História Boys In Luv - Series - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Jihope, Namjin, Taekook Yoomin, Vkook, Yoonseok
Exibições 62
Palavras 4.793
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá leitores! Vim aqui trazer mais um capítulo dessa fic que estou muito animada em começar. Então espero que gostem, boa leitura.

Capítulo 2 - First Love.


Fanfic / Fanfiction Boys In Luv - Series - Capítulo 2 - First Love.

Min Yoongi POV 

--------------------------------------------------------------------------------------------------------

Hoje é sábado e costumo tirar esse dia para dormir, eu praticamente emberno no final de semana. Mas hoje, três horas da tarde, o maldito do Hoseok estava aqui para infernizar e tirar minha paciência.

-Vamos, Yoongi, hoje tem aquela festa, você dorme o quanto quiser amanhã. -Ele diz deitando em cima de mim.

-Hoseok, sai de cima de mim. Eu não vou sair, vou ficar aqui e dormir. 

-Você sempre dorme, Yoongi! -Diz ele manhoso com o rosto encostado na minha bochecha. -Vamos, eu trouxe comida.

-Eu não quero comer, quero dormir... -Digo tirando ele de cima de mim empurrando ele para o outro lado da cama, me enfiando debaixo dos travesseiros.

-Se você não se levantar eu vou morar com você! -Diz ele ficando em cima de mim novamente.

-Você vai me deixar dormir enquanto morar aqui? 

-Não, então se tem amor ao seu sono, sugiro que se levante. 

-Você é um chato, porra... Por que não vai perturbar Taehyung? -Digo tirando as cobertas de cima de mim. 

-Porque Taehyung não é fofo como você... -Ele diz me dando um beijo na bochecha. Ah isso me deixa tão envergonhado. -Vem, trouxe panquecas. 

Hobi é um garoto que realmente me tira do sério, mas nunca consigo ficar com raiva dele, por mais que eu tente. Seus sorrisos sempre me fazem obedecê-lo, e quando ele não é um chato, ele faz carinho em mim, como cafuné e massagem. Ás vezes acho que na vida passada eu era um gato. A minha paixão é dormir e receber carinho de Hobi, e quando os dois se unem, é maravilhoso. Também amo escrever e cantar raps, gosto também de pintar meus cabelos, por mais que algumas pessoas me chamem de gay eu não me importo, eu não consigo ficar com apenas um visual.

-Só me levando se você me fizer um cafuné... -Digo abraçando sua cintura. 

-Tudo bem, meu gatinho. 

Ele coloca minha cabeça em seu colo como sempre e começa a alisar meus cabelos, isso é tão bom, encaro o rosto de Hobi, e quando ele percebe que estou olhando pra ele, o mesmo solta um belo sorriso para mim, Gosto de seus sorrisos.

-Você ficou muito bem com esse cabelo, Yoongi. Acha que eu deveria pintar o meu também? -Diz ele mexendo em seus cabelos castanhos caídos sobre os olhos, o que o deixam fofo.

-Não, você fica bonito assim. -Ele fica envergonhado e fecha os olhos, continuando meu cafuné. 

-Pronto, agora levante-se. 

-Ainda são três da tarde? - Pergunto me levantando de seu colo. 

-Três e meia. 

-Você é um grande filho da puta em me acordar a essa hora da manhã. 

-Yoongi, olha a boca! 

-Deixa de frescura, até parece que não fala palavrão.

-Evito ao máximo, ok? -Diz ele cruzando os braços e fazendo um bico neles.

Me levanto na cama e lembro que estou só de camiseta e cueca, como vou tomar banho retiro minha camiseta. Hoseok olha pra mim com um olhar envergonhado, até parece que nunca meu viu nu antes. 

-E-Eu te espero lá fora... -Ele diz saindo do quarto apressado.

Nossa, o que deu nele? Vou até o banheiro e retiro minha cueca e entro no box do chuveiro. A água que sai do chuveiro é morna, mas não tanto, uma temperatura agradável. A água caindo em meus cabelos me faz lembrar que Yoongi achou meu cabelo bonito, mas também outra pessoa disse que ele estava bonito. Park Jimin.

Eu não entendo, mas ele me deixa envergonhado. Seu corpo é definido e seu rosto é charmoso, a voz dle é suave e sexy. O conheci quando estava na casa da minha tia e descobri que Park era seu vizinho. O vi apenas com um short e uma camiseta fina que definia seu corpo, naquele momento comecei a me sentir estranho. Ele também pintava o cabelo como eu de cores loucas, agora está com um cabelo laranja que o deixa ainda mais sexy. Park Jimin é a tentação em pessoa, também ele é um dos Três Pecados, tinha que ser o mais sexy deles. 

-Já tá demorando uma década, Yoongi! -Grita a voz estridente de Hoseok do lado de fora do banheiro.

-Que exagero! -Grito de volta, e desligo o chuveiro. Escovo os dentes e entro no quarto e coloco apenas uma camiseta e a calça de moleton, sem cueca e mais nada. Começo a secar meu cabelo com a toalha, rapidamente ele está seco.

Vou até a cozinha vejo Hobi cortando algumas frutas, a visão que tenho de suas costas é bonita, isso me faz ficar um pouco estranho. 

-Cheguei, Hobi. -Digo me sentando e desviando o olhar daquelas costas bem desenhadas e cintura curvada.

-Demorou um ano. -Diz ele trazendo uma tigela cheia de morangos e mirtilos. -Sua panqueca já tá com chantilly como gosta, aqui tem frutas se quiser colocar. Quer o que pra beber? 

-Posso beber coca? -Pergunto.

-Não, tem que parar de se alimentar de porcarias. 

-Tá, Omma. Então me trás um suco. 

-De quê?

-De coca cola. -Digo e coloco um pedaço da panqueca na boca, está deliciosa, como sempre. Coloquei mirtilo para dá um sabor ainda melhor.

-Engraçadinho você ein. Vou trazer suco de maça, ok?

-Tanto faz.

Hoseok vai até a geladeira e coloca o suco em um copo e me entrega. Hoseok cuida de mim como se fosse minha mãe, isso as vezes é bom e as vezes é ruim. Meus pais moram em outra cidade, Daegu. Mas queria vim para Seul estudar pois consegui uma bolsa para uma boa escola daqui. Me mandam dinheiro todo mês para comer e algumas diversões. Hoseok mora perto de mim, então vive aqui em casa, o que as vezes me deixa irritado. 

-Já escolheu a roupa que vai hoje? -Ele fala pegando uma panqueca e também.

-Vou pegar a primeira roupa que eu ver no armário. 

-Eu trouxe a minha roupa e vou me arrumar aqui.

-Com o convite de quem? -Digo.

-Meu, horas.

Dou uma pequena risada com seu cometário. Ficar com Hoseok pode ser estressante mas é muito bom. Eu fico feliz em ficar com ele, ele me faz sentir bem.

-----------------------------------------------------------

Já estamos na festa e finalmente desligo aquela maldita música de girl group que Hoseok tanto ama cantarolar.

-Chegamos, idiota! Vai poder escutar mais músicas lá dentro. -Digo saindo do carro.

Ao entrar na casa ela está lotada com muita música e feches de luz por todos os lados. Não gosto de festas, bom, não sem bebida. Se está lotado é obvio que tem bebida, e isso me anima.

-Ele convidou o colégio inteiro foi? -Pergunto.

De repente lembro que Os Três Pecados podem estar na festa, ou seja, Park Jimin.

-Será que tem bebida? -Pergunta Hoseok inocentemente com aquela cara de lesado.

-Claro né, lesado. Já viu o tamanho dessa festa, se ele não servisse bebidas, as pessoas não estariam aqui dançando.

-Lesado é você. 

-Falando em bebida, vamos logo ver se tem bar aqui dentro. -Digo andando mais pra dentro.

-Yoongi, não começa... -Hoseok começa a falar mas logo o interrompo.

-Deixa de ser chato, Hoseok. Vem logo, deixa de frescura, vamos beber. - Puxo o braço de Hoseok em direção ao bar. Ele me xinga, mas não deixa de me acompanhar.

Eu lembro que teve uma vez que estávamos tão bêbados que entramos em um jogo de verdade ou desafio e acabamos nos beijando. Aquele foi um dos melhores beijos da minha vida... Espera, não... Por que estou pensando essas coisas estranhas? Hoseok é meu amigo, mas isso não tira o fato que o seu beijo é bom. 

-Quero algo com suco de frutas. -Digo ao Barman que logo trás um um copo como um líquido verde. Ao dar o primeiro gole vejo que tem gosto de Kiwi com vodka, a bebida é doce mais arde no final. 

-Quero o mesmo. -Diz Hoseok pegando um copo da bebida para si. 

Na mesma hora que o copo de Hoseok chega e termino de beber o primeiro copo e vou pedindo mais. Quando vejo já estou no terceiro copo. A bebida é boa e ardosa e me faz sentir melhor e mais acordado. Meus ouvidos são invadidos por alguns gritinhos animados, já suspeito quem deve ter chegado, Os Três Pecados, Park Jimin. Meu coração está saltitando, por que? Quando viro os três fazem jus a nome de Pecados. Um mais bonito que o outro, e são belezas diferentes. Jeon Jungkook, o mais novo, a beleza asiática é presente nele, um belos rosto e corpo. Kim SeokJin, uma beleza ingênua e delicada, que parece um anjo. E é claro, Park Jimin, o mais provocante do grupo, além de ter um corpo definido, tem um rosto inocente mas ao mesmo tempo safado, e isso me deixa doido. 

Na mesma hora que Jimin me avista ele vem correndo até mim, meu coração começa a ficar bastante nervoso. Dou mais um gole grande na bebida.

-Yoongi-Hyung, como está bonito. -Diz ele com aquela voz melosa e sedutora se aproximando muito de mim, isso está me deixando maluco. Park Jimin é ainda mais sexy de perto.  -O que está bebendo?

-Vodka com suco de Kiwi -Digo mostrando copo para o mais novo.

-Eu amo Kiwi! Poderia me dar um desse também? -Diz Jimin dando um sorriso lindo. Peço ao barman mais dessa bebida e rapidamente ele está com mais quatro copos nas mãos, deve ser prevendo que vou pedir mais. Pego um copo e dou para Jimin.

-Obrigado, Hyung. Você é muito gentil... -Diz ele com rosto bem perto do meu, ai meu coração está pulando feito um louco. Quando menos espero Hoseok se coloca entre mim e Park. O que esse idiota está fazendo? 

-OI MEU NOME É JUNG HOSEOK! -Hoseok estende a mão - Então... Você é Park Jimin, não é.

-Sim, eu sou. -Diz Jimin com uma cara confusa, mas logo estende a mão para cumprimentar Hoseok. -Prazer em conhece-lo, Hoseok.

-O prazer é todo meu Park Jimin. -Diz ele o mais irônico possível. Hoseok, o que diabos você está fazendo? 

Park então retira o corpo de Hoseok da minha frente e volta a se aproximar de mim. Apenas encaro seus olhos e não consigo raciocinar com esse garoto tão perto. 

-Então, Yoongi-Hyung, gostaria de dançar comigo? -Pergunta o mais novo colocando as mãos em minha cintura o que me faz ficar completamente vermelho e hipnotizado por sua boca, com os seus lábios inchados e vermelhos, me pergunto se o beijo dele é bom... PARA DE PENSAR IMORALIDADE YOONGI!

-Ele tá com a gente, Park Jimin. -Diz Taehyung se metendo na conversa.

Jimin olha para Taehyung com desprezo e uma ponta de raiva por estar atrapalhando. 

-Já tá arrumando confusão, Jimin? -Diz Jungkook atrás de Taehyung, que quando se vira fica tão envergonhado que poderia enfiar a cabeça em um buraco. 

-Aff, todo mundo se mete na minha vida. -Diz Jimin largando minha cintura, isso me faz ficar aliviado mas também decepcionado. 

-Por que tá me encarando?-Diz Jungkook para Taehyung.

-É-É b-bom é-é...-Taehyung não consegue nem falar, coitado. Gosta mesmo de Jungkook.

-Olá, eu sou Kim SeokJin é um prazer conhece-los! -SeokJin aparece do lado de Jungkook fazendo uma voz doce. Olho para Namjoon e vejo que ele bebe mais um gole grande da bebida que está em suas mãos. -Jimin ontem parou na mesa de vocês, não cumprimentei ninguém pois tenho bastante vergonha, mas agora tenho a chance de fazer novos amigos, não é?  -SeokJin é tão perfeito que tudo que faz é fofo e delicado.

-Bom, eu já conheço o Yoongi e o Hoseok. Mas vocês dois eu não conheço. -Diz ele apontando para Taehyung e Namjoon.

-Meu nome é Kim Taehyung, é um prazer. -Diz Taehyung se abaixando desviando o olhar de Jungkook.

-K-K-Kim N-N-N-... -A voz de Namjoon não sai, coitado, tão medroso.

Kim Namjoon. -Diz Hoseok ficando entre Taehyung  e Jungkook -Você poderia restirar esse tarado da frente do Yoongi? Eu agradeceria. -Hoseok fala para Jungkook, que dá uma risada baixa. Hoseok tá agindo mais estranho que o normal, ele pirou?

-Você acha que eu controlo essa raba aí? -Diz Jungkook cruzando os braços. -Isso aí nem o FBI controla. 

-Mas tente, ele fica se grudando nele, e eu não gosto disso. -Hoseok diz dando mais um passo em tom ameaçador para Jungkook.

-Sinto muito por Jimin, Hoseok. Ele só está brincando, é assim com todo mundo. -Diz a serena voz de SeokJin, que vai até Jimin e o puxa pela a orelha que reclama como uma criança. 

-OMMA JIN PARA! Não atrapalha meus rolo! -Diz Jimin com uma voz manhosa. 

-Park Jimin, obedeça e cale a boca. Obrigado. -Jimin fica com uma cara emburrada e um bico. -Nos vemos por aí pessoal! Foi um prazer em conhecê-los Taehyung e Namjoon. -Jin dá um sorriso gentil, acho que Namjoon dessa vez morre de vez.

-Yoongi-Hyung quando seu guarda-costas desaparecer a gente volta pra aquela conversa da dança, tudo bem? -Jimin fala já sendo puxado por Jin que o leva para longe.

-T-Tudo bem. -Digo bem nervoso, eu gostaria de dançar com Park Jimin, nossos corpos juntos dançando, isso deve ser tentador. Hoseok vira o rosto pra mim com uma cara raivosa e com um ponta de decepção.

-COMO ASSIM TUDO BEM SENHOR MIN YOONGI? -Berra Hoseok com ódio em suas palavras.

-O que? Acha mesmo que vou rejeitar uma dança? -Digo pegando outro copo. 

-Você rejeita os meus convites. -Ele diz tristonho.

-Porque você dança que nem um louco. -Digo bebendo mais da bebida. 

-E o que tem a ver com você aceitar os convites daquele idiota do Park? -Sua voz está raivosa e chorosa ao mesmo tempo.

-O que ta acontecendo com você, Hoseok? -Digo. Ele até parece minha mãe e tá com ciúmes que o seu filho arranje alguém.

-Essa bebida tá te deixando louco, para de beber ou eu vou...  -Ele diz se aproximando de mim e querendo pegar meu copo.

-PARA DE MANDAR EM MIM COMO SE FOSSE MINHA MÃE! -Digo gritando e empurrando Hoseok -Cansei de ter que ficar recebendo ordens de você, vê se me deixa em paz!

 Pego mais um copo cheio e saio daquele local. Hoseok é chato, um pé no saco. Por que ele não se manca, acha que pode mandar em mim quando bem entende? Ah mais não pode mesmo, odeio receber ordens. Vou para fora da casa até o jardim e fico debaixo de uma árvore, bebo a bebida toda de uma vez, meu estômago doeu dessa vez. Por que Hoseok tinha que fazer esse show estúpido? Me deito e coloca a mão em cima da cabeça, começo a pensar em Hoseok, se deveria ter gritado com ele daquela maneira. Sim, ele mereceu! Mas e se ele só estava preocupado com meu bem estar? Não justifica ele ter sido um chato! Minha cabeça já está louca, estou brigando comigo mesmo. Não sei a quanto tempo estou ali mas já se passaram alguns minutos.

-Você foi muito duro com o Hyung. -Tomo susto com uma voz grossa que logo reconheço ser de Taehyug.

-É você Taehyung? -Digo ainda com o braço sobre os olhos.

-Sim. -Diz sua voz grossa.

-Você acha que fui muito mal com ele? -Pergunto retirando o braço de cima dos olhos e encarando a face de Taehyung. 

-Sim... Sabia que ele chorou? 

-Tsc, não queria ter falado aquelas coisas pra ele...  -Confesso, fui muito duro. Imaginar Hoseok chorando dói meu coração, ele não faz o estilo de quem chora e sim o de quem faz as pessoas pararem de chorar com sorrisos encantadores.

-Então por que falou? 

-Eu não sei... Apenas saiu... 

-Pois deveria sair daí um pedido de desculpas. Hoseok tá rebolando lá na pista quase dando pra outro.

-O QUE? -Berro me levantando do chão, ele já está rebolando? - Ele não tava chorando? 

-Estava, ele queria ir embora, mas eu o convenci de ir dançar. Quando eu vi ele bebeu em segundos e começou a tocar uma música bem quente, aí ele começou a ebolar e uma cara viu e foi pra cima dele. Pode ficar tranquilo, Namjoon tá lá com ele. -Diz Taehyung se levantando também. 

-AH CLARO NAMJOON, O SENHOR RESPONSABILIDADE! Você é idiota, deixou ele sozinho com outro cara. -Digo indignado. Hoseok é extremamente idiota, ele só pode ter bebido. Quando Hoseok bebe ele enlouquece ainda mais que o normal. 

-Isso é ciúmes, senhor Min Yoongi? -Diz Taehyung com um sorriso malicioso no rosto.

Claro que não, eu com ciúmes daquela peste? Jamais! Eu só fico preocupado pois ele pode se arrepender depois. 

-NÃO MESMO, preocupação! É Isso, preocupação. -Digo me embolando nas palavras. Isso não é ciúmes, ele é apenas o meu amigo. Saímos em disparada para dentro da casa entrando na pista. 

Quando encontramos Hoseok ele está com um copo na mão e com o corpo colado no cara de antes, ele está rindo, o cara começa a beijar a nuca de Hoseok que começa a fazer uma cara de quem está amando. Esse idiota, ele quer morrer? Ele não tem vergonha na cara não? 

-HOSEOK! -Grito com raiva separando os dois. -O QUE VOCÊ TÁ FAZENDO?

-Ué, dançando com meu amigo feito um louco. Afinal eu só danço como um louco, não é?  -Diz Hoseok com um tom irônico pelas palavras que eu disse pra ele. 

-Hoseok, vamos embora. Já bebeu o bastante. -Digo com um pouco de arrependimento pelo que disse com ele, me aproximo para pegar o copo de suas mãos. 

-Não se aproxime de mim! -Ele diz me empurrando. 

-O que você tá fazendo? Eu cheguei primeiro. -Diz o cara segurando a cintura de Hoseok o puxando de volta pra dança. Sinto a raiva subir minha cabeça, quero matar ese cara e também dá uns bons tapas em Hoseok.

-Foda-se, ele já tava comigo muito antes!  -Digo pegando na mão de Hoseok o puxando , mas em reflexo ele dá um tapa em minha cara. A ardência em meu rosto é sentida, ele bateu em mim com força, a raiva toma ainda mais conta do meu corpo com esse ato. 

-Vai dançar com aquele merda do Park Jimin, vai. Não tá vendo que eu troquei de companhia? -Diz Hoseok voltando a abraçar o outro cara, dando um beijo intenso nele. As línguas dos dois se enroscam dá pra ver, isso... Vou matá-lo, vou matar esse cara por está beijando a boca de Hoseok, essa boca só eu posso beijar! 

-Yoongi, vamos.  -Taehyung se mete.

-NÃO! VOCÊ ME CHAMOU AGORA AGUENTA. -Digo com tanto ódio separando Hoseok desse filho da puta. Puxo Hoseok pelos braços o arrastando, ele dá gritos de raiva e de luta, mas o levo para fora da casa, os meninos não estão mais a nossa vista. Vou para o mesmo local que eu estava antes de Taehyung me levar pra lá de volta. Empurro o corpo de Hoseok na árvore, ele me olha assustado mas ainda está com uma cara de raiva;

-Me deixe sair! -Ele fala tentando sair, mas eu empurro ele novamente e seguro seus ombros. Posso ser baixo ma com certeza sou mais forte do que Hoseok. 

-Não, você não vai voltar pra aquele cara. Você ficou louco de vez? Só faltava você dar pra aquele cara! 

-E se eu desse? Isso não é problema seu! Afinal eu só seu amigo não é? Um amigo chato que não cuida da própria vida. Pode deixar Yoongi, não vou mais atrapalhar suas tão sagradas horas de sono! -Ele consegue se soltar de mim, ele dá de costas para mim mas antes que ele saia dou um abraço nele pelas costas. -ME LARGA, YOONGI! 

Ele se debate todo para sair mas eu não deixo, empurro ele na árvore de novo, não quero ele me deixe por uma idiotice. 

-É PROBLEMA MEU SIM, PORRA! -Pego em sua nuca e encaro seus olhos selando nossos lábios. Consigo ver seus olhos arregalados, fecho meus olhos e aprofundo nosso beijo, colocando a língua. Ele corresponde, sua boca se encaixa tão bem na minha, pego uma de sua mãos livres e entrelaço nossos dedos. Ter a sensação da língua de Hoseok na minha boca de novo é tão gostoso. Separo nossos lábios por falta de fôlego.

-P-Por que me beijou? -Diz ele ainda desnorteado.

-Porque esses lábios só podem beijar uma boca, e não é a daquele cara. -Aperto ainda mais nossos dedos entrelaçados. -Sua boca só pode beijar a boca que está na sua frente. A minha.

Dou mais um beijo nele, dessa vez ele solta minha mão e passa os braços pelos meus ombros me abraçando, aperto sua cintura e com força. Hoseok é tão gostoso, coloco minhas duas mãos em sua bunda e o suspendo, fazendo ele ficar nas pontas dos pés, esse ato faz ele arfar entre o beijo. Separo nossas bocas e beijo seu pescoço, ali deixando marca e lambendo bem. 

-Y-Yoongi... Hmm... -Ele começa a dar gemidos em meu ouvido, sinto uma fisgada em meu baixo ventre. 

-Geme mais, geme... -Digo colocando minhas mãos debaixo de camiseta acariciando de leve seus mamilos, ele está gemendo em uma melodia tão gostosa que está me fazendo delirar. Volto minha boca para seus lábios fazendo ele gemer abafado por conta do beijo. Uma de minhas mãos vão ao encontro de seu membro coberto pela calça, ele já está duro, ele solta um gemido depois que dou um leve aperto no local. -Já está assim e nem começamos direito. 

Recebo em resposta um gemido, ele me empurra na árvore invertendo as posições, ele passa sua língua pelo me pescoço e depois vaia para minha orelha mordendo meu lóbulo. Solto um gemido baixo, isso é bom. Ele coloca uma de suas mãos em minha ereção e começa a apalpá-la, Awn isso é bom, minha mão vai até a dele e ficamos nessa brincadeira quem provoca mais. 

-Yoongi... -Meu nome sai arrastado em sua voz e isso me ficar mais excitado.  -Posso te chupar?

Na mesma hora ele coloca a mão dentro da minha calça começando uma masturbação em mim e isso é tão bom, como rejeitar um pedido maravilhoso desse? 

-S-Sim, me chupa, Hobi... -Digo, dando um sorriso malicioso.

Ele se abaixa e fica de joelhos, ele abaixa minha calça e cueca deixando ela presa em minhas cochas, meu membro quando sai salta fazendo ele levar um pequeno susto e depois dá um sorriso malicioso pegando meu membro masturbando-o. Sua boca começa a beijar meu abdômen descendo até minha glande chupando de leve ela, rodeando sua língua. Isso é bom, mas quero que ele abocanhe logo de uma vez. 

-H-Hobi... -Minha voz sai abafada e manhosa. Ele na mesma hora que escuta abocanha meu membro e isso me faz gemer alto. -Isso ahh

Pego sua cabeça e dou leves puxões em seu cabelos, ah isso tá me deixando louco. Aprofundo mais sua boca, sito que estou encostando em sua garganta, isso ta me fazendo ficar ainda mais duro. Sinto que meu ápice está se aproximando, então levanto ele antes e solto e gemido de decepção, mas não quero gozar agora.

-Deixa eu chupar o seu, Hobi? -Pergunto dando um beijo em sua boca, consigo sentir o gosto do pré-gozo e isso é muito excitante. 

-S-Sim. -Ele diz separando nosso beijo e se encostando na árvore, ele começa a desabotoar a calça e a abaixa junto com a cueca, seu membro está duro e ele não é pequeno, sinto mais uma fisgada ao ver essa maravilhosa visão. 

Fico de joelhos e sem cerimônia abocanho o seu membro que o faz soltar um grito de prazer. Seus gemidos são tão deliciosos, fazem uma melodia gostosa em meus ouvidos aumentando ainda mais o meu tesão. Suas mãos vão até meus cabelos e ele começa controlar meus movimentos. Seus gemidos estão cada vez mais altos e isso é tão bom.

-Y-Yoongi... Eu... Vou gozar... -Ele mal consegue falar. Na mesma hora paro de chupar seu membro e subo a sua camisa e começo a lamber seus mamilos. Ele geme alguns palavrões e isso me dá ainda mais tesão. 

-Yoongi, vamos pro carro... -Ele diz colocando sua calça. Concordo e ajeito a minha também. Ele pega minha mão e vamos juntos para o carro que não está muito longe. Confesso que andar com o amiguinho bem acordado e com um puto tesão é bem complicado, mas logo chegamos. Abro a porta de trás e Hobi entra e eu o acompanho. 

Voltamos a nos beijar, estou em cima dele, tiro por completo minha calça e ele tira a camiseta verde revelando todo seu abdômen pouco definido, seu peitoral é muito lindo e seus mamilos rosados me deixam ainda mais louco. Retiro meu blaser e minha camiseta branca na mesma hora, ficando completamente nu. Meu corpo não definido e não sou tão atraente, fico meio receoso em mostrar meu corpo para Hoseok.

-Yoongi... Você é gostoso... -Ele diz tirando sua calça também ficando nu. Caralho...

-Você é mais, Hobi. -Pego no seu membro e começo a masturba-lo. Ele solta gemido delicioso em meu ouvido, nossa bocas se unem novamente de uma maneira sexy e afoita. 

-E-Eu quero sentir você dentro de mim, Yoongi... -Ele diz colocando seus braços em meus ombros me abraçando. -Me fode, Yoongi. 

Apenas me estico até o porta luvas e pego um frasco de lubrificante. Sempre tenho isso em lugares de fácil acesso, vai que eu preciso como estou precisando agora não é mesmo? Abro as pernas de Hoseok e vejo sua entrada que na minha cabeça está implorando pelo meu membro dentro de si. Pego o frasco de lubrificante e aplico na minha mão e na entrada de Hobi. Penetro meu primeiro dedo em Hoseok que dá um gemido de desconforto e fecha os olhos. 

-Relaxa, não vou te machucar... -Digo dando um beijo em sua lábios. 

Penetro o segundo dedo faço movimentos de entra e sai. Ele já está rebolando sobre meus dedos, não consigo me controlar, pego o lubrificante e aplico mais no meu membro. 

-Eu posso...? -Pergunto já em posição.

-Já deveria estar dentro de mim, Yoongi. -Diz ele abrindo os olhos. 

Coloco meu membro devagar, recebendo um gemido de desconforto de Hoseok. Pego em seu membro e começo a masturba-lo para fazer-lhe esquecer da dor. Fico esperando ele dar sinal que já pode ir, ele dá um rebolada em meu membro soltando um gemido. Começo a me movimentar devagar, enquanto o masturbo. 

-M-Mais rápido, Yoongi. -Suas mãos estão em meus ombros e elas me apertam na mesma hora que começo a penetra-lo mais rapidamente. Seus cabelos estão levemente grudados na testa por conta do suor, nossos gemidos estão em sincronia . Minhas estocadas estão fortes, o choque entre nossos corpos estão fazendo barulhos extremamente gostosos. Puta que Pariu, o interior de Hoseok é tão apertado e quente. Ele geme meu nome e alguns palavrões assim como eu. 

-Mais fundo, isso ahh -Hoseok geme arranhando minha costas. Finalmente acerto seu ponto sensível o que faz ele gemer alto. -Yoongi ah Vou gozar ah -Ele não se controla nos gemidos.

-Goza pra mim vai... -Digo aumentando as estocadas e a masturbação. Na mesma hora ele goza sujando o seu abdômen e o um pouco do meu. Minha mão está suja com seu gozo, levo até a boca e engulo seu líquido. -Minha vez.

-Goza dentro de mim, Yoongi. -Ele diz beijando meu pescoço e deixando chupões.  Pego sua cintura e retorno as estocadas, meus gemidos vão aumentando a medida que sinto meu ápice chegando.

-Geme meu nome, me xinga, Hoseok. -Digo apertando ainda mais sua cintura.

-Yoongi, porra ahh Yoongi, seu idiota! Preguiçoso ahh Arrogante, ah Yoongi! -Ele diz em uma forma sexy.  Gozo em seu interior o que me faz gemer alto. Retiro meu membro de dentro dele fazendo mais um gemido escapar de meu lábios, estou tão ofegante. 

Caio sobre seu corpo, estou cansado, quero dormir assim, em cima de Hoseok. Suas mãos vão para meus cabelos e me fazem cafuné. Ah isso é tão bom. 

-Você é pesado. -Ele diz dando uma pequena risada. 

-Não sou não.

-Eu te amo, Yoongi. -Ele diz.

Como assim, Hoseok me ama? O que eu digo para ele, o que será que eu sinto por ele? Eu não sei, minha cabeça fica em branco total. 

-E-Eu... -Minha voz não sai, não sei o que falar. Se falar que o amo, talvez seja uma mentira. Eu sinto um carinho por Hoseok, realmente gosto mas dizer que o amo, eu não sei.

-Não precisa responder agora... -Ele diz. Sua voz saiu triste.

Tenho vontade de falar Eu Também Te Amo para Hoseok, mas algo na minha mente não permite. E eu sei bem o que é, sei bem o que me deixa louco só de pensar...

 Park Jimin. 


Notas Finais


Bom, espero que tenham gostado desse capítulo bem lemon hihi Próximo capítulo será no ponto de vista do Namjoon. Obrigada por lerem :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...