História Boys Meets Evil (Jikook) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Alfa, Amor, Jikook, Ódio, Ômega
Exibições 81
Palavras 1.319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Lemon, Luta, Orange, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - So you mean the hated is a bitch?


Fanfic / Fanfiction Boys Meets Evil (Jikook) - Capítulo 2 - So you mean the hated is a bitch?

 

-Jungkook?

O que Jimin nunca desejava estava ali,com um capuz preto,olhando diretamente no celular,mas quando Jeon ouviu a voz insignificante de Jimin,se virou diretamente para o mesmo,logo fazendo uma cara de nojo.

-Mas o que...

Jimin nem deixou o outro terminar e abriu a porta do carro,mas Jeon foi rápido o bastante para pegar o braço de Park e puxá-lo novamente,logo fechando a porta e pegando o pescoço do menor,fazendo o mesmo se desesperar-se de tanta força:

-O que faz aqui?-Jeon mostrava suas presas para Jimin,que o olhava com medo-Ein? Me diz!

Jungkook olhou para fora do carro,onde encontrou várias mulheres vestidas de maneiras obscenas,depois olhou para a criatura desesperada em suas mãos,olhou suas vestimentas e logo depois um sorriso malicioso surgiu em seu rosto.

Jimin não gostava de admitir,mas Jungkook tinha um sorriso bonito

-Então quer dizer que o odiado é uma vadia?-Jeon apertava suas mãos no pescoço do menor mas forte,fazendo o mesmo ficar sem ar-Eu conheço um lugar perfeito para vadias!

- O-O-Onde você vai me levar?-Jimin ousou perguntar. Ele tinha medo de morrer só enforcado ali mesmo,mas estava com mais medo em onde diabos Jeon iria mandá-lo.

{...}

-Tente sair daí,vadia!-Jungkook jogou Jimin em um beco qualquer. Jimin estava ofegante e amarrado da cabeça aos pés,vendo Jeon sumir cada passo que ele dava naquela neblina escura.

Para a infelicidade de Jimin,começou a chover. Chover pesado. Jimin chorava a cada gota grossa de chuva que caía sobre sua roupa e sobre sua pele. Logo começou a trovejar,onde Jimin tinha medo de ser acertado por um raio.

Ele ficou em meio ao lixo,onde via vários ratos indo para suas casas desesperados. Logo sentiu uma mão o levantando par cima,quando viu,era seu padrasto Geong.

Geong era um homem forte e alto. Tinha 46 anos. Ele desamarrou Jimin e assim o levou para sua casa,onde ira cuidar do pequeno.

{...}

-Onde você mora?- Geong perguntou para Jimin,que estava quieto na mesa de jantar,onde estavam tomando café bem cedo,para pegar as coisas de Jimin.

-Na avenida!-Jimin respondeu baixo. Estava envergonhado. Suas bochechas estavam ruborizadas e ele usava uns dos casacos xadrez velhos de seu padrasto

-Vamos até lá,então!-Geong engoliu o seu café em um gole,depois bagunçou os cabelos do menor,que se encolheu-Por que você estava amarrado ontem?

Jimin engoliu em seco. Não gostava de meter alguém em seus problemas,muito menos nos problemas pessoais. Hesitou um pouco,até soltar sua resposta

-Sofri...Um sequestro relâmpago!-Jimin dizia sem emoção. Isso já lhe tinha acontecido várias vezes que isso nem mais importava pra ele.

-Por isso está tão hesitante-Geong se levantou e pegou as chaves de seu carro-Vamos indo! Não quero que você falte aula hoje!

Geong e Park chegaram a casa acabada,onde Jimin se arrumou e foi levado para a escola. Geong iria ficar para pegar as coisas de Jimin enquanto estudava e fazer  nova localização de Park agora que moraria com ele.

Jimin evitou ao máximo ser percebido por Jungkook,estava com medo dele. Então,resolveu ficar na sala de aula,lendo um livro que ele pegou emprestada na livraria pública da cidade. Era a única coisa feita para distrair a sua mente,tirando seus amigos. Onde ele ficava concentrado o bastante para viajar em um mundo em que não era seu,mas adorava viver em outra vida,sem sofrimento e sem dor.

Como alegria de pobre dura pouco,foi acertado um tapa na cabeça no lado direito,fazendo Park quase cair. Quando olhou para cima,era Taehyung e Namjoon. Era integrantes da gangue de Jungkook e sempre ficavam com ele,mais hoje ele não estavam grudados como o de costume. E Jimin estranhou isso

Taehyung pegou o livro de Jimin e jogou no chão rindo:

-Aquilo é pra disfarçar sua pose...Vadia?-Tae cruzou os braços dando um sorriso irônico enquanto Namjoon ia em direção a Jimin.

-Nunca pensei que alguém iria comer um negócio desses...-Namjoon levantou Jimin com um puxão pelo casaco,fazendo o menor ficar na sua frente- Se bem que...-Namjoon olhou de cima a baixo Jimin,que ficou assustado.

-Vamos logo com isso!-Tae ia tirando seu casaco e Jimin já esperava o pior. Vou ser estuprado! É hoje que eu me mato... Jimin pensou,mais não esperava por algo.

-Vocês nunca cansam,né? Deixem Jimin em paz!- A porta foi a aberta com força,logo mostrando Yoongi e Hoseok . Ambos mostravam as presas de tanto ódio. Namjoon tomou a palavra

-Quem chamou vocês aqui? Vão dar o cú também!-Namjoon pegou o braço de Jimin,que nem ligou,porque estava desnorteado,olhando paralisado pros amigos.

-Eu acho que você não ouviu, deixe Jimin em paz!-Hoseok andou até estar perto dos inimigos. Ele falou com uma voz um pouco grossa,devido a raiva.

-E o que você vai fazer?-Taehyung foi até Hoseok,que pensou em recuar,mas estava até ali,tinha que terminar o que tinha começado-Não tenho culpa se o coleguinha de vocês é uma vadia!

-A única vadia que eu conheço é a mãe de vocês!-Yoongi foi ao lado de Hoseok,tentando se segurar para não começar uma briga.

-O que você disse,sua bichinha?-Namjoon jogou Jimin contra a parede,que parou de ficar hipnotizado,acordando para a realidade-Fala de novo se for macho! Ah esqueci...Você não é!

-E o que você sabe de mim,ein?-Yoongi avançou em Namjoon,o empurrando.

-Quem lhe deram moral pra avançar na gente assim?-Taehyung ainda continha seu sorriso irônico na rosto.

-Não sei...-Hoseok deu de ombros-Pergunta pra sua mãe,talvez ela também responda como é gostar de merda que nem você!

Taehyung nem esperou que Yoongi desse uma resposta e deu um soco em cheio no rosto de Jung. Fazendo o mesmo pegar o pescoço de Taehyung e perfurar com suas garras. Yoongi tentou ajudar Hoseok,mas foi puxado por Namjoon,que jogou Yoongi contra a parede com força.

Yoongi não perdeu tempo e deu um chute na canela de Namjoon,depois pegando Kim pelo cabelo e puxando em encontro ao seu joelho. Namjoon cambaleou para trás,mais pegou Yoongi pelo ombro e dispositou um soco na face de Yoongi.

Enquanto a briga rolava,Jimin tentava sair ou impedir daquilo de uma vez por todas. Estava desesperado em querer ajudar seus amigos,mas sabia que não iria conseguir. Era fraco demais para apartar uma briga,ainda mais para entrar em uma.

-Parem,por favor!-Jimin dizia em desespero-Por favor...

A porta foi aberta com cautela,quando Jimin olhou para a porta,olhou Jeon ali,olhando aquela briga com a maior graça do mundo,depois disse:

-É isso que dá quando deixo vocês sozinhos...-Jeon riu e a briga foi parada imediatamente-Saiam! Quero conversar com a vadia!

Namjoon e Taehyung largaram os amigos de Jimin bruscamente e foram em direção a porta,logo se retirando. Jeon logou olhou para Yoongi e Hoseok

-Vocês também! Vão!-Jungkook colocou as mãos no bolso-Eu não vou machucar o bebê de vocês!

-Quem nos garante que não?-Hoseok se atreveu a dizer.

-Se eu machucá-lo,eu deixo vocês me darem um soco no rosto,está bem?-Jeon olhou eles sem paciência.

Os meninos olharam para Jimin,que agora levantado e encostado na mesa do professor,confirmou com a cabeça. Hoseok e Yoongi se retiraram,lançando olhares ameaçadores para Jungkook. Logo Jungkook fechou a porta e foi até Jimin:

-Olhe pra mim,cacete!-Jeon quase gritou,fazendo Jimin olhar automaticamente para ele-O macumbeiro do diretor descobriu as brincadeiras que fazemos com você...

Jimin ficou feliz em saber dessa notícia,tanto que relaxou os ombros tensos que nem sabia que estavam assim. Quase surgiu um sorriso,mas resolveu segurar:

-Eu não terminei...-Jeon quase pegou no pescoço de Jimin,mas ele iria levar dois socos no rosto,então abaixou sua mão lentamente-O diretor pediu ara que nós dois fizéssemos um trabalho juntos. Se eu recusasse,estaria na recuperação. Então eu tive que aceitar!

- M-Mas enquanto a mim?-Jimin levantou suas mãos cobertas até a metade coberta pelo casaco ao peito.

-Eu nem prestei atenção nisso! Suas notas não me interessam !-Jeon cuspiu as palavras fazendo um Jimin esperançoso desaparecer-Mas,esteja em minha casa amanhã,as uma hora,ouviu bem?

Jimin apenas concordou com a cabeça:

-Ótimo! Agora saia da minha frente!-Jeon falou. Jimin apenas foi até a cadeira que estava sentado,pegou sua bolsa e saiu.

Fazer um trabalho com Jeon Jungkook? Tá de brincadeira né?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...