História Boys in the house [Namjin, Yoonmin] - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Got7
Personagens G-Dragon, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Mark, Rap Monster, Seungri, Suga, T.O.P, V
Tags Bangtan Boys, Bigbang, Bts, Got7, Gri, Gtop, Jackbum, Markson, Namjin, Vhope, Vkook, Vkookhope, Yoonmin
Visualizações 339
Palavras 2.636
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, desculpa a demora, eu tive carência de criatividade kkkkkk
Mas vamos lá Joaninhas!

Capítulo 3 - Comprando fantasias


Fanfic / Fanfiction Boys in the house [Namjin, Yoonmin] - Capítulo 3 - Comprando fantasias

Yoongi

Terminei de comer meu pão horrível, e guardei os potes que o folgado do Jimin me pediu.

- Já tomou café? - Namjoon apareceu na cozinha.

- É, já tomei sim.

- Eu queria avisar você que estou pretendendo fazer uma festa fantasia aqui na mansão neste fim de semana, se quiser chamar seus amigos, serão todos bem vindos.

- Hum, ok.

Amigos? Tá, tenho muitos.

- Se puder avisar o Jimin pra mim, é que eu já vou sair, e eu não o vi por aqui ainda.

- Tudo bem - ele estava indo em direção a sala, eu o segui - Namjoon?

- Oi - ele me encarou.

- E quem vai limpar? É... Você sabe, a bagunça depois?

- Nós mesmo, isso vai ser divertido - ele parecia empolgado.

- Divertido? - franzi o cenho.

- Pra você não?

- Não é legal ficar limpando uma mansão deste tamanho sabe...

- É eu meio que percebi que você não gosta, você ficou encarregado de limpar a biblioteca, mas ela continua empoeirada.

- Você já viu o tamanho daquilo?

- Ele é o dono daqui é claro que ele já viu - Jimin disse invadindo nossa conversa.

- Ah, aí está você! - Namjoon disse olhando pro Jimin - final de semana agora teremos festa fantasia aqui.

- Como vou preparar uma fantasia em quatro dias? - Jimin parecia preocupado.

- Você vai conseguir - ele olhou pra mim - e você trate de fazer o seu trabalho - ele disse saindo.

Eu bufei assim que ele fechou a porta.

- O que foi? - Jimin se aproximou - você anda muito nervoso, vai ter um ataque cardíaco ou algo assim...

Ele deu aquele sorrisinho sarcástico.

- Você precisa limpar logo aquela biblioteca, eu estou louco pra ler uns livros... - ele piscou.

- Eu não vou limpar...

- Se não limpar você sabe que vai ter que sair da mansão, Namjoon deixou bem claro isso no dia da reunião - ele mudou sua expressão, agora estava sério - Suga, me responde uma coisa.

- Eu não gosto deste apelido...

- Por que você veio pra cá? - seus olhos estavam brilhando de curiosidade - você não é como a gente, sabe os outros, nós viemos porque o aluguel é super em conta e isso aqui é perto de nossos empregos e cursos, mas você... Você não precisa disso, você é tão rico que não sabe nem fazer um café, e está na sua cara que você odeia a gente...

- Eu não odeio vocês...

- Você mente muito mal.

Ele me encarou cruzando os braços.

- Tá eu não queria estar aqui ok?! Meu pai me obrigou, ele e minha mãe insistem pra que eu faça novas amizades, e tem jeito melhor que dividir aluguel com um bando de jovens estudantes festeiros? - eu disse levantando minhas mãos.

- Seu pai sabe que você passa o dia todo dormindo?

Eu ri.

- Acho que é a primeira vez que vejo você sorrindo de verdade. - Jimin disse sorrindo também.

- Pois é, é que eu não sou muito de sorrir.

- Eu notei... Mas como seu pai te obrigou a vir, ele disse que ia tirar seu colchão?

- Ele não ousaria - eu sorri novamente - ele está pagando meu curso de piloto.

- No dia da mudança eu vi seus aeromodelos, são incríveis, você realmente gosta de voar não é mesmo?

- E quem não gosta de se sentir livre?

- Olha Suga, se você quiser eu posso ajudar você na biblioteca, eu não tenho nada pra fazer por agora.

- Eu não vou disperdiçar sua ajuda.

- Isso não quer dizer que vou fazer tudo sozinho ok?!

- Não se preocupe.


Seokjin

Assim que cheguei no corredor do meu quarto ouvi risos, andei mais devagar, o som estava vindo da biblioteca, como a porta estava entreaberta resolvi dar uma olhada.

- Finalmente terminamos! - ouvi Jimin comemorar.

- É, e eu estou morto. - Yoongi reclamou.

Eu entrei e vi tudo limpo.

- Hum, agora sim isso parece uma biblioteca de verdade - elogiei os dois que estavam sentados no chão.

- Jimin me deu uma mão - Yoongi disse olhando pro Jimin.

- Olha, só porque vocês se esforçaram muito hoje, o almoço vai ser por minha conta ok?!

- Suga vai ficar muito contente já ele não sabe cozinhar - Jimin zombou.

- Suga? - quem era Suga?

- Suga é o apelido que esse bobo alegre me deu - Yoongi bufou.

- Faz sentido - eu ri e saí.

Fechei a porta e quando me virei dei de cara com Namjoon.

- Você me assustou! - eu disse.

- Essa era a intenção - ele ria.

Eu olhei pros papeis que ele carregava.

- E como está o andamento da festa?

- Está indo bem, quase tudo certo.

- JB vai vir?

- Espero que sim, eu o convidei mas ele não me respondeu ainda eu vou ver se acho ele na lanchonete que costumávamos almoçar.

- Então não vai almoçar aqui né?!

- Não, não vou.

- Ok...

- E você, convidou alguém pra festa?

- Sim, chamei algumas pessoas do trabalho e vou chamar alguns do curso também.

- Legal, e o que você vai usar?

- Eu não vou te contar né... - eu disse rindo e fui pro meu quarto.


Namjoon

- Eu estou te devendo algum dinheiro?

Jb arregalou os olhos.

- O que? Claro que não.

- Então por que você anda tão bravo comigo?

Me sentei na mesa que ele estava.

- Eu não estou bravo com você...

- JB, por favor me diz o que está acontecendo?

- Não está acontecendo nada - ele deu uma mordida no seu lanche, provavelmente evitando responder.

- Olha, eu vou fingir que acredito, e vou esquecer que você está escondendo alguma coisa de mim, mas...

- Eu sabia que teria uma condição - ele virou os olhos - o que é?

- Eu vou dar uma festa e você TEM que ir - eu sorri.

- O que? Não, eu não posso ir, eu tenho muita coisa pra fazer...

- Jaebum você vai ir sim.

- Eu não conheço ninguém, e também tenho uns trabalhos da faculdade pra por em dia, e...

- Você está inventando desculpas pra mim?

- Não, eu não to in..

- Eu conheço você desde a infância JB, se você não quer contar o que está acontecendo tudo bem, mas, por favor, não deixe de ir na minha festa, ela jamais será a mesma sem o meu irmão.

- Rap, eu nem conheço seus novos amigos.

- Eu vou convidar amigos nossos também.

- Tipo?

- A Melanie, a Jennie, Lisa, Mark, Seungri, Jackson...

- Jackson? O advogado?

- Sim, falei com ele hoje, você vai né?

Ele deu mais uma mordida.

Me inclinei pra perto dele e disse baixo no seu ouvido.

- Olha aqui seu cuzão, você vai para de cú doce e me contar agora o que está acontecendo ou eu vou dizer pra todo mundo que você tem aids e você nunca mais vai pegar nenhuma garota ok?!

- Tá, eu vou contar... - ele se rendeu.


Jungkook

- O Jhope já está chegando. - Tae disse se aproximando.

- Ah, ótimo, eu acabei de terminar meu relatório. - me levantei.

- Eu ouvi muitos comentários bons sobre você. - ele disse me ajudando a guardar os papéis que estavam na mesa.

- Eu estou me esforçando pra deixar minha avó orgulhosa.

- E está conseguindo.

- Obrigado Tae, e se continuar assim você logo vai ser um bom detetive.

- Parece tão distante, mas o importante é que já estou no caminho.

_

- E aí seus patetas? Onde vamos comer? - Jhope perguntou assim que entramos no carro.

- Eu estou louco pelos brinquedos do mcLanche feliz, sabia que este mês é star wars? - Tae parecia empolgado.

- Credo Tae, você já tem 20 anos! - Jhope reclamou.

- Eu confesso que também gostaria - admiti.

Jhope permaneceu em silêncio.

- Por favor Hoseok! - Tae fez voz de dengo.

- Tá, tá, vamos no McDonalds então... - Hope deu o braço a torcer, eu e Tae comemoramos.

Tae pegou algumas balinhas do carro, como sempre fazia.

- Tae, depois que comecei dar carona pra vocês eu tenho que comprar um pacote de bala quase todos os dias pra repor as balas que SÃO PARA OS CLIENTES... - Hope reclamou.

- Desculpa, é que é uma delícia essas balinhas. - Tae disse enfiando um monte na boca.

- E por que você não compra? - me intrometi na discussão.

- Essa é a última vez, eu prometo. - quase não entendi o que Tae disse, por causa das balas.

- Você sempre diz isso - Hope estava bravo.

- Para de reclamar, seu ruim, eu vou te dar um pacote pra você deixar aqui e somente eu vou poder pegar - Tae disse olhando pra mim.

- Eu tomei meu remédio de verme Tae, não se preocupe.

- Aram, tomou, mas pegar seu toddynho é a mesma coisa de iniciar a terceira guerra mundial. - Tae provocou.

- Desculpa biscoito mas vou ter que concordar - Jhope ficou do lado do vermento.

- Se vocês querem toddy vão la e compram, eu não pego nada de vocês, então me deixem em paz.

- Você ouviu isso Hope? Ele não pega nada nosso! - Tae disse sarcastico.

Eles começaram a rir e eu acabei rindo também.


Jimin

Suga terminou de comer e antes que ele pudesse levantar...

- Suga, será que você pode me ajudar com a louça? - eu pedi.

Ele me lançou um olhar que me deu medo.

- Obrigado Jimin, eu realmente ia pedir isso pra vocês, eu tenho muita tarefa pra fazer - Jin disse se levantando.

Jin deixou a sala de jantar.

- Você adorar me colocar pra trabalhar né?!

- Como percebeu? - fiz cara de surpreso.

Ele se levantou e pegou nossos pratos e foi em direção a cozinha.

- Eu sei que você planejou dormir a tarde toda, mas eu queria um favor - eu disse já começando a lavar a louça que Suga deixou na pia.

- Além de secar a louça pra você? - ele pegou um pano.

- Ei, secar a louça é um favor pro Jin, não pra mim!

- Um favor que VOCÊ está me obrigando a fazer pra ele...

Eu o encarei fazendo bico.

- Pede logo...

- Como hoje é meu dia de folga, eu queria que você me levasse pra comprar minha fantasia!

- Que? Ah não, pelo amor de Deus Jimin...

- Eu sei que você queria dormir, mas por favor eu ajudei você com a biblioteca, quebra essa pra mim - insisti.

- Eu devia ter disconfiado da sua ajuda.

Ele cruzou os braços.

- Se eu tivesse carro eu iria... - reclamei.

- Tá, eu levo, mas seja rápido por favor!

- Valeu - dei uns soquinhos no ombro dele.

- Tá, vamos terminar essa louça logo, que quantos antes terminarmos isso, melhor.


Yoongi

Jimin estava procurando alguma fantasia e eu aproveitei pra ficar sentado na poltrona confortável que aquela loja tinha.

- Suga! - Jimin me chamou.

Eu olhei.

- Em - ele se aproximou - o que você vai usar?

- Eu só vou descer pra comer, pijama vale?

- Ah para com isso, eu achei uma fantasia perfeita pra você.

- Nem rola, eu estou economizando.

Ele pegou um traje que estava no balcão e me mostrou.

- Porra! - soltei esse palavrão involuntariamente.

Ele riu. Me levantei e peguei a fantasia.

- Eu sabia que você ia gostar.

- Olha, eu não vou negar... - aquilo era demais! - eu realmente gostei.

- Tá, agora me ajuda a escolher a minha.

- Que tal essa? - apontei pra uma fantasia de fada.

- Acho melhor você ficar lá sentado mesmo.

- Obrigado!


Namjoon

Já beirava as nove da noite quando Hoseok, Taehyung e Jungkook chegaram.

- Em eu queria falar com vocês - eu disse me aproximando deles.

- Pode falar - Hoseok respondeu por eles.

- Vou dar uma festa a fantasia sábado agora, e podem chamar os amigos de vocês tá bom.

- Ah, já compramos nossa fantasia - Taehyung disse mostrando as sacolas que carregava.

- O Jimin contou? - perguntei.

Jungkook olhou pro Tae e respondeu.

- Isso, o Jimin contou pra gente.

- Ok então, era isso, até amanhã, eu já vou descansar.

- Até - eles responderam juntos.


Taehyung

Entrei no quarto do Jungkook.

- Toma mais cuidado, se Namjoon descobre que você anda ouvindo atrás das portas ele te tira daqui - ele me repreendeu.

- É, desculpa, obrigado por me tirar daquela situação...

Ele sorriu.

- Você ia me diazer alguma coisa?

- Sim,  vamos assistir Como eu conheci sua mãe? Saiu mais um episódio hoje. - eu disse me sentando na cama dele.

- Nós deixamos os notebooks no trabalho hoje...

Levantei meu celular.

- Se você segurar, por mim tudo bem - ele concordou.

- Vai chega pra lá. - eu disse empurrando ele, pra eu ter mais espaço.

Me deitei e entrei no aplicativo pra procurar a série.

- Seu cheiro está forte - comentei.

- O que? Está ruim? - ele se cheirou.

- É bom, só estranhei você passar perfume pra dormir.

- É um costume.

- Hum... Olha vai começar.

- Apaga a luz fazendo um favor - Kookie pediu.

_

Eu nem percebi a hora que eu dormi, olhei pro Kookie que também dormia profundamente do meu lado.

Procurei meu celular na cama e fui encontrá-lo lá nos pés.

Verifiquei a hora e já era duas da manhã, eu estava com sono demais pra ir pro meu quarto então voltei a dormir.

_

- Tae? - ouvi Jungkook me chamar.

- Hum - respondi com preguiça.

- Você está em cima de mim - ele reclamou.

Eu abri meus olhos e vi que meus braços e pernas estavam em cima do mais novo, já era de manhã.

- Desculpa - eu disse me afastando.

- A gente tem que ir se arrumar.

- Eu não posso faltar hoje?

- Se quiser ser detetive um dia, você não pode.

Eu olhei pro seu rosto.

- Você é tão fofinho com cara de sono - ele riu com meu comentário.

- Para com isso Tae.

- É verdade, e quando você ri você parece um coelhinho.

Ele levantou.

- Vamos trabalhar antes que você se apaixone por mim.

- Acho que é tarde demais, já me apaixonei. - Ele olhou pra mim, e antes que pudesse dizer algo Namjoon bateu na porta.

- Jungkook!

- Entra!

Ele entrou e franziu a testa ao me ver deitado na cama do Kookie.

- Tae?

- O que? Vai dizer que não sabia que eu e o Biscoitinho dormia juntos? - provoquei.

- Só ignora - Jungkook disse pro Namjoon se refenrindo a mim.

- Vou tentar - ele riu - Jhope não vai da carona pra vocês hoje.

- Por que? - Kookie perguntou.

- Eu acho que ele está com ciúmes - comentei rindo.

- Ele foi buscar uma amiga minha que vai vir ficar uns dias aqui na mansão.

- Ah sim... - Kookie pegou a toalha e ia em direção ao banheiro.

- E quem é ela? - perguntei.

- Melhor ficar longe dela seus urubus, ela é tipo minha irmã mais nova.

- Noooossa, calma - eu disse me levantando - eu posso até manter a distâcia, mas será que ela vai fazer o mesmo?

- Tae, vai logo se arrumar antes que eu bata em você - Namjoon disse rindo.


Notas Finais


Proximo cap vamos direto pra festa, prometo muitas emoções e muitas tretas!
Amo voces cabecinhas de uva!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...