História Boys Over Flowers - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kurenai Yuuhi, Mito Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju, Yamato
Tags Colegial, Comedia, Drama, Hinata, Kiba, Naruhina, Naruhinasasu, Naruto, Neji, Nejiten, Paixões, Revolução Naruhina, Romance, Sakura, Sasuhina, Sasukarin, Sasuke, Sasusaku, Tonehina
Exibições 670
Palavras 3.556
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


DEMOROU EU SEI!

Porém a culpa não foi minha! O site resolveu me sacanear e estava dando "erro" na hora de postar! E ainda por cima nessa brincadeira perdi o capítulo e tive que reescrever tudinho!

Valeu mesmo ein! 😒


MAS DE QUALQUER FORMA EU ESTOU DE VOLTA ENTÃO BORA LER MOÇADA!

Capítulo 14 - Toques.


Fanfic / Fanfiction Boys Over Flowers - Capítulo 14 - Toques.

Hinata 

Segunda-feira tinha chegado e eu estava de volta a rotina longe das praias,de montanhas e de iates e principalmente longe de Sasuke.

Embora os últimos dias de primavera em Konoha tenham sido especialmente frios,naquela segunda o sol estava disposto a fritar cada um de nós naquela maldita quadra de educação física. Todas as meninas estavam jogando queimada em uma quadra enquanto os garotos jogavam futebol em outra,e o F4 (que agora era F3) monopolizava uma a quadra de basquete.

Suspirei me lembrando do único dia em que vi Uchiha Sasuke em quadra com seus amigos,seus movimentos leves e precisos,sua agilidade e suas expressões sérias. Era tudo tão...

-HINATA-CHAN!-O grito de Matsuri me fez despertar de meus devaneios,mas já era muito tarde,uma bola em alta velocidade atingiu em cheio meu rosto e eu fui ao chão.

Meu traseiro doeu com o impacto no chão duro e quente. 

Aí!

Matsuri correu em meu socorro.

-Hinata!-Ela correu em meu socorro. Seus olhos se arregalaram ao pousar os olhos em meu rosto.-Hinata! Está sangrando!

Arregalei os olhos sentindo o gosto metálico chegar até minha boca.

-Hinata-chan! Sinto muito! Pensei que estava prestando atenção no jogo!-Disse Shion com um sorriso sínico no rosto. Estreitei meus olhos em sua direção e sibilei um "Vá se foder"'.

Levantei com a ajuda de Matsuri.

-Quer que eu vá com você até a enfermaria?-Ela perguntou solícita,porém neguei com a cabeça.

•••

Fui até uma pequena construções perto da quadra,onde ficavam algumas pias e um espelho,apenas. Joguei um pouco de água no rosto tentando aliviar o calor,antes de tirar o moletom que tanto me esquentava,agradeci a Deus pelo momento de alívio.

Dobrei a calça de moletom até o joelho,antes de molhar novamente o rosto,e virá-lo para cima para conter o sangramento.

-Tsc. Você é um imã de problemas.-Me virei assustada quando uma voz conhecida preencheu o local.

-Obrigada pela preocupação.-Disse irônica para o loiro que estava escorado no batente da porta e logo me virei de costas novamente.

Senti meu corpo sendo virado é algo duro e gelado tocou meu nariz.

-Precisa de gelo,estúpida.-Fiz uma cara feia para o loiro que pareceu não se importar. 

Sendo obrigada a encarar seu rosto pude perceber o rubor em sua face. Arqueei as sombrancelhas. 

Bom,ele estava fazendo exercício,nada mais normal.

Me disvencilhei de seu toque,mas logo fui puxada de volta,Naruto segurava firmemente minhas bochechas enquanto apertava um pouco o gelo em meu nariz.

-Fique parada!-Ele ordenou.

Bufei irritadiça.

Ficamos alguns minutos em um silêncio insuportável,até que ele revolveu se pronunciar.

-Ele mandou mensagens quando chegou.-Murmurou,desviando os olhos de meu rosto.-Pediu para agradecer a você.

Arregalei levemente os olhos quando entendi que ele falava de Sasuke,mas não consegui responder nada. Meus sentimentos se dividiram entre a felicidade por ele simplesmente ter lembrado da minha existência e a tristeza por que estava longe de mim,e nunca mais estaria ao meu alcance novamente.

Expulsei o primeiro pensamento da mente,me acostumando a realidade do segundo. Precisava ser forte.

Me remexi irritada ao pensar no quando era ridículo que eu estivesse tão apaixonada em tão pouco tempo.

Preciso esquecê-lo.

-Não tem nada que me agradecer.-Disse enfezada.

Naruto soltou as mãos de mim e eu me permiti respirar pelo nariz novamente.

-Obrigada.-Disse sem olhá-lo,os pensamentos ainda girando em torno de Sasuke e de sua viagem.

Naruto suspirou e se remexeu,parecendo incomodado com alguma coisa.

-Onde está o moletom do seu uniforme?-Ele perguntou um pouco impaciente,o olhei confusa e apontei a pia com a cabeça.

Ele se aproximou rapidamente e pegou a peça quente no mármore da pia e começou a tentar vestir-me.

-Ei! Pare! Pare com isso!-Bradei me esquivando de suas investidas,até o momento em que ele conseguiu atravessar minha cabeça e agora tentava segurar meus braços para encaixá-los dentro da roupa.

-Fique parada!-Ele gruniu.

-Nem pensar! Me solte seu maluco!-Rebati irritada,dando alguns passos pra trás e sendo acompanhada pelo loiro.

Puxei uma parte do moletom para cima e levantei meus braços para tirar,Naruto levantou os seus forçando a peça pra baixo. Na hora ninguém pensou em quão mal interpretada aquela cena poderia ser.

Fiz mais força e o loiro encaixou os joelhos entre minhas pernas pressionando-me mais contra a parede.

Gruni mandando-o me soltar mas em resposta ele só me pressionou mais.

-Wow!-Nos viramos para ver a terceira voz ali e então eu vi o cabeça de fósforo amigo do loiro com uma cara pervertida.-Vim procurar vocês mas...acho que já estão se divertindo sozinhos.-Ele disse com um sorriso malicioso.

-O que?!-Disse desesperada finalmente tomando ciência de nossa atual situação.-Não!-Gritei.-ME SOLTA NARUTO!

Naruto sorriu.

-Vista o moletom,então conversaremos.-Ele disse num tom superior que me fez querer bater nele.

-Vai pro inferno!-Rosnei.

Tentei olhar para porta em busca de ajuda mas Gaara já tinha ido embora.

Maldito.

•••

Naruto

Não vou negar que estava adorando aquela situação com Hinata,mas os motivos para tal eram nobres.

Pense,se Hinata sair usando aquela blusinha fina de alças todos os garotos da escola vão ficar como um bando de cachorros no cio encima dela.

Ela não quer isso,certo?

Eu garanto que não!

Corei com mais intensidade quando meus olhos novamente foram atraídos para a pele rosada (devido à exposição ao sol durante a viagem) do busto (muito avantajado,por sinal) da morena.

Desviei meus olhos nervosamente,forçando mais ainda o casaco em seu corpo.

-Vista logo isso!-Rosnei.

-Não vou!-Ela escapou de meus braços jogando o tal casaco longe.-Está calor demais! Droga qual seu problema?!

Meu problema é você,e essa blusa ridículamente apertada.

Franzi o cenho e balancei a cabeça. 

-Vai esfriar logo,e você vai precisar de algum agasalho. V-você ainda pode ter algum efeito colateral do afogamento,aliás,está se sentindo melhor?-Desconversei,enrolando algumas palavras.

•••

Hinata

Bipolar. 

Naruto era completamente bipolar!

Respirei fundo me recuperando de nossa pequena luta corporal,e fazendo um sim com a cabeça.

-E você?-Murmurei envergonhada. Naruto havia salvo minha vida e eu nem sequer perguntei sobre como ele estava.

Embora parte da culpa fosse dele,já que era sempre tão insuportavelmente estranho.

Ele também afirmou,e voltamos ao silêncio insuportável.

Agradeci e peguei minhas coisas rumando a saída.

Senti meu pulso ser segurado quando passei por ele,Naruto me encarava sério.

-Hinata...saia comigo.

•••

-O QUE?-Matsuri quase cuspiu suco na minha cara quando gritou completamente surpresa pela proposta do Uzumaki. Todos os presentes no refeitório nos olharam estranho. 

Senti minha face queimar,queria enfiar a cabeça em um buraco!

-Você rejeitou,certo?-Ela perguntou arregalando as grandes orbes âmbar.

-Claro!-Exclamei.-N-Não sei de onde ele tirou essa ideia maluca!-Disse,mas corei ao me lembrar da intensidade com que as orbes azuladas me encararam.

Me ajeitei na cadeira vendo Matsuri relaxar os ombros (que ficaram tensos quando eu lhe contei dá mais nova novidade).

"-Hinata...saia comigo.

-O que? Está doido?!-Exclamei.-Nunca!

Naruto se remexeu,seu rosto exibiu momentaneamente sinais de frustração.

-Porque não? 

Sua mão apertou-me um pouco mais,mas não machucou.

-P-por que não!-Murmurei me soltando e saindo do lugar."

Balancei a cabeça negativamente,que raios há com ele?

-Naruto-senpai!-Disse uma menina do primeiro ano quando Naruto entrou no refeitório. Revirei os olhos.

Voltei a focar em meu bentō,como meio de não mandar Naruto pro inferno coloquei uma quantidade maior de arroz na boca.

Matsuri chiou e logo levantei o olhar novamente,quase cuspi o arroz quando notei Naruto parado ali.

-Sábado,16:00 horas na praça principal de Konoha,vá agasalhada,vai fazer frio.-Ele disse eu arqueei as sombrancelhas em descrença,teria retrucado mas o arroz em excesso na boca me impediu.

Naruto não se demororou ali,apenas mexeu em uma mecha de cabelo minha com um sorriso vitorioso e foi embora.

Como se fosse ele a dar a última palavra! Até parece!

•••

-Aaaaaah! Não acredito Hinata-chan!-Disse Tenten enquanto dava alguns pulinho do lado de dentro do balcão.

-Tenten acho que você esqueceu de quem estamos falando!

A morena deu um suspiro apaixonada.

-Do Deus grego Uzumaki,é claro!-A morena disse com corações nos olhos.

 O fato é que Naruto Uzumaki havia ganhado minha amiga na base da conversa e da atração física. Bastou a pucca ver Naruto sem camisa na praia e ele se tornou uma pessoa maravilhosa.

Vendida.

-Refrescando sua memória,estamos falando do  cara mais imbecíl do mundo!-Exclamei.

-Não. Estamos falando do cara que quase se afogou pra salvar você.-Ela disse como se fosse a dona da razão.

-É verdade Hinata-chan!-Disse Chouji saindo da cozinha com alguns docinhos (e com a boca suja de chocolate.)-Sabe que eu odeio o F4 tanto quanto você,mas não dá pra não levar em conta o que Naruto  fez por você.

-Sim,claro...muito legal sendo que um tempo depois me jogou de um penhasco!-Fiz drama.

-Só te deu um empurrãozinho na neve.-Disse Tenten com uma expressão de tédio.

-Parem de defender ele! Eu não vou a lugar algum! De jeito nenhum! 

•••

Naruto

Olhei para Gaara com raiva.

"Você sabe que ela não vai né?"  Foi o que ele disse quando falei do ocorrido com Hinata.

-É claro que vai.-Rebati,virando a cabeça de lado.

Ouvi Shikamaru suspirar antes de voltar a ouvir a voz do ruivo.

-Naruto,entenda, Hinata não gosta de você en...

-Nem eu dela! Merda!-Rebati um pouco mais alto do que deveria. Estava começando a me irritar.

Gaara deu uma risada.

-Você dizer que não gosta dela depois de chamá-la pra um encontro é algo muito contraditório.-Ele zombou,olhei para Shikamaru em busca de ajuda mas ele apenas balançou positivamente a cabeça.

-N-não é um encontro-Disse sentindo o rosto esquentar,Droga!-Vai ser só...algo...casual.-Disse numa tentativa falha de nem livrar da palavra encontro. Gaara me olhou com um sorriso malicioso.

-Casual...entendi.-Ele deu uma pequena risada.-Nesse caso,talvez você possa me emprestar ela depois não é? 

Meu sangue ferveu e imediatamente eu parti pra cima do ruivo ameacando-o de morte,Shikamaru se levantou para me segurar praguejando enquanto eu me focava em estrangular o ruivo em minha frente.

Finalmente o Nara conseguiu livrar Gaara do meu "aperto amigável" e então o cabelo de menstruação me olhou com um sorriso vencedor.

-Não está afim dela mesmo...-Ele começou.-Está completamente apaixonado por ela!-Ele disse dando risadas.

Arregalei os olhos.

-Nem repita essa palavra!-Gritei ameaçando ir até ele novamente,logo o ruivo já estava longe.

Covarde.

Olhei para Shikamaru,um pouco distante de mim na sala.

-Que é?-Perguntei mau-humorado. Ele deu pano ombros.

-Não vou me meter nisso.-Disse também saindo.

Suspirei. Hinata iria,com certeza iria.

•••

Hinata

A semana havia passado muito rápido,os professores começaram a cobrar as matérias e falar sobre provas,dizendo que agora depois da viagem não haveria moleza,quase um mês havia se passado desde que eu entrei na Senju Academy,era surpreendente o modo como o tempo estava passando rápido e como tantas coisas haviam acontecido.

Aproveitei o sábado para fazer umas horas extras no trabalho e ganhar um a mais,embora eu ganhassem muito bem (pra alguém que trabalha em uma loja de doces e bolos),sempre era bom ter algum a mais.

Respirei aliviada quando lembrei que o dia do pagamento estava chegando. Finalmente!

Fechamos mais cedo por ser sábado,então as 17:30 eu já estava indo pra casa e desejando uma boa tarde para os que ficavam.

Estava começando a nevar e a temperatura caiu rápido,enrolei meu cachecol vermelho no pescoço a apressei o passo pra casa,não queria ficar resfriada.

Cheguei em casa meia hora depois e corri para um banho quente,precisava me esquentar e relaxar.

Desculpe conta de luz,mas está frio demais pra tomar banho frio.

Embora minha vontade fosse de passar a noite inteira ali,não me demorei,logo coloquei um pijama quentinho de girafa com pantufas amarelas,estava confortável e fofinha.

Por volta das 19:00 comi um macarrão instantâneo e cochilei em frente à pequena TV. Acordei com um barulho mais alto de um programa e levemente assustada.

Lavei os utensílios usados e escovei os dentes,arrumando-me para dormir. E antes que pudesse deitar meus olhos focaram na janela onde a neve já se acumulava.

Fiz uma pequena oração antes de me deitar,justo quando estava quase pegando no sono novamente uma voz irritantemente conhecida tomou minha mente.

"Sábado,16:00 horas na praça principal de Konoha."

Lentei em um pulo olhando diretamente para o pequeno relógio que ficava ao lado da cama.

19:55

Engoli em seco,voltando a me deitar. Não,ele com certeza não estava mais lá,talvez nem sequer tivesse ido.

"(...) vá agasalhada,vai fazer frio."

Respirei fundo,quem seria idiota o suficiente pra ficar quase quatro horas em baixo da neve?

Eu já sabia a resposta perfeita para essa pergunta.

•••

Troquei minhas pantufas confortáveis por botinhas e meias,coloquei um top por baixo do pijama,me agasalhei o máximo possível e passei meu cachecol vermelho pelo pescoço,saí de casa às pressas me sentindo o mais idiota dos seres humanos por sair por aí vestida de girafa.

Okay,Hinata você está no Japão! As pessoas andam vestidas até de dinossauro em algumas épocas de Konoha,uma girafa agasalhada não é nada demais,e também,não tem ninguém na rua!

Tentava amenizar minha vergonha mentalmente enquanto corria sobre a neve fofa que se acumulava nas ruas.

Mesmo que eu soubesse que seria idiotice passar mais de quatro horas esperando alguém no frio,não descansaria enquanto não visse com meus próprios olhos. Ele não poderia estar lá né?

Antes que percebesse já estava diminuindo o ritmo da corrida,balancei a cabeça e voltei a andar rápido. Enquanto passava pelas ruas não pude ver quase ninguém,todas as lojas fechadas e as únicas poucas pessoas na rua estavam fechando seus estabelecimentos,tudo só me convencia mais e mais de que Naruto não estava lá. Talvez não tivesse nem ido e eu estivesse como uma idiota andando vestida de girafa por ai.

Para o meu azar o centro de Konoha não ficava exatamente perto da minha casa,que era um pouco mais para o subúrbio. Geralmente costumava ir de ônibus,pois assim demorava metade do tempo,porém não tinha nenhum ônibus passando.

Passei por algumas vitrines de lojas fechadas e fiz algumas notas mentais sobre o que precisava comprar,um celular estava no topo da lista.

Quando finalmente cheguei a praça principal de Konoha o relógio público marcava 20:25,Suspirei cansada enquanto olhava para os lados,Naruto tinha pelo menos 1,90 de altura,não deveria ser tão difícil de achar!

Uma figura sentada em um banco e coberta de neve me chamou a atenção e eu logo a reconheci.

-Naruto...!

•••

-Droga o que deu em você?-Dizia irritada enquanto limpava a neva de seus cabelos e roupa,ouvindo-o tossir.-Não sabe que vai se resfriar se ficar esse tempo todo na neve!?

No final eu me sentia culpada. Ele havia mesmo me esperado por todo aquele tempo!

Seu rosto estava avermelhado,seus lábios rachados e ele tossia direto,meu âmago se revirou.

-Preciso te dar algo quente pra beber. Venha.

•••

Naruto

Assim que ela tocou minha mão minha quase hipotermia pareceu ter valido a pena,sua mão era pequena e seus dedos finos,e mesmo assim emanavam muito calor. Tentei me levantar e só tive sucesso da segunda vez,já que estava cambaleando.

Ela passou um de meus braços em seu ombro enquanto uma de suas mãos ainda aegurava-me,andamaos até um predio comercial com uma máquina de café logo na entrada. Esperei sentado enquanto ela trazia dois copos com a bebida quente pra mim.

Fechei os olhos por um minuto atendendo aos pedidos de meu corpo cansado. Já era a segunda vez que eu fazia uma besteira por causa dela.

Essa menina vai acabar me matando...

Senti uma mão rodar meu ombro e quando abri os olhos ela estava se agachando em minha frente.

-Beba,aqui é o melhor lugar pra se tomar café.-Ela disse baixo,sua voz saindo tão suave quanto no dia em que conversamos a cabine.

Olhei ao redor da construção simples em tons pastéis.

-Está brincando não é?-Minha voz soou mais baixa do que deveria,Hinata focou seus olhos cor de pérola em mim.

-Consegue se levantar?

Maneei positivamente a cabeças  depois de tomar a bebida me deixei ser guiado pela loira até um elevador.

Suas mãos voltaram a segurar as minhas enquanto ela me guiava pela estrutura um tanto antiga.

Apertou o último botão do elevador e esperamos até que chegássemos a nosso destino.

-Droga Uzumaki...e se acabar resfriado? Você não pensa?-Ela resgumngava,agora me soltando e cruzando os braços.

-A culpa é sua por se atrasar tanto!-Acusei,fazendo bico.

Hinata encolheu os ombros e abaixou a cabeça,suspirando.

-Eu..me esqueci tá legal? E você também não pode marcar um encontro sem o consentimento dos outros! Já tinha dito que não viria!

Dei uma risada com o modo fofo como ela falava,suas bochechas estavam muito vermelhas e ela apertava os punhos.

-Mas você está aqui,certo? É o que importa.-Disse sorrindo (como um perfeito idiota).-Fiquei esperando porque sabia que viria,uma hora viria.

Ela arregalou os olhos,e não disse mais nada,apenas desviou o olhar de mim.

Chegamos a uma sala toda branca e ela me levou até uma porta de correr,ali ficava um teleférico.

Me surpreendi quando olhei vista do lugar.

Era incrível!

-Da pra ver tudo daqui.-Murmurei,conseguíamos ver todas as luzes da cidade e ainda todas as (poucas) estrelas que apareciam no céu. As nuvens acizentadas conbriam boa parte do plano celeste.

A morena sorriu satisfeita.

•••

Hinata

Sorri satisfeita (e vitoriosa) quando vi a cara do  loiro ao chegar ali. 

-Hmmm,Hinata.-Ele chamou,me virei para olhá-lo.

-O que?

-Diga que eu estou delirando é que você não está vestida de girafa.-Ele comentou analizando minhas roupas.

Corei.

-Ah! Isso é...bem...Não tive tempo de colocar outra coisa.

Ele deu uma risada.

-Você se atrasou quatro horas e não teve tempo de achar nada melhor que um pijama de girafa?-Ele deu uma gargalhada alta,e eu quis jogar a carcaça loira daquele prédio.

-Eu me esqueci disso! E também eu não pensei em me produzir quando pensei que você estava congelando!-Disse envergonhada enquanto puxava as mangas do casaco.

Naruto me abraçou. 

Fiquei imóvel com a atitude repentina,lembrei da festa,quando as luzes se apagaram e seus braços me envolveram de forma parecida,mas aquilo era diferente,de alguma forma.

-Obrigada por vir.-Ele murmurou baixo. 

Tremi levemente com seu toque repentino e demorei um pouco para assimilar.

-T-tudo bem...er..-Não entendi o motivo do meu nervosismo,mas precisava arranjar um jeito de sair de seus braços.-Vamos logo embora!-Disparei.-Você precisa ir pra casa e se cuidar antes que fique doente.-Disse afastando-o e correndo de volta para a porta por onde havíamos entrado.

Mas não me lembrava de tê-la fechado.

•••

Naruto 

Hinata saiu correndo como se sua vida dependesse disso,o que me fez suspirar desanimado.

Mas não é como se ela estivesse errada,já estava começando a me sentir mal e tenho certeza que estava febril.

-Droga!-Ouvi sua voz ao longe e me aproximei,ela forçava a porta por onde havíamos passado enquanto resmungava alguns palavrões.

Estava trancada com cadeado. 

Arregalei os olhos.

-Que merda Hinata! Me trouxe pra morrer de frio em um lugar desses!-Provoquei vendo-a estreitar os olhos em minha direção.

-Cale a boca e faça alguma coisa!-Ela disse entre-dentes. Tive vontade de rir.

Busquei nos bolsos meu celular enquanto ela gritava por ajuda,mas julgando a escuridão do lugar,duvido que alguém viesse.

Liguei o aparelho mas assim que busquei por Kakashi em minha lista de contatos ele apagou.

Maldita Apple e suas baterias miseráveis!

Hinata me olhou em expectativa e eu Suspirei frustrado.

-Sem bateria.

-Como pode estar sem bateria?!-Ela explodiu.

-Desculpe mas eu não tinha mais nada pra fazer enquanto esperava a senhorita!-Acusei e logo ela se encolheu.

Cambaleei quando senti uma nova pontada do mau estar reprimido,Hinata me olhou preocupada.

Suas mãos pequenas foram parar em meu rosto enquanto seus olhos se arregalavam.

-Você está ardendo em febre,Naruto!

Fechei os olhos aproveitando o toque enquanto murmurava um "eu estou bem".

Uma vento forte começou e a neve começou a vir mais intensa,um calafrio passou em minha espinha. Hinata juntou minhas duas mãos e as esfregou tentando aquecer-me,sorri com seu gesto.

Seus toques era muito gentis e acolhedores,e muitas vezes faziam correntes elétricas passarem em meu corpo.

-Preciso tirar você dessa friagem,droga.-Ela resmungou e abri levemente os olhos só para vê-la fazer um bico fofo enquanto olhava ao redor.

Recebi o primeiro sinal da minha fraqueza corporal quando minhas pernas fraquejaram e eu fui amparado pela pequena em minha frente,os braços finos me rodiaram e eu pensei que talvez pudesse me acostumar com aqueles toques.

-Fique acordado Naruto! Venha comigo.-Novamente fui guiado,agora até o bondinho que repousava ali em cima.

Sentamos no banco enquanto eu sentia meu corpo tremer.

Realmente não foi assim que eu imaginei a noite de hoje.

Senti algo quente circulando meu pescoço e quando abri os olhos Hinata estava enrolando em mim o cachecol que outrora estava em seu pescoço. Senti um cheiro de lírios e baunilha vindo dele,dei um mínimo sorriso. Ela passou a me cobrir com os casacos extras que usava,ficando agora com o pijama de girafa.

Dei uma leve risada.

-É a primeira girafa anã que eu conheço.-Disse com a voz mais rouca do que o previsto,minha garganta começara doer.

-Cale essa boca!-Ela disse levantando o tecido vermelho até meus lábios.

Antes que eu pudesse protestar meu corpo fraquejou novamente,e eu mal pude manter os olhos abertos.

Pendi para o lado ouvindo uma reclamação vinda da morena.

-Pare com isso Naruto! Ei! Chega pra lá!-Pude perceber pelo seu tom de voz que ela estava mais nervosa e envergonhada do que raivosa,mas mesmo que eu quisesse,não conseguia me mexer.

-Me chame de Naruto-kun.-Murmurei sem pensar,muito provavelmente delirando.

Ela ficou alguns minutos em silêncio.

-Por favor.-Pedi,fazendo manha,lutando pra ficar desperto e poder me aproveitar um pouco mais da situação.

-N-não vou fazer isso!-Ouvi sua voz baixa antes de ir perdendo o raciocínio.

A última coisa que senti foram os toques suaves de suas mãos em meus cabelos.


Notas Finais


Sempre é bom fazer um capítulo fofinho antes de jogar umas tretinhas na fic né non!

Desculpa pela demora (já expliquei o que aconteceu lá em cima pra quem não viu)


Enfim! Que tal ein? Acho que as coisas não sairam como planejado pro Narutin! Mas pelo menos se encontraram né! Hahahaha embora a Hina estivesse usando um pijama de girafa :v

Gente eu queria MUITO um pijama de girafa!

Será que mereço comentários? Gosto de saber o que vocês estão achando! E adoro quando dão ideias também!
Leitores fantasmas me deixam bem triste sabia!?

Beijos da tia Lizzy ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...