História Breaking me - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 11
Palavras 686
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Mais um saindo do forno! Curtam!

Capítulo 10 - Amigos


*Sexta-feira

Pov. Mia on

São 08:53 p.m. Faltam alguns minutos pro show começar. Hoje é uma noite especial pois estamos todos juntos. Hikaru está especialmente charmoso hoje. Ele veste uma jaqueta jeans um pouco mais escura, com as mangas dobradas, e uma calça jeans com um All-star. Aya e Rob são mais do que fofos. Quero vomitar arco-íris. Vim com um short jeans, uma jaqueta de couro preta, uma blusa branca escrito *I ♡ Vampire Weekend* e uma bota de couro. Me sinto punk. Uma aluna do ensino médio revoltada com os pais que fugiu de casa pra ir pra um show pra maiores de idade. Essa sensação é boa.

Nesse exato momento, eu estou comendo como uma porca perto do palco principal. São dois palcos: um mais a esquerda e outro mais a direita(o principal). Aqui é onde acontecem os melhores eventos de Tóquio. E é comida daqui parece mais gostosa que o normal. Primeiro ataco as costeletas de porco e o arroz frito, depois o curry. O molho está picante do jeito que eu gosto. Hikaru também parece muito feliz comendo sua raspadinha de chocolate. Não parece um idiota como eu, parece mais como se...ele estivesse feliz só por estar aqui. Eoein. Isso é estranho mas tamém é bom. Aya e Rob dividem uma raspadinha de morango.

-Você quer provar um pouco? Parece muito interessada nela.- Hikaru sorri pra mim, me oferecendo um pouco da sua raspadinha.

- N-Não é isso! Eu só tava...ain. me dá um pouco aqui!

-Diga "ahh"-fico corada quando ele coloca na minha boca a colherzinha minúscula que ele usou pra comer antes (Alerta de beijo indireto)

- E então? Matou a vontade?-ele me olha com um olhar malicioso

- S-Sim. Está deliciosa. E para de me olhar assim!

-Tá bem. Tá bem. Bom...Acho que devíamos ir nos acomodar logo já que você já acabou.-ele olha pro meu prato raspado

-Ok. Vamos então.

Aya, Rob, Hikaru e eu nos esprememos entre a multidão e fomos até perto do palco. O show começou pouco depois. Eu nunca tinha visto um show do Vampire Weekend ao vivo. Eles abriram o show com Diane Young. Começamos a pular feito loucos ao ritmo da música. As luzes e o sorriso das pessoas são realmente contagiantes e eu só quero voar. Quando tocam Don't Lie, todos cantam em unisom. Parece que estamos conectados de alguma forma. Quando tocam a última música, fico extasiada. Rob e Aya dão um beijo francês. E Hikaru me fala que precisa me contar uma coisa. Mas eu não quero ouvir. Eu sinto que isso pode estragar a nossa amizade.

-Nada de coisas sérias hoje! Vamos só curtir isso, por favor Mestre!- faço uma cara de gatinho do Shrek, tentando convencê-lo

- Tá bom serva...só hoje. Mas logo você terá que ouvir a verdade- ele esboça um sorriso, mas eu sei que ele ficou um pouco triste

O show acaba e vamos pro estacionamento. Parecemos bêbados idiotas. Uma estrela cadente passa de repente.

-Olhem! Vamos fazer um pedido!- eu grito e todos olham ñ mesma hora

-O que vocês pediram?-pergunto, animada

-Se contarmos o pedido não vai se realizar, lembra?- diz Hikaru

- Verdade! Obrigada por lembrar. Quase perco um desejo.

- De nada, gata. Eu sei que você não vive sem a minha sabedoria.-ele provoca

- Não fica se achando não, idiota!- mostro língua pra ele e corro pro carro da Aya, que vai me dar uma carona, já que não tenho carro (sou uma pobre universitária que mal tem dinheiro pra comprar seus próprios Doritos ;-; )

Conversamos sobre coisas aleatórias no caminho até a minha casa. Chegamos e me despeço dos dois

- Cuida bem dela, ouviu Rob?- pisco pra ele e ela me olha, envergonhada e acena.

Entro em casa e me deito. Leio um pouco de Guerra e Paz. Tô tentando ser intelectual. O livro não é tão ruim quando eu pensei. 700 e poucas páginas e eu já estou na 372. Logo vou acabar. E olha que eu comecei ele no começo da semana. Gosto do jeito que Tolstoy escreve. Me distraio lendo e quando olho no relógio já são 2:04 a.m. Hora de dormir. Amanhã vai ser um ótimo dia. O dia do encontro!

Pov. Mia off


Notas Finais


Obg por continuarem lendo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...