História Brain Aneurysm - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alex Pettyfer, Ashley Benson, Chaz Somers, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Personagens Alex Pettyfer, Ashley Benson, Chaz Somers, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Tags Alex Pettyfer, Ashley Benson, Chaz Somers, Jelena, Justin Bieber, Ryan Butler, Selena Gomez, Vanessa Hudgens
Exibições 148
Palavras 2.163
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, amorecos. Bom, eu sei que demorei um pouquinho, mas acreditem em mim, a culpa não foi minha... Eu escrevo os meus capítulos sempre usando o Word, para que quando eu não esteja no computador, possa escrever minhas ideias pelo celular e depois concluir o capítulo pelo computador.... Então há uns três ou quatro dias atrás, eu escrevi um capítulo super grande, e eu tinha adorado ele a cada detalhe, a cada palavra, era realmente o meu favorito. Mas então o Word o excluiu, sem mais nem menos, o que me deixou muito chateada e irritada – admito – eu perdi tanto tempo para escrever aquele capítulo, para o Word excluí-lo ? Então eu me desanimei e comecei a tentar reescrever dias depois, mas não ficou como o outro... Este realmente não está como deveria, mas eu juro por tudo que eu tenho, que eu me dediquei a escrevê-lo.


Amo todos vocês, e me perdoem ❤️

Capítulo 4 - "O que está acontecendo comigo ?"


Fanfic / Fanfiction Brain Aneurysm - Capítulo 4 - "O que está acontecendo comigo ?"

Justin Bieber Point Of View 
No Dia Seguinte, Quinta Feira, Três e Meia P.M

Em meu mundo próprio e imaginário, eu conto até dez, pela milésima vez. Eu em todas as vezes que chego ao último número da minha contagem, eu volto ao primeiro, a não me canso em fazer tal coisa, pois parece que o tempo passa com mais pressa durante esses trinta minutos - é o que o relógio indica – em que Devon está atrasado para a nossa consulta... Cansado, da mesma contagem, e de batucar os dedos no estofado claro, levando o meu corpo com calma e precisão, rodando os olhos por todos os pequenos cantos da pequena sala em tons deprimentes.


Todo o consultório é desta maneira, banhado por tons claros, derivados de cores como o preto. O cinza é predominante, em todos os cantos do consultório, o qual os móveis são feitos a base de madeira branca, todas bem preenchidas e recheadas por livros, pequenas plantas e outros objetos... Os diplomas de Devon se encontram dentro de grandes quadros/porta-retratos que são pendurados em todas as paredes de todo o local, esbanjando toda a sua sabedoria. 


Além de tudo o que se tem na sua grande estante branca, a qual me aproximei para matar toda a curiosidade que tenho há anos,  algo chama a minha atenção. É um porta retrato mediano, que entre seus dois pequenos pedaços de vidro, uma foto é presa... É uma garota, com cabelos caramelo, assim como seus olhos que brilham, e não são por causa dos flashes usados para a captura da fotografia, e sim pelo fato de que ela segura um diploma com a mão esquerda, levantada.

Ela segura o pedaço de papel, parecendo orgulhosa por ter conquistado aquilo. 


-É uma garota bonita, não é mesmo ?  -Devolvo o objeto que estava em minha mão com certa pressa na prateleira, virando o meu corpo e assustando-me com a presença de Devon, que segura dois envelopes em mãos. Ele ri, vendo o nervosismo existente em mim. 


-É  a sua namorada ? - Pergunto voltando ao lugar de qual não deveria ter saído, o sofá em que todos os paciente ficam. O sofá o qual eu fico sentado todos os dias, há mais de dois anos. -Você tem sorte, parece ser uma boa garota, e é bela também. 


-Não, é apenas a minha irmã Justin. -Ele ri após revelar a verdade, como se a minha teoria fosse algo idiota, mas não é, porque ambos não se parecem. Nada além dos olhos. -Mas tudo bem Justin, não estamos ambos aqui para isso não é mesmo ?

Os envelopes que estavam em suas mãos são jogados a sua mesa, e ele se senta na cadeira atrás da mesma e abre um de cada vez, lendo o primeiro com calma, esperando que eu me sente e comece a falar, como todas as vezes. 


Antes de começar com as suas perguntas necessárias, ele sempre me pede para dizer como eu me sinto, e todos os dias eu gero a hipótese de que todos os dias ele me ouve dizer as mesmas coisas, mas nunca se cansa, esse é o trabalho dele. 


-Eu sonho com uma garota há mais de dois dias, e é sempre a mesma garota, a mesma personalidade, mas todos eles acabam da mesma maneira.  Comigo sofrendo um acidente. -Conto com os olhos fechados, pois isso me ajuda e me lembrar de detalhes meramente importantes. -No primeiro dia, eu não parecia conhece-la, mas no segundo dia, nós já parecíamos estarmos juntos, e no último, ela chorava enquanto eu estava deitado em uma cama de hospital, não conseguia abrir os olhos e nem responde-la, eu me senti exatamente da mesma maneira em que me senti quando realmente sofri o meu acidente. Então, eu crio a expectativa de que ela seja uma lembrança, e não uma criação da minha mente, eu não tenho capacidade para cria-la, e nem para me lembrar dela, se ela realmente existiu na minha vida. -Explodo, e minhas palavras soam rápidas mas Devon parece me entender, porque me olha com atenção, concordando a cada palavra que digo. -Você acha que eu estou ficando maluco ? Eu acho que estou literalmente pirando, a cada dia mais flashbacks voam em minha cabeça, e eu não sei se são criações por minhas vontades de me lembrar de tudo e de todos em minha vida.     


-Justin, por favor, não crie conclusões precipitadas, apenas me conte mais sobre ela, como ela era, fisicamente ? -Devon tenta me acalmar com suas palavras, e isso acontece durante o tempo que faço o que ele me pediu. 


-Era uma garota alta, corpo magro e cabelos claros e curtos. O formato de seus lábios eram estranhos, mas inchados. Era uma garota com uma beleza excêntrica, mas em nenhum momento deixava de me encantar quando estava ao meu lado. -Me lembro exatamente dela, e isso me assusta, porque eu não me lembro nem das atividades em que fiz no dia anterior. 


A maior pergunta que gira a minha mente, é algo em que me assusta, porque é acompanhada de um milhão de hipóteses diferentes. O que está acontecendo comigo ?


Devon concorda com as características em que citei, e quando o observo, já o vejo mexendo em uma das suas gavetas, retirando após alguns segundos, dali, uma chave pequena, e ele caminha com pressa a sua estante, aonde com a chave, abre outra gaveta que guarda milhares de arquivos, e entre todos eles, ele procura o meu nome ali. 


-Ryan enviou-me essa fotografia por Email Justin, e eu a imprimi para mostrar a você, ele me contou que você disse sobre os seus sonhos a ele, e ele sabia sobre o quem se tratava Justin. -Ele retira da minha posta uma fotografia, e me entrega em seguida. -Hailey Baldwin, sua namorada do colegial. 


Pego o papel com certo desdém, e observo com toda a atenção possível o que ali se tem, e é a mesma garota. É ela, Hailey Baldwin. 


-Quem é ela ? -Pergunto, o devolvendo a foto. Todos esses pensamentos, realmente me assustam por grande quantidade. 


-Ryan não me contou muito sobre, e pediu para não lhe dizer sobre o pouco que me disse. Ele marcou uma reunião conosco Justin, na sua casa hoje a noite. E lá, exclareceremos todas as suas dúvidas. -Ele guarda a fotografia, voltando a trancar a gaveta e guardar a chave que ali se abre. 


-Por que ? Todos sabemos que eu não me lembrarei delas depois. -É a primeira coisa que me vem a cabeça, mas é a verdade. Eu não me lembrarei das minhas dúvidas, nem das respostas, apenas terei novas perguntas, porque eu não me lembrarei de nada além da loira que atormenta todos os meus sonhos e atrapalha os meus pensamentos. 


-Justin, o impossível é apenas questão de opinião. 


Isso significa que eu devo acreditar neles ou em mim mesmo ?

Mais tarde daquele mesmo dia...
Selena Gomez Point Of View
 


Seguro com força o envelope, atrás do meu corpo, enquanto o mesmo segue o de Vanessa, que se senta ao seu sofá confortável, e após ela perceber o que seguro, ela abre sua boca em um perfeito O.


-Selena, você é louca ou o que ? -Vanessa grita comigo, arrancando o envelope em que seguro em mãos. -Se eu não lhe matar, Devon fará isso por mim, definitivamente, você roubou a ficha de um de seus pacientes. 


-Fique tranquila, ele não saberá, eu posso colocar na sua pasta quando chegar em casa, e ele tem tantos problemas na cabeça que vai pensar que pegou por engano a ficha, apenas se concentre em ler. -Levo minhas mãos a minha boca, roendo minhas unhas pintadas em um tom pastel qualquer. 


Vanessa le toda a ficha com calma, mas ao chegar com seus olhos ao final da folha, ela arregala seus olhos e pergunta, -Você quer mesmo saber qual o problema dele ? -Assinto com a cabeça, esperando. 


Ela não me responde com palavras, apenas me mostra a frase escrita em negrito. ''Justin Bieber, 22 anos, formado em administração, Aneurisma Cerebral''


Eu me assusto, e posso sentir as lágrimas descendo pela minha face infantil e rechonchuda, e Vanessa logo abraça o meu corpo, pedindo para que eu fique calma. Eu sempre fui uma garota sensível, já levei tantos foras, tantos furos, e acho que garotos que são idiotas se transformaram no meu ponto fraco.


Após me recuperar, após alguns dez minutos, nós já assistimos algum filme qualquer, o qual não presto muita atenção , apenas me perco em meus próprios pensamentos, e só saio dos mesmos quando o meu aparelho celular toca, uma.. Duas.. três vezes, e em todas elas eu não atendo, por ser uma chamada de Devon. Mas decido atender na quarta, ou ele hoje não me deixaria entrar em casa, e se deixasse, ele estaria tão bravo que eu me sentiria culpada, da maneira em que deveria estra agora por ter pego, sem sua permissão ou sabedoria, a ficha de um dos seus pacientes.  


-Selena Marie Gomez, aonde está a ficha de Justin Bieber ? - A primeira coisa em que ele diz, não há qualquer tipo de comprimento, como um simples mas educado ''Olá''. -Selena, me responda, agora. -Minhas respiração pesa a cada segundo mais, enquanto eu procuro uma desculpa convincente a dar, pois ele parece ter certeza que eu sou a culpada. -Eu odeio tanto ter que pagar de irmão responsável, chegando a ser chato, mas é preciso Selena, eu não acredito que fez o que fez, apenas traga esta ficha para mim. -Ele respira fundo. -Agora Selena. -Em resposta por todas as suas palavras, apenas digo ''Não fique bravo comigo, ele mentiu para mim, sei que ele tem aneurisma cerebral'', mas minhas palavras não muda seu tom grosseiro de voz. -Como não ficar bravo com você ? Você traiu a minha confiança Selena, o qe será da minha carreira se Justin ou até Ryan souber o que você fez ? Eu me importo, mas não posso me importar se ele mentiu para você, isso é entre vocês, apenas me traga esta ficha no prédio principal da avenida oitenta e cinco. 


-Devon... -Murmuro baixo, prendendo o meu celular entre o ombro e minha orelha, porque já ocupo minhas mãos guardando os documentos necessários.          

-Me desculpe, já estou indo. 


-Até daqui a pouco, Selena. - A ligação é cancelada, e eu saio as pressas da casa de Vanessa, dirigindo com pressa pela cidade grande.


Guardo o aparelho celular em meu bolço traseiro dos jeans, e com o envelope fechado em mãos, me aproximo da saída. 


-Tenho que ir, Devon me descobriu e irá me cortar em pedacinhos, preciso levar isso até ele, não sei, mas ele está com um certo desespero na sua voz. -Digo, saindo com certa pressa de sua casa e entrando no meu carro. 


 Não é tão longe, casa de Vanessa até o endereço que Devon me ''mandou'' ir, são aproximados cinco minutos ou seis, mas com a velocidade que uso, eu demoro apenas quatro. Caminho com certa pressa para dentro do prédio, mas não vejo meu irmão a recepção como ele disse que estaria. 


-Olá, sou Selena Gomez, irmã de Devon Gomez, e ele me pediu para trazer esses documentos a ele. -Sou rápida ao me aproximar da recepcionista de cabelos lindos e encaracolados. -E eu preciso com urgência entregar isso a ele, Jenny. -Leio o seu nome no seu uniforme de recepcionista do prédio. 


-Oh, ele me avisou sobre você, e ele te espera no último andar, no décimo terceiro, é apartamento único, por ser a cobertura. Ele está como acompanhante de Sr.Butler, dono do apartamento. -Ela é educada, e não deixa de sorrir. -Ambos já lhe esperam lá em cima. 


Agradeço-a, sorrindo e seguindo caminho ao elevador, clicando no botão que o chama com certo desespero, e pouco tempo depois, os quais parecem eternidades, ele chega e aporta do mesmo é aberta. Não demoro para chegar a cobertura, a qual o elevador já dá direto ao apartamento, e quando a porta se abre, meus lábios também, em um perfeito ''O'', estou encantada pelo local. 


Não que eu não fosse acostumada com esse tipo de luxuria, mas aonde vivo há anos, é algo banhado por cores alegres, aqui, é tudo mais deprimente e triste. 


-Selena, obrigada por ter pego os meus documentos para mim. -Devon aparece a minha frente, retirando minha atenção do local. -Eu realmente me esqueci deles no consutório, obrigada por pega-los. -Ele sorri, abraçando-me, e quando seus lábios se aproximam do meu ouvido ele sussurra algo tão baixo que apenas eu posso escuta-lo. -Me desculpe por ter gritado com você, mas ainda estás encrencada.   


Nos afastamos, e eu olho novamente para todo o local, arregalando os olhos ao vê-lo ali. Justin Bieber está a minha frente, e merda, ele está magnifico, pena que ainda se tem um pouco do rosto roxo pelo tapa que lhe dei, mas não importa. 


Ele não se lembra mesmo.  


Notas Finais


Agora, quero realmente agradecer, com todo o meu coração desmiolado pelos favoritos e comentários que venho recebendo, isso me influencia muito muito muito mesmo 💗 Amo cada um de vocês, e obrigada por comentarem vossas opiniões, nunca desistam de mim.

E me ajudem também, vocês conhecem alguém ou algum site disponível para pedidos de capas de fanfic ? ME AJUDEM POR FAVOR, eu estou procurando há dias e não acho nada 💔💫 Sejam legais comigo e me ajudem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...