História Boys Over Flowers - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Chouji Akimichi, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Kurenai Yuuhi, Mito Uzumaki, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shion, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi, Toneri Otsutsuki, Tsunade Senju, Yamato
Tags Colegial, Comedia, Drama, Hinata, Kiba, Naruhina, Naruhinasasu, Naruto, Neji, Nejiten, Paixões, Revolução Naruhina, Romance, Sakura, Sasuhina, Sasukarin, Sasuke, Sasusaku, Tonehina
Exibições 325
Palavras 4.009
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ADEEEEEUS ARCO VELHO
FELIIIIIZ ARCO NOOOOVO

Capítulo 36 - (In)Feliz Casamento!


Fanfic / Fanfiction Boys Over Flowers - Capítulo 36 - (In)Feliz Casamento!

Naruto

Sasuke parou a meu lado no terraço da escola  e juntos fitamos todos os alunos indo embora no horário de meio-dia.

Dois pontos passavam apressados entre os alunos e correram para um carro e eu sabia que eram Hinata e Shion,a loira esquentadinha escolheu Hinata como madrinha e Hana arrastava as duas pra tudo quanto era lugar afim de resolver os últimos ajustes do casamento. 

E agora,no dia anterior ao casamento,tudo estava uma loucura total.

Não tardou até que visse Kiba correndo do prédio da faculdade até o carro como um louco.

-Esse casamento não vai prestar.-Mirmurou Sasuke apoiado no beiral de concreto do terraço e suspirando.-Mas pelo menos vai ser algo engraçado de se ver.

-Mais engraçado do que Shikamaru surtando com a gravidez de Temari?-Perguntei comendo o último onigiri do bentō que havia ganhado mais cedo.

-Talvez se compare.-Ele soltou uma pequena risada e eu o acompanhei.

Terminei de mastigar enquanto Sasuke fazia uma pausa limpando a garganta.

-Por quanto tempo vai torturá-la?-Ele perguntou fazendo referência a Hinata e eu dei os ombros fingindo não entender.

-Do que está falando?

Ele arqueou uma sobrancelha como se dissesse que eu não poderia enganá-lo. E realmente não poderia.

-Até eu enjoar da comida dela,talvez.-Murmurei fazendo referências aos bentōs que ela me trazia quase todos os dias.

-Ela está se sentindo mal.-Ele murmurou olhando para o cel azul sem nenhuma nuvem.-Está realmente querendo que você a perdoe.

-Posso pensar em fazer isso. Mas não agora.

•••

Hinata

Shion não parava de gritar nem por um segundo,e se recusava a deixar que qualquer um fizesse sua maquiagem.

Sem contar do trágico fim do vestido branquinho e rendado que se transformou em uma peça gótica,tingido de preto e com alguns rasgos.

Hana tentava a todo custo acalmá-la mas a loira estava irredutível,ao meu lado Tenten parecia se divertir com as cenas enquanto desfilava pelo quarto de hotel valendo-se das roupas e acessórios da loira.

E como Tenten foi parar lá? Muito simples.

Hana precisava de docinhos e um bolo de casamento,então a levei até meu trabalho para experimentar algumas coisas e Tenten simplesmente se convidou.

Literalmente.

"Se é amiga da Hinata é minha amiga também,onde vai ser esse casamento?! Não vou perder por nada!"

E agora estávamos nós quatro em uma suíte de Luxo do tal hotel Muse,da família do Naruto,com uma Shion surtada se negando a por maquiagem.

-Shion,você põe maquiagem até pra ir cagar! Por que não hoje?-Argumentei me aproximando da loira tão calma quanto pude,já que estava a ponto de matá-la.

-Por que até pra cagar eu quero estar bonita! Mas não pra isso! Não pra ele!-Ela protestou com voz trêmula e eu percebi lágrimas escorrendo em seus belos olhos violeta.

E então eu percebi que todos nós estávamos sendo muito insensíveis ali,Shion estava deixando sua casa para se casar com um quase-desconhecido e entrar em uma família completamente nova. Estava abandonando sua vida para mergulhar em algo confuso e complicado depois de ser vendida pelo pai,e nós estávamos preopupadas com roupas e maquiagem!

Shion tinha todo o direito de estar irada e nervosa.

Abracei a loira carinhosamente deixando que ela chorasse em meus ombros enquanto afagava seus cabelos.

Fitei Hana,a irmã de Kiba,do outro lado da sala que parecia se compadecer pela situação da loira. Mas se ela tinha tanta pena,porque comprou a menina?!

-Certo,certo.-Murmurei acalmando Shion que tremia em meus braços.-Sem maquiagem pra você. Sem penteado,se quiser pode se casar descalça!

Shion se separou de mim com um sorriso sapeca.

-Talvez eu faça isso mesmo!

-Isso vai ser uma pena!-Tenten ressaltou.-Você tem uma coleção de vestidos maravilhosos.

Nos permitimos rir fic desfile engraçado que Tenten fez em meio a bagunça espalhada pelo quarto.

-Certo,certo.-Shion começou limpando as próprias lágrimas.-Vocês podem descer,posso terminar de me aprontar sozinha.

-Tem certeza?-Perguntei segurando suas mãos e ela assentiu com um sorriso.

-Mal posso esperar pra ver a cara dos convidados quando me virem!

Demos uma risada e então toda deixamos Shion sozinha por uns minutos antes da cerimônia.

•••

Shion 

Depois que Hana,Hinata e aquela pucca alucinada deixaram a suíte eu comecei a andar nervosamente pelo quarto tentando acalmar a respiração descompassada.

Meu estômago emburulhava e minha cabeça doía,meu corpo começou a tremer e eu mal conseguia respirar. Aquilo era péssimo.

Busquei por meu celular no meio das coisas,bagunçando tudo ainda mais,e abri o aplicativo de conversas buscando por minha confidente virtual. 

Ela havia sumido durante essas semanas e eu estava começando a ficar desesperada sem tê-la por perto.

Havia enviado uma porção de textos durante aquele tempo e a única vez que ela me respondeu foi quando digitou um "vai ficar tudo bem." dois dias atrás e desde então nunca mais apareceu.

Enviei mais algumas mensagens chorosa rezando para que ela me respondesse e suspirei aliviada quando vi seu status mudar para "online".

"Shion,confie em mim. Tudo vai se resolver"

Soltei o celular às pressas em pânico por ela saber meu nome. Como havia descoberto?

•••

Hinata 

Pouco depois de sairmos do quarto,a caminho para o salão o celular de Hana começou a apitar freneticamente e ela parou subitamente no meio do corredor.

-Ann,Hinata,acho que você deveria descer. Tem pessoas lá querendo te ver!-Ela disse nervosa.-Leve sua amiga com você.

Hm,ela estava claramente querendo se livrar da gente,mas okay, Eu aceito isso!

Eu e Tenten descemos as escadas tentando não cair naqueles saltos 15 e segurando a barra dos vestidos rosados e azul escuro (este último sendo o meu.).

Claro que eu tropecei  no último degrau mas shiiiiiu!

Entramos no salão mantendo o maximo de compostura possível em meio a todas as pessoas. Tá,nem eram tantas.

Hana deixou a imprensa do lado de fora e o lugar foi reservado apenas para família,amigos e parceiros de negócios,por tanto não era um evento tão grande.

Me aproximei de Temari que estava com um vestido verde escuro maravilhoso que deixava em evidência a barriguinha de quase dois meses de gestação,Temari estava radiante embora seu humor estivesse indo de mal a pior. Pobre Shikamaru.

Outra pessoa que estava lá era a Sra. Yoshino,ninguém mais,ninguém menos do que a mãe de Shikamaru,e quando a conheci pude entender o porque da Temari se dar tão bem com a sogra.

As duas eram igualmente assustadoras!

-Shikamaru,porra! Cuide direito da sua noiva! Não vê que ela está com fome?!-Rosnou a Nara mais velha e tanto eu quando Tenten nos assustamos com a palavra "noiva".

-Tem quase um quilo de comida na mesa! E pare de dizer que ela é minha noiva!-Ele reclamou.-As pessoas estão começando a acreditar.

-Ah seu maldito!-Temari resmungou lhe acertando um tapa.-Pra engravidar eu sirvo mas pra casar não?! Por que não deixa de ser preguiçoso e toma uma atitude?!

Pobre Shikamaru.

-Ann,podemos nos sentar?-Perguntei com medo de ser atingida pelos dois furacões ali presentes.

-Me salvem,por favor!-Shikamaru pediu juntando as mãos e recebendo olhares ameaçadores de ambas as mulheres.

Pensei que ia morrer quando a sra. Yoshino virou pra mim,mas logo sua expressão se tornou suave.

-É claro que podem,queridas.

-Não ainda!-A voz estridente de Gaara se aproximou de nós e logo avistei o ruivo correndo em nossa direção.

As lembranças de duas semanas atrás me atingiram e uma voz assassina dentro de mim pediu para que eu o matasse e depois escondesse o corpo.

Uh! Eu quero obedecer a voz!

O ruivo segurou meu pulso.

-Kiba está querendo se enforcar,tente acalmá-lo,onegai.

Suspirei pensando que já tinha lidado com surtos o suficiente por um dia,mas nada podia fazer,ele era meu amigo afinal.

-Tenten,espere aqui por favor.-Pedi antes de deixar ser conduzida salão a fora. Quando olhei pra trás apenas vislumbrei Tenten e Temari competindo pelo último docinho da mesa.

•••

A suíte de Kiba era um andar acima da de Shion e como ninguém no mundo tinha pena da baixinha usando um salto enorme fomos de escada mesmo.

Vou emagrecer muito nesse casamento.

Gaara me explicava a situação embora eu já soubesse o que acontecia,e quando nos aproximávamos da porta de número 307 pude ouvir gritos,tanto masculinos quanto femininos e meu coração quase saiu pela boca ao reconhecer a dona da voz.

-Estou falando sério! Vou me enforcar aqui e vocês não vão me impedir! Não vou casar com aquela maluca!

-Nii-chan! Pare com isso! Droga!

-Se enforca de uma vez!-Essa voz era de Naruto,tinha certeza.

Mas naquele momento não era aquilo que importava.

Matsuri estava lá dentro. Depois de todo aquele tempo,Matsuri estava à alguns passos de mim!

Gaara tocou a maçaneta e eu o impedi de abrir a porta sentindo o coração acelerar como a tempos não sentia.

Como seria revê-la depois de tudo? Como ela estava? Céus! Eu nem sei se consegui perdoar toda aquela história! Eu não queria arriscar vê-la e reviver tudo aquilo internamente.

Mas Gaara parecia alheio à minha confusão interna,e apenas se soltou de meu aperto destravando a porta.

-Relxa aí,vai ficar tudo certo.-Ele sorriu de canto abrindo a porta e eu quase gritei.

Ele sabia do meu desespero e ainda sim me jogaria lá dentro?

Fuzilei o ruivo quando ele abriu a porta e logo ele me jogou lá dentro sem dó nem piedade.

O meu olhar e o de Matsuri se chocaram imediatamente e fez-se um silêncio constrangedor,todos esperavam por alguma reação mas nenhuma das duas se mexia.

Eu fui tomada por um misto de sentimentos,me lembrei do terror sentindo quando acordei naquele hotel,mas também me lembrei dos nossos momentos de brincadeira e eu simplesmente não sabia se queria abraçá-la ou correr dali para não mais voltar.

-Hinata-chan...-Ela chamou-me baixo e a saudade me atingiu em cheio fazendo com eu desse alguns passos em direção a morena,mas o receio e a mágoa estancaram meus pés a dois passos da morena de cabelos caramelados.

Meu corpo tremia como nunca,eu sabia que embora estivesse cheia de saudades não conseguiria dar o primeiro passo. Ela precisava fazê-lo.

Continuei mirando os olhos duvidosos da morena até o momento em que ela se jogou em meus braços com lágrimas nos olhos.

-Matsuri-chan...-Murmurei e só então percebi minha própria voz embargada,me deixei levar pelo momento e abracei a morena com toda força que pude.-Eu senti tanto a sua falta!

-Isso,se abracem e esqueçam dos meus problemas matrimoniais.-Kiba resmungou mau-humorado e cortou completamente o clima que se instalara.

-Nii-san! Só coloque esse terno e vamos logo!-A morena ao meu lado bradou então eu percebi que o moreno não estava completamente vestido.

-Ele quer se enforcar com a gravata.-Naruto murmurou entediado.

Naquele momento pensei em dizer-lhe que Shion não estaria exatamente vestida para a ocasião e que ele poderia ir até mesmo de cueca. Mas primeiro que eu não tiraria os holofotes da loira e segundo que ele não estava preocupado com as roupas e sim com o fato de se casar.

-Shion também está nervosa.-Murmurei o mais calma possível.-É mais que normal em uma situação como essa.-Sorri amarelo.

Matsuri concordou ao meu lado e eu pensei que era como um sonho tê-la,ainda não parecia real.

-Eu meio que só trouxe a Hinata aqui pra ver a amiguinha.-Gaara se pronunciou do nada.-Então por que vocês duas não vão dar uma volta enquanto terminamos de vestir o noivo desesperado?

•••

-Ele não teve a mínima pena de nos expulsar.-Matsuri reclamou após sairmos do quarto enquanto caminhávamos em direção ao elevador e eu voltava a me sentir estranha diante de todos os sentimentos que se misturavam em mim.

Murmurei um "Hai" sem graça olhando algum ponto no chão. Matsuri pareceu perceber e tocou meu ombro,o brilho em seus olhos era diferente do original.

-Acho que devíamos conversar.

Meu corpo tremeu como nunca e eu apertei a barra da saia do belo vestido que usava.

-Sim...deveríamos.-Disse desconcertada,não sabia o que falar. Nem sabia se ainda havia o que falar.

Entramos no elevador e eu senti-me sufocada sem saber o que fazer na presença da menina.

-Você não tem que dizer nada.-Ela começou.-Mas preciso de que escute.-Ela murmurou fitando as próprias mãos.-Eu...eu sei que nada que eu disser vai amenizar o que eu fiz. Foi horrível,cruel. Eu fui egoísta e pensei somente em mim. Eu nunca havia lidado com nenhum tipo de sentimento como aquele e...eu não soube o que fazer! Achei que estaria te protejendo do Naruto quando na verdade eu fui a grande vilã!-Ela deixou algumas pequenas lágrimas saírem e eu senti o coração apertar. 

O elevador se abriu no térreo e eu quase saltei para fora dela,fugindo daqueles sentimentos confusos e avassaladores.

-Hinata-chan?-Matsuri chamou atrás de mim e eu senti meu peito se desesperar.

-Esse ainda é um assunto delicado pra mim.-Tentei ser o mais direta possível.-Acredito em seu arrependimento mas não consigo falar sobre isso,Matsuri-chan.

Ela suspiro pesarosa e eu toquei sua mão.

-Vamos apenas aproveitar a festa e matar as saudades,sim?

•••

A hora da cerimônia se aproximava cada vez mais e as pessoas mais atrasadas começavam a lotar o lugar,os meninos que estavam com Kiba desceram todos ocupávamos um banco bem à frente,reservado para nós,enquanto esperávamos o noivo chegar para que nos posicionássemos e começássemos a cerimônia.

Eu e Naruto éramos padrinhos e entraríamos primeiro,Hana e Matsuri seriam as damas de Shion,e eu só imaginava o quão engraçada a cena seria.

-Você está com cara de quem sabe de alguma coisa.-Naruto se inclinou e sussurrou divertido,me causando um leve arrepio pelo susto.

-Não sei do que está falando.

Ele deu uma risada rouca e tocou minha cintura,dedilhando-a e aos poucos enlaçando.

-Hinata-chan...-Ele chamou baixo e eu senti o corpo arrepiar completamente,o que raios ele estava fazendo?!

-O-O que é..?!-Perguntei sentindo o rosto queimar em vergonha.

Naruto se aproximou mais no banco e seu rosto ficou a centímetros do meu,seu hálito quente batendo em minha pele e aos poucos me fazendo render.

-Quero uma coisa de você. E como você está em débito comigo,não pode recusar.

Ele afastou uma mexa do meu cabelo e involuntariamente eu fechei os olhos sabendo o que viria.

-Pode entregar meu telefone para aquela menina ali? Ela está me secando desde o início da festa.

Que?!

Arregalei os olhos sentindo a boca secar,Naruto tinha um sorriso divertido nos lábios e com a mão livre balançava um papel com um número escrito.

-Por favor...não negue isso a um pobre rapaz de coração partido!

Enfia o coração partido no...

-Me da isso aqui!-Rosnei tomando o papel bruscamente de sua mão.-Quem é a piranha?-Resmunguei e o vi apontar para uma menina de cabelos platinados e olhos negros. E quando a nojenta olhou,ele lhe mandou um beijo.

Vou matá-lo.

-É aquela bela moça bem ali.

Antes que eu voltasse Kiba apareceu dirigindo-se ao altar improvisado com uma carranca desagradável no rosto.

Eu e Naruto fomos logo para nossos postos e um ao lado do outro,esperamos nossa deixa.

-Obrigada Hinata-chan,você foi muito gentil.-Ele disse com um sorriso cafageste fitando a moça de longe e eu lhe dei um pisão no pé.

-Comcentre-se na cerimônia,imbecil.-Rosnei.

-Você me odeia mesmo não é?-Ele murmurou suspirando.-Desculpe ter que respirar o mesmo ar que você.-Ele murmurou virando o rosto de lado e eu senti algum remorso por minhas palavras.

-Também não é assim...-Ia iniciar um discurso mas fui interrompida pela melodia suave que se iniciou. Não era a tradicional e estrondosa marcha nupcial,e sim uma melodia suave composta por harpas dispostas no lugar.

Kiba esperava com uma cara de morte ao fim do pequeno corredor formado pela forma com a qual os bancos foram dispostos,o pai de Shion nem sequer estava presente e ela disse que ficaria mais do que feliz em entrar sozinha.

Eu e Naruto demos os braços e calmamente deslizamos pelo tapete vermelho sobre os olhares atentos de todos os participantes.

Havia apenas um fotógrafo contratado por Hana cuidando das fotos,não foi permitido nenhum outro tipo de filmagem,queriam algo realmente discreto.

Naruto foi para o lado de Kiba e eu repousei ao lado de onde estaria Shion e mal continha minha ansiedade para saber como ela apareceria no casamento.

O som das harpas continuava a tocar e Kiba batia repetidas vezes o pé no chão demonstrando seu nervosismo,ele não estava nada feliz.

Lamentei por meus amigos,pra mim casamento deveria ser realizado por amor,não por dinheiro ou sei lá mais o que.

As harpas ainda executavam sua doce melodia que agora era acompanhada por um burburinho,uma vez que a noiva não aparecia.

Céus! Shion não havia fugido,havia!?

Matsuri apareceu na ponta do pseudo-corredor completamente horrorizada e por um momento eu pensei que Shion tivesse se matado no banheiro.

Mas assim que a loira entrou em cena,eu entendi a causa do espanto da menor.

A mesma coisa que causou espanto em todos os outros convidados.

Naruto não conteve a alta gargalhada,quebrando completamente o som dos delicados instrumentos musicais,quando viu Shion aparecer no enorme salão com aquele vestido escuro e de aparência suja,descalça e carregando um buquê cujas flores foram arrancadas.

Seus cabelos estavam desgrenhados e ela não usava nenhum tipo de maquiagem,o "buquê" estava sendo carregado e balançado de qualquer jeito em uma das mãos e ela caminhou em passos duros,com tamanha força que o som de seus pés contra o piso ecoava pelo lugar.

A música parou,o padre confessou a tossir e nossos amigos começaram a gargalhar histéricos enquanto Kiba xingava meio mundo.

Aquilo não ia dar certo.

Eu tentava a todo custo não rir,mas a situação era hilária até demais!

Shion atravessou o tapete em passos duros com Matsuri atrás dela tentando fazer com que ela voltasse e colocasse outra roupa,e Shion a mandava pro inferno em alto e bom som,coisa que estava fazendo o velho padre ter tremedeiras.

Nos bancos,Temari e Tenten se retorciam de tanto rir enquanto Shikamaru fazia o clássico facepalm,Sasuke-kun estava mais branco do que nunca esteve enquanto Gaara ria dando tapas no banco. Sua gargalhada só não era páreo para a de Naruto,que se curvava com as mãos na barriga.

Vi Hana atrás de todos balançando negativamente a cabeça com um sorriso divertido no rosto e os outros convidados pareciam não acreditar no que acontecia.

Shion parou ao lado de Kiba e cruzou os braços apoiando o peso de um lado do corpo.

Kiba não sabia se ria ou se chorava,parecia à beira de um ataque de nervos.

O padre encarou Shion dos pés à cabeça e se agarrou a Bíblia com todas as forças antes de começar a proferir qualquer palavra.

-G-Gostaria de...começar a cerimônia abençoando a alma de jovem dama e...

-Sou satanista.-Ela cortou com voz tediosa.

Naruto e Gaara voltaram a competir para ver quem gargalhava mais alto enquanto eu a olhava perplexa.

-Shion!-Repreendi tentando não rir de suas provocações enquanto o padre fazia repetidas vezes o sinal da cruz sobre o peito.

-Tá! Foi só brincadeira! Na verdade eu sou atéia.-Ela bufou revirando os olhos.

-Por favor...só vamos acabar com isso!-Kiba implorou com voz chorosa.

•••

-Você tem mesmo certeza absoluta de que essa união e por livre e espontânea vontade?!-O padre perguntou para Kiba pela quinta vez,ainda amedrontado pela presença da loira.

Kiba fez um não frenético com a cabeça e eu novamente controlei a risada.

-Ele tem sim!-Gritou Hana atrás dos bancos com uma voz ameaçadora e o moreno imediatamente mudou seus sinais de cabeça para algo positivo.

-E...a...senhorita?-O padre perguntou sem olhar diretamente para Shion.

-Tenho tanta certeza disso como tenho de que as trevas habitam meu ser.

O padre engoliu em seco e fez um sinal rápido com as mãos.

-Então eu vos declaro marido e mulher! Pode beijar a noiva!-O mais velho disse rápido e engasgado,tratando de sair dali o mais rápido possível.

Kiba e Shion ignoraram a parte do beijo e viraram cada um para um lado em bufadas irritadas deixando todos os outros presentes com cara de taxo.

Não me lembro de ter ido a nenhum casamento,mas se fui,tenho certeza que não se compara com esse.

•••

-Um brinde a melhor noiva que Konoha já viu!-Gaara gritou e todos nós levantamos copos brindando e dando risadas ao lembrar das atitudes de Shion durante a cerimônia.

Kiba e Shion não brindaram,apenas beberam todo o conteúdo dos copos de uma vez e repetiram a dose.

-Acho que não vai ter dança dos noivos.-Murmurei vendo a carranca de Shion aumentar.

-Pelo menos eles não se mataram ainda.-A voz de Sasuke vou ouvida próxima e eu dei um pulinho,me arrepiando com o susto.

-P-Pois é.

Não haviamos nos falado direito desde aquele dia e eu estava morrendo de medo de começar uma conversa depois daquilo. E agora lá estava Sasuke,falando comigo como se nada tivesse acontecido.

-Sinto muito ter sido duro com você naquele dia.-Ele murmurou ao se aproximar um pouco mais.

Encolhi os ombros.

-Tudo bem. Você estava protegendo seu amigo. Isso é admirável.

Ele deu um sorriso de canto e largou o copo em um canto qualquer.

-Sei que prometi que me afastaria um pouco,mas tudo bem se dançarmos essa noite?-Ele perguntou tocando minha mão e indicando com a cabeça o salão de dança que já se enchia e tocava uma música lenta.

Sorri pequeno me deixando ser conduzida até o centro da pista.

-Eu acho bom...que você não cumpra sua promessa.-Mirmurei abraçando o maior pelo pescoço e apoiando minha cabeça em seus ombros,pois os saltos me davam altura para tal proeza.

Sasuke traçou uma linha entre o cóccix e a nuca com o dedo indicador me causando um arrepio gostoso.

-Eu não quero cumpri-la.

E então mais nada precisava ser dito. Ele ditava o ritmo da dança e eu o acompanhava,deslizávamos pelo salão lentamente até que sentir ser atingida por algo nas costas.

Me separei do moreno e vi no chão o buquê depenado de Shion,e à alguns metros de distancia ela me olhava sapeca.

-Ganhou o buquê,Hinata.

•••

-Aposto 500 que eles se matam antes do meio da lua de mel.-Gaara murmurou assim que os recém-casados partiram em um carro para o aeroporto,onde passariam uma semana no Hawaii.

-Aposto o dinheiro da Temari que não duram nem dois dias.-Tenten murmurou e Temari lhe deu um tapa,perguntando o por que de ter que ser o dinheiro dela.

-Porque eu não tenho grana,oras!-A pucca respondeu como se fosse óbvio.

-Eu acho que eles vão se acertar.-Matsuri murmurou fazendo todos nós lançarmos um olhar incrédulo em sua direção.

-Ta bêbada?-Naduto perguntou com as sobrancelhas arqueadas e a morena fez um bico.

Aos poucos o grupo começava a voltar pra dentro do hotel e eu puxei Matsuri para que não fosse. Queria por um fim em nosso passado de uma vez por todas.

-Matsuri-chan. Preciso que me escute alguns segundos,sim?

Ela arregalou os olhos e assentiu com as bochechas vermelhas.

-Eu...sobre aquilo...eu entendo seu lado. De verdade. Sei que está arrependida,mas precisa entender que aquilo foi um trauma muito grande! Não é algo que eu possa simplesmente esquecer! Mas...mesmo com tudo eu ainda sinto muito a sua falta! Talvez não seja como antes mas eu não quero perder sua amizade.-Soltei tudo num fôlego só vendo os olhos da morena brilharem.

-Eu estou tão feliz!-Ela murmurou se jogando em mim num abraço apertado.-Vai ser bom não ter esse peso quando voltar pra Alemanha.-Ela murmurou e eu me separei bruscamente da morena.

-C-como?!

•••

Kiba

Louca! A garota é completamente louca!

-Céus! Qual o seu problema? Custava se comportar que nem gente uma vez na vida?-Bradei no banco de trás do carro onde estávamos enquanto ela se ocupava em beber o champanhe ali deixado.

Ela não era muito nova pra beber? Ah,que seja!

-Você pode estar feliz com essa palhaçada,mas eu não! Seu babaca!-Ela murmurou enrolando a língua,o álcool em excesso começando a lhe afetar.

-Eu vou jogar você pela janela do carro!-Ameaçei quando ela começou a querer colocar os pés na minha cara.

-Aaaaah! Você quer me maltratar!-Ela murmurou chorosa.-Eu sabia!-Ela começou a abrir a janela deixando o vento bater no rosto.-Socorro! Ele vai me matar!-A loira gritou com todo ar que possuía enquanto eu me esticava no carro tentando calá-la com as mãos.

Shion se separou de mim depois que conseguiu a proeza de me chutar a cabeça enquanto segurava-a com as suas mãos,e voltou a gritar para quem quisesse ouvir que eu iria matá-la.

Alguém por favor chame um exorcista!


Notas Finais


ALÔ ALÔ GRAÇAS A DEUS!

E assim foi o casamento do casal 10/10,uma bagunça completa com direito a reencontros,flertes e Hinata sendo feita de trouxa pelo Naruto!

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS DA NOSSA MATSURI KIRIDINHAN (e não,não é ela um dos personagens que volta pra fic,foi só participação especial mesmo.) E DA SENHORA DONA YOSHINO! Que está na luta por um casamento também hahaha,e parece que não é a única! #ShikamarutomaumaAtitude

E como todos nós percebemos a Shion e o Kiba estavam muito afim de se casar né non KKKKKK

ALGUÉM AÍ QUER UM ESPECIAL COM A LUA DE MEL DELES? (Se ninguém se pronunciar vou fingir que nunca escrevi isso aqui)

Enfim,desculpem se não ficou tudo isso,escrevi ele na magrudgada (abandonada) e (não atende o celular) cheia (de marra achando que eu vou perdoar) de sono,então se ficou muito ruim,sorry (embora eu até tenha gostado desse capítulo,pelo menos de algumas partes.)

E se está com muitos erros,vou revisar amanhã!

Agora é só sentar e aguardar as tretas se formarem!

Beijos da tia Lizzy ❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...