mentalmente. Sua voz precisa ser ouvida por todos! 

-Por que não Jeon? Sua voz é linda, precisamos de um bom representante para a escola. Seria bom se você participasse, por favor... Pelo menos pense em fazer o teste.

-Tudo bem, vou pensar. Mas não confirme nada. -Diz ele simplista, mas consigo sentir um pouco de decepção em sua voz.

-Espero que possa fazer o teste. -Diz a voz da professora.

-Realmente, você tem que fazer esse teste, Kookie. -Diz a voz melosa de Jimin. Ele tem até apelido para ele. Isso me dói o coração. 

Gostaria de falar com Jungkook, eu falaria os meus sentimentos, como ele canta bem, o quanto ele é maravilhoso. Mas eu acho que ele é hétero, nunca aceitaria um cara estranho como eu. Se ele descobrisse que eu fico escondido em um armário para escutar ele cantando iria me achar um stalker, maluco ou até mesmo um pervertido. 

Mas apesar de amá-lo, eu não sinto muitos desejos sexuais por ele, claro em alguns sonhos. Mas se ele me aceitasse pelo menos como amigo eu já ficaria tão feliz, que não precisaria de mais nada. Apenas sua companhia me deixaria nas nuvens. 

Eu sou um covarde que não assumi diretamente o que sente, apenas fica escondido em um armário. Eu sou um idiota, quero ir embora. sei que ele não cantará sozinho, agora só cantará com os outros. Jungkook... Por que eu te amo tanto? 

O meu amor por ele é como uma cicatriz em meu peito, dói tanto não poder ficar com ele. É como uma Estigma

O sinal do fim da aula toca tão rápido que nem notei que tinha passado o tempo. Todos saem, menos Jungkook e Jimin, oq ue será que eles irão fazer?

-Kookie, você precisa fazer esse teste! É a sua chance de se tornar um cantor! -Diz ele pegando nas mãos abaixadas de Jungkook.

-Não posso, Jimin. Você sabe... 

-Vá escondido! Ele não pode te segurar o tempo todo. 

-Mas e se ele descobrir? Não quero que aquilo aconteça de novo... -Jungkook está com uma voz chorosa, o que será que ele está falando.

-Kookie, não se preocupe! Eu não vou deixar ele fazer nada contra você caso ele descubra, você é meu melhor amigo e vou te proteger, eu juro! - Diz Jimin dando um abraço em Jungkook.

Por um lado dessa conversa, estou mais tranquilo, Jimin chamou Jungkook de melhor amigo e isso me deixa mais aliviado. Mas o que será que está acontecendo com Jungkook? O que será que impede Jungkook de fazer esse teste? Eu queria ser a pessoa que está abraçando Jungkook e lhe dando apoio. Os dois saem da sala, e finalmente saio do armário. Quando vejo que já se passou um desde que eles foram embora, então saio da sala e vou para minha. Namjoon fica com uma cara de "Você fez isso de novo?", mas eu não me importo, sempre quero ver Jungkook cantando. 

-Você fez isso de novo? -Fala Namjoon. Eu não disse?

-Gosto de ouvir a voz dele. -Digo me sentando -E nem venha com lição de moral, você também já gazeou pra ouvir a voz do seu SeokJin.

-É diferente, não faço isso toda semana. Faço... 

-De 15 e 15 dias? Que diferença. -Digo o cortando. Dou uma risada e ele me olha com um bico irritado. 

-Você vai mesmo pra aquela festa com os meninos né? Não quero ir sozinho pra um lugar cheio de gente estranha.

-Vou, Taehyung. Se quiser podemos ir todos juntos.

-Eu agradeço. Você sabe que não sou muito de festas.

-É, eu sei... Eu queria que Jin estivesse lá... -Namjoon diz com um pequeno sorriso esperançoso nos lábios.

-Por que não pergunta pro dono da festa? Ele deve ter convidado Os Pecados da Escola, não acha. Acho, que até Jungkook estará lá.  - Namjoon dá uma risada ao ouvir o nome que eu dei ao grupo mais lindo.

-Jin não é um pecado, é uma benção. 

-Meu Deus, como você é meloso. Nem eu sou tão emocional desse jeito, meu Deus...

-É por que você não é apaixonado por Jin. 

-Mas e Jungkook? Querido, aquilo é uma benção e um pecado ao mesmo tempo, já viu os lábios dele? São desenhados perfeitamente para seu rosto. 

-Já viu os do Jin? São inchados e rosados, como se pedissem um beijo o tempo todo!

-É sério que a gente ta brigando pra ver quem dos nossos amores não correspondidos é o mais perfeito? Os dois são perfeitos prontos. Ainda tem uma cereja do bolo naquele grupo, aquele maldito.

-Park? Por incrível que pareça eu não acho ele essas coisas toda não. Ele é bonitinho, apenas.-Diz Namjoon dando de ombros.

-Você já invadiu a aula de educação física dele? -Pergunto simplista.

-Não. 

-Pois então nunca viu ele com uniforme de educação física, até eu que o odeio, fico com tesão. 

-TAEHYUNG QUE MERDA! -Diz Namjoon berrando.

-O que? Veja ele de roupa de educação física, até hétero vira gay ali meu amor. -Digo o mais gay possível.

-Por que você foi pra aula de educação física dele?

-Pra ver Jungkook. E ele fica gostoso de shortinho.

-TAEHYUNG PARA DE FALAR ESSAS LOUCURAS! Tá me deixando com medo. -Diz ele todo vermelho, amo deixar o Namjoon envergonhado.

-Nem venha, você vive vendo porno e eu não tô julgando. -Digo dando risadas.

-Chame de cultura erótica, obrigado.  - Gargalho alto com esse comentário de Namjoon, ele é um anjinho por fora, mas por dentro é um safado.  

-----------------------------------

Chego em casa depois de mais um dia de escola, amanhã é sábado, dia da festa do garoto da minha sala, Nem sei o nome dele direito e fui convidado. Quando abro a porta da minha casa, minha gata, Lisa, me recepciona se esfregando em minha perna. 

-Oi, Lisa. Como vai minha gatinha? - Ela apenas mia pedindo por carinho.

Coloco Lisa no colo e abraço, mas depois de um tempo recebendo abraços ela me empurra. Afinal, é uma gata.

-Filho, você chegou! -Fala minha mãe me dando um abraço. -Eu fiz um bolo de chocolate com morango hoje, o seu favorito! 

-Mentira! AHH Amo! -Vou direto pra cozinha e minha mãe me acompanha toda animada. No cento da mesa da cozinha, um bolo marrom com morangos em cima, a bastante calda de chocolate e pedaço de morango saindo. é um sponge cake. ahh só de olhar me dá água na boca. Ela pega um prato de porcelana e uma faca, corta um pedaço grande pra mim, e coloca bastante recheio, ai eu amo minha mãe! Coloco logo um pedaço na boca, e meu Deus... É como se apaixonar, só que melhor. O gosto doce de chocolate com pedaços de morango deixam meu corpo relaxado e extremamente feliz. 

-Está uma delícia! Não, além de delícia! Não existe nem palavra! -Digo pegando mais um pouco do bolo. 

-Ainda bem que gostou, filho. -Ela dá um pequena risada. -Sempre tão exagerado, isso é tão fofo. Você pode ter crescido, mas quando te dou bolo você volta a ter 5 anos.

-M-Mãe. Isso é vergonhoso. -Digo pegando um pouco mais de bolo e colocando na boca.

-Vá com calma, se não vai se engasgar. -Ela vai até a prateleira e pega outra prato, repartindo um pedaço para ela também.

-O papai vem pra casa hoje? -Pergunto colocando mais bolo na boca.

-Hoje não, querido. Só chega amanhã. Está muito amarrado no trabalho. 

Meu pai é dono de uma empresa de contabilidade, então quase nunca está em casa, mas ele é um ótimo pai quando está. Minha mãe tem cabelos negros e olhos longos e puxados, meu pai tem cabelos castanhos e olhos puxados mas abertos. Sou mais parecido com meu pai do que com minha mãe. Minha mãe é minha melhor amiga, ela sabe que gosto de garotos, meu pai também sabe, e encarou isso muito bem. Por isso eu sempre digo que não tenho nada a reclamar, mas se fosse pra reclamar, eu reclamaria para ter o amor de Jungkook. 

-Mãe... eu posso pegar outro pedaço? -Digo com uma cara de cachorrinho. Ela dá uma risada.

-Claro, querido. Esse bolo foi feito pra você, só não exagere.

Passo o resto da noite comendo e assistindo um filme com minha mãe, já que é sexta, não me preocupei com o tempo. 

--------------------------------

-Taehyung, já faz meia hora que não consegue escolher uma roupa! -Diz Yoongi impaciente. -Já disse que a primeira que colocou estava boa! Meu Deus, demora mais que mulher... 

-Deixa de ser impaciente, Yoongi! -Diz Hoseok dando um tapa na nuca de Yoongi que solta um resmungo de dor e raiva , Namjoon ri com esse ato. -Mas realmente você tá demorando muito, até parece que vai casar! 

-Gente, o Jungkook pode tá nessa festa, eu não posso está feio! -Digo retirando pela milésima vez minha camiseta.

-Taehyung, se você não escolher a merda da roupa, eu vou escolher, entendeu? -Diz Namjoon em um tom ameaçador.

-Vou terminar agora mesmo, pode ficar calmo. 

Cruz credo do Namjoon escolher meu modelito, ele é metido a estilista e sempre coloca umas roupas bizarras que só nele mesmo pra combinar. Uma vez deixei ele escolher, eu fiquei parecendo um gótico emo das trevas. Pego uma calça de preta que fica apertada em mim, uma camiseta vermelha e um casaco fino preto. Eu coloco e vou até os meninos pra ver se eles aprovam.

-TÁ ÓTIMO! BORA! -Diz Yoongi se levantando e pegando meu braço me puxando para fora do quarto. Hoseok e Namjoon saem logo em seguida rindo feito dois retardados, afinal eles são. 

-Mãe, eu vou sair agora, ok? -Vou até ela, que está sentada no sofá. Na mesma hora ela se levant.

-Mantenha seu celular ligado, seu pai não vai voltar essa noite, então me ligue assim que chegar lá pra eu não ficar preocupada entendeu? -Afirmo tudo que ela diz.

-Mãe, eu te amo.

-Eu te amo mais, Taehyung. Se divirta, mas não faça loucuras. -Ela me dá um beijo na testa. Os meninos começam a rir. -Você também se cuidem, se fizerem alguma loucura com meu Taehyung eu mesma castro vocês, entenderam? -Todos ficam sérios.

-Claro, senhora Kim. -Diz Hoseok -Não se preocupe, nunca deixaríamos TaeTae acordar em uma banheira de gelo com o rim fora do corpo. - Minha mãe dá uma risada e vai em cada um e deposita um beijo em suas testas.

-Pensava que só eu podia ter esse beijinho. -Digo fazendo bico.

-Deixa de ser ciumento. -Diz Yoongi abrindo os braços e abraçando minha mãe, ele é tão baixinho que até minha mãe é mais alta -A senhora Kim é minha segunda mãe.

-ONW Yoongi, como pode ser tão adorável? -Minha mãe diz fazendo uma carícia nos cabelos de Yoongi.

-Hyung! Pare de agarrar minha mãe. -Digo agarrando os braços de Yoongi e empurrando ele pra fora de casa. Os meninos logo me nos acompanham.

-Cuidem-se, meninos e boa festa! -Ela diz fechando a porta.

Quem vai dirigir é o carro é Yoongi. Ele e Hoseok vão na frente, enquanto e Namjoon vamos atrás. Hoseok coloca uma música de girl group e começa a cantar loucamente, enquanto eu e Namjoon rimos, Yoongi fica reclamando, dizendo o quão retardado Hoseok é, ele tentou mais de uma vez tirar a música de Hoseok levando tapas toda vez que tentava retirar. 

-Eu não quero escutar essa viadagem, tira! -Ele vai de novo té o rádio e Hoseok dá um tapa em sua mão e em seu ombro.

-Se você não parar de tentar mudar a música, eu queimo seus raps! 

-Você um chato. -Ele diz com cara emburrada. 

-Eu sou um amor, meu bem. Você que é um chato que reclama de tudo que existe na terra! -Ele diz aumentando o som da música e cantando mais alto, enquanto Namjoon e eu íamos na onda de canatr juntos. Yoongi deve estar com tanta raiva que seria capaz de matar. 

É por isso que eu acho que Yoongi também gosta de Hoseok, desobedece todo mundo, mas quando é Hoseok ele sempre obedece. Finalmente chegamos, Yoongi na mesma hora desliga o som, o que deixa Hoseok com raiva e começa e xingá-lo, dizendo que ele aina estava ouvindo.

-Chegamos, idiota! Vai poder escutar mais músicas lá dentro. -Diz Yoongi saindo do carro.

Eu e os meninos saímos do carro, estamos muito arrumados, Yoongi está com uma camiseta branca com gola V, uma calça preta bem apertada e um blaser preto, o que o deixa bem charmoso, ainda mais com sua nova tonalidade de cabelo, verde claro. Hoseok está com uma calça verde escuro também apertada e uma blusa verde claro, e Namjoon, como sempre, uma camisa de gola longa cinza e manga comprida, e uma calça preta.  Entramos na casa que está super lotada, música tocando alto e feches de luzes em todo canto.

-Ele convidou o colégio inteiro foi? -Pergunta Yoongi.

-Será que tem bebida? -Pergunta Hoseok inocentemente.

-Claro né, lesado. Já viu o tamanho dessa festa, se ele não servisse bebidas, as pessoas não estariam aqui dançando.

-Lesado é você. 

-Falando em bebida, vamos logo ver se tem bar aqui dentro. -Diz Yoongi andando mais pra dentro.

-Yoongi, não começa... -Hoseok começa a falar mas logo é interrompido por Yoongi.

-Deixa de ser chato, Hoseok. Vem logo, deixa de frescura, vamos beber. -Yoongi pega no braço de Hoseok que fica vermelho com o ato e é puxado até o bar. 

-Será que o Jin-Hyung veio? -Pergunta Namjoon ficando meio nervoso. -Acho que ele não viria pra um lugar como esse. 

-Namjoon, esquece ele por um momento, vamos beber! Afinal é uma festa. -Digo, apesar de também querer saber se Jungkook está na festa. 

Vamos até o bar, onde Yoongi já tem um copo com álcool nas mãos, e Hoseok o olha com um pouco de receio. Da última vez que ficaram bêbados se beijaram, bom eu também beijei o Hoseok mas foi diferente. Yoongi pega um segundo copo e bebe quase todo de um vez, aí pega o terceiro. Tô começando a ficar preocupado. 

Quando estamos todos com copos na mão, alguns gritos de animação correm pelo ar, o que será que aconteceu? Quando menos espero, damos de cara com Os Três Pecados. Jungkook está no meio deles, e meu Deus... Ele tá lindo, tipo, muito. Ele está com uma uma calça de couro preta bem apertada definindo suas cochas, e que cochas meu bem, aiai, uma camiseta branca e um casaco verde claro de lã. Meu Deus, que lindo.... Jimin está vestindo um casaco de atleta azul claro com vermelho, seu cabelo está laranja, o que combina com a roupa. Jin está com um blaser grande e comprido rosa bebê e uma calça jeans clara. Não é atoa que eles são Os Pecados. Jimin avista Yoongi e vem correndo até ele.

-Yoongi-Hyung, como está bonito. -Diz ele bem próximo de Yoongi, o que deixa Hoseok com uma cara de ódiomortal pelo mais baixo. -O que está bebendo?

-Vodka com suco de Kiwi. -Diz Yoongi mostrando o copo. 

-Eu amo Kiwi! Poderia me dar um desse também? -Diz Jimin, o que faz Yoongi ficar meio vermelho. Yoongi pede para o barman mais um drink e ele faz rápido dando para Jimin. 

-Obrigado, Hyung. Você é muito gentil... -Diz ele próximo ao rosto de Yoongi. Hoseok está uma pilha de raiva e então se coloca na frente dos dois.

-OI MEU NOME É JUNG HOSEOK! -Hoseok estende a mão - Então... Você é Park Jimin, não é.

-Sim, eu sou. -Diz Jimin comum cara confusa, mas logo estende a mão para cumprimentar Hoseok. -Prazer em conhece-lo, Hoseok.

-O prazer é todo meu Park Jimin. -Diz ele o mais irônico possível, tô começando a ficar com medo do Hoseok. 

Jimin então afasta o corpo de Hoseok e volta a se aproximar de Yoongi, que está mais lerdo que o normal. 

-Então, Yoongi-Hyung, gostaria de dançar comigo? -Pergunta o mais novo segurando na cintura de Yoongi, que fica envergonhado.

-Ele tá com a gente, Park Jimin. -Digo. 

O mais novo olha pra mim com um olhar de desprezo pelo o que eu disse. Hoseok já já voa pra cima do Jimin, tenho que evitar matança hoje. 

-Já tá arrumando confusão, Jimin? -Fala uma voz que conheço tão bem. Não pode ser. Ao me virar me deparo com Jungkook atrás de mim. Todo meu corpo estremece como se tivesse recebido um choque elétrico, meu Deus, ele é ainda mais lindo de perto.Nossos olhos se encontram, ai que vergonha, na mesma hora olho para baixo envergonhado.

-Aff, todo mundo se mete na minha vida. -Diz Jimin largando a cintura de Yoongi, que está paralisado. Começo a encarar Jungkook, que está tão próximo como nunca esteve antes.

-Por que tá me encarando? -Ele pergunta olhando diretamente para mim. Ai que nervoso, será que eu falo? 

-É-É b-bom é-é... -Minha voz não sai, POR QUE ELA NÃO SAI?!

-Olá, eu sou Kim SeokJin é um prazer conhece-los! -SeokJin aparece do lado de Jungkook fazendo uma voz doce. Olho para Namjoon e vejo que ele bebe mais um gole grande da bebida que está em suas mãos. -Jimin ontem parou na mesa de vocês, não cumprimentei ninguém pois tenho bastante vergonha, mas agora tenho a chance de fazer novos amigos, não é? 

Meu Deus como alguém pode ser tão fofo em tido que faz? Até o modo de falar de Jin é sereno.

-Bom, eu já conheço o Yoongi e o Hoseok. Mas vocês dois eu não conheço. -Diz apontando para mim e para Namjoon. 

-Meu nome é Kim Taehyung, é um prazer. -Digo me abaixando e desviando o olhar o Jungkook que ainda me encara. Meu Deus, meu coração vai explodir com esse olhar dele.

-K-K-Kim N-N-N-... -A voz de Namjoon não sai, á pior do que eu ein filho. 

-Kim Namjoon. -Diz Hoseok ficando entre mim e Jungkook -Você poderia restirar esse tarado da frente do Yoongi? Eu agradeceria. -Hoseok fala para Jungkook, que dá uma risada baixa.

-Você acha que eu controlo essa raba aí? -Diz Jungkook cruzando os braços. -Isso aí nem o FBI controla. 

-Mas tente, ele fica se grudando nele, e eu não gosto disso. -Hoseok diz dando mais um passo em tom ameaçador para Jungkook.

-Sinto muito por Jimin, Hoseok. Ele só está brincando é assim com todo mundo. -Diz a serena voz de SeokJin, que vai até Jimin e o puxa pela a orelha que reclama como uma criança. 

-OMMA JIN PARA! Não atrapalha meus rolo! -Diz Jimin com uma voz manhosa. 

-Park Jimin, obedeça e cale a boca. Obrigado. -Jimin fica com uma cara emburrada e um bico. -Nos vemos por aí pessoal! Foi um prazer em conhecê-los Taehyung e Namjoon. -Jin dá um sorriso gentil, acho que Namjoon dessa vez morre de vez.

-Yoongi-Hyung quando seu guarda-costas desaparecer a gente volta pra aquela conversa da dança, tudo bem? -Jimin fala já sendo puxado por Jin que o leva para longe.

-T-Tudo bem. -Diz Yoongi, o que faz Hoseok virar pra ele com uma cara decepcionada e raivosa.

-Thau, Taehyung. -Diz Jungkook se virando, meu Deus, ele disse o meu nome. Posso morrer agora.

-T-Thau... - Ele se vira ao ouvir minha voz e dá um pequeno sorriso e volta a andar. 

Pronto, estou oficialmente morto de morte morrida. 

-COMO ASSIM TUDO BEM SENHO MIN YOONGI? -Berra Hoseok com ódio em suas palavras.

-O que? Acha mesmo que vou rejeitar uma dança? -Diz ele pegando outro copo. 

-Você rejeita os meus convites. -Ele diz tristonho.

-Porque você dança que nem um louco.

-E o que tem a ver com você aceitar os convites daquele idiota do Park? 

-O que ta acontecendo com você, Hoseok? -Diz ele.

-Essa bebida tá e deixando louco, para de beber ou eu vou... 

-PARA DE MANDAR EM MIM COMO SE FOSSE MINHA MÃE! -Yoongi grita com Hoseok. -Cansei de ter que ficar recebendo ordens de você, vê se me deixa em paz! 

Yoongi pega mais um copo e sai, ah não, coitado do Hoseok. 

-Ta tudo bem, Hyung? -Pergunta Namjoon colocando a mão no ombro de Hoseok que está com a cabeça baixa.

-Hobi, tudo bem... -Digo abraçando ele. -Ele já deve ta bêbado, não se preocupa, ok? 

-E-Ele me odeia... -Sinto uma gostas quentes no meu ombro, droga ele está chorando. -Vou embora dessa merda de festa. 

-Espera, Hobi, acabamos de chegar, você sabe como Yoongi é idiota não sabe? Então, não se deixe levar pelas palavras dele. Vamos nos divertir ok? -Digo separando nossos corpos e limpo suas lágrimas. 

-Não tô no clima. -Sua voz é chorosa.

-Vamos, eu peço pra tocarem Ice Cream Cake pra você rebolar até o chão, vamos! -Digo mexendo o corpo dele, ele dá um pequeno sorriso. Isso, tenho que animá-lo. 

-Tudo bem, tudo bem. Você me convenceu... -Diz ele limpando seu rosto e dando tapinhas neles para se animar, ele abre um sorriso e se recompõe.

-Esse é o Hobi que eu conheço! Vamos lá, Namjoon pega uma bebida pro Hoseok enquanto eu levo ele pra pista.

Levo Hoseok até um aglomerado de gente e peço a música para o DJ, quando toca o refrão Hoseok se anima e começa a dançar loucamente, é tão bom vê-lo assim sorrindo contente. Namjoon logo chega com a bebida dele e o mais velho apenas pega e bebe tudo de um vez dando um sorriso largo e dando um grito estridente e frenético.

A música acaba, mas quando toca outra mais sensual Hoseok dá a louca e começa a dançar sensualmente para outro cara, rebolando. Meu Deus ele tá muito louco. O cara pega na cintura de Hoseok e faz mais movimentos sensuais para completar a coreografia. Nossa...

-Namjoo, cê fica de olho no Hyung, vou atrás do Yoongi pra ver o que ele tá perdendo.

-Vai, não vou deixar o Hoseok cometer nenhuma besteira. 

Saio da pista e vou tentar Yoongi que está lá fora, deitado no chão com o braço sobre a cabeça. Vou até ele e me sento ao seu lado.

-Você foi muito duro com o Hyung. -Digo o que faz ele tomar um susto. 

-É você Taehyung? 

-Sim.

-Você acha que fui muito mal com ele? -Ele pergunta tirando o braço de cima do rosto, me encarando com seus pequenos olhos puxados. 

-Sim... Sabia que ele chorou? 

-Tsc, não queria ter falado aquelas coisas pra ele... 

-Então por que falou? 

-Eu não sei... Apenas saiu... 

-Pois deveria sair daí um pedido de desculpas. Hoseok tá rebolando lá na pista quase dando pra outro.

-O QUE? -Ele se levanta com uma cara zangada. -Ele não tava chorando? 

-Estava, ele queria ir embora, mas eu o convenci de ir dançar. Quando eu vi ele bebeu em segundos e começou a tocar uma música bem quente, aí ele começou a ebolar e uma cara viu e foi pra cima dele. Pode ficar tranquilo, Namjoon tá lá com ele.

-AH CLARO NAMJOON O SENHOR RESPONSABILIDADE! Você é idiota, deixou ele sozinho com outro cara.

-Isso é ciúmes, senhor Min Yoongi?

-NÃO MESMO, preocupação! É Isso, preocupação. -Diz ele todo nervoso se levantando e indo até lá dentro, rapidamente vou até ele também. Quando encontramos Hoseok ele está com mais um copo na mão e com o corpo colado no cara de antes, ele está rindo, o cara começa a beijar a nuca de Hoseok que começa a fazer uma cara de quem está amando. 

-HOSEOK! -Yoongi diz separando os dois. -O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO?

-Ué, dançando com meu amigo feito um louco. Afinal eu só danço como um louco, não é? 

-Hoseok, vamos embora. Já bebeu o bastante. -Diz Yoongi tentando pegar o copo da mão de Hoseok que não deixa.

-Não se aproxime de mim.

-O que você tá fazendo? Eu cheguei primeiro. -Diz o cara segurando a cintura de Hoseok o puxando de volta pra dança. 

-Foda-se, ele já tava comigo muito antes! -Yoongi pega a mão de Hoseok que em reflexo dá um tapa na cara de Yoongi.

-Vai dançar com aquele merda do Park Jimin, vai. Não tá vendo que eu troquei de companhia? -Diz Hoseok voltando a abraçar o outro cara, dando um beijo intenso nele, Yoongi vai matar alguém se eu não me meter.

-Yoongi, vamos. 

-NÃO! VOCÊ ME CHAMOU AGORA AGUENTA. -Yoongi separa o beijo dos dois, e arrasta Hoseok pelos braços, meu Deus. Hobi dá um grito de raiva e some da nossa vista.

-Aff, ele era gato. -Diz o cara com uma cara de decepção. -E você, tá sozinho? -Ele se dirige a mim e fico com muita vergonha.

-Não tenho interesse em você, obrigado. -Digo saindo com Namjoon daquele lugar vamos até um lugar mais afastado e sentamos. 

-Será que eles vão ficar bem? -Namjoon pergunta.

-Claro, no final aqueles dois sempre se resolvem.  -Digo.

Meus pensamentos saem um pouco de Yoongi e de Hoseok e vão para as lembranças de Jungkook falando comigo, dizendo meu nome, meu coração começa a arder, se apaixonar é bom, mas tem suas desvantagens, dói como uma cicatriz, como uma Estigma.


Notas Finais


E então, gostaram? Por favor digam que sim, isso acabou com minha forças, passei três dias escrevendo isso. Prometo postar o próximo o mais rápido possível
OBRIGADA POR LER AAAAAA :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...