História Mais um romance açucarado - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 25
Palavras 623
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Festa, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Mais um pra vcs♡
Comentem o que acharam
Xoxo
-Luiza

Capítulo 9 - Antigamente muita coisa


Pov. Mia on

Olha, se tem uma coisa que eu odeio são giz e quadros negros. E ter que usar os dois ao mesmo tempo pra fazer uma conta gigante de física, uma matéria que eu nem deveria ter aula, já que estou no curso de Bioquímica. Como isso aconteceu? Nem eu entendi. Ao que parece, meu professor quer relembrar os tempos de escola dele, ou seja, relembrar como era a escola a mil anos atrás. Geralmente temos quadros digitais.

O giz mancha meus dedos e se degrada à medida que escrevo. Já resolvi a equação. O professor me agradece e me manda sentar e diz que está certo. Eu me sento. Não paro de pensar nele e em como eu fui sem graça. Apesar de ser do tipo que age como a fodona que não liga pra ninguém, eu ligo sim. E muito. Mas enfim, teremos um encontro. Um segundo primeiro encontro. Mas será que ele realmente quer ir? Quero sair com meus amigos. Faz tempo que não saímos só nós.

-Hey pessoal, tava aqui pensando...vai ter um show do Vampire Weekend e eu tenho alguns ingressos. Vocês tão livres na sexta?- Hikaru pergunta.

Estamos todos sentados num canto um pouco afastado do professor.

-Você devia parar de ler a minha mente.

-Me obrigue- Hikaru provoca

-Parem de flertar pelo amor de Deus. E sim, tô livre - Aya nos olha com seu olhar malicioso único. Não sei por que, mas tenho a sensação de que ela tenta me juntar com todos os seres humanos considerados machos que ela vê pela frente.

- Eu também. E gosto muito de Vampire Weekend inclusive- olho pro Hikaru

- Ok. E o Rob? Sabe se ele pode ir? Não quero ficar isolado sendo o único menino lá- Hikaru sorriu rapidamente pra mim e se voltou pra Aya

- Acho que tá sim. Vou confirmar no almoço. E eu nunca isolaria você, gato♡

- Nem eu!

O abraçamos bem apertado e ambas ao mesmo tempo. Não sei como eu vivia antes de conhecer esses dois. Simplesmente não entendo.

---

Comum. Essa é a expressão que geralmente descreve o interválo, mas hoje não. Brincamos de pega-pega no meio do campus. É muito nauseante mas, ao mesmo tempo, faz eu me sentir viva. É divertido e inapropriado. Hikaru finalmente consegue me pegar, mesmo eu correndo como uma louca. Eu sou a mãe. Aya é um pouco mais baixa que eu, então é mais fácil pegá-la. Começo a correr novamente. Sam passeia tranquilamente pelos corredores e sorri quando me vê. Meu coração está quase saindo pela boca. Não paro de correr. Só que estou indo em outra direção. Eu corro para o Sam.

- Pensei que você ia me atropelar, tomatinha- ele faz uma careta

-Desculpa por isso- estou ofegante. Não faço a mínima ideia do que dizer. Socorro ;-;

- Bom...Eu tava te procurando. Primeiro, desculpa por não ter ligado. Não tive muito tempo. Segundo, você gosta de pic-nics?

- E quem não gosta?

-A minha irmã- seu olhar fica um pouco vázio

- Não sabia que você tinha uma irmã. Ela é legal?

- Ela é demais. Irritante e mandona, mas demais.- ele dá um sorriso, pensativo

- Legal.

-Enfim. Ás 15:30h. Acho que podemos ir a um parque perto da estação que passa aqui. Não é muito movimentado, mas gosto muito de lá. O que você acha?

- Ótimo!

- Marcado então! E..Não quero atrapalhar a brincadeira, então vou indo. Tenho que ir na biblioteca mesmo.

- Não seja bobo Sam! Você não atrapalha. Mas já que precisa ir, até mais!

Ele acena enquanto se afasta. A luz do sol reflete em seu cabelo por um breve instante e parece que ele próprio virou o sol. Que sensação estranha. Será que a Aya conhece? Meus pensamentos são interrompidos pelo som do sinal tocando. Ok. Hora de ir.

Pov. Mia off



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...