História Boys Like Boys - VKook - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, CL (Chaelin Lee), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, G-Dragon, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lee Chaelin "CL", Personagens Originais, Rap Monster, Suga, T.O.P, V
Tags Abo, Alfa! Jungkook, Homossexualidade, Hoseok, Jimin, Jin!fem, Kooktae, Kookv, Namjin, Omega!taehyung, Taekook, Vkook, Yoongi, Yoonseok
Visualizações 430
Palavras 1.144
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💛

Capítulo 15 - Estrela Cadente.


Fanfic / Fanfiction Boys Like Boys - VKook - Capítulo 15 - Estrela Cadente.

Capitulo Quinze – Estrela Cadente.

01/03/2003 Coreia Do Sul - Daegu

Eu nem conseguia raciocinar muito bem naquele estado em que eu estava. Passei uma boa quantidade de tempo sorrindo para o nada, como se ainda pudesse ouvir sua voz suave dizendo aquelas três palavrinhas, ou vendo seu sorriso ao me ver retribuir as mesmas... Ou seu beijo carinhoso em minha testa antes de descer a janela, ou até mesmo sua silhueta sumindo na escuridão.

Eu passei horas em transe. Até mesmo durante o jantar, fazendo omma e Appa perguntarem sobre meu descuido com os copos. Eu poderia dizer que eu estava simplesmente feliz, por qualquer motivo que pudesse fazê-lo. E foi exatamente o que eu disse. Virei-me para Omma Seokjin, dei-lhe um beijo na bochecha e disse apenas que tudo estava bem, e isso me deixa feliz.

... 05/04/2003 Coreia Do Sul - Daegu

Um mês se passou, o que fez as visitas de Jeongguk se tornarem ainda mais frequentes. Nós passávamos horas falando sobre todos os assuntos que podiam existir, falando até mesmo de nossas famílias, contando nossas histórias, ou simplesmente deitados em minha cama curtindo a presença um do outro.

Nós estávamos em uma vibe de carinho extremamente gostosa, o que tornava tudo mais interessante. Eu me sentia em um livro de Shakespere, daqueles em que o mocinho e a mocinha se veem escondido dos pais... Era tão engraçado e romântico ao mesmo tempo, que Jungkook passava horas comigo, dentro daquele quarto quente, as vezes tendo de se esconder de baixo da cama por conta de omma ou Appa.

Eu até passei a achar uma coisa meio desigual de minha parte, pois ele se esforçava tanto pra fazer coisas novas, mas, chegaria uma hora que nós não conseguiríamos aguentar ficar dentro daquele quarto. Então uma pequena lembrança passou em minha cabeça...

Seis anos antes

-Omma, eu quero ir a um desses! -Eu disse apontando para o parque de diverssões, colorido e alegre que o filme mostrava. 

-Ah Taehyung, meu amor... Nós não vamos poder ir nesse parque... Por causa daquela coisa que eu falei pra você, meu amorzinho. -Omma acariciou minha cabeça, logo dando-me um abraço. 

-Omma eu quero sair, conhecer outros lugares como a... América... -Sonhei de olhos abertos, vendo ela olhar para mim com seus olhos marejados.

-Me desculpe filho... -Eu ouvi ela fungar e logo depois saiu da sala com as mãos no rosto. 

Dias atuais

Jeongguk estava acariciando meus fios, enquanto assistiamos à Star Wars. Era um clima bom, até romântico,se vacilar. Omma havia saído com appa pra comprar algumas coisas e haviam me deixado à quase uma hora. 

Aquela lembrança acabou por me fazer pensar alto sobre aquilo. Foi um devaneio e tanto pra mim. 

-Quero ir a um parque de diversões. -Disse olhando fixo para a teve, quase nem prestando atenção. 

-Tae? -Jeon me chamou a atenção. -Está pensando alto? 

-Desculpe, eu só... Quero sair, conhecer lugares novos sabe... -Sentei em seu colo, colocando minhas pernas ao redor de sua cintura. 

-T-taehyung... -Ele me olhou, logo engolindo em seco, pegando em minha cintura. 

-O que foi? -Eu o olhei, colocando minhas mãos em seus ombros. 

-Eu... Acho melhor... -Ele respirava dêscompassado, como se estivesse hiperventilando. -Esquece. 

-Ah Kookie... Fala... -Fiz bico. 

-Esquece neném... 

-Kookieee... -Passei a me mexer em seu colo, logo fazendo Jungkook apertar suas mãos, me fazendo parar. 

-Tae, é que você aí em cima me faz ter certas vontades... -Ele pendeu sua cabeça para trás, ainda segurando minha cintura. 

-Kookie-ah quer fazer amor? -Sorri sapeca, passando minhas mãos para seu rosto bonito. 

Jeongguk estava se revelando, finalmente. Ele, aparentemente queria o mesmo que eu, mas não queria demonstrar. Eu até entendo, porque se algo assim é difícil de entender, imagina como é explicar. 

-Não vou negar, Tae... Eu te quero muito, mas não acho que seja a hora... Lembra do que você me contou sobre sua omma? -Sorriu compreensivo. 

-Tudo bem. Mas... -Eu continuei com meu sorriso. -Eu quero algo para sair daqui. 

-Pode pedir... O que você quiser eu vou te dar. 

-O que eu quiser? 

-O que você quiser! 

... 

-Tae eu acho melhor não... -Jeongguk estava nervoso enquanto eu me vestia dentro do banheiro. 

-Eu já estou vestido Kookie, agora não tem mais volta. -Eu gargalhei enquanto arrumava meu cabelo no espelho. 

-Você tem certeza? -Sua voz estava em um tom nervoso do outro lado da porta. 

-Tenho, vamos! -Eu disse sorrindo  quando abri a porta e deixei que o Jeongguk  me visse. 

-Está lindo. Até demais. Pra que isso tudo? -Cruzou os braços, enquanto íamos até a janela. 

-Ah Kookie, pare de ser emburrado! -Eu dei-lhe um selinho. 

-Não acho que devemos ir. -Ele me puxou, se colocando entre mim e a janela. 

-Você disse "o que eu quisesse". -Cruzei os braços e levantei uma sobrancelha, vendo ele fazer carinha de vencido e depois sair pela janela em um pulo só. 

-Vem, é só dobrar os joelhos... -Sussurou, chamando-me com as mãos. 

Eu me apoiei no peitoril e pulei, dobrando os joelhos como ele havia indicado. Eu rolei um pouco na grama, mas logo me recuperando e me pondo de pé. 

Eu sentia algo tão diferente em minhas veias, era bom e quente, fazia meu corpo se energizar e esquentar mais a cada segundo. 

Jeongguk me trazia isso. Essas sensações tão complexas e gostosas, que faziam eu apenas querer mais e mais a sua presença, seu corpo, seu calor. Ele poderia sim ser o meu sonho de princesa. 

Nós andamos por algumas ruas, passando por lugares cheios de gente, as casas acesas e os prédios gigantescos preenchiam toda a visão. 

Uma infinidade de luzes néon tomaram minha vista alguns minutos depois, quando chegamos a um lugar incrível, com uma grande quantidade de pessoas passeando e correndo por todo ele. 

A montanha russa tinha luzes azuis e amarelas, ia a uma velocidade quase absurda e levava pelo-menos sete carrinhos. 

... 

Demos voltas e voltas pelo parque, comendo algumas coisas e jogando joguinhos fofos por aí. 

E enfim, na roda gigante. Jeon e eu entramos no brinquedo, logo vendo-o subir aos poucos, e ao chegarmos lá no topo, fomos presenteados com uma linda estrela cadente, da qual eu fiz questão de fazer um pedido. 

Quero ser feliz, ao lado de quem eu mais amo, estrelinha! 

Eu sorri, cruzando os dedos e apertando os olhos por alguns segundos. Assim que saí de meus pensamentos, Kook entrelaçou sua mão na minha, sorrindo grande. 

Eu parei alguns segundos pra olhar pra ele. 

Seu rosto era belo até carregando alguns traços de nervosismo, seus olhos brilhavam mais do que qualquer estrela que estava naquele céu maravilhoso e sua pele branquinha era contrastada pela noite. Jeongguk era perfeito a qualquer hora e em qualquer lugar. 

Eu nem mesmo pensei em me segurar. Eu o beijei com carinho, rapidamente, pois o brinquedo já descia. 

Até aquele momento, aquela noite havia sido a mais maravilhosa de minha vida. 

... 


Notas Finais


Trosley
Kkk eae men
Minhas coisinhas amorosas de meu core...
O que estão achando?
Tem alguma dúvida sobre algo? (☞ ͡ ͡° ͜ ʖ ͡ ͡°)☞
Alguma teoria?
Adoraria ouvir...
Próximo cap pode ser postado mais cedo, de acordo com minhas contas hehehehe ❤
Espero que estejam gostando, obrigada por tudo e tchaaau!
💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...